Auto –avaliação da BE – plano de acção (esboço)
            2009/2010

         Pontos fortes                Avaliação    ...
possui uma boa relação com a                     bibliotecas escolares inexistente –    positivos
maioria dos docentes, al...
desbaste da colecção
                                                                                                 Dili...
•   Rentabilizar melhor o espaço BE, com utilização em contexto de aula dedicada à leitura -
    REALIZADO
•   Construir b...
CONTROLE


                                                                                                               ...
CONTROLE

                                                                                                                ...
C1                                                                    8,15h -18,15h                                       ...
Inserir a BE nos documentos do agrupamento PEA, PCA e
                                                                    ...
FACEBOOK                                   V




AUTO-AVALIAÇÃO JUNHO 2010:
Domínio B a avaliar – Todas as acções proposta...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Auto avaliação do plano de acção junho 2010

977

Published on

Published in: Education, Technology, Sports
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
977
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
17
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Auto avaliação do plano de acção junho 2010

  1. 1. Auto –avaliação da BE – plano de acção (esboço) 2009/2010 Pontos fortes Avaliação Pontos fracos Avaliação Acções para melhoria O agrupamento ganhou por duas Igual Parte do fundo documental do Pré- Igual Investir na reunião da vezes o concurso Ler + escolar e 1º ciclo, é desconhecido e colecção. (Continente), possuindo assim encontra-se disperso pelas escolas dois grupos de livros PNL do agrupamento - actualizados, adequados a apoiar a leitura orientada na sala de aula. (1º e 2º ciclo) Apesar de ainda não estarem Melhor Colecção não se encontra Alguma Continuar a catalogação todos catalogados, e haver ainda catalogada na totalidade – melhoria carências documentais, considera-se que existe um número considerável de documentos que permite a leitura lúdica e o apoio à aprendizagem em quase todas as áreas Duas auxiliares tendo uma, Igual Carência de informação para apoio Alguma Ampliar fundo documental formação em catalogação a alguns projectos melhoria A equipa consegue organizar Igual Carência de obras PNL para leitura Melhor Ampliar colecção PNL do 1º actividades com interesse para orientada na sala de aula para o 1º ciclo os utilizadores e 3º ciclo – Apoios PNL Apoio Inexistência de um projecto de Ultrapassado ------------- aproveitado e leitura do 3º ciclo para candidatura usufruido do PNL - Auditório anexo Igual e Pouco oferta de BDs – Ultrapassado Rentabilização da oferta de rentabilizado Bds Índices de utilização elevados Ainda mais Muitos documentos com Igual apesar Incentivar os docentes a fazer elevados necessidades de abate, restauro e do trabalho a selecção substituição – desenvolvido O espaço físico da Biblioteca da Igual Catálogo não se encontra em rede Igual Motivar a direcção para escola sede é atractivo, espaçoso - solucionar o problema. e permite realizar diversas actividades em simultâneo; Divulgação da informação - Blog, + facebook Politica de colecção ainda não aprovada Actualizar o documento página digital, email, boletim aprovada – politica de existente e submete-lo à informativo, jornal escolar bem aquisições aprovação estruturados em actualização constante; Itinerâncias organizadas em Igual e melhor Programa Pró-Base Igual Motivar a direcção para todos os níveis de ensino desactualizado, todas as contagens solucionar o problema. de utilização fazem-se manualmente Alguma facilidade em realizar Igual e melhor Biblioteca (espaço físico) do 1º Igual Instalação da biblioteca