Situações problema que fazem parte do cotidiano de um tutor.

  • 3,810 views
Uploaded on

Situações problema que fazem parte do cotidiano de um tutor.

Situações problema que fazem parte do cotidiano de um tutor.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,810
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
55
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 1.SITUAÇÕES PROBLEMA QUE FAZEM PARTE DO COTIDIANO DE UM TUTOR1) Um beijo e um queijo Essa situação-problema apresenta a história de uma tutora que costumase despedir dos alunos com uma mensagem padronizada (um beijo e umqueijo) . Porém a tutora cometeu um gravíssimo erro, que foi o de não mandaresta mensagem também para o aluno Carlos que se sentiu discriminado. Na realidade não é aconselhável padronizar mensagens aos alunosvirtuais. Pois se a intenção for o de construir ao longo do curso laços deafetividades, o melhor é responder aos alunos de forma individualizada.Então neste caso o tutor cometeu dois erros, primeiramente por padronizaras mensagens, posteriormente por não enviar também ao aluno Carlos. Emrelação a esta situação Souza e Sousa destaca (2008, p.7) que “o respeito àsdiferenças, o estabelecimento de “uma comunicação pautada no indivíduo”,estimulando o grupo à participação, é uma atitude bastante favorável aofortalecimento dos laços afetivos”. Neste caso se fosse a tutora do curso, primeiramente não iria padronizar asmensagens e nem discriminar os alunos do curso. E para estabelecer laçosde afetividades indicaria algumas atividades para fortalecer a amizade,respeito a diversidade, cordialidade e gentileza. Pois no ambiente virtual estaafetividade pode se manifestar por meio texto, imagens, sons e vídeos. Aseguir destacamos algumas atividades no sentido de potencializar asrelações afetivas no ambiente virtual. a) Criar um PowerPoint com imagens de afeto ou selecionar vídeos relacionados a afetividade e publicar no fórum para o grupo b) Criar um texto colaborativo no wiki com o Tema: Como construir afetividades em ambientes on-line c) Criar possibilidades para o aluno escrever um pouco sobre sua história de vida: desejos, anseios, gostos, sonhos, perspectivas, experiências e personalidade.2) Silêncio Virtual Essa situação-problema apresenta uma realidade que faz parte demuitos cursos a distância. Ou seja o aluno virtual realiza todas as tarefas,porém não emite opiniões no fórum de discussões. Neste caso o tutor
  • 2. precisa ser cauteloso, pois conforme a abordagem feita o aluno poderádesistir do curso. Em relação ao questionamento: Você acredita que o aluno observadortem possibilidades de aprender, mesmo não participando das atividades dediscussão? Com certeza, pois a aprendizagem se revela em váriassituações, por isso consideramos fundamental que um curso a distânciaofereça atividades diversificadas, ou seja que o aluno possa mostrar suaspotencialidades e que o fórum são seja o único meio de se “medir” oconhecimento do aluno. Pois muitas vezes o fato de não escrever no fórumesta relacionado a questões emocionais. O ato de não publicar suas ideias no fórum está relacionado a umaação (aluno) que deve ser investigada pelo tutor, no sentido de possibilitarum novo encaminhamento, no qual o aluno sinta a importância de suaparticipação na totalidade do curso. Compreende-se a partir destaexperiência que o tutor: [...] Clareie para si e para o educando as exigências do crescimento. Ninguém cresce sem ação e ação contém dentro de si uma disciplina. Cada ato tem sua disciplina própria que necessita ser descoberta e seguida se se quer aprender e crescer com ela. A avaliação é uma forma de tomar consciência sobre o significado da ação na construção satisfatória dos resultados desejado.(LUCKESI, 1995, p.166) Em relação ao segundo questionamento: Como avaliar as participaçõesem fórum de um aluno que não participa, mas acompanha tudo e provavelmente estáconstruindo algum conhecimento? Neste sentido o tutor deve considerar aparticipação do aluno em sua totalidade. Pois o fato dele não participar nãopode ser visto como algo negativo, mas como um sinal de que o tutor devereavaliar a sua avaliação no sentido de: possibilitar a construção coletiva e percorre uma trajetória metodológica desobediente, transgressora de receitas prontas e acabadas e construa, de forma participativa com seus alunos, novos saberes, novos olhares sobre o real. (LEAL, 2011, p.2) Podemos concluir que é preciso um novo olhar para o silêncio virtual.E que o silêncio também seja visto como um código de linguagem no ambienteon-line.3) Plágio na era da EAD O plágio também é um dos problemas enfrentados pelos tutores naEAD. Ao perceber que o aluno plagiou o tutor deve conversar individualmente
  • 3. com o aluno, mas não diretamente apontando que ele cometeu plágio. Poisnão sabemos a reação do aluno. Segundo Palloff &Pratt ( 2004, p.122) oplágio “ocorre muitas vezes, porque o aluno não sabe como citar, parafrasearou mencionar as fontes utilizadas”. Portanto consideramos que é necessáriocriar mecanismos, para que o tutor não precise passar por esta situação. Algumas instituições que ofertam EAD, optam por indicar nabiblioteca do curso textos que abordam temáticas relacionadas ao plágio,bem como texto explicativos sobre normas da ABNT. Outro fator importanteantes de atribuir atividades aos cursistas é interessante verificar o perfil daturma, pois a produção da escrita é um processo que demandaprincipalmente grau de escolaridade, ou seja talvez tenhamos no cursomestres, doutores, mas também alunos que ainda estão em processo naprodução textual. Pois muitos alunos recorrem ao plágio realmente por nãosaberem escrever. Conforme a proposta do curso seria interessante tambémtrabalhar com estas possibilidades, no sentido de oferecer a estes alunoscom dificuldades subsídios teóricos e metodológicos que possibilitem aconstrução de textos sem recorrer ao plágio. Consideramos que saber em que modalidade é mais recorrente o plágionão irá solucionar o problemas. Temos que independente da modalidade deensino possibilitar aos alunos a construção da escrita.2. Referências BibliográficasLEAL. R. B. A importância do Tutor no processo de aprendizagem.Disponível em:<http://www.lanteuff.org/pigead/file.php/93/biblioteca/Semana_4_Texto_04.pdf>. Acesso em 26.ago.2011.LUCKESI, C. Avaliação da aprendizagem Escolar. São Paulo, Cortez, 1995.OLIVEIRA. C. L A. Afetividade, aprendizagem e tutoria online. Disponívelem:<http://www.anped.org.br/reunioes/32ra/arquivos/trabalhos/GT16-5141--Int.pdf> Acesso em 26.ago. 2011.PALLOFF.R.M &PRATT, k. O aluno virtual: um guia para trabalhar comestudantes on-line. Porto Alegre: Artmed, 2004.SOUZA, E. P. SOUSA Adriana S. Formação continuada de professores:afetividade na interação online. Disponível em:<http://www.abed.org.br/congresso2008/tc/5112008115055AM.pdf>. Acessoem 26. ago. 2011.