Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
  • Save
Euro 2014 sao paulo -novembro 2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Euro 2014 sao paulo -novembro 2010

  • 197 views
Published

 

Published in Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
197
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Museu do FutebolApresentação das melhores práticas: benchmarking das acções de qualificação para a EUROCOPA – Portugal 2004 Contexto da Preparação da World Cup 2014 Por: Luís Correia da Silva Senior Partner Aequitate, S.A. São Paulo, 5 Novembro 2010
  • 2. Índice1. Euro 2004: Principais aspectos organizativos determinantes do sucesso do evento1. Euro 2004 e a Promoção de Portugal como Destino Turístico1. Euro 2004: Avaliação da importância estratégica do evento na projecção e imagem de Portugal como País e como destino turístico2. World Cup 2014 Brasil
  • 3. Índice1. Euro 2004: Principais aspectos organizativos determinantes do sucesso do evento • Comissão de Organização coordenada pelo Ministro Adjunto do Primeiro Ministro • Comissão de Organização com representantes ao nível governamental em todas as áreas de intervenção • Funcionamento dos aeroportos, construção das acessibilidades • Disponibilização de informação • Funcionamento da hotelaria e estruturas de animação (restaurantes, bares, shopping, etc.)
  • 4. Índice • Planeamento da recepção, estadia e entretenimento dos Fans • Estádios e organização dos Jogos • Cobertura mediática • Planeamento da Segurança e Serviços de Saúde • Facilidade de comunicação em diversas línguas / hospitalidade dos Portugueses
  • 5. Índice2. Euro 2004 e a Promoção de Portugal como Destino Turístico • Principais problemas e expectativas • Principais acções promocionais e iniciativas de relações públicas • Motivação dos portugueses e organização da “Festa” • Comportamento da procura e da oferta turística • Avaliação do impacto no turismo e follow-up do evento
  • 6. uefa euro 2004 tmpromoção e impactos no âmbito do turismo
  • 7. agendaobjectivosestratégiaresultados
  • 8. objectivos estratégicosinternacionais imagem de Portugal notoriedade actualizar e valorizar
  • 9. objectivos estratégicos internacionais promover turismo 2004 - converter adeptos em turistas estadia média – ¾ dias acompanhados (familiares / amigos) 350.000/500.000 turistas /adeptos 2005 – aumentar atractividade destino crescer 3,5%/ 5,5% turistas (tvma) 5,5% / 8,5% receitas (tvma)2003
  • 10. objectivo estratégiconacional sensibilizar os portugueses para a importância do uefa euro 2004tm na projecção da imagem de portugal e no desenvolvimento do turismo
  • 11. agenda agenda objectivos estratégia objectivos resultados estratégia resultados
  • 12. mercados alvosexternoeuropa mercados prioritários (esp, ru, ale, fra, hol eita) e outros desde que qualificados; Brasilinternotodos os portugueses,incluindo os residentes no estrangeiro
  • 13. campanha internacional uto p rod do “falar” o máximo de portugal de ida ibil no âmbito do uefa euro 2004tm enfoque no turismo vis maximizar ra os argumentos posicionamento n ta de venda do país transformando – diversidade (país e motivações) me2004 visitantes em turistas au férias euro associar a imagem do uefa euro 2004tm às acções tradicionais de promoção de portugal promoção interna2003
  • 14. campanha interna uto rod op ad celebrar celebração ori o portugal elh empreendedor e am apelar à participação activa na festa ra pa mobilização ir sensibilizar os portugueses ibu para o impacto do ntr uefa euro 2004tm em portugal2004 co convocar e sensibilizar cada português para a sua “quota parte” de responsabilidade no sucesso de portugal no âmbito do evento convocação2003
  • 15. cronograma
  • 16. investimento externo 75% interno 28% comunicação eventos e rp materiais 72% 20% total – 19 M€ 5% 2003 – 7 M€ 2004 – 12 M €
  • 17. UEFA Euro 2004 – PortugalPromoção de Portugal – Campanha ExternaEstratégiaapresentar um Portugal moderno, dinâmico e com capacidade deconcretização e, ao mesmo tempo, um destino turístico diversificado eacessível, ideal para passar férias e assistir aos jogos das selecçõesMercadosR.Unido, Alemanha, Espanha, França, Itália e Holanda (prioritários)Europa em geral e Brasil (2ª prioridade) 17
  • 18. UEFA Euro 2004 – PortugalPromoção de Portugal – Campanha ExternaAcçõescampanhas de publicidade na imprensa , tv, outdoor e internetpresença em feiras de turismo e de comércioorganização de eventos dirigidos a opinion leaders, trade e imprensaprodução e distribuição maciça de materiais promocionais (brochuras,vídeos, cartazes, postais, merchandising, etc.)organização de um NetWork para recepção e acompanhamento dos 8 miljornalistas acreditados no evento 18
  • 19. campanhainternacionalimprensa, outdoors, televisão,internet Convocação Mobilização Celebração
  • 20. Campanha internacionala maior campanha publicitária
  • 21. Campanha Internacional (16 temas)In Portugal extra time is always the best partof the game 21
  • 22. In Portugal extra time is always the best partof the game 22
  • 23. Campanha Interna Convocação Mobilização Celebração
  • 24. Organização eventos internacionais 24
  • 25. comunicação social estrangeira• organização / apoio visitas• programa acompanhamento -8.000 jornalistas rede 62 assistentes (mc; estádios; estágios; gc) solução de 511 problemas
