Aqidah as sahihah pt

519 views
422 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
519
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aqidah as sahihah pt

  1. 1. .
  2. 2. A Crença Correta e o que se opõe a ela, e os anulantes do Islam Centro Islâmico do Ceará Musalá As-Salaf As-Sálih ‫مصلى السلف الصاحل‬ escrito por sua eminência shaykh ‘Abd-ul-„Azíz bin „Abdullah bin Báz (rahimahullah – que Allah tenha misericórdia dele) Muftí Geral do Reino da Arabia Sauditae Presidente Geral do Comitê para Pesquisa Islâmica e Veredictos
  3. 3. © Direitos reservados Maktabah Al-Ghurabaa‟, BrasilPrimeira Edição: Agosto de 2010Nota: Maktabah Al-Ghurabaa‟ permite que esse documento, em sua presente forma esem alteração alguma, seja distribuído, impresso, fotocopiado ou reproduzido por meioseletrônicos com o propósito de divulgar seu conteúdo e não com o propósito de lucro.Quem quer que deseje citar algo desse documento deve dar crédito para o publicador.Sobre o Livro: Esta é a tradução do breve, mas extremamente benéfico livro do imám„Abd-ul-„Azíz bin „Abdullah bin Báz (que Allah tenha misericórdia dele) chamado Al-„Aqídat-us-Sahíhah wa má Yudáduhá (A Crença Correta e o que se Opõe a Ela). Afonte em árabe para essa tradução pode ser encontrada no site do imám Ibn Báz emwww.binbaz.org.sa.Nesse livro, o imám Ibn Báz (que Allah tenha misericórdia dele) resume a Crença doAhl-us-Sunnah com relação ao Imán (Fé), Tawhíd (Monoteísmo), Adoração e os Nomese Atributos de Allah numa maneira breve e informativa. Ele divide a discussão em seisseções baseando-se nos pilares do Imán, que são: Crença em Allah, Seus Anjos, SeusLivros, Seus Mensageiros, No Último Dia e no Pré-Decreto Divino.No final do livro, o imám apresenta dez dentre as coisas mais significativas que anulame invalidam o Islam de uma pessoa, baseando-se no famoso tratado do imámMuhammad bin „Abd-ul-Wahháb conhecido como “Os Anulantes do Islam”.Esse livro é um excelente recurso para novos muçulmanos aprenderem sobre osfundamentos de sua Religião de uma maneira rápida e simples. É por essa razão que nósescolhemos esse texto, tendo esperança que ele possa beneficiar aqueles que puderemlê-lo. Ao final do livro incluímos uma pequena biografia do shaykh, para um vislumbrede algumas das nobres características dos verdadeiros sábios.Gostaríamos de exprimir os nossos sinceros agradecimentos a todos àqueles quecontribuíram para a publicação deste livro. Que Allah os recompense pelos seusesforços. Caso tenha alguma correção a fazer, comentário ou questão a colocar, porfavor, entre em contato conosco: fortalezadoislam@hotmail.com.___________________________A Crença Correta – 1ª EdiçãoPublicado por Maktabah Al-Ghurabaa’Musalá As-Salaf As-Sálih ‫مصلى السلف الصاحل‬fortalezadoislam@hotmail.comwww.fortalezadoislam.com_____________________________
  4. 4. ÍndiceIntrodução .................................................................................................................. 07A Crença em Allah ................................................................................................... 09A Crença nos Anjos ................................................................................................... 17A Crença nos Livros .................................................................................................. 19A Crença nos Mensageiros ..................................................................................... 21A Crença no Último Dia .......................................................................................... 23A Crença do Pré-Decreto Divino .......................................................................... 20Anulantes do Islam .................................................................................................. 28ApêndiceBreve Biografia do shaykh Ibn Báz ......................................................................... 33
  5. 5. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Em Nome de Allah, o Misericordioso, o MisericordiadorTodos os louvores são unicamente para Allah, que a paz e as bênçãos estejamsobre aquele depois do qual não haverá mais profeta e sobre sua família eseguidores.Prosseguindo: Visto que ter a crença („aqídah) correta é a fundação e base daReligião do Islam, achei que ela deveria ser o assunto dessa palestra.É sabido através dos textos religiosos do Livro e da Sunnah 1que os atos e aspalavras de uma pessoa são considerados válidos e aceitos [por Allah] somentese eles são realizados como um resultado de ter a crença correta. Assim se acrença de uma pessoa não for correta, ele invalidará quaisquer palavras ou açõesque resultarem dela, como disse Allah, o Altíssimo (tradução do sentido): E quem quer que rejeite a Fé (Imán), então ele anulou seus bons atos, e na Outra Vida, ele será dos perdedores  [5:5]E disse o Altíssimo (tradução do sentido): E foi revelado para vós [ó Muhammad] e para aqueles antes de vós: Se associardes parceiros em adoração a Allah, vossos bons atos certamente serão anulados, e certamente vós sereis dentre os perdedores  [39:65]E os versos [do Qur-aan] com este mesmo significado são muitos.O claro Livro de Allah e a Sunnah de Seu confiável mensageiro  evidenciamque a crença correta pode ser sumarizada na: crença em Allah, em Seus anjos,Seus Livros [revelados], Seus mensageiros, no Último Dia e na crença doDecreto de Allah, o bom e o ruim (com relação às conseqüências). Então essesseis formam as fundações da Crença Correta, com a qual Allah fez descer SeuGlorioso Livro, e com o qual Allah enviou Seu mensageiro Muhammad .Tudo que é obrigatório para uma pessoa ter fé com relação ao Ghaib(incognoscível, invisível), assim como tudo o que Allah e Seu mensageiro  nos1 Sunnah: tudo aquilo que foi autenticamente relatado do mensageiro de Allah dentre seusdizeres, ações e consentimentos. É a outra forma da revelação e a segunda fonte da religião. 7
