Your SlideShare is downloading. ×

Agricultura

12,498

Published on

0 Comments
9 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
12,498
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
357
Comments
0
Likes
9
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. RECURSOS ALIMENTARES AGRICULTURA
  • 2. EVOLUÇÃO DA AGRICULTURA
  • 3. Factores Condicionantes da Agricultura Factores Físicos Factores Humanos Clima Desenvolvimento Estabilidade(Temperatura e Relevo Solo políticas e precipitação) Tecnológico sociais
  • 4. Tipos de Agricultura Agricultura Moderna Agricultura Tradicional Objectivo: Assegurar a obtenção de lucro Garantir a subsistência do agregado familiar Destino da produção Mercado (nacional e/ou Autoconsumo internacional)Dimensão das Explorações Latifúndio Minifúndio Variedade de Culturas Monocultura Policultura Técnicas Utilizadas Modernas (especializadas, Rudimentares (Rotação de Culturas, mecanizadas e de caráter científico) rega manual… ) e transmitidas de geração em geração) Aproveitamento do Solo Sistema Intensivo Sistema Extensivo Instrumentos Agrícolas Mecanizados (tractores; ceifeiras/ Arcaicos (o arado puxado por debulhadoras; avionetas, animais; enxada, foice…) enfardadeiras …) Tratamento do Solo Uso de grandes quantidades de Adubação natural com restos de produtos químicos (fertilizantes; plantas e dejectos de animais pesticidas e herbicidas)Produtividade e rendimento Elevados Baixos O trabalho é essencialmente O trabalho é essencialmente manual e Trabalho do Agricultor mecanizado, por isso existem poucos recorre frequentemente aos animais activos na agricultura destes países. como força de trabalho. Processos de irrigação Modernos (aspersão, gota-a-gota, etc.) Pouco desenvolvidos (por gravidade, nora, etc.)
  • 5. Tipos de Agricultura Tradicional ModernaItinerante Agricultura Agricultura Sedentária Agricultura de Rizicultura Europeia Norte- de de Sequeiro americana PlantaçãoQueimada
  • 6. LATIFÚNDIO
  • 7. MINIFÚNDIO
  • 8. ROTAÇÃO DE CULTURASTrigo Pousio Batatas Batatas Trigo Pousio Pousio Batatas Trigo
  • 9. EXEMPLOS DE AGRICULTURA MODERNA E TRADICIONAL“A agricultura moderna e tradicional pode apresentar diferentes formas, consoante a região do mundo onde é praticada”
  • 10. EXEMPLOS DE AGRICULTURA MODERNA
  • 11. TEXTO I - AGRICULTURA NORTE-AMERICANA“As quintas que produzem trigo são evidentemente enormes (de2000 a 3000 hectares, em média) e tendem a aumentar aindamais. Sobre tão vastas superfícies é indispensável uma fortemecanização, pelo que a dimensão das quintas é medida pelonúmero de tratores (muitas vezes 3 ou 4) mais do que pelo númerode hectares. Aos tratores juntam-se camiões, charruas de discos,cultipackers (grades de discos) e sobretudo combines, enormesmáquinas que cortam o trigo à frente e deixam para trás sacos degrão sobre o campo ceifado. A indústria esforçou-se por fornecer àagricultura máquinas simples e robustas que executassem emsimultâneo, várias tarefas agrícolas (por exemplo, ceifa, debulha eensaca; daí o seu nome de combines). Neste tipo de agriculturaexiste uma especialização regional muito acentuada e também umapoio estatal muito elevado.”
  • 12. TEXTO II - A AGRICULTURA EUROPEIA“Caracteriza-se por ser uma agricultura muitointensiva, praticada em explorações de pequena emédia dimensão e em alguns países europeus emsistema de policultura. É muito mecanizada erecorre abundantemente ao uso de fertilizantesquímicos, o que faz desta agricultura uma das maispoluentes do mundo. A agricultura europeia temsofrido várias transformações e caminhado parauma especialização cada vez mais acentuada,tendo em vista corrigir os excessos de produção emdeterminados setores (o dos cereais, por exemplo)”.
  • 13. CARACTERÍSTICAS DA AGRICULTURA DE PLANTAÇÃO Típica das regiões costeiras dos países tropicais com história colonial (Brasil, Gana, Costa do Marfim, Moçambique, etc..); O café, o cacau, o algodão, a banana, a cana-de- açúcar são plantadas em monocultura e destinam-se á exportação para a Europa e América do Norte onde se localizam as sedes das multinacionais que controlam este comércio; Ocupam grandes latifúndios; Utilizam técnicas modernas com recurso a mão-de- obra local barata.
  • 14. EXEMPLOS DE AGRICULTURA TRADICIONAL
