Your SlideShare is downloading. ×
Folha teen setembro 2013
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Folha teen setembro 2013

52
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
52
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ANO I - No 02 - JORNAL DO COLÉGIO ESTADUAL TANCREDO DE A. NEVES - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA - SETEMBRO/2013 Pneus e Meio Ambiente ós, jovens, somos o futuro de um mun- do que não pode acabar por poluição ou desma- tamento. Como a preocupação com o meio ambiente só au- menta, o nosso colégio está fazendo mudanças. Com a coordenação do pro- fessor Claudinei, da pedago- ga Elisângela e a ajuda de al- guns alunos, o colégio reutili- zará pneus para fazer vasos de flores, a fim de mudarmos o destino desses pneus e para darmos mais vida ao nosso co- légio com flores. Mas o projeto não ficará só nas flores, tem outras diver- sas formas para utilizarmos esse material, com a habilida- de artística de alunos e profes- sores daremos outra vida a es- ses pneus e outra cara ao nos- so colégio. N PROJETO MEIO AMBIENTE: TODOS TRABALHANDO POR UM COLÉGIO MAIS BONITO.Nesta edição Quem tem direitos? - Sexo Virtual - Novo Grêmio P. 2 Jovens Aprendizes - O fim dos blocos no Ensino Médio Notas baixas trazem pais para a escola Professores da rede municipal de ensino iniciam greve por tempo indeterminado P. 3 ConhecendoCuritiba Página 4 FOLHETEENRECOMENDA Página 5 Graciliano Ramos, o escritor do ano Índigo - Super Autora Página 6 Alunos participam da segunda fase da OBMEP REMATRÍCULAS - Charge Página 7 As atividades esportivas voltaram UnhasModernas Página 8
  • 2. Setembro/20132 ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○EXPEDIENTE Colégio Estadual Tancredo de Almeida Neves - Rua da Tiriva, 88 - Colombo - PR - Telefone- 36561375 - E-Mail: tancredo_colombo@yahoo.com.br - Diretor: Francis Bolsi - Professora: Daisk Valéria e Maria Gorete - Alunos: Mylena Laskos - 2ºA - Victor - 2ºA - Rafaela Lima - 3ºA - Thaisa Santos - 2ºA - Jeander Silva Muniz - 9ºC - Jhonny - 2ºA - Luana Simões - 2ºA - Maicon Roger - 3ºA - Elaine - 3ºA - Núbia - 9ºC - Krislayne Ferrari - Amabily Carvalho - 9ºA - Alyne - 3ºA. Quem tem direitos? Victor Os direitos no Brasil ga- rantem muitos benefícios a todos os cidadãos, isso na teoria, na prática só uma parte da população tem acesso a eles e é a classe que de tem mais poder. Nesse país quanto mais dinheiro, mais poder, e quanto mais poder mais direitos. Com isso, direitos soci- ais, civis, políticos são pri- vados das pessoas com baixa renda e quando es- tão disponíveis para essa grande parte da população não dão conta das suas ne- cessidades, um exemplo disso é a segurança, que muitas vezes só serve para registrar violência, não im- pedi-la, na área da saúde, fal- tam equipamentos e profissi- onais qualificados para os ser- viços oferecidos. Os direitos no Brasil estão restritos nas mãos de poucas pessoas, isso só mudará quan- do a grande população de des- favorecidos no país exercer o papel de cidadão elegendo políticos que façam com que os direitos sejam para to- dos, e ficarem observando e cobrando essas mudan- ças. Resumidamente direi- tos serão para todos, se to- dos fizerem algo para que isso aconteça. Sexo