do 1º articulação com alguns ciclo ainda inexistente ciclo e pré-escolar departamentos Equipa dinâmica com algumas Igual Escolas dispersas (1º ciclo) - Igual Aproximar as escolas através aptidões para utilização das TIC das novas tecnologias Direcção Executiva colaborante Igual Carências de formação na equipa - Igual Estimular para a formação Horário coincidente com o Igual Formação do utilizador insuficiente Melhoria Continuar a investir escolar – aluno e professor Pequena colecção destinada a Igual Poucos encarregados de educação Melhoria Continuar a investir na adultos envolvidos nas actividades melhoria Abertura da biblioteca do 1º ciclo Não foi Poucas parcerias – Parceria com Tentar alargar as parcerias durante o presente ano lectivo possível BM Coordenadora BE é activa e Igual Trabalho colaborativo com outras Alguns sinais Investir mais
  2. 2. possui uma boa relação com a bibliotecas escolares inexistente – positivos maioria dos docentes, alunos e auxiliares Dois espaços WEB disponíveis Mais 2 Desconhecimento de verba a gerir Ultrapassado saltarico e para aquisição documental ------------- facebook Experiência de articulação com o Igual Passividade e indiferença de Igual Investir mais na informação. Departamento de Línguas alguns docentes perante a Apelar ao discurso do director biblioteca, pois ainda a entendem de forma tradicional Experiência na organização de Igual Pouca articulação com a Áreas Igual Investir mais na articulação – exposições Curriculares Não Disciplinares reunir com os docentes de AP, Fc e EA. Apelar ao discurso do director A coordenação tem assento no Igual Colaboração desorganizada com Melhor Articular melhor com o coord Conselho Pedagógico projectos e OPTE de projectos e docentes OPTE Apelar ao discurso do director Canais de comunicação já Igual Fraca utilização do espaço da Melhor ----------- existentes com todos os docentes biblioteca durante as aulas Dificuldades na partilha de Igual . Mateus Tentar formar para a partilha. documentos (1º ciclo); Apelar ao discurso do director Zona multimédia inactiva nos Ultrapassado -------------- últimos anos por falta de equipamento Leitura domiciliária condicionada Ultrapassado ---------------- pela Gripe A Falta de instalações sanitárias para Igual Motivar a direcção para alunos solucionar o problema. Falta de espaços de arrumação Igual Motivar a direcção para solucionar o problema. Inexistência de uma mapoteca Igual Motivar a direcção para solucionar o problema. Desconhecimento do impacto que a Melhoria -------------- biblioteca produz na aprendizagem dos alunos Pouca visibilidade da BE na página Ultrapassado ----------------- WEB do agrupamento Alguns problemas no atendimento Ultrapassado ------------------------ gerado pelas requisições dos computadores portáteis para a sala de aula Ausência de uma cultura de Ultrapassado ---------------- avaliação rigorosa, organizada e atempada. Novos pontos fortes Novos pontos fracos Acções de melhoria Projecto descomplicar as TIC Catalogação realizada apenas por Investir na formação de mais uma funcionária um elemento Projecto ler às tirinhas As assistentes operacionais tem Mais Formação dificuldade em manter o silêncio entre os utilizadores, havendo disparidades entre as suas acções – facilitismo/arrogancia Parceria Biblioteca Municipal Demora e atrasos na Contractos com condições e aquisição de livros garantias de satisfação das encomendas Nova biblioteca do 1º ciclo Dificuldade em adquirir algumas Tentar criar formas de obras pelo processo tradicional – aquisição directa encomenda livraria Biblioteca virtual organizada Fundo documental deficiente – Tentar criar formas de livros em línguas estrangeiras aquisição directa Equipamento informático Os docentes e alunos conhecem Catálogo em rede mal a colecção, apesar de estar Incentivar a visita à biblioetca divulgada Incentivar à selecção e