  • 15. TEXTO III - A AGRICULTURA ITINERANTE DE QUEIMADA“Em muitas regiões da savana e de floresta do mundo tropical, pratica-se aagricultura mais primitiva do mundo: é a chamada agricultura itinerante. Oshomens derrubam as árvores, cortam os ramos, que espalham pelo terreno,incendeiam todo o material – queimada -, embora possam deixar uma ou outraárvore para recolha de frutos ou para fazer sombra. Abre-se deste modo umaclareira, que constitui o solo a cultivar, aproveitando-se as cinzas como fertilizante.Como a terra não é estrumada nem adubada, acaba por se esgotar passadospoucos anos, pelo que terá então de ser simplesmente abandonada. A maior oumenor distância dela procede-se a nova queimada, ou seja, a preparação de novoespaço agrícola. É vulgar que o deslocamento dos campos de cultura se faça emcírculo, rodeando a aldeia. Mas, se tal não for possível e as distâncias a percorrer,em relação à nova terra arrotear forem muito grandes, então também a aldeia sedesloca. As técnicas são extremamente simples e rudimentares e os instrumentosagrícolas resumem-se à enxada, ao machado e a um pau endurecido pelo fogopara enterrar as sementes. Tal sistema encontra-se em franca regressão, emboraactualmente ainda surja com alguma frequência na Floresta Amazónica, em certaáreas da Cordilheira dos Andes e da América Central, na África a sul do Sara, naMalásia e na Índia”.
  • 16. TEXTO IV - AGRICULTURA SEDENTÁRIA DE SEQUEIRO“Este tipo de agricultura é praticado, essencialmente, nasregiões de clima tropical seco entre a savana e o deserto,onde o período de chuvas se apresenta curto e os mesessecos ocupam a quase totalidade do ano. Nestes climas, aescassez de água conduz a uma agricultura não irrigada,mas os povos que a praticam estabelecem-se em grandesaldeias próximas de um pequeno lago, que lhes forneceágua.A actividade agrícola está, normalmente, associada à criaçãode gado, cujas fezes constituem o único fertilizante utilizado.A área de cultivo é dividida em três partes separadas porsebes de arbustos espinhosos, onde se pratica umafolhamento com rotação trienal das culturas e pousio.”
  • 17. TEXTO V - A RIZICULTURA“A cultura do arroz (cultura alagada), que requer temperaturas elevadas e abundânciade água (excepto na fase de maturação), está em grande equilíbrio com as condiçõesnaturais desta região (quente e húmida). Também as elevadas densidadespopulacionais existentes proporcionam mão-de-obra disponível para esta actividade. Oarroz é produzido em sistema de monocultura através de técnicas agrícolas simples,muito minuciosas e intensivas.A técnica de produção do arroz, principal e quase único alimento, apresenta-se como aactividade agrícola em maior equilíbrio com a Natureza. Para tal contribuem a quaseausência de recurso aos produtos químicos e a utilização de dejectos humanos,estrume dos animais, algas e as próprias raízes apodrecidas para fertilização doscampos, factores que, aliados ao permanente alagamento dos campos e ausência dedeclives, protegem os terrenos da erosão.É um sistema muito intensivo em mão-de-obra e que exige um conjunto de técnicasagrícolas minuciosas, não existindo mecanização.Para garantir maiores produções recorre-se à técnica da repicagem, que consiste emfazer uma cultura em tabuleiros, enquanto outra se encontra no solo em fase dedesenvolvimento. Depois da primeira colheita, transplantam-se as dos tabuleiros paraos campos, assegurando assim mais do que uma colheita por ano.”
  • 18. OS IMPACTOS ECONÓMICOS E SOCIAIS DA ACTIVIDADE AGRÍCOLA Nos PD a mecanização permite uma elevada produtividade e rendimento, originando excedentes. A agricultura moderna dispensa o trabalho manual, provocando desemprego. Nos países em desenvolvimento a agricultura tradicional com baixo rendimento e produtividade não permite a subsistência dos agricultores e família e por isso abandonam os campos para viverem na cidade. Esta situação pode contribuir para o aumento da desertificação.
  • 19. OS IMPACTOS AMBIENTAIS DA ACTIVIDADE AGRÍCOLA Os produtos químicos poluem os solos, as águas superficiais e subterrâneas. A mecanização excessiva e a monocultura intensiva provocam o esgotamento dos solos, tornando-os menos produtivos. Nos países em desenvolvimento a desflorestação e a agricultura de queimada destroem a cobertura vegetal, ficando o solo mais exposto à erosão.

×