Aula 2 acidentes de trabalho

35,568 views
34,853 views

Published on

1 Comment
8 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
35,568
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
20
Actions
Shares
0
Downloads
1,810
Comments
1
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 2 acidentes de trabalho

  1. 1. Professor: Daniel MouraDisciplina: Higiene e Segurança do TrabalhoCurso: Graduação em Engenharia de Produção
  2. 2. Segurança no TrabalhoO ACIDENTE DE TRABALHONÃO ACONTECE POR ACASO!
  3. 3. Segurança no Trabalho Legislação “É o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa ou pelo exercício do trabalho dos segurados (....) provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho.”• Lei 8.213, de 24/07/1991, Art. 19 CONCEITO PREVENCIONISTA DE AT Evento inesperado e indesejável, que interrompa a rotina normal de trabalho, que gere perdas materiais, humanas ou de tempo.
  4. 4. Segurança no Trabalho Exemplos de AT
  5. 5. Segurança no Trabalho A dinâmica do AT Falhas ou quebrasElemento do processo produtivo Resultados secundários Acident e de Trabalh o
  6. 6. Segurança no Trabalho  Parágrafo Único – Equiparam-se ao acidente do trabalho, para efeitos deste Regulamento: I. I. A doença profissional ou do trabalho, assim entendida a inerente ou peculiar a determinado ramo de atividade e constante da relação que constitui o Anexo I da lei sobre AT;I. O acidente que, ligado ao trabalho, embora não tenha sido a causa única, haja contribuído diretamente para a morte, ou a perda ou redução da capacidade para o trabalho;I. A doença proveniente de contaminação acidental de pessoal da área médica, no exercício de sua atividade.
  7. 7. Segurança no Trabalho Artigo 3º - São também considerados como acidentes do trabalho:I. O acidente sofrido pelo empregado no local de trabalho, em consequência de: a) Ato de sabotagem ou de terrorismo praticados por terceiros, inclusive companheiro de trabalho; a) Ofensa física intencional, inclusive de terceiro, por motivo de disputa relacionada com o trabalho; a) Imprudência, negligência ou imperícia de terceiro, inclusive companheiro de trabalho; a) Ato de pessoa privada do uso da razão; a) Desabamento, inundação ou incêndio; a) Outros casos fortuitos ou de força maior.
  8. 8. Segurança no TrabalhoII. O acidente sofrido pelo empregado ainda que fora do local e horário de trabalho:a) Na execução de ordem ou na realização de serviço sob a autoridade da empresa;a) Na prestação espontânea de qualquer serviço à empresa para lhe evitar prejuízo ou proporcionar proveito;a) Em viagem a serviço de empresa, seja qualquer meio de locomoção utilizado, inclusive veículo de propriedade do empregado;a) No percurso da resistência para o trabalho ou deste para aquela;a) No percurso de ida e volta para o local da refeição em intervalo do trabalho.
  9. 9. Segurança no TrabalhoI. O acidente sofrido pelo empregado em período destinado a refeição ou descanso, ou por ocasião da satisfação de outras necessidades fisiológicas, no local de trabalho ou durante o horário deste. Parágrafo 1-º - Em casos excepcionais, constatando que doença nãoincluída no Anexo I resultou de condições especiais em que o trabalho éexecutado e com ele se relaciona diretamente, o INAMPS deverá considerá-lacomo acidente de trabalho.Parágrafo 2º - Não serão consideradas para efeitos do Parágrafo 1º a doençadegenerativa, a inerente a grupo etário e a que não acarrete incapacidade parao trabalho.
  10. 10. Segurança no Trabalho Parágrafo 3º - Não será considerada agravação oucomplicação do acidente do trabalho a lesão que, resultantede outro acidente, se associe ou se superponha àsconsequências do anterior.Parágrafo 5º - Entende-se como percurso o trajeto usual daresidência ou do local de refeição para o trabalho, ou destepara aqueles.
  11. 11. Segurança no Trabalho Classificação dos AT Acidente no TrabalhoAcidente Sem Acidente ComAfastamento Afastamentodo Trabalho do Trabalho Incapacidade Incapacidade Incapacidade Temporária Parcial Total Morte Permanente PermanenteO acidente O acidentenão deve ser deve serregistrado registrado
  12. 12. Segurança no Trabalho Tipos de AT• Acidentes típicos: são todos os acidentes que ocorrem no desenvolvimento do trabalho na própria empresa ou a serviço desta.
  13. 13. Segurança no Trabalho• Doenças ocupacionais: São doenças causadas pelo tipo de trabalho ou pelas condições do ambiente de trabalho.
  14. 14. Segurança no Trabalho• Acidentes de Trajeto: São os acidentes que ocorrem no trajeto entre a residência e o trabalho ou vice-versa.
  15. 15. Segurança no Trabalho Consequências Dos Acidentes De Trabalho Acidentado Família Colegas  Sofrimento físico  Mau estar. e moral.Plano  Sofrimento moral.  Inquietação.Humano  Diminuição do seu potencial de trabalho.  Pânico.  Perda de tempo.  Perda de salário.Plano  Perda de prémio  Dificuldades  Excesso de trabalho.Material  Baixa do seu económicas.  Formação do potencial profissional. substituto.
  16. 16. Segurança no Trabalho Consequências Dos Acidentes De Trabalho Empresa País  Baixa do clima psicológico.Plano  Baixa do potencial humano.Humano  Má reputação para a empresa.  Máquinas paradas.  Perda de produção.  Perda de produção.  Estragos na máquina.  Recuperação do acidentado.Plano  Atrasos na fabricação.  Reformas.Material  Formação de substitutos.  Despesas de reeducação.  Perturbações técnicas.  Diminuição do poder de  Maiores custos. compra.  Prémio de seguro maior.
  17. 17. Segurança no Trabalho Custos diretos dos AT´s• Salários pagos;• Assistência médica;• Medicamentos;• Indenizações.
  18. 18. Segurança no Trabalho Custos indiretos dos AT´s• Tempo perdido para socorrer o acidentado; investigar as causas do acidente; retomar o ritmo normal de trabalho; reparar equipamentos avariados;• Baixa de produtividade;• Perdas de produtos;• Reintegração do acidentado;• Prejuízo para a imagem da empresa;• Reparação de equipamentos;• Substituição do acidentado;• Sofrimento da família do acidentado.
  19. 19. Segurança no TrabalhoCausas dos acidentes detrabalho•Condição insegura;•Ato inseguro;•Fator pessoal de insegurança;
  20. 20. Segurança no Trabalho CONDIÇÕES INSEGURASSão equipamentos, máquinas ouferramentas que apresentam defeitos ouestão com falta de algum acessório queproporcionam uma CONDIÇÃO DEINSEGURANÇA. São responsáveis por 10% dos acidentes.
  21. 21. Segurança no Trabalho ATOS INSEGUROS São atitudes que você adota, muitas vezes, sem perceber, que podem causar um acidente. São responsáveis por 90% dos acidentes
  22. 22. Segurança no TrabalhoFator pessoal de insegurança éa causa relativa aocomportamento humano quepropicia a ocorrência deacidentes como, por exemplo,doença na família, excesso dehoras extras, problemasconjugais, etc.
  23. 23. Segurança no Trabalho EXEMPLOS1. EQUIPAMENTO TÉCNICO
  24. 24. Segurança no Trabalho2. CONDIÇÕES DE TRABALHO
  25. 25. Segurança no Trabalho3. TRABALHADOR (experiência, grau de instrução, idade, etc.)

×