• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Bioma AmazôNico E Desmatamento
 

Bioma AmazôNico E Desmatamento

on

  • 6,604 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,604
Views on SlideShare
6,603
Embed Views
1

Actions

Likes
2
Downloads
135
Comments
0

1 Embed 1

https://twimg0-a.akamaihd.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Bioma AmazôNico E Desmatamento Bioma AmazôNico E Desmatamento Presentation Transcript

    • Bioma Amazônico e desmatamento
      Colégio Estadual Ângelo Gusso – Biologia
    • Alexandre, Alan, Cezar, Dalton, Fernando C., Marlon e Pedro
      Bioma Amazônico e desmatamento
    • Causas do desmatamento
      Queimadas de extensasáreaspara a práticadaagricultura e pecuária;
      Expansão de centrosurbanos;
      Cosntrução de estradas;
      Implantação de grandesprojetosagrominerais e hidrelétricos;
      Comercializaçãodamadeira.
    • Queimadas
      Os grandes inimigos das florestas são os incêndios sejam de origem natural ou provocados eles comprometem a preservação da vida florestal.
      Grandes áreas são devastadas pela ação do fogo, provocando a fuga dos animais ou a morte da fauna local, causando prejuízos irreparáveis á natureza e ás atividades econômicas humanas.
    • queimadas
      O objetivo das queimadas é fazer uma limpeza no terreno a baixo custo, eliminando a vegetação natural para a implantação de pasto ou de culturas agrícolas.
      O fogo destrói os microrganismos benéficos ao solo e a fauna existente no local. Em geral, plantios realizados após uma queimada esgotam os poucos nutrientes que restam no solo. A terra descoberta tem seus nutrientes levados pela chuva (lixiviação) tornando-se rapidamente improdutiva.
    • ImpactosAmbientais
      A perda da cobertura vegetal causa a degradação do solo e em decorrência a desertificação.
      O extermínio das florestas também afeta o clima, pois elas regulam a temperatura, o regime de vento e de chuva.
      A redução da camada vegetal e a conseqüente diminuição da chuva levam ainda ao aquecimento da Terra.
    • Impactos ambientais
      O desmatamento e a erosão do solo nas nascentes e nas margens dos cursos de água comprometem a rede hidrográfica, à medida que grande quantidade de terra e areia se deposita no fundo de rios e lagos, diminuindo sua profundidade. Esse fenômeno, conhecido como assoreamento , aliado à escassez de nativa, que antes absorvia a água, intensifica a incidência de enchentes.
    • brasil
      Desde o início da colonização do Brasil, as florestas da região costeira vêm sendo derrubadas. A intensificação do desmatamento se acentuou a partir de 1920, após o término da I Grande Guerra, com a vinda de imigrantes, especialmente da Europa. Além do prosseguimento da derrubada das árvores da Mata Atlântica, ocorreu a destruição avassaladora dos pinheirais da região Sul do país.
    • brasil
      Os técnicos florestais estimam que o desmatamento, em todo o território é superior a 300 milhões de hectares de matas.
      Mesmo depois dos diversos ciclos econômicos, a mentalidade predatória é ainda hoje muito presente. A ação das madeireiras, a expansão das fronteiras agrícolas e a pecuária não sustentável continuam a causar grandes impactos ambientais.
    • brasil
      Apesar dos problemas, o Brasil ainda ocupa o segundo lugar entre os países com a maior cobertura florestal remanescente no mundo - atrás apenas da Federação Russa -, com 5,5 milhões de km² de matas. Entretanto, está em segundo lugar entre os com maior índice de desmatamento, depois da China, de acordo com outro relatório do WWF, Planeta Vivo, lançado em 1999.
    • brasil
      O total de áreas desmatadas no território brasileiro hoje, em torno de 16 mil km², é resultado da derrubada de árvores e de incêndios florestais provocados pela ocupação humana. Um exemplo histórico desse processo de devastação é o reduzido acervo remanescente da mata Atlântica.
    • Floresta amazônica
      A floresta Amazônica continua a ser uma das maiores do planeta. Quanto à biodiversidade, não há floresta no mundo comparável a ela, com uma flora riquíssima - mais de 30 mil espécies de plantas -, que inclui um terço de toda a madeira tropical disponível no mundo, a Amazônia brasileira já perdeu 13,31% da mata original, o equivalente ao território da França.
    • Floresta amazônica
      Cerca de 90% do desflorestamento tem-se concentrado nos limites de 100 km da malha rodoviária principal, ao redor dos eixos e pólos de desenvolvimento dos anos 70 e 80. A concentração e a rapidez do desflorestamento intensifica os impactos negativos da ocupação, afetando sistemas de produção e populações.
    • Floresta amazônica
      O desmatamento e as queimadas da região Amazônica constituíram as mais sérias preocupações dos ambientalistas nas últimas décadas, por acarretar desequilíbrios imprevisíveis ao ambiente, com conseqüências desconhecidas.
    • Floresta amazônica
      Além da imensa perda de biodiversidade e da ameaça a povos e culturas tradicionais, o desmatamento afeta o ciclo das águas e adiciona, segundo o Instituto de Pesquisa da Amazônia (Ipam), 200 milhões de toneladas de carbono à atmosfera anualmente, transformando o Brasil num dos 10 maiores vilões responsáveis pelo aquecimento global.
    • Floresta amazônica
      Permitir a continuidade do desmatamento significa condenar a Amazônia ao atraso econômico, à crise social e ao desastre ambiental.
      Até hoje, aproximadamente dois terços da Amazônia permanecem como floresta virgem e ainda podem ser preservados.