VirtualMaicon Roger O título lhe chamou atenção não é mesmo? Isso foi realmente inten- cional, mas o que quero mesmo retratar é como as pessoas, em geral os ado- lescentes, se mostram na internet, ou seja, como eles se identificam. Não é incomum hoje em dia, adolescentes com mais de um perfil nas re- des sociais, principalmen- te no Facebook e Twitter, muitas vezes até do sexo oposto, meninas fazendo perfis masculinos e vice- versa. Muitos gostam de ter um para conversar com os amigos e outro perfil para co- nhecer novas pessoas e inte- ragir de uma forma mais livre, tendo em mente que não pre- cisará responder pelos seus atos, afinal, não é da própria pessoa em que estamos falan- do, e sim do perfil falso. Será que isso é realmente verdade, será que criar um perfil falso é a melhor saída para conhecer novas pessoas e interagir? Criar perfis falsos é crime, e isso fica bem claro antes de se criar uma conta em qual- quer rede social, naquele ter- mo de compromisso que nun- ca lemos, e isso pode gerar mais problemas do que se ima- gina. O melhor mesmo é sair de casa aos fins de semana, se divertir ou até mesmo fazer cursos, assim se conhece mais pessoas, além de estar socializando e aprendendo coisas novas, tendo mais as- sunto para conversar com os novos amigos, e cá entre nós, de nada adianta fazer novas amizades, sendo que estas pessoas estão acreditando numa pessoa em que não se é. Então fica a dica, tenha apenas um perfil, e verdadei- ro, concentre neles seus ami- gos, compartilhe todo o con- teúdo que você gosta e diga a sociedade quem você é, assim conseguirá verdadei- ros amigos e construirá rela- ções de qualidade. PONTOS DE VISTA COTIDIANO ESCOLAR Novo Grêmio O Grêmio é a organização que representa os interesses dos estudantes dentro de um colégio. Ele permite que os alunos discutam, criem e for- taleçam inúmeras possibilida- des de ação, tanto no próprio ambiente escolar como na co- munidade. É também um importante espaço de aprendizagem, ci- dadania, convivência, respon- sabilidade e de luta por direi- tos. A menos de um mês, nos- so diretor, Francis Bolsi, pediu aos alunos interessados que montassem chapas para o grê- mio estudantil, caso houves- se mais de uma seria realiza- da uma votação. Porém, só houve uma chapa que está determinada a ajudar os alu- nos. Um grêmio estudantil pode fazer muitas coisas, des- de organizar festas até exigir melhorias na qualidade do en- sino. Tem o potencial de inte- grar mais os alunos entre si, com todo o colégio e com a co- munidade. Um bom exemplo disso é o projeto de basquete, que os integrantes do grêmio estu- dantil, Os Zapatistas, planeja- ram e organizaram, com a fi- nalidade de criar um time que poderá disputar campeona- tos. Os treinos acontecem to- das as terças e quintas-feiras, das 17h15minh às 18h45min. Os alunos interessados em participar devem ter entre 13 e 17 anos, e entrar em contato com os participantes do grê- mio, Victor, Caio ou Herick, todos do 2ºA. Nosso colégio sempre teve uma tradição no desporto. Ao longo dos anos, tivemos mui- tos times que sempre esta- vam nas primeiras posições dos campeonatos municipais e regionais, essa nova iniciati- va é uma tentativa de trazer troféus para nosso colégio e resgatar essa tradição.