  3. 3. desbaste da colecção Diligenciar a aquisição de novo programa de catalogação /utilização Docentes que não tem o hábito de Apelo ao discurso do Director visitar a BE, não tomam conhecimento de algumas actividades A biblioteca tem assumido sempre Inverter o processo, investir a liderança ao propor actividades e no trabalho colaborativo nem sempre estas serão as mais fortemente articulado com o adequadas para o currículo. currículo, deixando os docentes na liderança. Apelo ao discurso do Director Alguns docentes não acedem aos Apelo ao discurso do Director meios de comunicação Ainda há docentes que não sabem Mais informação através dos como articular com a BE coordenadores Biblioteca do 1º ciclo não foi Solicitar docente para gerir integrada na rede biblioteca Colecção não é bem rentabilizada Motivar os docentes a pelos docentes conhecer a colecção Apelo ao discurso do Director A colecção nem sempre dá Criar mais dossiers temáticos resposta às necessidades das Aps com a colaboração dos profs das APs Apelo ao discurso do Director PAA com muitas actividades geram Tentar congregar actividades muitas planificações e relatórios. Diversidade de critérios no Criar o manual de tratamento documental procedimentos da organização do fundo documental Biblioteca virtual pouco utilizada Investir na formação do utilizador Leitura domiciliária reduzida no 3º Valorização desta actividade ciclo na avaliação dos alunos ou outras Apelo ao discurso do Director Blog saturado Criação de novo blog Carência de dicionários Transferir alguns dicionários Inglês/Português nos pavilhões para os pavilhõesi Apelo ao discurso do Director – traduz apenas que a sua intervenção talvez seja importante como motivação para conjugar esforços para melhorar o trabalho de todos. Intervenções prioritárias • Reunir todo o fundo documental existente disperso pelas escolas do 1º ciclo do Agrupamento (leitura recreativa e especialmente obras PNL – logo que a biblioteca da Araucária esteja concluída; EM CURSO • Instalar a biblioteca do 1º ciclo (Araucária); - EM CURSO • Integrar a biblioteca da Araucária na RBE; - REALIZADO SEM SUCESSO (motivos alheios à nossa vontade) • Melhorar e ampliar a colecção por forma a dar uma resposta adequada às necessidades; REALIZADO • Activar a zona multimédia; - REALIZADO • Formar utilizadores alunos e professores; - REALIZADO
  4. 4. • Rentabilizar melhor o espaço BE, com utilização em contexto de aula dedicada à leitura - REALIZADO • Construir bolsa de colaboradores, alunos monitores e voluntários; - REALIZADO • Construir algumas iniciativas culturais em parceria com outras escolas ou entidades ligadas à cultura; EM CURSO • Dar visibilidade para o exterior das acções desenvolvidas; - REALIZADO • Continuar a implementar o PNL; - REALIZADO • Envolver os encarregados de educação nas acções de leitura e outras; - REALIZADO • Investir mais na articulação com os departamentos, ACND, OPTE e projectos- REALIZADO • Colocar o catálogo em rede- NÃO REALIZADO • Ultrapassar os constrangimentos gerados pela gripe A – REALIZADO PLANO DE ACÇÃO - CONTROLE
  5. 5. CONTROLE 0 1 1 1 Domínio Objectivos Acções 9 0 1 2 / / / / 1 1 1 1 0 1 2 3 Participação em reuniões CP e Departamentod V Trabalho de cooperação com todas as estruturas Acções formação informais sobre a missão da BE para V de coordenação educativa e de supervisão docentes pedagógica da escola/agrupamento: conselho Comunicação director e outras estruturas para pedagógico, departamentos curriculares, áreas V actualização de recursos. disciplinares, coordenadores de estabelecimento e conselhos de turma. Sugestões p/ apresentar aos docentes V Angariar docentes colaboradores V Reuniões c/ ACND Colaboração com os docentes responsáveis pelas Acções formação informais sobre a missão da BE para V Áreas Curriculares Não Disciplinares: áreas de docentes projecto; estudo acompanhado/apoio ao estudo e formação cívica. Ampliação/ adequação do fundo documental às ACND Sugerir trabalhos conjuntos V Reuniões com SAE A1 Acções