Your SlideShare is downloading. ×
Fusca Na Igreja
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Fusca Na Igreja

114
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
114
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. E STA D O D E M I N A S ● Q U A R T A - F E I R A , 2 2 D E N O V E M B R O D E 2 0 0 6 VEÍCULOS RIFA Ação entre amigos promovida pela Paróquia de São Tarcísio, no Bairro Nova Cintra, c oferece como prêmio um Fusca, que fica dentro da igreja para atrair participantes m y k Fusca da CRISTINA HORTA / EM salvação DANIEL CAMARGOS ta da festa que encerra a novena de Natal e que marca o sorteio de uma O barulho da chuva no telhado de ação entre amigos, cujo grande prê- zinco serve como trilha para o ambien- mio será o mais que abençoado be- te desolado. Paredes apenas com o re- souro. A renda, como geralmente boco precisam de pintura. Escadas em ocorre em outras paróquias, será re- cimento grosseiro aguardam revesti- vertida para a reforma do templo. Pa- mento. O único luxo são os detalhes dre Rogério explica que já faz dois em gesso, que ornam a estrutura inter- anos que assumiu a igreja e que, des- na, que, por sua vez, se ergue até a torre. de então, as obras são uma rotina. À direita de quem entra pela porta prin- Difícil calcular o que falta para dei- cipal da Igreja de São Tarcísio, no bairro xar o templo pronto, mas o padre sabe Nova Cintra, região Oeste de Belo Hori- que a renda do Fusca, avaliado em R$ zonte, repousa solitário um Volkswagen 3,5 mil, é pouca. “Se conseguir tirar R$ 5 Fusca 1977, azul claro. mil com a rifa está ótimo”, afirma, qua- “Pode escrever aí que é um Fusca se rezando. A jogada, ou melhor, a esta- azul-calcinha inteiro”, ordena com hu- cionada do Fusca com a traseira virada mor o pároco, padre Rogério Eustáquio para o altar, foi um golpe de marketing Fernandes. Indagado se não seria me- do padre, que, além do seminário, fez Com a singular cor lhor dizer que o Fusca é azul-claro, pa- um curso técnico de publicidade. Aos azul-calcinha, Fusca ra combinar com o manto de Nossa Se- interessados, cada bilhete custa R$ 5. A aguarda, desde julho, nhora ou, quem sabe, para fazer uma diferença das rifas tradicionais é que o em frente ao altar o harmonia com os vitrais azulados e número não acompanhará o sorteio da sorteio da rifa, que será com os detalhes do acabamento exter- loteria. O padre explica que todos os ca- no – ainda por serem concluídos – de nhotos serão postos na urna e o vence- em 16 de dezembro e ladrilhos brancos, além das grades e de- dor será sorteado no ápice da festa. terá renda destinada talhes no mesmo tom, o sacerdote in- para a reforma siste, já sem disfarçar o riso: “É azul-cal- MOTOR Equipado com motor 1.3, o do templo cinha mesmo”. modelo (versão L) do Volkswagen ocu- CYAN MAGENTA AMARELO PRETO Pois o Fusca azul-calcinha está esta- pa o espaço relativo a três bancos, que cionado dentro da igreja desde julho, foram reposicionados nas laterais, co- e só sairá de lá em 16 de dezembro, da- mo se estivessem de castigo. Estacio- nado com precisão, o carro fica entre os dois últimos quadros da via-sacra, o sepultamento e a ressurreição de Cristo. Um motorista pouco ousado não se atreveria a passar o Fusca – com 1,54m de largura – pela estreita porta principal da igreja. “Eu calculei tudo. Ali passa até uma caminhonete (Che- vrolet) S-10”, esnoba o religioso. Po- rém, quando perguntado pelos fiéis sobre quem pôs o Fusca ali, ele respon- de: “Foram os anjos de Nossa Senhora”. Indagado se o pneu não esvazia, o pa- dre emenda de primeira: “Não abaixa, porque é de Deus”. Quem vai à igreja pela primeira vez, estranha a cena. “Perguntam assim: Meu Deus, como o padre Rogério pôs o Fusca ali. Outros acham que o carro é meu e que estaciono na frente do altar. Tem também quem fique bravo e fala que igreja é lugar de rezar”, conta o pa- dre. Mas toda a ‘falação’ é considerada positiva, pois, segundo o pároco, busca uma causa maior, que é a melhoria do templo e o sorteio do Fusca mais aben- çoado da cidade. c m y k CYAN MAGENTA AMARELO PRETO pg.00