  • 3. Setembro/2013 3 COTIDIANO ESCOLAR Jovens Aprendizes O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) é uma instituição brasileira de educação pro- fissional aberta a toda soci- edade. Foi criado em 10 de janeiro de 1946. é adminis- trado pela Confederação Nacional do Comércio (FE COMÉRCIO). No SENAC há, também, cursos para "jovens aprendi- zes" entre 14 e 24 anos (e sem limite de idade para portadores de deficiências), com a capacitação e desen- volvimento da qualificação profissional dos jovens para entrada no mercado de tra- balho. Sua missão é desen- volver pessoas e organiza- ções para o mundo do traba- lho com ações educacionais, disseminando conhecimen- tos em comércio de bens e serviços. O SENAC disponibi- lizou 25 vagas para nossa es- cola no curso de auxiliar de crédito e cobrança, com car- ga horária de 180h, os inte- ressados teriam que ter a idade mínima de 16 anos, os alunos que participam do cur- so recebem uma bolsa auxí- lio no valor de R$ 2,00 hora/ aula. O curso é totalmente gratuito, com duração de 2 meses.Quando concluído, o aluno terá o certificado reco- nhecido pelo MEC, e ainda terá o nome no sistema, sen- do encaminhado para o ban- co de oportunidades, poden- do já sair empregado. Site do SENAC: secretaria@prsenac.br a quinta feira, 19 de setembro, foi feita a entrega de bole- tins. De acordo com o dire- tor Francis Bolsi, cerca de 80% dos responsáveis foram convocados para uma reunião pedagógica, o motivo são as notas baixa e a falta de com- prometimento dos alunos. Diferente dos anos anteriores, a en- trega de boletins, direto para o aluno, ficou mais rigorosa, é necessário que to- das as notas estejam acima ou na média. Com apenas uma nota abaixo, o respon- sável já é convocado para pegar o bole- tim e participar de uma reunião na esco- la. O último trimestre já começou e fal- ta pouco para o fim do ano letivo. Porém o desinteresse dos alunos não mudou em nada, e, provavelmente, muitos re- provarão por esse motivo. Geralmente, os alunos pensam que podem recuperar na última hora, alguns conseguem ou- tros não. Além da reunião, as pedagogas estão fazendo, como no trimestre passado, o pós-conselho, que consiste, basicamente, em conversar com esses alunos que apresentam PERIGODEREPROVAÇÃO Notas baixas trazem pais para a escola N O ensino médio por bloco foi implantado no ano de 2009, o ano letivo era organizado em duas partes, um semestre para as disciplinas exatas e outro para humanas. O governo pro- pôs esta modalidade de forma optativa para as escolas, para auxiliar na redução dos índices de evasão e abandono. A nos- sa escola optou por esta mo- dalidade gerando insatisfação para uns e trazendo vantagens para outros. No ano de 2011, a escola fez um plebiscito com a comuni- dade escolar quanto a conti- nuidade do bloco, a maioria optou em continuar. Mas em setembro desse ano, a Secre- taria de Educação nos infor- mou que essa modalidade de ensino teria data certa para acabar, e para as escolas seri- am apenas uma questão de O fim dos blocos no Ensino Médio tempo, dessa forma, nossa escola retorna para o ensino médio regular juntamente com todas as outras escolas a partir o ano que vem. Com isso surgirão dificul- dades para a adaptação, além de problemas de ordem docu- mental com a migração do blo- co para o regular, o aluno que reprovar um bloco terá que fazer o próximo ano inteiro. Vale lembrar que ainda há decisões a serem tomadas em relação ás questões de reapro- veitamento de estudos e adaptações. A greve dos professores municipais de Colombo com- pletou quinta-feira, 26, o quar- to dia. Dezenas de professo- res participaram de manifes- tação no bairro alto maracanã. Eles pedem a reposição de perdas salariais históricas, au- xílio alimentação, transporte em dinheiro e revisão do PCCV (Plano de Cargos Carreiras e Vencimentos). "Nós precisamos de valori- zação e isto não está aconte- cendo, só vamos voltar com uma proposta da prefeitura", afirmou a professora Silmara Aparecida. A decisão pela continuida- de da paralisação foi tomada GREVEGERAL Professores da rede municipal de ensino iniciam greve por tempo indeterminado em uma assembleia organiza- da pelo sindicato da categoria no dia 25. Os professores e funcionários de escola lutam por valorização e melhor uso do dinheiro público. dificuldades, explicar, incentivar. Já é hora de pensar no futuro, que depende do estudo e do esforço de cada um.
