Your SlideShare is downloading. ×
0
Tse 2011  tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual i
Tse 2011  tipologia textual i
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Tse 2011 tipologia textual i

575

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
575
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. TSE 2011: Tipologia textual I <ul><li>Prof. Cesar Ceneme </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul>
  • 2. <ul><li>Escrevendo de modo elegante e claro. </li></ul>
  • 3. Texto extraído do edital Comvest 2011: <ul><li>“ A PROVA DE REDAÇÃO </li></ul><ul><li>A prova de Redação, composta de três tarefas obrigatórias, leva em conta muito mais que o conhecimento da modalidade culta da língua. É um instrumento de avaliação da forma de escrever sobre um determinado assunto, e escrever implica processos de leitura e de elaboração de argumentos a partir de uma determinada situação. Cada proposta é acompanhada por instruções específicas que delineiam o propósito e o gênero do texto a ser elaborado com indicações dos interlocutores em jogo. Essas instruções devem ser rigorosamente seguidas. Cada proposta é acompanhada também de texto(s) para leitura que serve(m) de subsídio para sua elaboração. </li></ul><ul><li>Para que um texto se configure como bom, é preciso que o autor tenha uma experiência de leitura, que delineie um projeto de texto em função de um objetivo específico e o formule através da escrita. Nesse sentido, os parâmetros de avaliação de uma redação são as próprias condições de produção que lhe são fornecidas: o gênero e a interlocução que lhe é própria, o propósito (o tema, a motivação da escrita, as instruções que recortam esse tema de modo específico), a leitura, e a articulação escrita (modalidade/coesão).” </li></ul>
  • 4. Você será avaliado levando em conta: <ul><li>1) à leitura: deve elaborar pontos de contato com a leitura do(s) texto(s) fornecido(s). Deve mostrar a relevância desses pontos para o seu projeto de texto e não simplesmente reproduzir o(s) texto(s) ou partes do(s) mesmo(s) em forma de colagem, sem elaboração dos elementos selecionados. </li></ul><ul><li>2) ao propósito: deve elaborar um texto que atenda ao propósito solicitado. </li></ul><ul><li>3) ao gênero e interlocução: deve elaborar seu projeto de texto de acordo com as características do gênero solicitado e dos interlocutores nele implicados. </li></ul><ul><li>4) à articulação escrita: deve elaborar um texto cuja leitura seja fluida e envolvente, resultante de uma estruturação sintático-semântica bem articulada pelos recursos coesivos. Deve, ainda, demonstrar o domínio de um conjunto lexical amplo e do padrão normativo das regras de acentuação, ortografia, concordância verbo-nominal, entre outras. </li></ul>
  • 5. Editorial: <ul><li>O editorial é um artigo que exprime a opinião do órgão jornalístico. Geralmente, é escrito pelo redator-chefe , possuindo uma linguagem própria, e publicado com destaque na Segunda ou terceira página do jornal ou da revista. </li></ul><ul><li>As características da linguagem são: ser formal, padrão, objetiva, conceitual; por ser impessoal, emprega-se a terceira pessoa; quanto ao conteúdo, sua estrutura é dissertativa, organizada em tese (apresentação sucinta de uma questão a ser discutida); desenvolvimento ( possuir argumento e contra-argumentos indispensáveis à discussão e à defesa do ponto de vista do jornal) e conclusão ( síntese das idéias anteriormente desenvolvidas) Além disso, deve-se usar exemplos que ilustram o assunto em questão. Possuir coerência entre o título e o conteúdo, não ter assinatura e expressa o ponto de vista do veículo ou da empresa responsável pela publicação. </li></ul><ul><li>Desta forma, o editorial é um texto opinativo, cujas idéias expressas contêm a visão de seus responsáveis. </li></ul><ul><li>Extraído de :CEREJA, William R. & MAGALHÃES, Thereza C. Português: Linguagens. São Paulo: Atual editora, 1994, V.2- </li></ul>
  • 6. Questionando: <ul><li>Repare no exemplo da Editora Chefe da redação da Super Interessante. </li></ul>
  • 7.  
  • 8. Contraste: <ul><li>Repare nas diferenças contrastantes encontradas no editorial da Revista Caros Amigos. </li></ul>
  • 9.  

×