  6. 6. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.cominformaram derivam dessas seis fundações. E as provas para essas seis fundaçõesno Livro e na Sunnah são muitas; dentre elas está o dito de Allah, glorificado seja(tradução do sentido): A virtude (Birr) não consiste em que orienteis vossas faces para o oriente ou ocidente [na oração], na verdade a virtude é [para] aqueles que crêem em Allah, no Último Dia, nos anjos, no Livro e nos profetas [2:177]E Ele, glorificado seja também disse (tradução do sentido): O mensageiro crê naquilo que foi feito descer sobre ele de seu Senhor, e também [crêem] os crentes – todos eles crêem em Allah, Seus Anjos, Seus Livros e Seus Mensageiros. [E eles dizem]: Não fazemos distinção entre qualquer um de Seus Mensageiros  [2:285]E Ele disse (tradução do sentido): Ó vós que credes! Crede em Allah e Seu mensageiro e no Livro que foi revelado ao Seu profeta e no Livro que foi revelado antes dele. E quem quer que descreia em Allah, Seus Anjos, Seus Livros, Seus Mensageiros a no Último Dia se desviou um grande desvio  [4:136]E Ele disse ainda (tradução do sentido): Acaso não sabeis que Allah sabe tudo que há no céu e na terra? Verdadeiramente, tudo isso está [escrito] num Livro [Tábua Preservada]. Em verdade, isso é fácil para Allah  [20:70]Quanto aos ahádíth autênticos que indicam essas fundações, eles são muitos.Dentre eles está o famoso hadíth relatado por Muslim em seu Sahíh no qual„Umar bin Al-Khatáb narrou que [o anjo] Jibríl (Gabriel) perguntou ao profeta sobre Imán (Fé). Então ele respondeu: “Imán (Fé) é crer em Allah, Seus Anjos, Seus Livros, Seus Mensageiros, no Último Dia e no Pré-Decreto Divino, o bom e ruim dele (com relação às conseqüências)”Essas são as seis fundações a partir das quais tudo que o muçulmano é obrigado aacreditar se originam, seja com relação à Allah, o Dia do Julgamento, e qualqueroutra coisa do Ghaib (incognoscível, invisível). 8
  7. 7. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com A Crença em AllahFaz parte da crença em Allah, glorificado seja, acreditar que Ele é o verdadeiroDeus, o merecedor da adoração, sem qualquer semelhante, Criador de todas ascriaturas e Bondoso para com elas, Provedor de seus sustentos, Conhecedor deseus segredos e do que fazem abertamente, Aquele que tem poder e capacidadepara recompensar os obedientes e castigar os pecadores; e para essa adoraçãoAllah criou al-jín e os humanos e depois lhes ordenou (tradução do sentido): E não criei al-jín e os humanos senão para me adorarem, não desejo deles sustento e não desejo que Me dêem de comer. Em verdade Allah é o Provedor, Possuidor da Força duradoura  [51:56]E Ele disse também (tradução do sentido): Ó humanos! Adorai vosso Senhor Que vos criou e aqueles antes de vós, quiçá sereis piedosos  Aquele que fez para vós da terra um leito e do céu teto edificado; e fez descer do céu água, com a qual faz sair, dos frutos, sustento para vós. Então, na atribuais semelhantes a Allah, enquanto sabeis  [2:22]E em verdade Allah enviou os mensageiros e fez descer os Livros paraclarificação dessa verdade para as pessoas e como admoestação para aqueles quese opõem a ela. E disse Allah, glorificado seja (tradução do sentido): E em verdade enviamos para cada nação um mensageiro, [dizendo para eles]: „Adorai Allah e afastai-vos das falsas divindades  [21:25]E disse o Altíssimo (tradução do sentido): E não enviamos antes mensageiro algum exceto que revelamos a ele que não há deus verdadeiro merecedor de adoração exceto Eu, então adorai-Me  [16:36]E disse Allah (tradução do sentido): Alif, Lám, Rá; [Esse é] um Livro, cujos Versos são aperfeiçoados e então explicados em detalhe por Aquele (Allah) que é Sapientíssimo e 9
  8. 8. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Conhecedor (de todas as coisas): (dizendo) não adoreis senão Allah. Verdadeiramente, eu (Muhammad) sou d‟Ele para vós um admoestador e aquele que traz boas novas  [11:1-2]A realidade (significado) dessa adoração é: singularizar Allah em tudo com queos servos O adoram, como súplicas, temor, esperança, oração, jejum, sacrifício,fazer juramentos e todos os outros tipos de adoração com completa submissão,temendo [Sua Punição] e esperando [por Sua recompensa], tendo amor completopor Ele e se humilhando perante Sua Grandeza.Uma grande parte do nobre Qur-aan foi revelada sobre esse grande princípio (i.e.adoração), como disse Allah (tradução do sentido): Então adorai Allah, tornando vossa religião (i.e. adoração) sincera para Ele. Verdadeiramente, a Allah pertence a pura (sincera) religião (i.e. adoração)  [39:2-3]E Ele também disse (tradução do sentido): E vosso Senhor decretou que vós não adoreis senão Ele  [17:23]E Sua declaração (tradução do sentido): Então invocai Allah, tornando vossa religião (i.e. adoração) sincera para Ele somente, mesmo que os incrédulos odeiem  [40:14]E nas duas coleções de Sahíh 2, Mu‟ádz relatou que o profeta  disse: “O direito de Allah sobre Seus servos, é que eles adorem somente Ele e não que atribuam parceiros a Ele”Ter fé em Allah também inclui crer em tudo o que Ele nos ordenou e tornouobrigatório sobre Seus servos, como os cinco pilares do Islam, que são:1. Testemunhar que não Deus verdadeiro merecedor de adoração, exceto Allah eque Muhammad é o mensageiro de Allah2. Estabelecer a oração3. Dar o zakáh2 As duas coleções que contém apenas ahádíth (ditos) autênticos do mensageiro de Allah,compiladas pelos imáms Al-Bukhári e Muslim. 10