  • 26. UEFA Euro 2004 – PortugalPromoção de Portugal – Campanha InternaEstratégiaconvocar e mobilizar os portugueses, e apelar à “festa” e hospitalidadeAcçõescampanha de publicidade na televisão, imprensa escrita e Outdoormailing nacionaldecoração cidades anfitriãs, criando ambiente de festaapoio a programas de preparação de sectores sócios profissionaisestratégicos para o turismo (ex.: restauração e taxis) 26
  • 27. campanha interna convocação mobilização celebração Televisão Mailing Imprensa outdoors
  • 28. Campanha Interna (3 fases) Filme Filme Filme Mobilização Celebração Convocação 28
  • 29. dressing cidadescriação ambiente festa
  • 30. Dressing do país (auto-estradas/aeroportos/hotéis) 30
  • 31. Campanha Interna (cont.) 31
  • 32. agendaobjectivosestratégiaresultados
  • 33. inquéritos aeroportos / adeptosimagem de Portugal :• 75% entrevistados foi a 1ª vez que visitaram Portugal• grau de satisfação sobre Portugal: 91,3% dos turistasconsiderou bom ou muito bom• avaliação global da organização: 89,1% dos turistasconsiderou boa ou muito boa;• factores mais apreciados: alojamento, gastronomia,hospitalidade
  • 34. inquéritos aeroportos / adeptosturismo 2004 – Extra Time • 75% entrevistados foi a 1ª vez que visitaram Portugal – alargamento mercado natural • 95,2% viajou acompanhado da família ou de amigos • viajou em grupo : > 2 pessoas – 97% > 3 pessoas – 78% > 4 pessoas – 65%
  • 35. inquéritos aeroportos / adeptosturismo 2004 - Extra Time• permanencia : > 3 noites – 62 % > 4 noites - 51% 21% permaneceu mais de 14 noites• 31,2% dormidas Lisboa; 30,9% Porto; 27,8% Algarve e 10,1%Centro• principais mercados emissores: Hol (23%), RU (17%), Ale(9%), Sue (9%), R.Checa (5%), Fr* (3%) e Esp* (2%)
  • 36. inquéritos aeroportos / adeptosTurismo 2004 - Extra Time• 23,2% viajou com package e 76,8% fe-lo sem package• despesa média do viajante com package 1.499€ ; sem package 1.221€Nota : gasto médio turista/dia : 98,76 € (fonte DGT – 2001)
  • 37. inquéritos aeroportos / adeptosTurismo 2005/2010• 87,5% pretende regressar num prazo de 5 anos
  • 38. inquéritos aeroportos / jornalistas• avaliação global da organização: 75,8% dosjornalistas, considerou boa ou muito boa;• grau de satisfação sobre Portugal: 90,1% dosjornalistas, considerou bom ou muito bom
  • 39. impacto mediáticosó imprensa escritatema – Portugal e turismo, excluindo futebol11 países, incluindo RU, Ale, Fr, Esp, It e HolJaneiro e Agosto 2004 80 M€
  • 40. receitas turísticas receitas 2003 2004 Var. observações 04/03mês de junho 500.994 641.157 27,98 % var. Jun 03/02 + 4,05%fonte – BP unidade: milhares €
  • 41. dormidas hotelaria (var. Jun 04/03)Dormidas hotelar. total norte centro lisboa algarvetotal -0,42% 29,78% 21,43% 26,97% -15,72%nacionais -7,65% 7,77% 2,59% 4,14% -26,42%estrangeiros 2,41% 59,67% 49,91% 35,36% -13,30%países euro 5,9% 62,7% 58,9% 49,3% -9,8% fonte – INE unidade: %
  • 42. Índice3. Euro 2004: Avaliação da importância estratégica do evento na projecção e imagem de Portugal como País e como Destino Turístico• Principais alterações na percepção de Portugal como destino turístico - Destino diversificado com múltiplas motivações para visita - Destino com oferta de alojamento sofisticada, moderna a preços competitivos - Destino com oferta de alojamento e entretenimento competitiva para todos os segmentos de procura turística - Destino alegre/animado, pessoas com grande facilidade de comunicação: inglês, francês e espanhol - Destino seguro, de acessibilidade e circulação fácil para os turistas.
  • 43. Índice3. Euro 2004: Avaliação da importância estratégica do evento na projecção e imagem de Portugal como País e como Destino Turístico• Principais alterações na imagem do País - País mais jovem (animação) - País mais moderno (cidades, pessoas) - País com boas acessibilidades (aeroportos, auto-estradas, etc.), fácil circulação e bem sinalizado - País limpo e seguro - País organizado e credível (capaz de organizar o evento sem falhas). Estas alterações provocadas por um evento são efémeras e os países / destinos, se as quiserem manter, devem conferir-lhes conteúdo e consistência
  • 44. Índice4. World Cup 2014 Brasil• Infra-estruturas estratégicas para o sucesso: Aeroportos, Acessibilidades, Estádios, Áreas de Lazer e Entretenimento, Hospitais, Infra-estrutura Hoteleira;• Promoção turística do Brasil e dos Estados onde vão decorrer os jogos a nível interno e internacional: a concorrência entre os destinos no Brasil;• Planeamento da organização dos jogos e da estadia das equipas;• Informação• Segurança• Planeamento e acompanhamento da estadia dos Fans;• Planeamento da cobertura mediática e acompanhamento dos Jornalistas;
  • 45. why euro 2004 “portugal?the sunday times – 28/set/2003”…remember euro96? three lions on the shirt, gazza’sdentist chair, congas in sun?relocate the party to a country with some of the bestbeaches and bars in europe,and chances are you won’t even notice if your team getsknocked out in the first round… ... e assim foi !
  • 46. Brasil / PortugalMuito obrigado pela atenção Luís Correia da Silva Aequitate, S.A. Av. de Portugal nº 154 – 3º 2765-272 ESTORIL Tel: +351 214 643 270 Fax: +351 214 643 279 Email: luis.csilva@aequitate.com