Hidreletricas Brasil 3006

  • 42,385 views
Uploaded on

material pedagogico produzido por alunos

material pedagogico produzido por alunos

More in: Technology , Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Difícil achar um material bom assim, pena eu não estar conseguindo achar os anos de construção e operação de todas as usinas, mas a luta continua.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Excelente conteúdos, é de grande valia para quem estar a procura de informações e pretende sair com sua pesquisa totalmente recheada e transmitir em sala de aula ou em palestras. Recomendo a todos, desde já agradecendo por esta fonte complexa de informações.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Muito bom, mas tenho que saber as 4 principais hidreletricas (trabalho)
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
42,385
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
816
Comments
3
Likes
7

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Hidrelétricas no Brasil
    • Turma 3006
    • Prof: Cristina Ramos
  • 2. Por que o Brasil prefere este modelo?
    • É responsável por cerca de 85% da produção elétrica do país .
    • Os climas chuvosos, o relevo predominante de planaltos e solos favoráveis ao armazenamento de água, faz desta matriz a opção economicamente mais viável .
  • 3. Potencial energético das bacias hidrográficas e produção em mw
    • Bacia PT PD
    • Amazônica 105500 408
    • Platina 59600 31419
    • Tocantins-Araguaia 28300 7900
    • São Francisco 19700 10560
    • Leste 15000 644
    • Sudeste /sul 6500 720
    • Nordeste 3100 235
  • 4. Como funciona uma hidrelétrica ?
    • A força da água faz girar a turbina que conectada a um gerador, transforma a energia cinética em energia elétrica.
    • As linhas de transmissão levam a energia produzida nas usinas até os pontos de consumo
  • 5. Complexo Hidrelétrico Paulo Afonso Iniciou-se em 15 de janeiro de 1955, produzindo 2.462.4 MW de energia, gerada a partir da força das águas da Cachoeira de Paulo Afonso (BA),localizada no rio de São Francisco. Este complexo foi a primeira usina, no Brasil,a completar a instalação da estrutura no subsolo, motivada pela variação do nível de água no cânion.
  • 6. Estimulou a formação de empresas públicas estaduais de energia elétrica, atendendo os setores econômicos impulsionando o turismo,gerando novos empregos e contribuindo para o desenvolvimento do nosso país. Porém,devido as instalações de usinas, a paisagem foi sendo modificada. Os impactos são naturais, econômicos e socioculturais visivelmente observados na paisagem como a formação de lagos, perda da vegetação da Caatinga e de áreas cultiváveis, formação de projetos de irrigação, ampliação da lavoura comercial e a introdução de novas culturas. Cachoeira de Paulo Afonso,conhecida também como “Véu da Noiva”, devido a branquidão das espumas e pela “fumaça”.
  • 7. Hidrelétrica de Itaipu A usina Hidrelétrica de Itaipu situada no Rio Paraná, entrou em operação na década de 80. A capacidade instalada da usina foi elevada para 14.000 mw com a entrada em operação da última unidade geradora no começo de 2007, completando o projeto original de 20 máquinas. Itaipu produz em média 90 milhões de megawatts-hora /ano
  • 8. Benefícios trazidos Itaipu é a maior hidrelétrica do mundo em geração de energia. É binacional, isto é, pertence ao Brasil e o Paraguai. Gera energia para as regiões sul e sudeste (20% do consumo do país) e ainda vende para o Paraguai ( 90% da energia consumida neste país) a porção não consumida no Brasil. A grandeza do empreendimento é motivo de prestígio internacional.
  • 9. Impactos ambientais e projetos A construção da barragem fez desaparecer as famosas cataratas das Sete quedas (ao lado) Hoje a empresa desenvolve projetos de preservação ambiental e ecoturismo como : Circuito turistico incluindo visão panorâmica da usina e visita interna as instalações Cultivando água Boa – projeto de sustentabilidade ambiental em 29 municípios da área de influencia da usina .
  • 10. Hidrelétrica Xingó
    • Uma das hidrelétricas mais modernas do país, localizada entre Alagoas e Sergipe no rio São Francisco, entrou em operação 1995 dando origem a uma vegetação exuberante, atraindo uma enorme diversidade de pássaros e de outras espécies.
    • Essa usina é responsável por 25 % de toda energia consumida no Nordeste.
  • 11.
    • O canion do Xingó é uma área bastante visitada por turistas interessados em praticar esportes radicais e observar a fauna.
    • Construída recentemente, seguindo modernas normas técnicas, esta usina não gera grandes impactos ambientais.
    ecoturismo
  • 12. Hidroelétrica de Itumbiara A Usina Hidrelétrica de Itumbiara fica no rio Paranaíba,afluente do Paraná Está localizada entre as cidades de Itumbiara e Araporã É a sexta maior usina hidrelétrica do Brasil, com a produção total de 2.082 MW Quando suas comportas se abrem forma-se um maravilhoso espetáculo de águas. Sua represa (Lago de Itumbiara) é bastante utilizado....
  • 13. Usina Hidroelétrica de Tucuruí
    • Localização: rio Tocantins ( Pará )
    • Capacidade: 7960 mw
    • Altura: 78 m
    • Extensão: 8005 m
    • Área alagada: 2430 km
    • Período de Construção: 1976 – 1984
