Aula 0 Apresentacao Daniel

2,027 views
1,960 views

Published on

Apresentação Daniel Ragazzo Castro

Published in: News & Politics, Business
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Muito obrigado pela sua apresentação, muitíssimo útil para quem está começando e para quem já é do ramo há muito tempo como eu :-)
    Abraços

    Gilson
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,027
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
129
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 0 Apresentacao Daniel

  1. 1. computação e produção gráfica Design, arte, tecnologia da  informação e meios de reprodução  gráfica em escala industrial. Daniel Ragazzo Castro
  2. 2. Daniel Ragazzo Castro, desenhista industrial! Limeirense, do interior, portador do tele encéfalo desenvolvido e polegar opositor. Falo pooorrrrrta e assumo minhas raízes. Estudei no Cotil, Unifran, Belas Artes onde adquiri algum conhecimento sobre design gráfico. + informações: www.visualmotion.com.br MISSÃO: Trazer + design para mercado regional e local aplicando conceitos e ferramentas em CG e artes todas as segundas feiras neste mesmo horário. Daniel Ragazzo Castro
  3. 3. 2000 - L.I.S. – Laboratório de Imagem e Som – FEBASP 2001 - Tv Cultura – exibição de curta no programa Zoom. 2001 - Redetv – Estagiário, arte jornalismo. 2001 - MTV – exibição de stop motion educacional no programa Gordo AGOGO. 2003 - Prefeitura Municipal de Paulínia – desenvolvimento de maquete eletrônica 3d arquitetônica e livro da obra. 2004 - Johnson e Johnson / Belas Artes – vídeo sobre novos conceitos em design de embalagens e absorventes externos. Daniel Ragazzo Castro
  4. 4. 2004 - Redetv – Editor videografista, arte jornalismo. 2005 - O2 filmes – Finalizador freelancer para C&A 2005 – Captação de imagens e finalização do projeto ambiental na enerpeixe – TO 2007 - TV Jornal – Identidade Visual do veículo Jornal da Cidade 2007 - RB produções – Identidade Visual do programa Reinaldo Bastelli 2008 - Motobox – Finalização semanal do programa sobre motos Daniel Ragazzo Castro
  5. 5. O que é design? Sua origem? Onde se encontra? História da arte! Quem são designadores? Publicidade + design Daniel Ragazzo Castro
  6. 6. Daniel Ragazzo Castro
  7. 7. Daniel Ragazzo Castro
  8. 8. Daniel Ragazzo Castro
  9. 9. Daniel Ragazzo Castro
  10. 10. Daniel Ragazzo Castro
  11. 11. Daniel Ragazzo Castro
  12. 12. Daniel Ragazzo Castro
  13. 13. Daniel Ragazzo Castro
  14. 14. Daniel Ragazzo Castro
  15. 15. O que é design? quot;O design gráfico é um processo técnico e criativo que utiliza imagens e  textos para comunicar mensagens, idéias e conceitos”. Batizado e amadurecido no século XX, é hoje a atividade projetual mais  disseminada no planeta. Com objetivos comerciais ou de fundo social, o  design gráfico é utilizado para informar, identificar, sinalizar, organizar,  estimular, persuadir e entreter, resultando na melhoria da qualidade de  vida das pessoas. O trabalho dos designers gráficos está inserido no cotidiano da sociedade  através de posters, logotipos, embalagens, livros, jornais, revistas, placas  e sistemas de sinalização, camisetas, aberturas e vinhetas de cinema e  televisão, websites, softwares, jogos, sistemas de identidade visual de  empresas, produtos e eventos, exposições, anúncios etc.quot; (ADG/2006) Daniel Ragazzo Castro
  16. 16. Quem é designer? Define como desenhista industrial aquele que desempenha atividade  especializada de caráter técnico‐científico, criativo e artístico, com  vistas à concepção e desenvolvimento de mensagens visuais  e  projetos de produtos que equacionem sistematicamente dados  ergonômicos, tecnológicos, econômicos, sociais, culturais e estéticos e  que atendam concretamente às necessidades humanas. As atribuições do desenhista industrial, nos termos desta proposição,  compreendem, entre outras, o planejamento e projeto de sistemas,  produtos ou mensagens visuais; o exercício do magistério em  disciplinas nas quais o profissional esteja devidamente habilitado; o  desempenho de cargos, funções e comissões em empresas públicas e  privadas; a coordenação, direção, orientação da execução de serviços  ou assuntos de seu campo profissional. Daniel Ragazzo Castro
