Contabilidade de Custos




           Cap. 03 - Custos
1           Prof. Roberto Melo
Definição de Custos
                         Definição de Custos




          Podemos conceituar custo como sendo o consu...
Contabilidade de Custos
                       Contabilidade de Custos


                          CICLO OPERACIONAL
     ...
Contabilidade de Custos
                             Contabilidade de Custos

                               Ciclo Operaci...
Contabilidade de Custos
                       Contabilidade de Custos



                        Ciclo Operacional
      ...
Contabilidade de Custos
                       Contabilidade de Custos
                     APLICAÇÃO DA CONTABILIDADE


 ...
Contabilidade de Custos
                                Contabilidade de Custos


                    Reposição Física dos...
Contabilidade de Custos
                        Contabilidade de Custos

                             A variável Tempo

  ...
Contabilidade de Custos
                                Contabilidade de Custos
                                 A variáve...
Contabilidade de Custos
                      Contabilidade de Custos

                      Custo Total X Custo Unitário
...
Contabilidade de Custos
                      Contabilidade de Custos

                     Formas de cálculo dos custos
 ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Unidade iii contabilidade de custos

2,465

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,465
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Unidade iii contabilidade de custos

  1. 1. Contabilidade de Custos Cap. 03 - Custos 1 Prof. Roberto Melo
  2. 2. Definição de Custos Definição de Custos Podemos conceituar custo como sendo o consumo de ativos Podemos conceituar custo como sendo o consumo de ativos necessários para aaprodução ou para aacolocação da mercadoria àà necessários para produção ou para colocação da mercadoria disposição dos clientes no estabelecimento comercial, de forma que disposição dos clientes no estabelecimento comercial, de forma que aaempresa alcance os seus fins específicos, expressos em termos empresa alcance os seus fins específicos, expressos em termos monetários, ou para aaprestação de serviços aos clientes. monetários, ou para prestação de serviços aos clientes. É importante destacar que o custo de aquisição de um bem, aa É importante destacar que o custo de aquisição de um bem, exemplo de um veículo, representa um custo para aaempresa, embora ele não exemplo de um veículo, representa um custo para empresa, embora ele não seja consumido imediatamente. Trata-se nesse caso de um custo futuro ee seja consumido imediatamente. Trata-se nesse caso de um custo futuro como tal deverá ser registrado no ativo, ou seja, o custo de aquisição se como tal deverá ser registrado no ativo, ou seja, o custo de aquisição se transforma em “custo” (nos termos da definição apresentada anteriormente) transforma em “custo” (nos termos da definição apresentada anteriormente) ààmedida que o bem está sendo consumido pelo processo de produção. medida que o bem está sendo consumido pelo processo de produção. Assim, os custos de aquisição de bens serão imputados ao resultado Assim, os custos de aquisição de bens serão imputados ao resultado do exercício de acordo com aasua vida útil. do exercício de acordo com sua vida útil. 2 Prof. Roberto Melo
  3. 3. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos CICLO OPERACIONAL CICLO OPERACIONAL Podemos definir como ciclo operacional todo o período que decorre entre o Podemos definir como ciclo operacional todo o período que decorre entre o desencadeamento inicial das ações para produzir e/ou vender um produto, desencadeamento inicial das ações para produzir e/ou vender um produto, mercadoria ou serviço eeo retorno do dinheiro decorrente da venda do mesmo. mercadoria ou serviço o retorno do dinheiro decorrente da venda do mesmo. O ciclo operacional compreende normalmente diversas fases, ou etapas, que O ciclo operacional compreende normalmente diversas fases, ou etapas, que são diferenciadas de um produto, mercadoria ou serviço para outro. são diferenciadas de um produto, mercadoria ou serviço para outro. Num produto industrial típico, as principais fases ou etapas são