Your SlideShare is downloading. ×
0
Unidade v   contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Unidade v contabilidade de custos

804

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
804
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Contabilidade de Custos Cap. 05– Formas de Acumulação dos 1 Prof.Custos Roberto Melo
  • 2. Forma de Acumulação dos Custos Forma de Acumulação dos Custos As formas da análise e acumulação dos custos, nas empresas As formas da análise e acumulação dos custos, nas empresas industriais, estão intimamente relacionadas à forma com que os industriais, estão intimamente relacionadas à forma com que os produtos estão sendo produzidos, isto é, através de processos produtos estão sendo produzidos, isto é, através de processos contínuos ou por encomenda. contínuos ou por encomenda. Todavia, antes de detalhar os processos de acumulação de Todavia, antes de detalhar os processos de acumulação de custos, é necessário ampliar o conhecimento com algumas defini- custos, é necessário ampliar o conhecimento com algumas defini- ções básicas relativas ao esquema básico da contabilidade de ções básicas relativas ao esquema básico da contabilidade de custos no tocante à avaliação e ao controle dos estoques. custos no tocante à avaliação e ao controle dos estoques. 2 Prof. Roberto Melo
  • 3. Formas de Acumulação dos Custos Formas de Acumulação dos Custos Custo de Produção do Período (CPP) Custo de Produção do Período (CPP) Também denominado custo de fabricação do período que corresponde aatodos Também denominado custo de fabricação do período que corresponde todos os gastos utilizados para aaprodução de um produto ou aaprestação de um ser- os gastos utilizados para produção de um produto ou prestação de um ser- viço em dado período de apuração de resultado, ou seja, corresponde ao soma- viço em dado período de apuração de resultado, ou seja, corresponde ao soma- tório dos materiais diretos (MD) aplicados (insumo de materiais diretos) com aa tório dos materiais diretos (MD) aplicados (insumo de materiais diretos) com mão-de-obra direta (MOD) eedos custos indiretos de fabricação (CIF) aplicados mão-de-obra direta (MOD) dos custos indiretos de fabricação (CIF) aplicados em um determinado lote físico de produção no período. Assim, o custo de pro- em um determinado lote físico de produção no período. Assim, o custo de pro- ção do período pode ser obtido através da fórmula apresentada aaseguir: ção do período pode ser obtido através da fórmula apresentada seguir: CPP = Insumos de MD + MOD + CIF CPP = Insumos de MD + MOD + CIF Onde: Onde: CPP = custo da produção do período CPP = custo da produção do período MD = materiais diretos MD = materiais diretos MOD = mão-de-obra direta MOD = mão-de-obra direta CIF = custo indireto de fabricação CIF = custo indireto de fabricação 3 Prof. Roberto Melo
  • 4. Formas de Acumulação dos Custos Formas de Acumulação dos Custos • Custo da Produção Acabada (CPA) Compreende o custo dos produtos produzidos que se encontram prontos para a venda; pode conter custos de mais de um período dependendo do ciclo de produção), ou seja, corresponde ao custo de produção do período (CPP) mais os estoques de produtos inicia dos e não acabados no período anterior (produtos em elaboração), menos os produtos não acabados no período de apuração do resul- tado. Dessa forma, o custo da produção acabada pode ser obtido através da fórmula a seguir: CPA = Elpel + CPP – EFpel onde: Elpel = estoque inicial de produtos em elaboração Efpel = estoque final de produtos em elaboração CPP = custo da produção do período 4 Prof. Roberto Melo
  • 5. Formas de Acumulação dos Custos Formas de Acumulação dos Custos Custo dos Produtos Vendidos Custo dos Produtos Vendidos Compreende o custo dos produtos acabados que são entregues Compreende o custo dos produtos acabados que são entregues aos clientes para obtenção da receita, ou seja, o gasto relativo à baixa aos clientes para obtenção da receita, ou seja, o gasto relativo à baixa dos estoques de produtos acabados por ocasião de sua venda. O custo dos estoques de produtos acabados por ocasião de sua venda. O custo dos produtos vendidos pode conter custos de mais de um período (de- dos produtos vendidos pode conter custos de mais de um período (de- pendendo da política de estoques da empresa), ou seja, corresponde pendendo da política de estoques da empresa), ou seja, corresponde ao custo da produção acabada no período (CPA) mais os estoques de ao custo da produção acabada no período (CPA) mais os estoques de produtos acabados no período anterior que ficaram estocados para ven- produtos acabados no período anterior que ficaram estocados para ven- da no período seguinte , ,menos os produtos acabados no período de da no período seguinte menos os produtos acabados no período de apuração do resultado que não encontram mercado (venda), conforme apuração do resultado que não encontram mercado (venda), conforme fórmula a seguir. fórmula a seguir. CPV = ELpac + CPA – EFpac CPV = ELpac + CPA – EFpac onde: onde: ELpac = estoque inicial de produtos acabados ELpac = estoque inicial de produtos acabados EFpac = estoque final de produtos acabados EFpac = estoque final de produtos acabados 5 Prof. Roberto Melo
  • 6. Formas de Acumulação dos Custos Formas de Acumulação dos Custos APLICAÇÃO DA CONTABILIDADE Custeio por ordem específica (por encomenda) Custeio por ordem específica (por encomenda) É utilizado por empresas que fabricam objetos bem definidos, geral- mente diferentes entre si, muitas vezes de acordo com as especificações do cliente (customizados), a exemplo da construção de navios, de geradores hi- droelétricos, de móveis de estilo etc.. Nesse tipo de empresa, os custos são verificáveis para cada objeto separadamente. Assim, cada ordem de produ- ção representa um produto atrelado a um pedido de compra. . 6 Prof. Roberto Melo
  • 7. Formas de Acumulação dos Custos Formas de Acumulação dos Custos Custeio de processos contínuos Custeio de processos contínuos No outro lado da escala, há a fabricação em processos contínuos, No outro lado da escala, há a fabricação em processos contínuos, em que um fluxo contínuo do mesmo produto é fabricado, sem que haja em que um fluxo contínuo do mesmo produto é fabricado, sem que haja identificação de produtos individuais, a exemplo da refinação de petróleo, identificação de produtos individuais, a exemplo da refinação de petróleo, produção de aço, ácido e álcalis, energia elétrica etc. Os custos são apro produção de aço, ácido e álcalis, energia elétrica etc. Os custos são apro priados para bases inteiras de produção. Além disso, a produção em sé- priados para bases inteiras de produção. Além disso, a produção em sé- rie de bens de consumo é considerada, também, como processo contí- rie de bens de consumo é considerada, também, como processo contí- nuo. Assim, uma ordem de produção representa vários produtos homogê nuo. Assim, uma ordem de produção representa vários produtos homogê neos. neos. 7 Prof. Roberto Melo
  • 8. Formas de Acumulação dos Custos Formas de Acumulação dos Custos Formas intermediárias (tipos) Certas indústrias apresentam formas intermediárias de programação da produção. Trata-se de séries curtas ou de um número limitado de objetos idênticos. Nesse tipo de indústria é comum considerar cada lote como uma ordem de produção, a exemplo da fabricação de móveis, artigos de moda, indústria gráfica etc. Assim, cada ordem de produção representa uma linha de produtos não necessariamente atrelada a um pedido de compra. Em resumo, as formas de acumulação dos custos são: • Custeio por ordem específica (por encomenda) • Custeio de processos contínuos • Formas intermediárias (tipos) 8 Prof. Roberto Melo

×