  9. 9. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com4. Jejuar durante o Ramadán e5. Realizar a peregrinação (Hajj) para a Casa Sagrada de Allah, para aqueles queforem capazes de fazê-lo.Isso também vale para as outras obrigações que vieram com a pura legislação.O mais importante e maior desses pilares é Testemunhar que não há Deusverdadeiro que tenha o direito de ser adorado, exceto Allah e que Muhammad é omensageiro de Allah.Testemunhar que “não há Deus verdadeiro que tenha o direito de ser adorado,exceto Allah” requer que a adoração seja realizada puramente e unicamente paraAllah, e nega-a para qualquer outro além d‟Ele. Isso é o que é intencionado pelafrase Lá Illáha Illa Allah, pois seu significado é: não há Deus merecedor deadoração exceto Allah. Então tudo o que é adorado além de Allah, como um serhumano, um anjo ou um jinn ou qualquer outra coisa, é desse modo adoradoerradamente. Aquele que é adorado verdadeiramente (que tem o direito) éunicamente Allah, como Ele disse: Isso porque Allah, Ele é a Verdade (único Deus verdadeiro), e o que eles invocam além d‟Ele é sem valor (falsidade)  [22:62]Nós explicamos previamente que Allah criou as duas espécies (Jinn e humanos)para o propósito desse grande princípio, e que Ele os comandou com ele, enviouSeus mensageiros por causa dele e revelou Seus Livros para ele. Então pensaisobre isso e refleti muito até que possa se tornar claro para vós que aquilo noqual a maioria dos muçulmanos caiu é devido à enorme ignorância sobre esseprincípio fundamental, de tal modo que eles adoram outros junto de Allah edirecionam para outros além d‟Ele aquilo é Seu direito exclusivo, que Allah nosajude.Fé em Allah também engloba: crer que Allah criou tudo o que existe e controla eadministra todos os assuntos, através de Seu Conhecimento e Habilidade, comoEle deseja. E ela inclui também crer que Ele é o Possuidor desse mundo e daOutra Vida, e o Senhor de todos os mundos, não havendo nenhum Criador alémd‟Ele ou Senhor como Ele. Ele enviou mensageiros e revelou Escrituras pararetificar os servos e para chamá-los para aquilo que contém a salvação deles esucesso nessa vida e na próxima. Ela também requer crer que Ele não temparceiros em nada disso, como Ele disse (tradução do sentido): 11
  10. 10. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Allah é o Criador de tudo, e Ele é o Guardião de todas as coisas  [39:62]E Ele disse (tradução do sentido): Em verdade vosso Senhor é Allah, Aquele que criou os céus e a terra em seis dias, e então ascendeu sobre o Trono (de uma maneira condizente com Sua Majestade). Ele cobre a noite com o dia, seguindo-o rapidamente, e [Ele criou] o sol, a lua, e as estrelas, [todos] são submissos ao Seu Comando. Certamente, a Ele pertencem a Criação e o Comando. Bendito seja Allah, Senhor dos Universos  [7:54]E também faz parte da fé em Allah: crer em Seus Belos Nomes e AtributosPerfeitos, que foram mencionados em Seu Glorioso Livro ou que foramautenticamente relatados por Seu confiável mensageiro , sem distorcer seussignificados (tahríf), negá-los (ta‟tíl), descrever suas maneiras (tak-yíf) ouassemelhá-los a algo (tamthíl). Pelo contrário, eles devem ser deixados damaneira como foram relatados sem tentar descrever como eles são, enquanto seacredita nos grandiosos significados que eles carregam que são descrições deAllah. É obrigatório descrevê-Lo com eles (i.e. esses Nomes e Atributos) de umamaneira condizente com Ele, sem assemelhar Sua criação a algo de SeusAtributos, como disse Allah (tradução do sentido): Não há nada semelhante à Ele e Ele é Oniouvinte o Onividente  [42:11]E Ele disse (tradução do sentido): E não deis exemplos para Allah. Em verdade, Allah sabe e vós não sabeis  [16:74]Essa é a crença do Ahl-us-Sunnah wal-Jama‟ah 3, dentre os companheiros domensageiro de Allah  e aqueles que os sucederam na retidão. E isso é o que oimám Abul-Hasan Al-Ash‟arí, que Allah tenha misericórdia dele, relatou em seulivro “Al-Maqálát „an As-háb-il-Hadíth wa Ahl-is-Sunnah”, assim como fizeramoutros sábios.3 Ahl-us-Sunnah wal-Jama‟ah: Povo da Sunnah e da Congregação se refere aos muçulmanosque continuaram no caminho do profeta se apegando à sua Sunnah sem se desviar na crença ouna adoração e permaneceram unidos na verdade aos primeiros muçulmanos. 12
  11. 11. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comAl-Awzá‟í, que Allah tenha misericórdia dele, disse “Az-Zuhrí e Mak‟húl foramperguntados sobre os versos que falam sobre os Atributos de Allah, então elesdisseram: „Deixai-os como eles foram relatados‟”Al-Walíd bin Muslim, que Allah tenha misericórdia dele, disse: “Málik, Al-Awzá‟í, Al-Layth bin Sa‟ad e Sufyán Ath-Thawrí foram perguntados sobre ostextos que foram relatados sobre os Atributos de Allah, e todos eles disseram:„Deixai-os como eles foram relatados, sem descrever como [eles são].‟”Al-Awzá‟í, que Allah tenha misericórdia dele, disse: “Nós costumávamos dizer,enquanto os tábi‟ún (sucessores dos companheiros) estavam presentes e eramabundantes, que Allah está sobre Seu Trono e que nós acreditamos no que foidito na Sunnah com relação aos Seus Atributos.”Quando Rabí‟ah bin Abd-ur-Rahmán, shaykh do imám Málik, foi perguntadosobre a Ascensão de Allah sobre Seu Trono, ele respondeu:”A Ascensão não é[algo] desconhecido e como [ela aconteceu] é incompreensível. De Allah é aMensagem e [a obrigação] do profeta era divulgá-la abertamente e a nossa é crernela.”E quando o imám Málik foi perguntado sobre isso, ele disse: “A Ascensão é bemconhecida, o como é desconhecido, a fé nela é obrigatória e a pergunta sobre elaé inovação.” Então ele disse para o questionador: “Eu não considero que vocêseja nada além de um homem ruim.” E ele ordenou que o retirassem.Algo com o mesmo significado foi relatado da Mãe dos Crentes 4, UmmSalamah, que Allah esteja satisfeito com ela.Imám Abu Abd-ur-Rahmán „Abdullah bin Al-Mubárak, que Allah tenhamisericórdia dele, disse: “Nós conhecemos nosso Senhor, glorificado seja, comoestando sobre Seus céus e sobre Seu Trono, aparte de Sua criação.”As declarações dos imáms sobre esse assunto são muitas e não podem ser todascitadas nesse pequeno tratado. Quem quer que deseje encontrar muitas dessasnarrações deve verificar o que os sábios da Sunnah escreveram sobre esseassunto, em livros 5 como “As-Sunnah” do imám „Abdullah, filho do imámAhmad, o livro “At-Tawhíd” do nobre imám, Muhammad bin Khuzaimah, olivro “As-Sunnah” do Abul-Qásim Al-Láliká‟í At-Tabarí, o livro “As-Sunnah”de Abu Bakr Ibn Abí „Ásim, assim como a resposta que o shaykh-ul-Islam Ibn4 Mães dos Crentes: como eram chamadas as esposas do profeta Muhammad.5 Nenhum desses livros ainda foi traduzido para o português, mas muitos deles já foramtraduzidos para o inglês e francês e alguns até para o espanhol. 13
