• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
G6   3
 

G6 3

on

  • 794 views

 

Statistics

Views

Total Views
794
Views on SlideShare
658
Embed Views
136

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

2 Embeds 136

http://meurio3001.blogspot.com.br 120
http://meurio3001.blogspot.com 16

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    G6   3 G6 3 Presentation Transcript

    •  A Energia solar é a designação dada a qualquer tipo de captação de energia luminosa, energia térmica (e suas combinações) proveniente do sol, e posterior transformação dessa energia captada em alguma forma utilizável pelo homem, seja diretamente para aquecimento de água ou ainda como energia elétrica ou energia térmica.
    •  A Terra recebe 174 peta watts (GT) de radiação solar (insolação) na zona superior da atmosfera. Dessa radiação, cerca de 30% é refletida para o espaço, enquanto o restante é absorvido pelas nuvens, mares e massas terrestres. O espectro da luz solar na superfície da Terra é mais difundida em toda a gama visível e infravermelho e uma pequena gama de radiação ultravioleta. A superfície terrestre, os oceanos e atmosfera absorvem a radiação solar, e isso aumenta sua temperatura. O ar quente que contém a água evaporada dos oceanos sobe, provocando a circulação e convecção atmosférica. Quando o ar atinge uma altitude elevada, onde a temperatura é baixa, o vapor de água condensa-se, formando nuvens, que posteriormente provocam precipitação sobre a superfície da Terra, completando o ciclo da água. O calor latente de condensação de água aumenta a convecção, produzindo fenômenos atmosféricos, como o vento, ciclones e anti-ciclones. A luz solar absorvida pelos oceanos e as massas de terra mantém a superfície a uma temperatura média de 14 C. A fotossíntese das plantas verdes converte a energia solar em energia química, que produz alimentos, madeira e biomassa a partir do qual os combustíveis fósseis são derivados.
    •  Os métodos de captura da energia solar classificam-se em diretos ou indiretos: Direto significa que há apenas uma transformação para fazer da energia solar um tipo de energia utilizável pelo homem. Exemplos: A energia solar atinge uma célula fotovoltaica criando eletricidade. (A conversão a partir de células fotovoltaicas é classificada como direta, apesar de que a energia elétrica gerada precisará de nova conversão - em energia luminosa ou mecânica, por exemplo - para se fazer útil.) A energia solar atinge uma superfície escura e é transformada em calor, que aquecerá uma quantidade de água, por exemplo - esse princípio é muito utilizado em aquecedores solares. Indireto significa que precisará haver mais de uma transformação para que surja energia utilizável. Exemplo: Sistemas que controlam automaticamente cortinas, de acordo com a disponibilidade de luz do Sol. Também se classificam em passivos e ativos: Sistemas passivos são geralmente diretos, apesar de envolverem (algumas vezes) fluxos em convecção, que é tecnicamente uma conversão de calor em energia mecânica. Sistemas ativos são sistemas que apelam ao auxílio de dispositivos elétricos, mecânicos ou químicos para aumentar a efetividade da coleta. Sistemas indiretos são quase sempre também ativos.
    •  Energia Solar Fotovoltaica é uma fonte de energia renovável obtida pela conversão de energia luminosa em energia elétrica. Não confundir com aquecimento solar, que possui o princípio de funcionamento completamente diferente.
    • Para podermos utilizar a energia que vem do Sol, precisamosbasicamente de três elementos: os módulos fotovoltaicos, oscontroladores de carga e as baterias. Os módulos fotovoltaicosSiemens são construídos a partir de pastilhas de silício monocristalino, material de qualidade superior aos similares e comelevada eficiência. A Siemens é líder mundial em fabricação etecnologia de produção de módulos fotovoltaicos, sendo a únicaempresa no mundo que possui a tecnologia Powermaxä / TOPSä .O segundo elemento, o controlador de carga, é um dispositivo defundamental importância para preservar as baterias, aumentandosua vida útil. A Siemens oferece uma linha completa decontroladores de carga de última geração. As baterias são oselementos que armazenas energia. Com o auxílio delas, osconsumidores podem usar à noite ou em períodos de mau tempoa energia irradiada em dias de sol.