  • 4. Setembro/20134 ROTEIRO TURÍSTICO Por Débora Azevedo "A cidade é simplesmente fantás- tica é a primeira vez que estou vindo, achei uma cidade muito bem estrutu- rada, muito bonito, pra gente que veio fazer turismo têm vários lugares que pode conhecer", declara a turista de Manaus, Gislaine Vieira. Curitiba é conhecida como a capital ecológica do Brasil, possui 26 parques e cerca 81 milhões m² de área verde preservada. Por esse motivo os par- ques são o roteiro turístico da capital. Entre os parques mais tradicionais da cidade estão o Passeio Público, Bari- gui e o Jardim Botânico. O Passeio Pú- blico tem 127 anos, é o primeiro par- que e zoológico da cidade inaugurado em 2 de maio de 1886. "É um lugar ma- ravilhoso, eu sinto que quando estou aqui, entro em contato com Deus", declara Maria Elza de 60 anos que está em Curitiba por motivos de saúde. Ela Conhecendo Curitiba sugere mais vigilância no parque, de- vido à prostituição. "Em um lugar como este, deveria existir mais respeito pela natureza que tem aqui". Finaliza Elza. Outro parque muito frequentado é o Barigui que é um dos maiores par- ques de Curitiba, foi transformado em parque em 1972, pelo arquiteto Lubo- mir Ficinski. O atleta Joe Roger acha o parque maravilhoso, onde corre des- de 2009, o ano que veio morar na capi- tal. "O que mais me atrai no parque é a sensação de liberdade e a natureza que ali tem, faço minha corrida tran- quilamente, e para finalizar, vou até a área de exercício perto da casa amare- la, onde posso fazer as minhas séries, ali é o local que mais gosto", diz. Finalmente, o Jardim Botânico, é um dos principais cartões postais de Curitiba, foi inaugurado 1991. Na estufa abriga plantas de carac- terística da floresta atlântica. Sua ar- quitetura é inspirada em um palácio de cristal que existiu em Londres, no século 19. "Um parque maravilhoso, eu amei, uma cara de Europa mesmo, muitas coisas legais, muitos lugares lindos". Observa a turista de Manaus, Jomara. Jardim Botânico Passeio Público Parque Barigui
  • 5. Setembro/2013 5 FOLHETEEN RECOMENDA 2Share Entertainment Zezé di Camargo e Luciano Arfoc-PR (Associação dos Fotógrafos e Repórteres Cinematográficos do Paraná) Autores desconhecidos Ana Serafin, Katia Kimieck, Silvana Camilotti, Vavá Diehl, Faisal Iskandar e Jorge Kimieck AUTOR LOCAL POR QUE VER/ASSISTIR Rei do Rock Show Zezé di Camargo e Luciano Curitiba protesta "Curitiba Anos 50" Abstractus Expo Unimed Curitiba 30 de outubro. Rua: Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 às 20h30. Local: Teatro Guaíra - Grande Auditório Data: 10/10/2013 Horários: 19h30min (Abre a casa) Show a partir das 21:00. Ingressos: R$ 95,00 Memorial de Curitiba Rua Claudino dos Santos, 79 São Francisco, Curitiba. Entrada franca Salão Paranaguá do Memorial de Curitiba R. Claudino dos Santos, 79 (Setor históri- co) de 29/10/ 2012 até o dia 3/10/2013 de 2013. (A partir das 19h) Entrada Franca. Memorial de Curitiba Para quem gosta do ''Rei do Rock'', essa é a oportunidade de relembrar um pouco de sua pessoa e curtir seus ritmos dançantes. Retrata a nova realidade musical dos artistas, pode ser considerado (O Show) uma inovação na carreira da dupla, que sempre se destacou por shows de qualidade. Relata como eram as manifestações (protes- tos) de outrora, fazendo uma comparação com as dos dias atuais. É bom ver, porque a mostra reúne textos, fo- tos, gibis e revistas de época, além de filmes e ambientações pertencentes ao acervo da Casa da Memória. É um processo que transforma materiais e embalagens descartáveis, recicláveis ou não, em novas peças. O principal foco de seu trabalho é reutilizar sempre, respeitando premissas de sus- tentabilidade e meio ambiente.
