Custos 01

5,516 views
5,175 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,516
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
163
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Custos 01

  1. 1. Custeio Direto ANÁLISE DE Custeio Variável CUSTOS 2010- 2010-2 1 2 CRÍTICAS AO RATEIO DE CRÍTICAS AO RATEIO DE CUSTOS FIXOS CUSTOS FIXOS  Custos Fixos geralmente são  Custos Fixos são custos da capacidade de produção disponibilizada; e rateados por critérios arbitrários; e  o seu montante acontece, independe da  isso distorce o custo e o lucro de produção ou não, e do volume. cada produto. 3 4 CRÍTICAS AO RATEIO DE CUSTEIO VARIÁVEL CUSTOS FIXOS  O Custo Fixo por unidade de um Apropria aos produtos apenas produto varia inversamente ao seu próprio volume de produção (quanto custos variáveis; os fixos são menor a produção maior o custo fixo apropriado ao produto);e debitados diretamente ao resultado do período, como  o custo fixo de um produto depende do volume de produção de despesas. outros produtos. 5 6 1
  2. 2. CUSTEIO VARIÁVEL CUSTEIO VARIÁVEL O valor do resultado de Fere o Princípio cada período acompanha a Contábil da inclinação da receita de vendas. Competência 7 8 CUSTEIO VARIÁVEL DRE no custeio variável CUSTOS DESPESAS Contas Produtos Total FIXOS VARIÁVEIS FIXAS VARIÁVEIS Principais Calças Camisas Bermudas Vendas 900,00 1.800,00 3.000,00 5.700,00 (-) CPV (270,00) (510,00) (1.140,00) (1.920,00) (-) Despesas Var de Vendas (120,00) (270,00) (810,00) (1.200,00) ESTOQUE DE (=) Custeio direto (390,00) (780,00) (1.950,00) (3.120,00) PRODUTOS DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS (=) Margem de contribuição 510,00 1.020,00 1.050,00 2.580,00 RECEITA LÍQUIDA Custos fixos de produção (1.050,00) CVPV Despesas fixas de vendas (150,00) Despesas fixas financeiras (1.050,00) DV VENDA (=) Custos não absorvidos pela produção (2.250,00) MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO CDF (=) Resultado 330,00 LUCRO OPERACIONAL 9 10 MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO POR UNIDADE MARGEM DE É o excesso do preço de venda em relação CONTRIBUIÇÃO aos custos e despesas variáveis; destina- se a amortizar os custos e despesas fixos e a formar o lucro da empresa. 11 12 2
  3. 3. MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO POR UNIDADE TOTAL DO PRODUTO MCT = RL - CDVT MC/u = PVL - CDV RL = Receita Líquida (Receita – Impostos s/ Vendas) CDV = Custos e Despesas Variáveis Total PVL = Preço de Venda Líquido (Preço de Venda – Impostos s/ Vendas) MCT = q x MC/u CDV = Custos e Despesas Variáveis Unitário q = Quantidade de Produtos MC/u = Margem de Contribuição Unitária 13 14 Exemplo Exemplo A empresa Arte em Estilo produz móveis de luxo por encomenda. No início de setembro, a empresa recebe duas propostas de clientes: Seus custos fixos totalizam $9.600 por semana e suas despesas fixas Uma é para fabricar 200 carrinhos de chá, ao preço unitário de $550, de administração e vendas $4.200 por semana. cuja produção demandaria três semanas; a outra é para 110 estantes, a Os custos e as despesas variáveis estimados são os seguintes, por $1.400 cada, e quatro semanas de trabalho da fábrica. unidade (em $): Consultado, o gerente de produção informa que só tem capacidade para aceitar um pedido, pois a partir de outubro deverá dedicar-se às Material Comissão Frete outras encomendas já programadas para o último trimestre. Pede-se para calcular: Carrinhos 150 50 25 a) o lucro da empresa no mês de setembro, para cada alternativa; b) o lucro operacional projetado de cada uma das encomendas; Estantes 500 150 55 c) a Margem de Contribuição unitária (MC/u) de cada encomenda; e d) a Margem de Contribuição Total (MCT) de cada encomenda. 15 16 17 18 3
  4. 4. 19 4

×