    • Um painel (ou módulo) solar é um conjunto de células solaresligadas entre si que produzem eletricidade quando expostas àradiação solar. Cada uma dessas células é feita de um materialsemicondutor - material cuja condutividade elétrica aumentaquando exposto à radiação - processado de modo a conter umcampo elétrico permanente que permite separar os elétronsgerados pela radiação.
    •  Em 5 de outubro de 2007, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, assinou o Decreto Estadual 40.966 que institui o Programa Estadual de Eficiência Energética do Rio de Janeiro, dispondo sobre a instalação de sistemas de aquecimento de água por energia solar nas edificações utilizadas pelo poder público e determina outras providências. Para incentivar cada vez mais o uso de fontes de energia solar na matriz energética fluminense, a Secretaria de Estado do Ambiente lançou, em agosto de 2011, a Carta do Sol, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Com 14 propostas de incentivo à produção e ao uso de energia elétrica gerada a partir da luz solar, por meio de painéis fotovoltaicos, a Carta do Sol já foi apresentada para vários governos estaduais, como uma sugestão para que incentivem também o uso desse tipo de fonte de energia renovável em seus estados.
    • Para incentivar cada vez mais o uso de fontes de energia solar na matriz energética fluminense, a Secretaria de Estado do Ambiente destaca algumas linhas importantes de atuação: Incentivar o estabelecimento de indústrias de silício grau solar e grau eletrônico no Estado do Rio de Janeiro; Desenvolver o mercado fornecedor fluminense de equipamentos e serviços para a cadeia solar, incluindo a atração de investidores internacionais para favorecer a transferência de tecnologia. Adicionalmente, fomentar programas de capacitação e formação de recursos humanos para atuar em todas as etapas da cadeia produtiva; Estimular a criação de empresas prestadoras de serviço de instalação e manutenção de painéis solares; Fomentar programas de pesquisa e desenvolvimento nas instituições do Estado para assegurar o domínio da tecnologia de energia solar fotovoltaica (ES-FV);
    •  Atualmente, dois estádios-sede já confirmaram adesão ao projeto Estádios Solares: Mineirão e Maracanã. Enquanto as obras dessas duas construções seguem em andamento (a arena de Minas deve estar pronta em dezembro e a do Rio até o primeiro semestre de 2013), ele já é realidade no estádio Roberto Santos (Metropolitano de Pitu Açu), em Salvador (BA), primeiro da América Latina a aderir à energia solar como fonte energética. O Pitu Açu será utilizado para treinos de seleções durante a Copa.
    •  A energia solar não polui durante seu uso. A poluição decorrente da fabricação dos equipamentos necessários para a construção dos painéis solares é totalmente controlável utilizando as formas de controlo existentes atualmente. As centrais necessitam de manutenção mínima. Os painéis solares são a cada dia mais potentes ao mesmo tempo que seu custo vem decaindo. Isso torna cada vez mais a energia solar uma solução economicamente viável. A energia solar é excelente em lugares remotos ou de difícil acesso, pois sua instalação em pequena escala não obriga a enormes investimentos em linhas de transmissão. Em países tropicais, como o Brasil, a utilização da energia solar é viável em praticamente todo o território, e, em locais longe dos centros de produção energética sua utilização ajuda a diminuir a procura energética nestes e conseqüentemente a perda de energia que ocorreria na transmissão.
    •  Existe variação nas quantidades produzidas de acordo com a situação climatérica (chuvas, neve), além de que durante a noite não existe produção alguma, o que obriga a que existam meios de armazenamento da energia produzida durante o dia em locais onde os painéis solares não estejam ligados à rede de transmissão de energia. Locais em latitudes médias e altas (Ex: Finlândia, Islândia, Nova Zelândia e Sul da Argentina e Chile) sofrem quedas bruscas de produção durante os meses de Inverno devido à menor disponibilidade diária de energia solar. Locais com freqüente cobertura de nuvens (Londres), tendem a ter variações diárias de produção de acordo com o grau de nebulosidade. As formas de armazenamento da energia solar são pouco eficientes quando comparadas por exemplo aos combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás), e a energia hidroelétrica (água). Os painéis solares têm um rendimento de apenas 25%.
    •  CHRIS REDFIELD (PAULO DE SOUZA) JILL VALENTINE (JULIANE DE ALMEIDA) CLAIRE REDFIELD (NATHALIE MACHADO) ALBERT WESKER (GUILHERME CORDEIRO) KEVIN RYMAN (BERNARDO THOMAS ) Colégio Estadual Dom Helder Câmara