respectivamente: Num produto industrial típico, as principais fases ou etapas são respectivamente: - -fase da entrega dos materiais para aaempresa fabricante; fase da entrega dos materiais para empresa fabricante; - -fase da estocagem dos materiais (almoxarifado); fase da estocagem dos materiais (almoxarifado); - -fase do processo de produção do produto eeestocagem de semifabricados; fase do processo de produção do produto estocagem de semifabricados; - -fase do crédito para o pagamento da venda; fase do crédito para o pagamento da venda; - -fase de atrasos, inadimplência etc. fase de atrasos, inadimplência etc. 3 Prof. Roberto Melo
  4. 4. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Ciclo Operacional Ciclo Operacional Com relação a uma mercadoria comercial, essas fases são Tipicamente: - fase de entrega da mercadoria na empresa; - fase de estocagem da mercadoria na empresa; - fase de crédito para pagamento da venda; - fase de atrasos, inadimplência etc. Nas empresas de serviços, o ciclo operacional varia em função das suas características quanto ao uso ou não de materiais. Nas empresas de serviços que utilizam materiais, o ciclo operacional compreende mais ou menos a s mesmas fases dos produtos industriais. Já nas empresas de serviços que não utilizam materiais, as principais fases do ciclo operacional são: 4 Prof. Roberto Melo
  5. 5. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Ciclo Operacional Ciclo Operacional --fase de processamento do serviço; fase de processamento do serviço; --fase de crédito para pagamento do serviço; fase de crédito para pagamento do serviço; --fase de atrasos, inadimplência etc. fase de atrasos, inadimplência etc. Dentro de um mesmo grupo de bens (produtos, mercadorias ou Dentro de um mesmo grupo de bens (produtos, mercadorias ou serviços), os prazos da cada fase têm também durações diferentes, serviços), os prazos da cada fase têm também durações diferentes, individualmente de um para outro. individualmente de um para outro. 5 Prof. Roberto Melo
  6. 6. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos APLICAÇÃO DA CONTABILIDADE Valor de Venda Valor de Venda O valor estabelecido para a venda deve obedecer sempre a dois enfoques absolutamente importante: o financeiro e o mercadológico. Sob o enfoque financeiro, o valor de venda deve permitir a manutenção e, de preferência, o crescimento do patrimônio líquido da empresa. Já sob o enfoque mercadológico, o valor de venda deve propiciar vantagens competitivas, isto é, oferecer os mesmos atributos por um preço menor que o apresentado por seus concorrentes, ou oferecer maiores atributos pelo mesmo preço dos concorrentes. Tomando como base o enfoque financeiro, para que o “valor correto” do patrimônio líquido se mantenha, é indispensável que o preço do bem ou serviço permita no mínimo a reposição física integral dos insumos incorridos para a produção e venda do mesmo (materiais, mão-de-obra, energia elétrica etc.) . 6 Prof. Roberto Melo
  7. 7. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Reposição Física dos materiais O princípio da reposição física se constitui na realidade em um O princípio da reposição física se constitui na realidade em um dos pilares básicos da teoria de custos e do ciclo operacional. Com efeito, só a dos pilares básicos da teoria de custos e do ciclo operacional. Com efeito, só a reposição física integral permitirá um reinício permanente reposição física integral permitirá um reinício permanente de um novo ciclo operacional. A não-concretização desse princípio de um novo ciclo operacional. A não-concretização desse princípio implica necessariamente em duas alternativas: implica necessariamente em duas alternativas: --ou a empresa passa a sofrer uma gradativa redução no seu nível de ou a empresa passa a sofrer uma gradativa redução no seu nível de atividade; atividade; --ou a empresa suplementa a ausência de condições próprias para a ou a empresa suplementa a ausência de condições próprias para a reposição, com recursos de terceiros, implicando por conseqüência em reposição, com recursos de terceiros, implicando por conseqüência em custos financeiros crescentes e todas as dificuldades tendem naturalmente a custos financeiros crescentes e todas as dificuldades tendem naturalmente a elevar-se em períodos de inflação mais alta, uma vez que o princípio envolve elevar-se em períodos de inflação mais alta, uma vez que o princípio envolve sempre uma projeção dos custos para o momento da reposição. sempre uma projeção dos custos para o momento da reposição. 7 Prof. Roberto Melo
