Contabilidade custos introducao a contabilidade de custos

  • 33,999 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
33,999
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
369
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Introdução à Contabilidade de Custos A contabilidade de custos ganhou força na Revolução Industrial Necessidade de controlar os custos da produção Hoje – Globalização Existe a necessidade de apuração dos custos, para em seguida apurar-se o resultado, especialmente nas entidades com fins lucrativos, como indústria, comércio e serviços. A contabilidade de custos é aplicada no comércio, na prestação de serviços e principalmente, na indústria. 1 Introdução à Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos “é o ramo da Contabilidade Financeira que utiliza técnicas específicas para identificar, classificar e registrar os CUSTOS ligados diretamente à produção de Bens e/ou Serviços”. (Marcos Freire Guimarães) Segundo Júlio César Zanluca, pode ser definida “como um conjunto de registros específicos, baseados em escrituração regular (contábil) e apoiada por elementos de suporte (planilhas, rateios, cálculos, controles) utilizados para identificar, mensurar e informar os custos das vendas de produtos, mercadorias e serviços” (Manual Prático de Contabilidade de Custos). 2 1
  • 2. Introdução à Contabilidade de Custos CAMPOS DE APLICAÇÃO Na indústria: a Contabilidade de Custos irá determinar: – O custo dos produtos vendidos – O estoque de produtos em elaboração (também chamado de “produtos em fabricação”) – O estoque de produtos acabados (ou prontos) – O estoque de insumos (matérias-primas, materiais de embalagem, almoxarifado, etc.) No comércio: – O custo das mercadorias vendidas – O estoque de mercadorias – O estoque de bens não destinados á revenda (como materiais de consumo, etc.) 3 Introdução à Contabilidade de Custos CAMPOS DE APLICAÇÃO Nas prestadoras de serviços: – O custo dos serviços vendidos – O estoque de serviços em andamento – O custo de materiais adquiridos e não incorporados a serviços em andamento Nas empresas extrativistas de produção primária (minerais, florestais, pesqueiras, agro-pastoris, etc.): – O custo dos produtos extraídos/explorados – O estoque dos produtos extraídos ou de produção primária – O estoque de materiais ainda não utilizados na extração ou produção primária. 4 2
  • 3. Introdução à Contabilidade de Custos Os principais objetivos da Contabilidade de Custos poderiam ser assim resumidos: Permitir a avaliação dos estoques, para atendimento das legislações comercial e fiscal; Apurar o custo dos produtos/serviços vendidos (no caso das empresas comerciais, o custo das mercadorias vendidas); Dar suporte á tomada de decisões gerenciais no tocante a fixação do preço de venda; Atender á necessidade de controles e informações específicas (como para o atendimento à legislação fiscal). Embasar orçamentos e projeções financeiras. 5 Introdução à Contabilidade de Custos Custo “Gasto relativo a bem ou serviço utilizado na produção de outros bens ou serviços”. (Eliseu Martins) “É o valor consumido na produção de bens e/ou serviços”. (Marcos Freire Guimarães) Os custos geram um ativo Despesas Gasto com Bens e/ou serviços com o objetivo de gerar uma receita Reduz o PL. Saída de recursos sem retorno ao Patrimônio. 6 3
  • 4. Introdução à Contabilidade de Custos Classificação dos Custos Custo de produção – é o custo integrante do processo produtivo, sendo composto pela soma dos Custos Diretos e os Custos Indiretos. Custo direto – é o aquele alocado diretamente ao produto e são medidos pelo consumo. Ex: Matéria- prima, embalagens, Mão-de-obra, etc Custo indireto – é o custo incorporado à produção, porém de difícil alocação aos produtos, e por isso necessitam de rateio para sua apropriação. Ex: Depreciação de equipamentos, aluguel da fábrica, controle de qualidade, etc. Custo primário – corresponde a totalidade do consumo de MP e MOD. 7 Introdução à Contabilidade de Custos Custos de produção É possível a identificação com os produtos ou serviços? SIM NÃO CUSTOS CUSTOS DIRETOS INDIRETOS 8 4
  • 5. Introdução à Contabilidade de Custos Classificação dos Custos Custo de transformação – são todos os custos de produção, exceto matéria-prima e componentes adquiridos prontos. Custo fixo– é aquele que não sofre alteração em decorrência do aumento ou diminuição da quantidade produzida. É variável por unidade. Ex: aluguel, salário do supervisor, etc Custo variável – é aquele que sofre modificação em relação à quantidade produzida. É fixo por unidade. Ex: matéria-prima, componentes adquiridos prontos etc. Custo semivariável ou semifixo – é aquele que contém uma parte fixa e outra variável. Ex. energia elétrica, 9 manutenção de equipamentos etc. Introdução à Contabilidade de Custos GASTOS É todo sacrifício financeiro que implique desembolso imediato ou futuro de recursos (capital) da empresa. CUSTOS DESPESAS Gastos incorridos na produção Gastos incorridos no processo de novos bens ou serviços de geração de receitas FIXOS VARIÁVEIS FIXAS VARIÁVEIS Total constante em Total variável em relação Total constante em Total constante em relação ao volume ao volume produzido relação ao volume de relação ao volume de produzido receitas receitas ALUGUEL MATERIAL DIRETO DESPESAS COMISSÕES DE VENDAS DEPRECIAÇÃO EMBALAGENS ADMINISTRATIVAS CAIXA PARA TRANSPORTE INDIRETOS DIRETOS INDIRETOS DIRETOS Apropriados de Apropriados de Apropriados de Apropriados de forma subjetiva forma objetiva por forma subjetiva forma objetiva por por critérios de meio de controles por critérios de meio de controles rateio rateio 10 5