Your SlideShare is downloading. ×

Reações e caracteristica do grupo

3,260

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,260
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
39
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. www.cursoraizes.com.br RESENHA CRITICA REAÇÕES CARACTERISTICAS DE GRUPO A dinâmica de grupo constitui um valioso instrumento educacional que pode serutilizado para trabalhar o ensino-aprendizagem quando se opta por uma concepção deeducação que valoriza tanto a teoria como a prática e considera todos os envolvidos nesteprocesso como sujeitos. A opção pelo trabalho com dinâmica de grupo permite que as pessoas envolvidaspassem por um processo de ensino-aprendizagem onde o trabalho coletivo é colocadocomo um caminho para se interferir na realidade, modificando-a. Isso porque a experiênciado trabalho com dinâmica promove o encontro de pessoas onde o saber é construído junto,em grupo. Logo, esse conhecimento deixa de ser individualizado e passa a ser de todos,coletivizado. Ainda tem a qualidade de ser um saber que ocorre quando a pessoa estáenvolvida integralmente (afetivamente e intelectualmente) em uma atividade, onde édesafiada a analisar criticamente o grupo e a si mesma, a elaborar coletivamente um sabere tentar aplicar seus resultados. É importante ressaltar que faz parte desse processo a garantia da participaçãoconstante de todos os participantes. Só assim todos se sentirão donos do saber alcançado.A importância da dinâmica no processo coletivo do ensino-aprendizagem não deve ser, noentanto, absolutizada ou subestimada. Sua utilização deve responder a objetivosespecíficos de uma determinada estratégia educativa, no sentido de estimular a produçãodo conhecimento e a recriação deste conhecimento tanto no grupo/coletivo quanto noindivíduo/singular, uma vez que a técnica da dinâmica não é um fim, mas um meio - é umaferramenta a ser usada. Ao optar pelo uso da técnica de dinâmica de grupo você poderá, através de jogos,brincadeiras, dramatizações, técnicas participativas, oficinas vivenciais e um ambientedescontraído, discutir temas complexos, polêmicos e até estimular que sejam externadosconflitos (do indivíduo e do grupo), buscando estimular os participantes a alcançar umamelhoria qualitativa na percepção de si mesmo e do mundo e, conseqüentemente, nasrelações estabelecidas consigo mesmo, com o outro e com o mundo. www.cursoraizes.com.br
  • 2. www.cursoraizes.com.br Enfim, Dinâmica de Grupo é um caminho para educar junto! Já as reações características de grupo são elementos que abrange todo o grupo,ajudando-o a se expressar, a tranpor seus sentimentos de situações anteriores para osmembros do grupo no aqui e agora. E para isso precisamos de um Líder (Facilitador) quecontribua com o grupo analisando tudo que venha obstruir a exploração dos problemas dosparticipantes, bem como ajudá-los a investigar por que não estão atravessando seusproblemas e o que impede afinal, o seu enriquecimento e o crescimento como pessoa. Oscomponentes do grupo são cinco: Líder (Facilitador), Bode expiatório, Porta-voz, Co-Facilitador e Representantes do silêncio. O Lider (Facilitador) é aquele que se encarrega de levar adiante as tarefas,enfrentando conflitos, buscando soluções, arriscando-se sempre diante do novo. Co-Facilitador, sempre puxa o grupo para trás, freia avanços; Facilitador e o co-facilitador não podem existir um sem o outro. Os dois sãonecessários para o equilíbrio do grupo. O bode expiatório é quem assume as culpas do grupo. Serve-se de depositário aesses conteúdos, livrando o grupo do que lhe provoca mal-estar, medo, ansiedade, etc. Os silenciosos são aqueles que assumem as dificuldades dos demais paraestabelecer comunicação, fazendo com que o resto do grupo se sinta obrigado a falar. O porta-voz é quem se responsabiliza em ser a “chaminé” por onde emergem asansiedades do grupo. Através da sensibilidade apurada do porta-voz, ele consegueexpressar, verbalizar, dar forma aos sentimentos, conflitos que muitas vezes estão latentesno discurso do grupo. O porta-voz é como uma antena que capta de longe o que está porvir. A dinâmica é a atividade que leva o grupo a uma movimentação, a um trabalho emque se perceba, por exemplo, como cada pessoa se comporta em grupo, como é acomunicação, o nível de iniciativa, a liderança, o processo de pensamento, o nível defrustração, se aceita bem o fato de não ter sua idéia levada em conta. Dinâmica de grupo é um instrumento de aproximação de interesses. Para asorganizações, não adianta só buscar o melhor profissional do mercado, mas também aqueleque se adapta às suas necessidades. Para os profissionais, funciona do mesmo jeito. Épreciso haver sintonia. Ao fim dessa resenha crítica podemos deixar bem clara a importância da Dinâmicade Grupos, visto que o indivíduo dentro desse espaço trabalha em conjunto com outras www.cursoraizes.com.br
  • 3. www.cursoraizes.com.brpessoas, assim desenvolvendo o seu potencial como ser agente dentro da sociedade.Observamos a importância do líder (Facilitador) que se faz presente, junto a determinadogrupo, sua colaboração (influência) se torna importante ao se observar à necessidade daorganização e clareza dos objetivos. A Dinâmica do Grupo se torna bem sucedida através de um bom relacionamentoentre os indivíduos, assim as dificuldades encontradas meio a sociedade de tornam maisfácies de se resolver. Todo grupo é composto por pessoas que diferem uma das outras em sua maneira deser e de executar um trabalho. Os indivíduos trazem para o grupo certas características que lhes são peculiares taiscomo: interesses, aptidões, desejos, inibições, frustrações, em outras palavras, suaspersonalidades. Todas essas características atuam como forças na dinâmica de grupo. Outras forçaspodem resultar da interação das pessoas. A integração e a transformação de todas essasforças é a própria Dinâmica Interna do Grupo, e uma das forças internas mais importantesé a participação, o empenho pessoal e psicológico dos indivíduos no grupo. Quanto maior essa participação, mais favoráveis serão as atitudes dos indivíduospara com o grupo e tanto maior seu interesse pelo grupo. As pessoas que mais participam, são as que compreendem as finalidades e funçõesbásicas do grupo, sentem-se seguras no desempenho de suas funções, conhecem aimportância delas para o objetivo final e o funcionamento do grupo. A vida de um grupopassa por várias fases, e em cada uma delas, os membros atuam de formas diferentes, tantoem relação à etapa de vida do grupo como em relação aos demais membros. Dependendo do tipo de grupo (formal, informal, profissional, social, treinamento,etc.) e da fase em que se encontra, haverá certas funções a serem executadas por seuscomponentes. Algumas funções soam mais genéricas que outras, existindo em todos osgrupos, e são desempenhadas pelos membros, para que o grupo possa mover-se ouprogredir em direção às suas metas. O complexo processo de interação humana, exige de cada participante umdeterminado desempenho, o qual variará em função da dinâmica de sua personalidade e dadinâmica grupal na situação, momento ou contexto. Em todos os grupos em funcionamento, seus membros podem desempenhareventualmente, alguns papéis não-construtivos, dificultando a tarefa do grupo, criando www.cursoraizes.com.br
  • 4. www.cursoraizes.com.brobstáculos e canalizando energias para atividades e comportamentos não condizentes comos objetivos comuns do grupo. Estes papéis correspondem às necessidades individuais, àsmotivações de cunho pessoal, a problemas de personalidade, ou, muitas vezes, decorrem defalhas de estruturação ou da dinâmica do próprio grupo. www.cursoraizes.com.br

×