  8. 8. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos A variável Tempo A agregação dos valores de custos ocorre na realidade em diversos momentos do ciclo operacional, desde o seu início até o seu final. O retorno dos valores sob a forma de “caixa ou equivalentes de caixa” ocorre em grande parte das vezes somente no final desse ciclo. Torna-se necessário, assim, considerar a variável tempo nesse cálculo, já que o capital investido nesse ciclo tem um custo financeiro. Essa consideração assume particular relevância quando encarada sob o enfoque do custo de oportunidade. A variável Perda A variável Perda A perda ocorre nas empresas em diversos momentos para os diferentes produtos ou serviços e sob variadas formas. Elas podem ocorrer desde o início do uso de materiais (sob a forma de resíduos), durante o processo, ou como produto pronto (sob a forma de quebras) e mesmo como produto vendido (sob a forma de devolução). 8 Prof. Roberto Melo
  9. 9. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos A variável Perdas O conceito de perdas envolve sempre duas dimensões: - Perda dos materiais já aplicados ao produto ou ao serviço (perda de material); - Perda do trabalho já agregado no produto, até o momento da quebra, ou da devolução (perda operacional). Essa perda operacional compreende também eventuais operações de retrabalho ocorridas durante o processo. Custo Total X Custo Unitário • Denomina-se “custo total” o somatório dos custos de todas as unidades transacionadas (produzidas, fornecidas, serviços prestados etc) dentro de determinado período de tempo. • Por outro lado, o custo de cada unidade produzida (ou fornecida) é denominado “custo unitário do produto ou serviço”. 9 Prof. Roberto Melo
  10. 10. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Custo Total X Custo Unitário Assim, uma das tarefas principais do analista de custo ééaade encontrar os Assim, uma das tarefas principais do analista de custo de encontrar os valores dos diversos custos unitários que satisfaçam aaessa equação, isto é, valores dos diversos custos unitários que satisfaçam essa equação, isto é, definir oocusto unitário dos produtos ééum dos problemas centrais da análise de definir custo unitário dos produtos um dos problemas centrais da análise de custos. custos. No caso de empresas industriais que operam com um único produto ou serviço, No caso de empresas industriais que operam com um único produto ou serviço, aasolução éémais simples. Todos os custos unitários são iguais eeoovalor dos solução mais simples. Todos os custos unitários são iguais valor dos custos unitários ééobtido pela divisão dos custos totais pelo número de produtos custos unitários obtido pela divisão dos custos totais pelo número de produtos (n). Entretanto, quando há muitos produtos diferentes, ooproblema se reveste de (n). Entretanto, quando há muitos produtos diferentes, problema se reveste de grande complexidade. grande complexidade. Finalmente, ééimportante destacar que, na indústria, utiliza-se aaexpressão Finalmente, importante destacar que, na indústria, utiliza-se expressão produção única quando aaempresa produz somente um produto, aaexemplo do produção única quando empresa produz somente um produto, exemplo do sal, enxofre, energia etc. Já aaexpressão produção múltipla ééempregada quando sal, enxofre, energia etc. Já expressão produção múltipla empregada quando existe variedade de produtos. existe variedade de produtos. 10 Prof. Roberto Melo
  11. 11. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Formas de cálculo dos custos unitários No caso de produção única, obtém-se oocusto unitário de acordo com aafórmula aa No caso de produção única, obtém-se custo unitário de acordo com fórmula seguir: seguir: Cu = Ct/n Cu = Ct/n Cu = custo unitário Cu = custo unitário Ct = custo total Ct = custo total nn= número de unidades produzidas = número de unidades produzidas 11 Prof. Roberto Melo
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×