  12. 12. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comTaymiyah escreveu ao povo de Hamá (i.e. „Aqídah Hamawiyah), que é umagrandiosa resposta contendo muitos benefícios. Nesse tratado, ele, que Allahtenha misericórdia dele, explica a Crença do Ahl-us-Sunnah e cita muitas de suasdeclarações (i.e. declarações feitas pelos sábios do Ahl-us-Sunnah), assim comoevidências religiosas e intelectuais para a autenticidade do que o Ahl-us-Sunnahcrê e a falsidade do que seus oponentes acreditam.O mesmo vale para o seu destacado tratado “At-Tadmuriyah”, pois nele eleclarifica a Crença do Ahl-us-Sunnah baseado em suas provas textuais (i.e. Al-Qur-aan e a Sunnah) e lógicas, refutando os oponentes com argumentos quemanifestam a verdade e invalidam a falsidade para quem quer dentre as pessoasde conhecimento que a examinem com a intenção pura e o desejo genuíno poraprender a verdade.Quem quer que se oponha ao Ahl-us-Sunnah no que eles acreditam sobre osNomes e Atributos de Allah, sem dúvida cairá na oposição das evidênciastextuais e lógicas enquanto tem claras contradições em tudo que afirma e nega.Mas quanto ao Ahl-us-Sunnah wal-Jama‟ah, eles afirmam para Allah o que Eleafirmou para Si Próprio (dentre os Nomes e Atributos) em Seu Nobre Livro ou oque Seu mensageiro Muhammad  afirmou para Ele em sua autêntica Sunnahsem tamthíl (i.e. assemelhá-los aos nomes e atributos de alguém). E eles negam eO removem de se assemelhar a Sua criação de qualquer modo, de uma maneiratal que seja livre de ta‟tíl (i.e. negar os Nomes e Atributos). Então eles foramsalvos de contradições, enquanto agem de acordo com todas as provas. Esse é ocaminho de Allah com relação àquele que aceita a verdade com que osmensageiros foram enviados, e realiza todos os seus esforços nisso, esinceramente pede Allah que lhe conceda a verdade e torne a visão corretaaparente para ele, como Ele disse (tradução do sentido): Pelo contrário, Nós jogamos a verdade contra a falsidade, para que possa destruí-la, e contemplai, ela desaparece  [21:18]E Ele disse (tradução do sentido): E nenhum exemplo ou cópia eles trazem até vós (para achar falha em vós ou no Qur-aan), exceto que revelamos a vós a verdade (contra a cópia) e a melhor explicação  [25:33] 14
  13. 13. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comEm seu famoso tafsír 6, enquanto fala sobre a declaração de Allah (tradução dosentido): Em verdade vosso Senhor é Allah, que criou os céus e a terra em seis dias, então ascendeu sobre o Trono  [7:54]Al-Háfiz Ibn Kathír, que Allah tenha misericórdia dele, disse ótimas palavrassobre esse assunto, que nós gostaríamos de citar aqui devido ao grande benefício,ele disse:“As pessoas têm muitas visões sobre esse assunto e esse não é o local paraexplorar isso. Mas com relação a esse tópico, (eu digo que) nós percorremos ocaminho dos virtuosos predecessores (As-Salaf As-Sálih): Málik, Al-Awzá‟í,Ath-Thawrí, Al-Layth bin Sa‟ad, Ash-Sháfi‟í, Ahmad, Isháq bin Ráhawayh, eoutros imáms do passado e do presente...” – que é deixá-los como eles foramrelatados sem descrever sua maneira (tak-yif), sem assemelhar nada a eles(tashbíh), e sem negá-los completamente (ta‟tíl).E os pensamentos que vêm à mente daqueles que fazem semelhança com osAtributos de Allah são negados por Allah, pois em verdade nada de Sua criaçãopode se assemelhar a Allah. Não há nada como Ele em comparação, e Ele éOniouvinte, o Onividente. Pelo contrário, a questão é como os imáms disseram,dentre os quais estavam Na‟ím bin Hamád Al-Khuzá‟í, o shaykh de Al-Bukhárí,que disse: “Quem quer que assemelhe Allah a Sua criação, descreu (cometeukufr). E quem quer que negue aquilo com que Allah descreveu a Si Próprio,descreu (cometeu kufr). Não há tashbíh naquilo que Allah e Seu mensageirousaram para descrevê-Lo. Então quem quer que afirme para Allah o que foi ditonos versos claros (do Qur-aan) e nos relatos autênticos (da Sunnah), de umamaneira condizente com a Majestade de Allah, enquanto nega qualquerdeficiência para Ele, embarcou no caminho da orientação.”6 Tafsír: Explicação do Qur-aan baseada em versos do próprio Qur-aan, nos ahádíth (ditos) doprofeta e no entendimento dos companheiros do mensageiro de Allah . 15
  14. 14. Centro Islâmico do Cearáwww.fortalezadoislam.com 16
  15. 15. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com A Crença nos AnjosIsso envolve crer neles em geral e especificamente. Portanto o muçulmano devecrer que Allah tem anjos, que Ele criou para obedecê-lo. E Ele os descreveucomo sendo nobres servos que não se antecipam a Allah na palavra e agem deacordo com Seu comando (tradução do sentido): Ele sabe o que é antes deles e o que é depois deles, e eles não podem interceder exceto por aquele com o qual Ele está satisfeito. E eles permanecem em reverência por temor a Ele  [21:28]E eles são de muitos tipos, dentre eles existem aqueles encarregados de suportaro Trono, e dentre eles estão aqueles que guardam o Paraíso e o Inferno. E dentreeles estão aqueles responsáveis por registrar os atos das pessoas.Especificamente nós devemos crer naqueles anjos que Allah e Seu mensageiromencionaram pelo nome como Jibríl (Gabriel), Míkáíl (Miguel), Málik, oguardião do Inferno e Isráfíl (Rafael) responsável por soprar a trombeta (no Diado Juízo). Ele (Isráfíl) foi mencionado em diversos ahádíth autênticos. E foiautenticamente relatado no Sahíh que „Áishah narrou que o profeta  disse(tradução do sentido): “Os Anjos foram criados da Luz, e os Jín foram criados de uma chama sem fumaça e Ádam (Adão) foi criado daquilo que já foi descrito para vós 7” [Sahíh Muslim]7 Isso significa: O que já foi descrito para nós no Qur-aan, como Allah disse (tradução dosentido): Ele criou o homem (Ádam) de argila sonorosa, como a cerâmica  [55:14] 17
  16. 16. Centro Islâmico do Cearáwww.fortalezadoislam.com 18