formação informais sobre a missão da BE para docentes Desenvolver a Actividades de suporte junto dos docentes articulação responsáveis pelos apoios educativos. Ampliação/ adequação do fundo documental ao SAE curricular da biblioteca com Sugerir trabalhos conjuntos as estruturas de Angariar docentes colaboradores coordenação educativa e Coordenador da BE pertence à equipa PTE V supervisão pedagógica e Garantir bom estado equipamento, rede e software V os docentes Participação no PTE e no desenvolvimento de outros programas e projectos existentes na Reuniões e criar formas de colaboração c/projectos V escola/ agrupamento. Recolher e divulgar materiais relacionados c/ os temas V Incluir acções dos projectos no plano de actividades BE V A - Apoio ao Desenvolvimento Curricular Reuniões com os elementos OPTE Disponibilização de espaços, recursos e Acções formação informais sobre BE para docentes actividades para o plano de OTE da escola/ agrupamento. Materiais e sugestões que sirvam o OPTE Sugestões actividades conjuntas V Cooperação e diálogo com todos os docentes V Utilização dos recursos da BE pelos docentes no Ampliar formação da equipa BE V âmbito da actividade lectiva . Equipa BE – docentes de várias áreas disciplinares V Construção de materiais diversificados de apoio para as diferentes actividades. Produzir, partilhar e divulgar (WEB) materiais de outras escolas (pag Web, guiões de pesquisa, pacotes itinerantes, V dossiês temáticos, fichas de trabalho e outros) Sessões formativas utilizadores BE (alunos e profs) V Actividades de formação de utilizadores c/ todas as turmas, tendo em atenção necessidades Materiais formação utilizadores – guião utilizador V Politica ensino de competências de informação Planear com os docentes trabalho de pesquisa na BE Ensino em contexto das competências de informação. Formação equipa BE e docentes – literacia de informação Plano progressivo p/ desenvolvimento de competências. V Articulação com Área de Projecto Actividades para promover do uso das TIC e da Formação pág Web, blog e utilização biblioteca virtual V A2 Internet como ferramentas de acesso, produção e
  6. 6. CONTROLE 0 1 1 1 Domínio Objectivos Acções 9 0 1 2 / / / / 1 1 1 1 0 1 2 3 Leitura orientada na sala de aula V Leitura com todas as turmas da escola. Semana da leitura V Atrair novos leitores (CEFs) V Concursos, sessões de leitura V Feira do livro V Eventos leitura na comunidade V Formação leitura V Actividades diversificadas de leitura e de literacia articuladas com os docentes e com o exterior. Encontros com escritores V Biografias Leitura e Literacias B Fichas de leitura, guiões V Promover a Leitura domiciliária V leitura e as literacias Divulgar a colecção V Actividades criativas dirigidas à leitura -net, placard e V outras Contextos diversificados de leitura e de Exposições temáticas V produção/comunicação da informação em vários suportes e formatos Biblioteca virtual V Leitura informal ( jornais revistas, livros recreativos, BD) V PNL V Projectos de leitura PNL e outros Áreas de Projecto, Projecto Comenius, Opte, clubes, PNEP V Índices de utilização e requisições V Utilização da BE, progressão na leitura Adequar a colecção V CONTROLE 0 1 1 1 Domínio Objectivos Acções 9 0 1 2 / / / / 1 1 1 1 0 1 2 3
  7. 7. C1 8,15h -18,15h V Manter um horário coincidente com o horário da escola. Requisição domiciliária nas interrupções lectivas V Apoiar Agendar com os alunos actividades de apoio, por actividades A definir eles solicitada. livres, extra- curriculares e de Dinamizar uma vez por mês uma actividade livre, Projectos, Parcerias e Actividades Livres enriquecimento de carácter lúdico e cultural de acordo com os A definir curricular interesses e necessidades dos alunos. RBE V Participar nas reuniões com vista a parcerias e Biblioteca Municipal V ou projectos Câmara Municipal, outros V C2 Trabalho colaborativo com outras A definir V escolas/agrupamentos Desenvolver projectos e Trabalho Concelhio A definir parcerias Não existe SABE Envolver os Pais / Encarregados de Educação A definir V nas actividades da BE Abertura ao exterior – horário pós lectivo Não se verifica V CONTROLE 0 1 1 1 Domínio Objectivos Acções 9 0 1 2 / / / / 1 1 1 1 0 1 2 3
