Artigo opinativo

  • 2,547 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,547
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
8
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Unicamp: Textos Jornalísticos I
    • Prof. Cesar Ceneme
    • [email_address]
    • [email_address]
  • 2.
    • Artigo e suas características.
  • 3. Compare :
    • Editorial
    • Artigo
    • Não é necessário que se estabeleça relação com nenhuma reportagem;
    • Opinativo, mas de caráter muito mais pessoal do que representativo;
    • Pode ser usado para criar uma crítica, comentar fatos ou simplesmente sugerir reflexões.
    • Refere-se a uma matéria específica, geralmente de capa;
    • Procura descrever a opinião do meio de comunicação que representa;
    • Possui caráter informativo/comercial;
    • Linguagem formal ou informal, de acordo com seu público.
  • 4. Assim sendo:
    • Os gêneros opinativos constituem as manifestações da dimensão de profundidade jornalística. O artigo, como a crônica e o editorial, aprofundam aspectos relativos a fatos de maior repercussão no momento. Contém comentários ou teses fundados em visão pessoal. Assim, há uma diferença entre o editorial e o artigo e a crônica: os dois últimos escapam aos limites restritos do editor, dos princípios gerais e das teses orgânicas da empresa, dos compromissos e diretrizes que esta mantém e busca traçar para o comportamento público . O artigo, como a crônica, é um ensaio curto e de natureza contemporânea.
    • Fonte: Ataide, Joanita Mota. UFMA .
    •  
  • 5. O artigo deve conter:
    • TÍTULO: poucas palavras, incisivo, expressando a linha ideológica adotada.
    • INTRODUÇÃO: formulação da notícia ou idéia que deu origem à notícia.
    • CORPO: formado por blocos feitos de retângulos, cada um deles autônomo, isto é, contendo desenvolvimento e conclusão.
    • O corpo é o local em que se dá a discussão ou argumentação: interpretação, análise, debate dos diferentes aspectos do tema. Consiste em:
      • - expressar as implicações, confrontar o tema com outros semelhantes, manipulá-lo, desintegrá-lo;
      • - pensar não só como o editor, mas também como pensariam seus opositores;
      • - antecipar-se às críticas e destruir previamente as objeções que se fariam à opinião expressa.
  • 6. Simplificando:
    • A COMVEST pode exigir o conhecimento do funcionamento de um
    • artigo de formal. Assim como no texto editorial você de adequá-lo ao
    • público alvo, usando, para tanto, a conotação ou a denotação.
    • Procure seguir uma estrutura semelhante ao de uma dissertação
    • em prosa, mas tendo em mente que o assunto a ser tratado EXIGE uma
    • opinião clara, um posicionamento e argumentos críticos .
    • Há a possibilidade de usar figuras de linguagem, sendo de grande
    • importância a ironia e o efeito satírico .
  • 7.  
  • 8.