Unidade 6 custo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Unidade 6 custo

on

  • 8,133 views

 

Statistics

Views

Total Views
8,133
Views on SlideShare
8,133
Embed Views
0

Actions

Likes
4
Downloads
178
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Unidade 6 custo Unidade 6 custo Presentation Transcript

  • Gestão de Custo Unidade 6 - SISTEMA DE CUSTOS E DE CUSTEAMENTOS Prof. Rodrigo Otávio das Chagas Lima, MSc
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio Direto (ou Variável): É um método de custeio usado para alocação apenas dos custos variáveis ao produto. Segundo Leoni "o sistema de custeio variável ou direto é um método que considera apenas os custos variáveis de apropriação direta como custo do produto ou serviço"
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio Direto (ou Variável): Segundo Lopes de Sá (1990, p. 108) diz que o custeio variável é "o processo de apuração de custo que exclui os custos fixos". Segundo Meglioni "enquanto no custeio por absorção eles são rateados aos produtos, no custeio variável, são tratados como custos do período, indo diretamente para o resultado igualmente as despesas"
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio Direto (ou Variável): A diminuição da necessidade de rateio deve-se ao fato de que no sistema de custeio variável, são alocados aos produtos e/ou serviços, somente os custos variáveis e, como na maioria dos casos, os custos variáveis também são diretos, não alocando os rateios dos custos indiretos. Ele é usado para eliminar qualquer distorção na apuração dos custos oriundos de problemas com rateios pois os custos fixos são tratados como despesas.
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio por absorção (ou integral): O sistema de custeio por absorção é o sistema que apura o valor dos custos dos bens ou serviços, tomando como base todos os custos da produção incluindo os custos diretos, indiretos, fixos e variáveis
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio por absorção (ou integral): Segundo Meglioni, "o custeio por absorção é o método que consiste em atribuir aos produtos fabricados todos os custos de produção, quer de forma direta ou indireta. Assim todos os custos, sejam eles fixos ou variáveis, são absorvidos pelos produtos."
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custo-padrão: são custos predeterminados, porém, diferentemente dos custos estimados, são calculados com base em parâmetros operacionais, e utilizados em operações repetitivas de produção, onde não compensaria calcular o custo individual de cada repetição.
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custo-padrão: Os custos padrões são estabelecidos segundo estudos de engenharia e são cuidadosamente apurados, levando-se em conta o presente e o passado. Para determinação dos custos padrões, há necessidade de seguir alguns critérios: - Seleção minuciosa do material utilizado na produção; - Estudos de tempo e desempenho das operações produtivas; - Estudos de engenharia sobre equipamentos e operações fabris
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio ABC: A alocação dos custos indiretos são baseadas nas atividades relacionadas. ABC é um sistema de custos que visa quantificar as atividades realizadas por uma empresa, utilizando vetores (direcionadores), para alocar as despesas de uma forma mais realista aos produtos e serviços
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio ABC: O princípio básico do ABC é que as atividades são as causas dos custos, e os produtos incorrem nestes mesmos custos através das atividades que eles exigem. O ABC, na prática, leva a um rastreamento de dados que habitualmente não são considerados nos sistemas de custeio tradicionais, por extensão, ele ajuda a redimensionar a mentalidade gerencial das empresas onde é aplicado
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio ABC: Este método de custeio visa basicamente detectar os custos "ocultos" existentes para produzir bens e serviços, porém auxilia no descobrimento de custos reais dos produtos e processos, na análise mais precisa dos custos de administração e na aferição de propostas mais competitivas em relação aos concorrentes.
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custeio ABC: Os sistemas convencionais de gerenciamento de custeio não permitem análises mais consistentes quanto a problemas graves das empresas como retrabalhos de produtos defeituosos ou gargalos de produção. Medir passo a passo o processo produtivo permite a gerentes e supervisores a quantificação econômica de atrasos e ineficiências do processo produtivo.
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) GECON: GECON ou modelo Gestão Econômica é um modelo de mensuração de custos baseado em gestão por resultados econômicos. Também conhecido por Grid Economics and Business Models Work.
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Custo-meta: O custo-meta, também conhecido como Target Costing, é uma estratégia de gestão de custos que, a partir do preço de mercado e de uma margem de lucro desejada, estabelece um teto de custo para os produtos ou serviços