  17. 17. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com A Crença nos LivrosNós devemos crer de maneira geral que Allah revelou Livros aos Seus profetas emensageiros de modo a explicar Seu direito e chamar para ele, como Allah disse(tradução do sentido): Em verdade, enviamos Nossos mensageiros com provas claras, e revelamos com eles o Livro, a Balança para que a humanidade pudesse estabelecer justiça  [57:25]E Ele disse (tradução do sentido): A humanidade era uma só nação (sobre o politeísmo), então Allah enviou profetas trazendo boas novas e admoestadores, e com eles Ele fez descer o Livro em verdade para julgar entre as pessoas naquilo que elas diferiam  [2:213]E nós devemos crer, especificamente e em termos detalhados, naqueles livros queAllah mencionou pelo nome, como a Tawrát (revelada ao profeta Moisés), o Injíl(revelado ao profeta Jesus), o Zabúr (revelado ao profeta Davi) e o Qur-aan(revelado ao profeta Muhammad ).E o nobre Qur-aan é o melhor dentre eles e a revelação final. E é aquele que épreponderante sobre eles e os confirma. E é o Livro que a nação islâmica éobrigada a seguir, e julgar de acordo, juntamente com o que é autenticamentenarrado na Sunnah do mensageiro de Allah. Isso é assim porque Allah enviouSeu mensageiro, Muhammad , como um mensageiro para cada indivíduo dasduas espécies (i.e. os Jinn e a humanidade), e Ele revelou-o esse Livro para queele  pudesse julgar-los por ele (i.e. o Qur-aan). Ele também o fez uma curapara os corações, uma fonte de explicação para tudo, e guia e misericórdia paraos crentes. Isso é como Allah disse (tradução do sentido): E esse [Qur-aan] é um Livro abençoado, que Nós fizemos descer, então o segui e temei [Allah], para que vós possais receber [Sua] misericórdia  [6:155] 19
  18. 18. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE Ele disse (tradução do sentido): E Nós fizemos descer sobre ti [ó Muhammad] o Livro como uma explicação para tudo, orientação, misericórdia e boas novas para os muçulmanos  [16:89]E Ele disse ainda (tradução do sentido): Dize [Muhammad]: Ó humanos! Verdadeiramente, eu sou o mensageiro de Allah para vós todos, enviado por Aquele a quem pertence o domínio dos céus e da terra. Ninguém tem o direito de ser adorado exceto Ele. Ele dá a vida e causa a morte. Então crede em Allah e em Seu mensageiro, o profeta iletrado (i.e. não pode ler ou escrever), que crê em Allah e Suas palavras, e segui-o para que possais ser guiados  [7:158]E os versos com sentido similar são muitos. 20
  19. 19. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com A Crença nos MensageirosÉ necessário crer nos mensageiros tanto em geral como especificamente. Issosignifica crer que Allah enviou aos Seus servos, mensageiros dentre eles,trazendo boas novas [do Paraíso] e advertindo [sobre o Fogo do Inferno] echamando-os para a verdade. Então quem quer que tenha respondido ao chamadodeles, alcançou sucesso e quem quer que tenha se oposto a eles, falhou e searrependerá.E o último e melhor deles é o nosso profeta Muhammad bin „Abdullah , e disseAllah, louvado seja (tradução do sentido): E em verdade enviamos para cada nação um mensageiro, [dizendo para eles]: „Adorai Allah e afastai-vos das falsas divindades  [16:36]E Allah disse (tradução do sentido): Mensageiros que trazem boas novas e admoestadores. Para que a humanidade não tenha desculpa (i.e. prova) contra Allah depois [da vinda] dos mensageiros  [4:165]E Allah disse (tradução do sentido): Muhammad não é o pai de nenhum de vossos homens, mas na verdade ele é o mensageiro de Allah e o Selo (último) dos profetas  [33:40]Todos os profetas que Allah nomeou [em Seu Livro] ou que foi autenticamenterelatado que o mensageiro de Allah mencionou por nome, nós devemos crer nelede uma maneira detalhada e específica, tal como Núh (Noé), Húd, Sálih, Ibrahím(Abraão) dentre outros, que Allah conceda a melhor e mais pura de Sua paz ebênçãos a eles e ao nosso profeta. 21
  20. 20. Centro Islâmico do Cearáwww.fortalezadoislam.com 22
  21. 21. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com A Crença no Último DiaQuanto a ter fé no Último Dia, isso inclui a crença em tudo que Allah e Seumensageiro  nos informaram sobre o que ocorrerá depois da morte, como aprovação do túmulo, e a punição ou prazer que ocorrerá nele. Também inclui oque acontecerá no Dia do Julgamento tal como a aflição e severidade, apassagem sobre a Ponte, a Balança, a prestação de contas e suas recompensas e adistribuição dos registros dos atos às pessoas. Haverá aqueles que receberão seulivro de ações em suas mãos direitas e haverá aqueles que receberão seu livro deações em suas mãos esquerdas ou por trás de suas costas.Também inclui crer na Fonte, que será dada ao nosso profeta Muhammad , ecrer no Paraíso e Inferno, e [crer] que os crentes verão seu Senhor e Ele falarácom eles, assim como qualquer outra coisa que tenha sido mencionada no nobreQur-aan e na autêntica Sunnah do mensageiro de Allah .Assim é obrigatório crer e ter fé em tudo isso, da maneira que Allah e Seumensageiro  nos explicaram. 23
  22. 22. Centro Islâmico do Cearáwww.fortalezadoislam.com 24
  23. 23. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com A Crença no Pré-Decreto DivinoQuanto a ter fé no Pré-Decreto Divino de Allah, então isso requer acreditar emquatro coisas:Primeiro: Que Allah já sabia o que ocorreu e o que ocorrerá. E Ele sabe ascondições de Seus servos, e Ele sabe suas provisões, seus tempos de vida, seusatos e outras questões de suas vidas. Nada disso permanece oculto para Ele,como Ele disse (tradução do sentido): Em verdade, Allah de todas as coisas é Conhecedor  [58:7]E Ele disse (tradução do sentido): Para que saibais que Allah tem poder sobre todas as coisas, e que Allah abarca tudo com Seu Conhecimento  [65:12]Segundo: Que Allah registrou tudo que Ele pré-decretou e ordenou queocorresse, como Ele disse (tradução do sentido): Nós sabemos aquilo que a terra toma deles (i.e. seus corpos mortos), e Conosco está um Livro preservado  [50:4]E Ele disse (tradução do sentido): E todas as coisas Nós registramos num Livro Claro  [36:12]E Ele disse (tradução do sentido): Acaso não sabeis que Allah conhece tudo o que há no céu e na terra? Verdadeiramente, isso está num Livro (Tábua Preservada). Certamente isso é fácil para Allah  [22:70]Terceiro: A crença que aquilo que Ele quer tem efeito e ocorre. Assim o quequer que Ele queira acontece e o que quer que Ele não queira, não acontecerá.Allah disse (tradução do sentido): Em verdade Allah faz o que quer  [22:18]E Ele disse (tradução do sentido): 25