  17. 17. Quem é designer? Daniel Ragazzo Castro
  18. 18. Quem é designer? Daniel Ragazzo Castro
  19. 19. Quem é designer? Daniel Ragazzo Castro
  20. 20. Quem é designer? Daniel Ragazzo Castro
  21. 21. Fundamentos de desenho : ponto material, reta, formas  geométricas, cor, luz, desenho técnico, rough, sketches... Fundamentos básicos de percepção visual, gestalt do objeto. Organizando sua idéias! A importância do briefing Era digital – novas ferramentas. Pixel, vetor, bitmap, rgb, cmyk... Editoração eletrônica, diagramação Tratamento de imagem Processos de impressão, suportes gráficos, imagem, papel e  acabamento. Daniel Ragazzo Castro
  22. 22. Daniel Ragazzo Castro
  23. 23. Percepção visual  Meios de representação bi e tridimensional Tipologia Marca, logotipo, logomarca Identidade visual, imagem corporativa, branding design Do tangível ao intangível, o design está em tudo, cabe a nós  organizá‐lo e atender as necessidades concretas. “Amar e criar beleza são as condições elementares da felicidade. Uma época  que não as almeja permanece imatura visualmente; sua imagem é disforme,  suas manifestações artísticas não são capazes de elevar‐nos.” Walter Gropius Daniel Ragazzo Castro
  24. 24. quot;O fator de percepção visual diz respeito, principalmente, aos atributos  relativos a capacidade, facilidade e rapidez desejáveis de captação,  decodificação e compreensão da informação por parte do usuário/  receptor, na relação deste com o signo e, secundariamente, também  com o entorno, no qual o signo deve estar de destacando ou  sobressaindo. Em termos de design ‐ com relação ao fator visual ‐ o projeto do signo  deve atender uma serie de pré‐requisitos, parâmetros, normas e  procedimentos ergonômicos que são absolutamente indispensáveis  para um projeto adequado. Relação usuário, signo, ambiente ‐ esta relação envolve a analise das  condições de visualização e postura do receptor/usuário das  informações. Daniel Ragazzo Castro
  25. 25. Primeiro no que diz respeito à postura parada ou em movimento envolvendo análises  ergonômicas secundárias, como o estudo dos movimentos sacádicos, movimentos de  perseguição da informação pelos olhos, cabeça e corpo, bem como, com a relação à  focalização do signo. Segundo, das distâncias relativas entre o usuário e o signo, para efeito de observação e  leitura e ainda tendo‐se em conta o tamanho do signo e sua localização estratégica. Terceiro, das condições desejáveis de visualização do signo no contexto do ambiente,  implicando estudos de posicionamentos estratégicos e bem definidos ‐ livre de  obstáculos e fora (tanto quanto possível) de lugares poluídos visualmente  com excesso de outras informações. Com exceção dos signos naturais e simbólicos (marcos visuais) ‐ todas as outras  informações pensadas, concebidas e tratadas dentro da ótica da programação visual  obedecem, no todo ou em parte, a determinados critérios de representação  consubstanciados nos códigos operacionais: cromático, tipográfico, morfológico e  tecnológico. (...)” (Texto extraído da tese de doutorado: Ergonomia aplicada ao desenho industrial dos produtos de uso / reflexão  conceitual ‐ Prof. Dr. João Gomes Filho) Daniel Ragazzo Castro
  26. 26. Entende‐se por percepção visual um conhecimento  teórico, descritivo, relacionado à forma e suas expressões  sensoriais. Um tipo de talento, uma característica  desenvolvida como uma habilidade de um escultor que  diferencia os pontos relevantes e não‐relevantes de sua  obra. Para que depois de pronta ‐ em uma análise mais  detalhada ‐ possa explicar os atributos ali contidos. Daniel Ragazzo Castro
  27. 27. Daniel Ragazzo Castro
  28. 28. Dentre inúmeras propriedades de se conceituar a  forma podemos sitar alguns fundamentos: Harmonia, ordem, regularidade, desarmonia,  desordem,  irregularidade, equilíbrio, peso, direção,  simetria, assimetria, contraste, movimento,  dinamismo, rítimo, passividade, proporção, escala,  agudeza... Daniel Ragazzo Castro