  • Sistema de Custeamento - Conceitos e tipos (Absorção, Direto e ABC) Outros Métodos de Apuração de Custos Método das percentagens Método da hora/máquina Método das equivalências Método da unidade padrão de esforço (UEPs)
  • Sistema de Custo Por Processo adapta-se a empresas que possuam um sistema de produção contínua, com processos consecutivos para produção de produtos padronizados. Pode-se citar como exemplos, as empresas do ramo de eletrodomésticos, produtos químicos, hospitais, etc.
  • Sistema de Custo Por Processo Este processo difere muito do Sistema de Custo Por Ordem de Produção no que tange a acumulação de custos. No Sistema de Custo Por Ordem de Produção, os custos são acumulados previamente em ordens de produção, para posteriormente serem aglutinados em seus departamentos produtivos.
  • Sistema de Custo Por Processo No sistema de custeio por processo, a metodologia é inversa, pois primeiramente chega-se aos custos por processo ou departamento, para posteriormente distribuí-los aos produtos que passam por estes processos. Com isto, o cerne deste sistema passa a ser os centros de custo e não o produto elaborado através de uma ordem de produção.
  • Sistema de Custo Por Processo características mais relevantes deste sistema de custeio. - Aplicação: São aplicados em empresas que possuam produção contínua e seriada, com lotes de produtos padronizados. - Acumulação: Os custos com material de consumo, mão de obra direta e custos indiretos de fabricação são acumulados durante o processo produtivo nos departamentos ou centros de custo.
  • Sistema de Custo Por Processo características mais relevantes deste sistema de custeio. - Custo de produção: Originam-se na acumulação dos custos dos diversos processos produtivos, através de cinco etapas seqüenciais: fluxo físico (produtivo), unidades equivalentes, fluxo monetário, custo total dos procedimentos e custo médio unitário. O custo total de cada centro de custo ou departamento, dividido pela sua respectiva produção, dará o custo médio unitário. - Transferência de custos: Cada unidade produzida que passa de um processo anterior para um seguinte ou para o estoque de unidades acabadas, leva consigo uma parcela do custo total dos processos precedentes.
  • Sistema de Custo Por Processo características mais relevantes deste sistema de custeio. - Freqüência das apurações: Estas podem ser mensais, bimestrais ou trimestrais, porém recomenda-se serem o mais freqüentes possíveis, pois proporcionam um perfil atualizado da estrutura de custos, e permite uma tomada de decisão a nível gerencial mais rápida e segura. - Custo operacional do sistema: É um sistema de custeio menos burocrático do o que apresentado anteriormente, devido ao menor número de detalhamentos e registros. Com isto, ganha-se em tempo e economia de custos
  • Sistema de Custo Por Ordem de Produção Sistema de Custeio por Ordem de Produção Este sistema, é característico de empresas que produzem sob encomenda, sejam estas unitárias ou em lotes. Podemos citar como exemplos as empresas de construção civil, tipografias, setor imobiliário, estaleiros e produtoras de filmes
  • Sistema de Custo Por Ordem de Produção Existem duas filosofias que norteiam os sistemas de custeio, que são: A) Custear a produção por absorção; O custo por absorção parte do princípio de que os custos e as despesas indiretas fixas são adicionadas aos estoques e ao custo dos produtos vendidos.
  • Sistema de Custo Por Ordem de Produção Existem duas filosofias que norteiam os sistemas de custeio, que são: B) Considerar somente os custos diretos. Por sua vez, os princípios que norteiam a metodologia do custo direto não consideram os custos indiretos como custos de produção. Estes custos são lançados nas planilhas de produção como custos inaplicáveis ao processo produtivo, qualquer que seja o volume.
  • Sistema de Custo Por Ordem de Produção Na verdade as duas filosofias utilizam-se de princípios diferentes para fazer os custos indiretos chegarem ao produto. Uma agrega-os ao custo de produção, enquanto a outra debita da receita de vendas estes custos, obviamente apresentando resultados distintos nos balancetes de receitas e despesas
  • Sistema de Custo Por Ordem de Produção Os sistemas de custeio podem ser classificados: A) Quanto a natureza do processo produtivo - Ordens específicas de produção: baseia-se na agregação dos custos específicos de cada produto fabricado. - Por série de produção : Tipo de produção baseada na fabricação de vários produtos.
  • Sistema de Custo Por Ordem de Produção Os sistemas de custeio podem ser classificados: B) Quanto ao tipo de custo escolhido - Históricos: tem como pressuposto principal a simplificação e contabilização dos valores tais como ocorreram. - Pré Determinados: Estes custos são estabelecidos antes de realizar a produção, através de estudos de engenharia ou valores escolhidos como amostra de um período.