Your SlideShare is downloading. ×
Formação  do  professor   em  relação  a  lei 10639
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Formação do professor em relação a lei 10639

3,678
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,678
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
90
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. EDUCAÇÃO PARA AS RELACÕES ÉTNICO-RACIAIS: REFLETINDO SOBRE ALGUMAS ESTRATÉGIAS DE ATUAÇÃO.
  • 2.  
  • 3.  
  • 4.  
  • 5. As instituições de Ensino Superior incluirão nos conteúdos de disciplinas e atividades curriculares dos cursos, a educação da relações Étnico Raciais bem como o tratamento de questões e temáticas que dizem respeito aos afrodescendentes.
  • 6.  
  • 7.  
  • 8. ARTIGO 6º- FORMAÇÃO DE EQUIPES MULTIDISCIPLINARES PARA DAR SUPORTE AOS PROFESSORES. ARTIGO:3º- QUALIFICAR OS EDUCADORES NO QUE DIZ RESPEITO A TEMÁTICA, PROMOVENDO CURSOS SEMINÁRIOS,OFICINAS DURANTE O PERÍODO LETIVO, GARANTINDO A PARTICIPAÇÃO DOS EDUCADORES SEM NENHUM PREJUÍZO FUNCIONAL OU SALARIAL
  • 9. ANO DE 2009: REGIMENTAÇÃO DAS EQUIPES MULTIDISCIPLINARES
  • 10. 11.645 10.639 LEI
  • 11. COMO TRABALHAR ESTAS TEMÁTICAS NAS DISCIPLINAS CURRICULARES? história literatura artes geografia matemátic a sociologia filosofia química português Educação física biologia inglês
  • 12. Alguns desafios na implementação
  • 13. Onde estão a África, os africanos e os afro-brasileiros na grade curricular das nossas escolas públicas e privadas, nos níveis infantil, fundamental, médio e universitário? A África mantém-se como um continente desconhecido para a maioria da população brasileira, incluindo os docentes. Em nossas escolas, não se aborda o passado nem o presente africano, muito embora esse passado esteja tão presente no cotidiano nacional, por meio das palavras faladas, da cultura, das religiões, das instituições, da economia etc. São imensos o desconhecimento e o silêncio sobre o passado e o presente da comunidade negra no Brasil
  • 14. A África permanece para a maioria reduzida a uma Imagem simplificada por quatro T TRIBO TAMBOR TERREIRO TARZAN (PERERIRA, 1978,p.16)
  • 15.  
  • 16.  
  • 17.  
  • 18. Como nós, professores e professoras, temos trabalhado com a questão racial na escola? Que atitudes tomamos frente às situações de discriminação racial no interior da escola e da sala de aula? Até quando esperaremos uma situação drástica de conflito racial ou enfrentamento para respondermos a essas perguntas? O tratamento da questão racial é um projeto coletivo da escola? Ou apenas trabalhos individualizados?
  • 19. FILME: TESTE DO RACISMO E vida Maria
  • 20. Em relação a aplicabilidade da lei o professore e a escola devem ter sua autonomia, mas autonomia não significa ser livre para fazer o que eu quero. Quando quero, de qualquer jeito. Apenas para constar no livro de chamada ou no projeto político pedagógico da escola.
  • 21. É preciso que as práticas pedagógicas sejam orientadas por princípios éticos que norteiem as relações estabelecidas entre professores, pais e alunos no interior das escolas brasileiras. E é necessário inserir a discussão sobre o tratamento que a escola tem dado às relações raciais no interior desse debate.
  • 22. Nós, os(as) professores(as), somos conhecidos como uma categoria de lutas e de conquistas e como intelectuais da educação. Se reconhecemos que o trato pedagógico da diversidade é um direito de todo cidadão pertencente a qualquer grupo étnico-racial . Pergunto: Que movimento temos feito no interior da escola para que possamos trabalhar com estas temáticas? Para existir mudanças é preciso que haja movimento. E movimento não combina com ações isoladas. É preciso uma organização enquanto grupo.
  • 23.  
  • 24.
            • Axé, axé, axé pra todo mundo,
            • Axé muito axé, muito axé
            • Muito axé pra todo mundo, axé
            • Eu, professora,brasileira. Desejo pra
            • esse Brasil e para todos de todas as raças
            • De todos os credos Axé
  • 25. nós sabemos, axé quer dizer energia positiva, força de vida, e é uma expressão que anuncia e pede o Bem. É usada tanto para saudar alguém como para se despedir e pretende transmitir as melhores vibrações.