  8. 8. Inserir a BE nos documentos do agrupamento PEA, PCA e V PAA Manter um papel activo no CP, colaborando e trabalhando de forma a ajudar a concretizar a Elaborar Plano de Acção, de Actividades e de V missão da Escola. desenvolvimento Regimento e regulamento da BE V Equipa e colaboradores professores V Os órgãos de direcção, administração e gestão reconhecimento do valor da BE por parte dos Verba Biblioteca V órgãos de direcção. Outros apoios por parte do Director V Professor bibliotecário integra o Conselho Pedagógico V A BE assume-se e é entendida por todos como um recurso activo ao serviço da Apoio do Director na articulação com os departamentos e V escola/agrupamento. outras estruturas Divulgação das actividades da BE – email, boletim V D1 informativo, blog, pagina web Promover a Qualidade dos serviços e articulação de Avaliação utilizadores V articulação da actividades e projectos BE com o 8,15h – 18,15h V escola/agrupam ento. Facilitar Horário da biblioteca e disponibilização de Formação utilizadores V acesso e recursos e equipamentos e acompanhamento e serviços formação aos utilizadores – pólo cultural do Taxas de utilização V prestados pela agrupamento. BE. Alargar a oferta de serviços a todo o Agrupamento V Implementar o processo de auto-avaliação Plano de auto-avaliação V Formação auto-avaliação V Aplicação de questionários e recolha de evidências V Tratamento e cruzamento de dados V Relatório e divulgação do mesmo V Inter-acção constante com o Director V Formação diversificada nas TIC V Gestão da Biblioteca Escolar Paradigma Digital V Formação do professor bibliotecário ( pontos) Auto-avaliação da Biblioteca Escolar V Gestão da biblioteca escolar V Liderança do professor bibliotecário - gestão efectiva, mobilizando a equipa e a escola para o Avaliação dos utilizadores V valor e para o trabalho com a BE D2 Áreas de intervenção para os vários elementos da equipa. V Adequação da equipa, no que respeita às Assegurar boas Competências/formação - equipa competências e número dos seus elementos, às humanas e necessidades da BE – conteúdo funcional materiais para a Áreas de intervenção para os colaboradores definido. prestação dos serviços. Assistentes operacionais às bibliotecas 5 zonas distintas V Organização do espaço da BE, mobiliário e Computadores V equipamentos - garantia uma utilização individual e em grupo e satisfação das Multimédia V necessidades dos utilizadores. Internet V Equipamentos tecnológicos (hardware e software) que responde às necessidades da Avaliação dos utilizadores escola/agrupamento. Revisão da política documental e actualização da Política de desenvolvimento da colecção V
  9. 9. FACEBOOK V AUTO-AVALIAÇÃO JUNHO 2010: Domínio B a avaliar – Todas as acções propostas foram realizadas com sucesso implicando obrigatoriamente uma grande contribuição para a promoção da leitura e literacias traduzidas na aprendizagem. As acções de leitura realizaram-se de forma articulada com os currículos e congregaram a vontade de diversos colaboradores que com as suas acções personalizadas, construíram um leque diversificado de actividades e em diversos contextos. Refira-se o grande destaque para o PNL, envolvendo todo o agrupamento, ultrapassando muitos constrangimentos gerados pelas características físicas do agrupamento. A utilização elevada da BE e dos seus recursos traduz o crescimento pelo gosto pela leitura e pelo conhecimento. Proposta de nível quatro – coordenadores Proposta de nível quatro – equipa BE Proposta de nível quatro – coordenadora BE Domínios A, C e D foram já concretizadas a maioria das acções necessárias e que serão reforçadas e ampliadas nos anos seguintes. Junho 2010

×