Ontologias - Para quê e para quem?

434 views
313 views

Published on

O OBJETIVO DA PALESTRA É APRESENTAR O CONCEITO DE ONTOLOGIA E MOSTRAR COMO ESTA TEORIA TEM SIDO UTILIZADA NAS ESTRATÉGIAS DE SOLUÇÕES DE PROBLEMAS ADVINDOS DO COMPLEXO CONTEXTO DO BIG DATA.

Published in: Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
434
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
21
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ontologias - Para quê e para quem?

  1. 1. Ontologias Para quê e para quem? Profª. Cristiane Mendes Netto Out/2013 Blog: crismnetto.wordpress.com
  2. 2. Objetivo APRESENTAR O CONCEITO DE ONTOLOGIA E MOSTRAR COMO ESTA TEORIA TEM SIDO UTILIZADA NAS ESTRATÉGIAS DE SOLUÇÕES DE PROBLEMAS ADVINDOS DO COMPLEXO CONTEXTO DO BIG DATA.
  3. 3. http://www.youtube.com/watch?v=IdwbGA0WqJM
  4. 4. Roteiro CONTEXTO CONCEITOS APLICAÇÕES
  5. 5. CONTEXTO
  6. 6. Você já ouviu esta frase? O COMPUTADOR SURGIU EM NOSSAS VIDAS PARA RESOLVER OS PROBLEMAS QUE NÓS NÃO TÍNHAMOS ANTES DELE EXISTIR.
  7. 7. 60 segundos
  8. 8. Para onde estamos indo?
  9. 9. Big Data
  10. 10. Nosso contexto • ENORME QUANTIDADE DE DADOS!
  11. 11. Nosso desafio • EXTRAIR INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO!
  12. 12. Nosso desejo • FAZER OS COMPUTADORES PENSAREM COMO HUMANOS!
  13. 13. Web 3.0
  14. 14. Futuro Web 1.0 Web 2.0 Web 3.0 Web 4.0 1990 2000 2010 2020 2012
  15. 15. http://www.youtube.com/watch?v=V5kabPVohGY
  16. 16. CONCEITOS
  17. 17. Ontologia • Uma ontologia é uma teoria sobre como representar conceitualizações compartilhadas em domínios específicos. • Utiliza de representação matemática para descrever conceitos de uma forma legível para computadores.
  18. 18. Para quê e para quem? • Para descrever conceitos e relações entre conceitos do mundo real através de um conhecimento consensual de uma forma legível para computadores. • Para aqueles que têm interesse na obtenção de solução de problemas de modelagem, classificação, organização e representação do conhecimento.
  19. 19. Como criar ontologias? • A criação de ontologias passa por escolha de metodologias e ferramentas. • Metodologias de desenvolvimento de ontologias existem no intuito de sistematizar sua construção e manipulação. Ex: Enterprise, Methontology, On-ToKnowledge • Ferramentas para criação de ontologias: Protégé, WebODE, OntoEdit
  20. 20. Methontologyo
  21. 21. Protégé
  22. 22. Exemplo
  23. 23. Meio_transporte Meio_transporte aquático barco navio Meio_transporte terrestre carro Meio_transporte aéreo ônibus avião balão Barco_do_Paulo Barco_do_João Boing 737 BoingLegacy
  24. 24. Terminologia • Classes (organizadas em uma taxonomia) • relações (representam o tipo de interação entre os conceitos de um domínio) • axiomas (usados para modelar sentenças sempre verdadeiras) • instâncias (utilizadas para representar elementos específicos, ou seja, os próprios dados)
  25. 25. Linguagens • XML (Extensible Markup Language): Usada como sintaxe elementar para estruturar conteúdos de documentos. • RDF (Resource Data Description Framework): Usada para representar modelos de dados referentes a objetos e suas relações. • OWL (Ontology Web Language): Usada para padronizar vocabulários ou conjuntos de termos na forma de ontologias de referência.
  26. 26. APLICAÇÕES
  27. 27. Web Semântica
  28. 28. Web Semântica
  29. 29. Hemonto – ontologia sobre componentes do sangue. • Uma iniciativa para representação e organização do conhecimento sobre hematologia e hemoterapia. • Site: http://mba.eci.ufmg.br/BLO/index.html
  30. 30. Livro inteligente
  31. 31. Análise de Sentimento da Marca FIAT em Redes Sociais • O projeto envolve estudo, desenvolvimento de modelo e elaboração de um protótipo de sistema de análise de sentimento em mídias sociais para o mercado automobilístico. • Os resultados podem ser usados com o intuito de melhorar os produtos ou direcionar estratégias de marketing além de ser aplicável em negócios e outras organizações interessadas em monitorar opiniões emitidas sobre seus produtos..
  32. 32. Buscadores inteligentes http://www.wolframalpha.com/
  33. 33. Lei de Acesso a Informação
  34. 34. Dados abertos http://dados.gov.br/
  35. 35. Serviços http://reputacao-sa.org/
  36. 36. Agência Nacional do Petróleo http://www.anp.gov.br/
  37. 37. Aplicativos Gas Finder Menor preço do combustível com dados da ANP
  38. 38. Quer saber mais?
  39. 39. www.w3c.com.br
  40. 40. Grupos de Pesquisa • UFRJ - http://greco.ppgi.ufrj.br/siteGreco/?q=node/201 • UFF -- http://www.ontotaxo.uff.br/index.php/home/1apresentacao • UFES - http://nemo.inf.ufes.br/ • UFMG - http://mba.eci.ufmg.br/blood/
  41. 41. Anais do ONTOBRÁS Anais do evento de 2013: http://ceur-ws.org/Vol-1041/ Anais do evento de 2012: http://ceur-ws.org/Vol-938/ Anais do evento de 2011: http://ceur-ws.org/Vol-776/
  42. 42. Dúvidas?
  43. 43. O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano. Isaac Newton
  44. 44. OBRIGADA!  E-mail: cris.netto@yahoo.com.br Blog: crismnetto.wordpress.com
  45. 45. Para saber mais • Big Data: http://www.youtube.com/watch?v=cRBtjksJtsc – http://practicalanalytics.wordpress.com/2012/10/22/sizing-mobilesocial-big-data-stats/ – http://bigdatablog.emc.com/2013/08/08/mlb-a-big-fan-of-big-data/ • Methontology: – http://rhizomik.net/html/~roberto/thesis/html/Methodology.html • Web 3.0: http://4b-2012-01.bligoo.com.br/web-3-0-um-novo-mundo
  46. 46. Para saber mais • Web Semântica: – http://informatica.hsw.uol.com.br/web-semantica1.htm – http://www.dgz.org.br/dez07/Art_04.htm • Ontologia: – http://tomgruber.org/writing/ontolingua-kaj-1993.pdf • www.slideshare.net/loncarovich/ontologia • Projeto Análise de Sentimento: – http://ceur-ws.org/Vol-938/ontobras-most2012_paper11.pdf • Projeto Hemonto: – http://ceur-ws.org/Vol-1041/ontobras-2013_paper1.pdf • Livro inteligente: http://www.inquireproject.com

×