  • 6. Setembro/20136 ARTE E LITERATURA Graciliano Ramos, o escritor do ano Graciliano Ramos é um ala- goano, nascido em 27 de ou- tubro de 1892, foi um dos mais influentes escritores brasilei- ros e que neste ano completa 80 anos do lançamento de sua primeira obra. Ele fez carreira como escri- tor, e também como jornalista e até mesmo como político. Graciliano é o autor de gran- des obras, como Vidas Secas (1938), Caetés (1933), Angús- tia (1936), Infância (1945), In- sônia (1947), dentre tantas outras. Seus livros também são óti- mas dicas de leitura. Neste ano, Graciliano foi e será muito homenageado. Sendo um escritor voltado a questões sociais, ele ganhou uma importante retrospectiva de sua vida e obra, na Casa da Cultura, no centro histórico de Paraty (RJ), do dia 01 a 31 de autor receberá a homenagem por sua obra Caetés, que com- pletará 80 anos de lançamen- to e pelos 120 anos de seu nas- cimento, completados em 2012. Graciliano Ramos também terá sua obra retratada no es- pecial de Fim de Ano da Rede Globo de Televisão. Suas obras também são, e muito, utiliza- das em vestibulares e tam- bém no ENEM. Índigo - Super Autora Índigo, nome artístico de Ana Cristina Ayer de Olivei- ra, nasceu em Campinas (SP), em agosto de 1971. Formou- se em jornalismo pela Uni- versidade do Estado de Min- nesota (EUA), contudo não exerceu a profissão. Mas op- tou numa carreira parecida, na qual poderia escrever, mas de uma forma bem dife- rente: Isso ela mostra em um dos livros. Vendem- se uni- córnios, que fala de uma menina que morava no inte- rior, veio para São Paulo com seus pais, para mudar de vida. Mas muda completamente o visual, o jeito ser, só para agradar as outras pessoas. Ao mesmo tempo em que passa uma mensagem para sermos nós mesmos e não uma pes- soa que não somos, é uma leitura engraçada e empol- gante. Um dos livros que mais gostei de ler neste ano! Outra historia dessa autora, é Saga Animal, um menino com mui- ta imaginação, que como toda Agosto. Esta exposição traz toda a vida e obras do autor, desde manuscritos até ilustra- ções referentes ao escritor. O escritor foi reverenciado da FLIP 2013 (Feira Literária Internacional de Paraty). A maior feira literária do Brasil trouxe Graciliano como perso- nagem principal, trazendo suas obras e destacando sua importância no cenário literá- rio brasileiro. O escritor defendia que escrever poderia ser uma atividade de poucos, mas não para poucos, inclusive disse que a palavra não foi feita para brilhar, mas para se dizer. Ele também será homena- geado no II Salão Nacional do Jornalista Escritor, nos dias 6, 7 e 8 de setembro, acontece no Memorial da América Lati- na, Auditório Simon Bolívar. O criança de 10 anos, tinha um sonho de ter um cachorro, po- rém sua mãe não permitia, por causa de sua irmã menor. Por isso, resolve, com ajuda de sua avó, ter um animal escondido. Pelo fato de ser um livro in- fantil, é muito divertido, mexe com a imaginação. Ou- tros livros dessa autora são: Dálmata descontrolado, Amizade improvável, Cobras em compota. E o melhor é que estes livros estão dispo- níveis na biblioteca.