  • 14. Para a consolidação desse ambicioso projeto, foi implantada uma importante infra-estrutura, que incluiu a Usina hidrelétrica de Tucuruí , a Estrada de Ferro Carajás e o Porto de Ponta da Madeira , localizado no Porto do Itaqui , em São Luís ( MA ). O Projeto Grande Carajás foi um projeto de exploração mineral, implantado entre 1980 e 1986, daquela que é considerada a mais rica área mineral do planeta. Estende-se por 900 mil km², numa área que abrange o Maranhão , parte do Tocantins e do Pará e que corresponde a um décimo do território brasileiro. Foi criado pela empresa brasileira Companhia Vale do Rio Doce Benefícios trazidos pela usina
  • 15. Hidrelétrica de Balbina
    • Localiza-se no rio Uatumã, próximo ao município de Presidente Figueiredo (Amazonas).
    • Entrou em operação no ano de 1988.
    • Sua capacidade é de até 50mw
    • de energia, totalizando250mw.
  • 16. Hidrelétrica de Balbina (um erro)
    • O próprio governo reconheceu que foi um erro construir a hidrelétrica, pois o custo foi alto e a hidrelétrica não produzia energia suficiente para abastecer a própria cidade de Manaus.
  • 17. Impactos ambientais (Balbina)
    • Mortandade de animais.
    • Alagamento de florestas.
    • Poluição da água usada pelos habitantes.
    • OBS: Motivo de debates entre ambientalistas.
  • 18. Complexo de Urubupungá
  • 19. Sobre o Complexo:
    • O Complexo de Urubuungá é composto pelas usinas de Souza Dias, Ilha Solteira e Três Irmãos. As duas primeiras iniciaram suas atividades nos anos 70, a de Três em 1991.
    O Complexo é de fundamental importância para o controle de tensão e freqüência do Sistema Interligado Nacional e fornece energia para os estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Goiás. Compõe o sexto maior complexo hidrelétrico do mundo e incluí algumas das maiores hidrelétricas do mundo. O complexo tem o potencial máximo de 4,5 bilhões de K/W
  • 20. Benefícios
    • O construção do complexo possibilitou a navegação no rio Paraná e a integração hidroviária com o rio Tietê.
    • Em conseqüência disso, a região se tornou um importante ponto turístico.
  • 21. Impactos Ambientais:
    • O Complexo de Urubupungá foi bem construído e, por isso, trouxe poucos impactos ambientais, exceto por aqueles “normais” gerados por hidrelétricas. Inclusive, na região do complexo, há um importante trabalho de preservação de espécies animais e vegetais.
  • 22. Hidrelétrica de Sobradinho Imagem de satélite do lago artificial criado pela barragem de sobradinho Hidrelétrica de Sobradinho Ouça a música e veja o material produzido sobre esta hidrelétrica pelos alunos da turma no slide Sobradinho 3006 “ O homem chega , já desfaz a natureza tira gente põe represa ... Assim começa a música da famosa dupla regional Sá & Guarabira sobre a construção da barragem de Sobradinho que criou o maior lago artificial do mundo, com área de 4.214 km2 “ Adeus Remanso, Terra Nova , Sento sé, adeus Pilão Arcado vem o rio te engolir... O trecho faz referência as cidades que ficaram submersas pela barragem e que desalojaram mais de 70 mil pessoas
  • 23.
    • Boa Esperança fica localizada no alto da serra da Mantiqueira,no Rio Parnaíba no estado da Paraíba.
    • Foi construída em 1970.
    • Cais do Rio Parnaíba
    Boa Esperança                                 
  • 24.
    • Implantação de barragem para a geração de energia elétrica.
    • A barragem tem potência instalada de 237 MW para atender a demanda de energia das cidades vizinhas e servindo ainda de reserva para as empresas que explora o potencial energético das barragens.
    Boa Esperança
  • 25.
    • Apesar das usinas hidrelétricas utilizares um recurso natural renovável de custo zero que é água
    • “ Não poluem” o ambiente, podem alterar a paisagem como desmatamentos e prejuízos a fauna e a flora.
    • Inundam áreas verdes
    • Além do que muitas famílias são deslocadas de suas residências.
    Boa Esperança                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                      
  • 26. Furnas
  • 27. Hidrelétrica de Furnas
    • Instalou-se com o objetivo de acabar com a crise de suprimento de energia elétrica, que afetaria os principais centros econômicos da época: o Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.
    • Foi o primeiro grande porte do Brasil com potencial energético de 1.216 MW.
    • Suas obras começaram em 1957, mas só começaram a operar em 1963.
  • 28.
    • Benefícios resgatados: a economia da região aumentou mais, tecnologia foi avançando com o tempo, logo reflorestaram as áreas secas, fizeram hortas e pomares para fornecer alimentos à comunidades carentes, famílias carentes e instituições, etc.
    • Hoje em dia Furnas é o nome de uma grande empresa constituída de várias usinas.
    Acima: usina em construção
  • 29. Concluindo...
    • Vantagens
    • Energia limpa
    • Renovável
    • Custo barato do kw/hora
    • Tempo útil de operação muito longo (próximo a cem anos )
    • Podem ser aproveitadas para desenvolver projetos complementares de desenvolvimento regional como navegação, piscicultura e turismo
    • Desvantagens
    • Custo elevado da obra
    • Tempo longo para entrar em operação ( projeto e construção)
    • Causam impactos ambientais represamento de águas e alteração do ecossistema local
    • Vulnerável à variações climáticas( depende da quantidade de chuvas)
    • Não podem ser construídas em qualquer local e exigem altos investimentos em linhas de transmissão
  • 30. Quem somos nós !
    • Esta apresentação foi elaborada pela turma 3006 , concluintes do ensino médio no ano de 2008 do Colégio Estadual Vicente Jannuzzi , Rio de Janeiro.
    • Contou com a coordenação da professora Cristina Ramos de Geografia