  24. 24. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Verdadeiramente Seu Comando é que quando Ele deseja algo, Ele diz: „Seja‟, e „é‟  [36:82]E Ele disse (tradução do sentido): E vós não podereis querer, exceto se quiser Allah, Senhor dos Universos  [81:29]Quarto: A crença que Ele criou tudo que existe, não há Criador além d‟Ele, enenhum Senhor além d‟Ele, como Ele disse (tradução do sentido): Allah é o Criador de tudo, e Ele é o Guardião de todas as coisas  [39:62]E Ele disse (tradução do sentido):Ó humanidade! Lembrai do Favor de Allah para convosco! Acaso há umCriador além de Allah que vos provê do céu e da terra? Não há deus verdadeiroque mereça ser adorado exceto Ele, então como vos afastais (d‟Ele)?  [faatir:3]Então ter fé no Pré-Decreto Divino requer crer nesses quatro aspectos, de acordocom o Ahl-us-Sunnah wal-Jama‟ah, ao contrário daqueles dentre os inovadores(Ahl-ul-Bida‟ah) que rejeitam alguns deles. 26
  25. 25. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comO que também está incluído na Fé em Allah é: crer que Fé (Imán) é palavra eação, que aumenta com obediência (i.e. boas ações) e diminui com desobediência(i.e. pecados), e que não é permissível declarar quem quer que seja dentre osmuçulmanos como incrédulo (káfir) devido à qualquer pecado, além do Shirk(idolatria) e Kufr (descrença), seja ele fornicação, roubo, lidar com juros,consumir intoxicantes, desobedecer os pais ou qualquer outro dentre os grandespecados, desde que ele (i.e. o pecador) não considere esses pecados como sendopermissíveis. Isso é baseado na declaração de Allah (tradução do sentido):Em verdade, Allah não perdoa que parceiros sejam atribuídos a Ele (i.e.idolatria – shirk), mas Ele perdoa o que for menor que isso a quem Ele deseja [4:116]E também é baseado no que foi autenticamente relatado nos numerosos ahádíthdo profeta  que disse (tradução do sentido):“Allah retirará do Fogo do Inferno, quem quer que tenha em seu coração Imán(Fé no verdadeiro monoteísmo) do peso de uma pequena semente” [ConcordaramAl-Bukhári e Muslim sobre sua autenticidade]Fé em Allah também requer amar por causa de Allah e odiar por causa de Allah,assim como ter lealdade, fidelidade por causa de Allah e ter inimizade por causade Allah. Então o crente ama e tem amizade para com os crentes e odeia e teminimizade para com os incrédulos. 8E os melhores dentre os crentes dessa Ummah (a Nação Islâmica) são oscompanheiros do mensageiro de Allah . Assim o Ahl-us-Sunnah ama e temamizade para com eles, e acredita que eles são as melhores pessoas depois dosprofetas, devido à declaração do profeta  (tradução do sentido):“A melhor das gerações é a minha geração, então aqueles que vierem depois deles,e em seguida aqueles que vierem depois deles” [Concordaram Al-Bukhári eMuslim sobre sua autenticidade]E eles consideram que o melhor dentre os companheiros [do profeta ] foi AbuBakr, seguido de „Umar Al-Fárúq, seguido de „Uthmán Dzun-Núrain e então „Alí8 O crente os odeia porque eles desobedecem Allah, mas isso não significa que os muçulmanosdevem atacá-los ou mesmo prejudicá-los de qualquer outro modo (desde que eles não tenhamatacado os muçulmanos). Pelo contrário, nós devemos tratar bem os incrédulos como umaforma de chamá-los para ver a Verdade revelada por Allah, orientando-os para que tambémpossam seguir o caminho correto. 27
  26. 26. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comAl-Murtadá, que Allah esteja satisfeito com todos eles. E depois deles [emexcelência] vêm os restantes dez companheiros que receberam as boas novas doParaíso, e depois os o resto dos companheiros, que Allah esteja satisfeitos comtodos eles.E eles se abstêm de quaisquer disputas ocorridas entre os companheiros,acreditando que eles eram mujtahidún 9, portanto quem quer dentre eles quetenha acertado teve duas recompensas e quem quer que tenha errado teve umarecompensa. E eles amam os membros da família do mensageiro de Allah  quecreram nele, assim demonstrando lealdade para com eles. E eles mostramlealdade para com as esposas do mensageiro de Allah , as Mães dos Crentes, eestão satisfeitos com todas elas.E eles se inocentam do caminho dos Rawáfid (xiitas), que odeiam e insultam oscompanheiros do mensageiro de Allah  que vão aos extremos com relação aosmembros da família do profeta , elevando-os acima do status que Allah lhesdeu. E do mesmo modo eles se inocentam do caminho dos Nawásib (násibís) quemenosprezam os membros da família do profeta  com palavras e atos.Tudo o que mencionamos nesse breve tratado sobre a Crença Correta, com a qualAllah enviou Seu mensageiro Muhammad , é o Credo do Grupo Salvo, Ahl-us-Sunnah wal-Jama‟ah, sobre o qual o profeta  falou quando disse (tradução dosentido): “Não cessará de existir um grupo da minha Ummah vitorioso sobre a verdade. Aqueles que se desviarem deles não serão capazes de prejudicá-los, até que chegue o Comando de Allah”E ele  também disse (tradução do sentido): “Os judeus se dividiram em setenta e um grupos e os cristãos se dividiram em setenta e dois grupos. E essa ummah se dividirá em setenta e três grupos – todos eles estarão no Fogo exceto um” Então seus companheiros disseram: “Qual será esse ó mensageiro de Allah?” Ele  disse: “Aqueles que estão sobre o mesmo que eu e meus companheiros estamos”9 Mujtahid (pl. mujtahidún): Aquele que esforça para alcançar a verdade sobre algo. 28