  • 7. Setembro/2013 7 AOBMEPreuniumaisde 18 milhões de alunos das escolas públicas do Brasil inteiro. E por aqui já virou tradição, os estudantes do ensino fundamental e mé- dio da Escola Estadual Tan- credo Neves participaram da 1ª Fase da Olimpíada de Matemática, com frequên- cia total dos alunos. Nesta primeira etapa, os participantesresolveramde 20 a 25 questões de múlti- pla escolha em um tempo máximo de três horas. Os estudantes que atin- giram a pontuação mínima exigida para cada um dos níveis foram classificados PARTICIPAÇÃOEFETIVA Alunos participam da segunda fase da OBMEP para a próxima etapa, sendo que a segunda fase ocorreu no dia 14 de setembro, no colégio estadual Abraham Lincoln de Colombo. A divul- gação dos premiados com medalhas de ouro, prata e bronze, além de menções honrosas, está prevista para dezembro. A competição estimula o gostoeoestudodamatemá- tica,etambémidentificaalu- nos com talento para a pes- quisa científica. O colégio Tancredo sempre obteve óti- mos resultados com men- ções honrosas e é esse o re- sultado que esperamos mais uma vez. REMATRÍCULAS O período de rematrículas para o ano letivo de 2014, para todos os alunos do Ensino Fun- damental - 6º a 9º anos - e para os 1º e 2º anos do Ensino Mé- dio, inicia-se no dia 04 de no- vembro, com término em 14 de novembro. Devem ser rea- lizadas na secretaria da escola pelos pais ou responsáveis le- gais mediante documentação comprobatória, dentro deste período. Caso não cumprido o prazo estabelecido, a escola não poderá garantir vaga ou turno para o referido aluno. Documentos necessários: - Talão de luz atualizado e RG dos pais/responsáveis le- gais - Para alunos maiores de 16 anos RG e CPF (obrigatório) Horário de funcionamento da Secretaria da Escola: Ma- nhã: das 08:00 às 11:30 - Tar- de: das 13:00 às 17:00 - Noi- te: das 18:30 às 20:00 Não serão realizadas rema- trículas com falta de documen- tos. CHARGE
  • 8. Setembro/20138 ESPORTES MODA & BEM ESTAR Nunca esteve tão na moda unhas pintadas e de- coradas, e isso não é de hoje. Tudo começou no Egito anti- go há mais ou menos 5000.a.C as mulheres tingi- am as unhas com uma de goma arábica, clara de ovo, gelatina e cera de abelhas, mas não durava muito tem- po, a unha absorvia essa pe- lícula e logo saia. A cor, em princípio, era preta e a base de henna. Com o tempo, foi ficando mais clara e com tons de marrom claro. Com isso, as cores do esmalte passaram a indicar a classe social do indivíduo: os tons claros eram usados por mulheres de classes mais baixas e os tons intensos, pela nobreza. Cleópatra estabeleceu uma lei, que só ela podia usar o tom vermelho, se al- guém desobedecesse a essa lei era punido. Coitadas de nós que gostamos de verme- lho (principalmente a por° UNHAS MODERNAS Vemos pelos corredores, meninas, com todas as cores e modelos de unhas, desde as comportadinhas até as mais modernas Iara). Ainda bem que isso não existe mais, e agora to- dos nós podemos ter unhas vermelhas e de todas as co- res. A moda das unhas é qua- se que mais importante do que a das roupas, principal- mente para algumas pesso- as. O mercado se expandiu rapidamente, com novas co- res e materiais para a deco- ração, quase todo mês têm esmaltes novos nas farmáci- as e supermercados, agora também existem lojas espe- cializadas em esmaltes e ar- tigos para manicure. Então, vamos aproveitar o momento e cuidar muito bem das nossas queridas unhas. C omo todos os jo- vens e crianças es- peravam e deseja- vam as atividades esportivas no ginásio do Santa Tereza voltaram, mas dessa vez, se- gundo o que se nota, o pro- jeto está muito bem organi- zado e planejado, sendo que há atividades para quase to- das as idades, desde crianças a idosos. A atividade espor- tiva mais trabalhada é o fut- As atividades esportivas voltaram sal, recomendado para os jo- vens e crianças, para os idosos haverá em especial atividades físicas para o melhor funciona- mento do corpo. Para que nenhum morador do bairro perca a oportunida- de de participar desse proje- to, as atividades ocorrem em dois turnos: manhã e tarde. Projetos deste tipo são muito bons para a comunida- de, pois acabam por, de certa maneira, evitando a forma- ção de infratores, adolescen- tes seguindo um caminho in- correto, o tempo é utilizado para praticar esportes e ati- vidades. Os professores são: Hen- rique e Anderson, esse pro- jeto teve início no começo deste ano, e esperamos que não termine, vamos concor- dar: o projeto voltou em boa hora.