  29. 29. Com esses fundamento podemos dar intenção as  nossas formas gráficas de expressão com: Clareza, simplicidade, complexidade, minimidade,  profusão, coerência, incoerência, exageração,  arredondamento, opacidade, ambiguidade,  espontaneidade, fragmentação, sutiliza, profundidade,  sequencialidade, sobreposição, correção ótica, ruído  visual. Daniel Ragazzo Castro
  30. 30. Daniel Ragazzo Castro
  31. 31. Marca, sua definição! Marca é uma representação simbólica de uma série de informações  sobre um produto, um serviço, um grupo de produtos ou serviços,  ou uma empresa.A representação simbólica é constituída  tipicamente por um nome, marca verbal, e por imagens ou  conceitos que distinguem o produto, serviço ou a própria empresa.  Quando se fala em marca, é comum estar‐se a referir, na maioria  das vezes, a uma representação gráfica no âmbito e competência  do design gráfico, onde a marca pode ser representada  gráficamente por uma composição de um símbolo e / ou logotipo,  tanto individualmente quanto combinados. No entanto, o conceito  de marca é bem mais abrangente que a sua representação gráfica.  Uma empresa através de seu nome fantasia e da sua representação  gráfica ‐ comunica a quot;promessaquot; de um produto, seu diferencial  frente aos concorrentes que o faz especial e único.  Daniel Ragazzo Castro
  32. 32. O mercadólogo busca associar às marcas uma personalidade ou  uma imagem mental. Assim, pretende ´marcar´ a imagem na  mente do consumidor, isto é, associar a imagem à qualidade do  produto. Em função disto, uma marca pode formar um importante  elemento temático para a publicidade. Ela serve como uma forma  rápida para mostrar e dizer aos consumidores o que um fornecedor  oferece ao mercado. Possui vários níveis de significado, entre eles  cultura, atributos ou benefício. É fundamental entender que a  marca é mais intangível do que tangível, pois o consumidor de  determinada classificação demográfica tem sensações,  experiências e percepções diferentes sobre a mesma marca em  relação a outro consumidor classificado demograficamente da  mesma forma. Daniel Ragazzo Castro
  33. 33. Identidade Visual, sua imagem corporativa! Adequando sua imagem em relação a marca e todos os  subprodutos que a representarão, O designer decodifica os valores  que compõem sua empresa através da forma, cores e tipos que  associados a sua filosofia (planejamento), expressam na forma a  projeção do conteúdo (produto), ícone, logo ou marca projetada,  compondo um conjunto gráfico de mídias designado Identidade  Visual. O designador pode fazer uso gráfico através do impresso, da  imaterialidade, da virtualidade, da composição de vídeos, gráficos,  sons, 3d, etc. Estes parâmetros evoluem na medida em que a  cultura visual de um povo incrementa suas referências e novas  ferramentas ampliam o poder de fazer. Daniel Ragazzo Castro
  34. 34. Identidade Visual, sua imagem corporativa! Daniel Ragazzo Castro
  35. 35. A partir dos conhecimentos perceptivos é que  daremos início a introdução aos recursos de  computação gráfica. Pois o computador, é apenas + uma ferramenta atual. Amanhã poderá ser outra!!! Daniel Ragazzo Castro
  36. 36. Os conceitos abordados terão como finalidade  principal orientar o aluno a manipular ferramentas de  vetorização, crominação e finalização de layouts  publicitários na pré‐impressão, facilitando a inserção  no mercado de trabalho. Os softwares Corel draw e photoshop serão o foco   principal da disciplina que associados ao design e  publicidade e propaganda permitirão associações  interdisciplinares. Daniel Ragazzo Castro
  37. 37. Temos um blog para postar tudo o que acontece  em sala de aula, todos vão participar e usar o  mesmo para divulgar suas idéias e trabalhos. http://unardesign.blogspot.com Daniel Ragazzo Castro
  38. 38. Evolução x Extinção = Darwin A internet é o caminho para tudo. Tudo tem o seu preço. Inclusive a curiosidade. Sem vontade não existe progresso. Sem vontade  não existe nada. Vocês são funcionários do mercado publicitário,  não de uma agência, empresa, gráfica ou  qualquer outra coisa. Quanto mais esse mercado  crescer, mais vocês vão crescer também. POR ISSO TEM QUE LER MUITO, TEM QUE TER  CONHECIMENTO, TEM QUE VIVER COM O RADAR  LIGADO E ENTENDER O MUNDO A SUA VOLTA. Daniel Ragazzo Castro
  39. 39. Daniel Ragazzo Castro

×