  27. 27. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comIsso se refere à Crença que uma pessoa é obrigada a ter, se mantendo firme sobreela, e tendo cuidado com o que se opõe a ela.Quanto àqueles que desviaram dessa Crença e aqueles que seguem seu oposto,então eles são de vários tipos:Dentre eles há aqueles que adoram ídolos, estátuas, anjos, awliyá (adoradorespiedosos), Jinn, árvores, pedras, etc. Essas pessoas não responderam ao chamadodos mensageiros. Pelo contrário, eles se opuseram e os rejeitaram, assim como osQuraish e outras tribos árabes fizeram com o nosso profeta Muhammad . Eeles pediam que suas divindades os concedessem suas necessidades, curassemseus doentes e derrotassem seus inimigos, e eles sacrificavam e faziam votos paraeles. Então quando o mensageiro de Allah  os proibiu isso e os ordenou queadorassem sinceramente e exclusivamente Allah, eles acharam isso estranho erejeitaram, dizendo (tradução do sentido): Acaso ele tornou [todos] os deuses um só Deus? Certamente isso é algo estranho!  [38:5]Então ele não parou de chamá-los para Allah e alertá-los sobre o Shirk (idolatria),e explicá-los a realidade daquilo que ele chamava, até que Allah orientou aquelesdentre eles que Ele orientou. Depois disso, grandes números de pessoas entraramna Religião de Allah e então a Religião de Allah triunfou sobre todas as outrasreligiões depois de um extenso chamado e longo Jihád do mensageiro de Allah,seus companheiros e aqueles que os seguiram na retidão. Então as condiçõesmudaram e a ignorância prevaleceu sobre a maioria da criação ao ponto que umagrande porção voltou à religião dos Dias de Ignorância, indo a extremos comrelação aos profetas e adoradores piedosos, suplicando-os, buscando auxílio delese realizando outras formas de shirk. E eles não entenderam o significado de LáIlaha Illa Allah, como os incrédulos dentre os árabes (durante a época do profeta)entendiam, e nós buscamos a ajuda de Allah!O shirk não parou de se espalhar entre as pessoas mesmo na nossa época, devidoà extrema ignorância e longa distância de tempo que passou desde a vinda doprofeta [Muhammad].O argumento que essas pessoas contemporâneas usam como prova é o mesmoargumento que aqueles do passado usavam que são as declarações (tradução dosentido): Esses [ídolos] são nossos intercessores junto a Allah  [10:18] 29
  28. 28. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Nós apenas os adoramos de modo que eles possam nos aproximar de Allah  [39:3]Allah invalidou esse argumento e clarificou que quem quer que adore outro alémd‟Ele, seja quem for, associou parceiros a Ele e descreu, e Allah disse (traduçãodo sentido): E adoram além de Allah (falsas divindades) que não podem nem prejudicá-los nem beneficiá-los, e eles dizem: „Esses (ídolos) são nossos intercessores junto a Allah‟  [10:18]Então Allah os refuta dizendo (tradução do sentido): Dize: „Estais informando Allah algo que Ele não conhece nos céus e na terra? Glorificado seja Allah, livre é Allah de todos os parceiros que Lhe atribuem!‟  [10:18]Assim Allah explica nesses versos que adorar outros além d‟Ele, como profetas,adoradores piedosos ou qualquer outro, é considerado shirk maior, mesmo queaqueles que o pratiquem dêem outro nome. Allah disse (tradução do sentido): Aqueles que tomam outros como auxiliadores além de Allah dizem: „Nós apenas os adoramos de modo que eles possam nos aproximar de Allah‟  [39:3]Então Allah os refutou dizendo: Verdadeiramente Allah julgará entre eles sobre aquilo que diferiam. Em verdade Allah não guia aquele que é um mentiroso, incrédulo  [39:3]Desse modo Ele clarificou com isso que a adoração deles de outros além d‟Ele,seja através de súplicas, temor, esperança e outros é de fato descrença n‟Ele. EEle negou suas declarações de que seus deuses os aproximariam d‟Ele.Dentre as ideologias de incredulidade que contradizem a Crença Correta e seopõem ao que veio com os mensageiros está:O que os ateístas dessa eram acreditam, tais como os seguidores de Marx, Lênine outros que chamam para o ateísmo e descrença, não importando se eleschamam de socialismo, comunismo, ba‟athismo ou qualquer outro nome, pois emverdade dentre os princípios básicos desses ateístas é a crença de que não há deus 30
  29. 29. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.come a vida é apenas [baseada na] matéria. E dentre os seus princípios está a rejeiçãodo Dia do Retorno Final, Paraíso, Inferno e a descrença em todas as religiões.Quem quer que examine seus livros e estude as crenças nas quais eles se baseiamsaberá disso com toda a certeza. Sem dúvida essa crença está em contradiçãocom todas as religiões reveladas e leva seus seguidores ao pior dos destinos nessavida e na próxima.E dentre as crenças que estão em oposição à verdade está aquilo no qualacreditam alguns dos bátinis e sufis que acreditam que alguns daqueles que eleschamam de awliyá (santos) partilham com Allah em Sua administração, e queeles controlam os eventos do mundo. Eles chamam eles de Aqtáb, Awtád,Aghwáth e outros nomes que eles criaram para seus [falsos] deuses. Essa é dasmais vis formas de shirk cometido com relação à Soberania de Allah, e é pior queo shirk (idolatria, politeísmo) que era praticado durante os Dias de Ignorância dosárabes. Já que os incrédulos dentre os [primeiros] árabes não cometiam shirk comrelação à Soberania de Allah, mas associavam parceiros a Allah em Suaadoração. E seu shirk ocorria apenas em épocas fáceis. Já em épocas dedificuldade e de grande necessidade, eles adoravam Allah sinceramente, comoAllah disse (tradução do sentido): E quando eles embarcam num navio, eles invocam Allah, tornando sua fé puramente para Ele. Mas quando Ele os traz em segurança à terra, contemplai, eles associam parceiros a Ele na adoração  [ankabut:65]Já com relação à Soberania de Allah, eles reconheciam que ela pertencia somentea Allah, como Ele disse (tradução do sentido): E se perguntardes a eles quem os criou, eles certamente dirão „Allah‟  [zukhruf:87]E Allah disse (tradução do sentido): Dize: “Quem vos provê do céu e da terra?‟ Ou „Quem tem poder sobre a audição e visão?‟ E „Quem traz os vivos dos mortos e os mortos dos vivos?‟ E „Quem controla todas as ordens?‟ Eles certamente dirão: „Allah‟. Dize: „Não O temereis então?‟  [10:31]Os versos com o mesmo significado são muitos.Quanto aos politeístas contemporâneos, eles superaram os primeiros politeístasem duas coisas: 31
  30. 30. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comPrimeiro: Alguns deles atribuem parceiros a Allah em Sua Soberania.Segundo: Eles cometem shirk em tempos fáceis e difíceis, como pode serentendido por aquele que se mistura com eles, examina suas condições e vê o queeles fazem nos túmulos de Al-Husayn, Al-Badawí e outros no Egito, e no túmulode Al-„Eidrús em „Aden, Al-Hádí no Iêmen, Ibn „Arabí na Síria, shaykh „Abd-ul-Qádir Al-Jilání no Iraque, e todos os outros túmulos que as pessoas comunsforam aos extremos e para os quais eles transferiram muitos direitos exclusivosde Allah. Quão poucos são aqueles que os proíbem de fazer isso e os explicam arealidade do Tawhíd (Monoteísmo), com o qual Allah enviou nosso profetaMuhammad e os mensageiros antes dele. Então verdadeiramente a Allah nóspertencemos e certamente a Ele nós retornaremos!Nós pedimos a Allah que os faça retornar àquilo que é correto e ponha muitoschamadores da orientação entre eles e que Ele conceda aos líderes muçulmanos esábios a habilidade de declarar guerra contra o shirk, verdadeiramente Allah é oOniouvinte, o Onividente.E dentre as crenças que se opõem ao Credo Correto com relação aos Nomes eAtributos de Allah estão as crenças dos inovadores dentre os Jahmiyah eMu‟atazilah, assim como aqueles que seguem seu caminho que é negar SeusAtributos de perfeição, e descrevê-Lo com atributos de não-existência e falta devida. Livre é Allah do que eles pensam! 32
  31. 31. Centro Islâmico do Cearáwww.fortalezadoislam.com 33
  32. 32. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Anulantes do IslamSabe ó irmão muçulmano que Allah tornou obrigatório para todos os Seus servosaceitar o Islam, se agarrando firmemente a ele e tendo cuidado com aquilo que seopõe a ele. E Ele enviou Seu profeta, Muhammad , para chamar as pessoaspara isso, e Allah informou que quem quer que o siga foi encaminhado, e quemquer que tenha dado as costas para ele se desencaminhou. E Ele nos alerta emmuitos ayát (versos) do Qur-aan, sobre as coisas que levam uma pessoa àapostasia, assim como todos os outros tipos de shirk (idolatria) e kufr(descrença). Os sábios, que Allah tenha misericórdia deles, mencionaram em seus capítulossobre “Veredicto do apostata”, que um muslim pode apostatar de sua religião,através de vários tipos de Anulantes (da Fé), que tornam sua vida e riquezapermissíveis (de se tomar) e que o fazem sair do círculo do Islam.E dentre os mais perigosos deles e aqueles que acontecem mais frequentementeestão dez anulantes 10 que mencionaremos para você no que segue, de umamaneira resumida, de modo que você possa tomar cuidado e possa alertar outrossobre eles. Nós também mencionaremos umas poucas clarificações depois deles.Primeiro: Shirk (associação de parceiros) na adoração de Allah. Allah disse(tradução do sentido): Em verdade, Allah não perdoa que parceiros sejam associados a Ele na adoração (Shirk), e perdoa o que seja menor que isso a quem Ele quiser  [4:116]E Ele disse (tradução do sentido): Em verdade, aquele que associa parceiros em adoração a Allah (Shirk), então o Paraíso foi proibido para ele e sua morada final será o Fogo do Inferno. E os pecadores (opressores) não terão auxiliadores [no Inferno]  [5:72]10 Como mencionado pelo shaykh e imám Muhammad bin „Abd-ul-Wahhab, e outros sábios,que Allah tenha misericórdia de todos eles. 34
  33. 33. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE incluído nisso está suplicar e invocar os mortos, buscar ajuda deles, assimcomo fazer juramentos e oferecer sacrifício de animais para eles.Segundo: Quem quer que coloque intermediários entre si e Allah, pedindo a elesque intercedam em seu favor, dependendo deles, cometeu kufr (descreu) deacordo com o consenso unânime dos sábios.Terceiro: Quem quer que não considere que os idólatras 11 sejam incrédulos, outem dúvidas sobre sua descrença ou considera suas maneiras e crenças comosendo corretas, cometeu kufr (descreu).Quarto: Quem quer que acredite que alguma orientação que não a do profeta é mais completa que sua orientação, e que o julgamento (ou lei) de algum outro émelhor que seu julgamento, como aqueles que preferem o julgamento dosTawághít (pl. de Tághút; falsas divindades/religiões) ao seu julgamento (i.e. doprofeta), então ele é um descrente.Quinto: Quem quer que odeie algo com o que o mensageiro  veio, mesmo queaja de acordo com ele (i.e. mesmo que ele pratique), descreu, baseado no queAllah disse (tradução do sentido): Isso é porque eles odiaram o que Allah fez descer (i.e. algo da revelação), então Ele anulou seus (bons) atos  [47:9]Sexto: Quem quer que zombe ou ridicularize qualquer parte da religião domensageiro ou suas recompensas ou punições cometeu um ato de incredulidade.A prova para isso é a palavra de Allah (tradução do sentido): Dize: “Era de Allah, e Seus versos, e Seu mensageiro que vós zombáveis? Não deis desculpas, vós descrestes depois de terdes acreditado”  [9:65-66]Sétimo: Magia, o que inclui feitiços que fazem uma pessoa odiar (sarf)12 ou amar(„atf)13 alguém/algo. Então quem quer que realize ou esteja satisfeito com suarealização, descreu. A prova para isso é a palavra de Allah (tradução do sentido):11 Todos os que associam parceiros a Allah não importando sua denominação.12 Sarf: Um ato de magia feito para afastar uma pessoa daquilo que ela deseja, como fazer umhomem deixar de amar sua esposa para amar outra.13 „Atf: Um ato de magia feito para direcionar uma pessoa para aquilo que ela não deseja, usandométodos satânicos (para alcançar). 35
  34. 34. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com E nenhum dos dois (anjos) ensinavam alguém até que tivessem primeiro dito para eles: “Nós somos apenas um teste (para as pessoas), então não descreiais”  [2:102]Oitavo: Auxiliar e apoiar os idólatras contra os muçulmanos. A prova para isso éa palavra de Allah (tradução do sentido): E quem quer dentre vós que os tomeis (i.e. os incrédulos) como aliados e protetores então ele é em verdade dentre eles. Verdadeiramente, Allah não orienta um povo opressor 14 (pecador)  [5:51]Nono: Quem quer que acredite que é permitido para algumas pessoas estar livrede (implementar) a Shari‟ah (leis reveladas) de Muhammad (i.e. o Islam), entãoele é um descrente, de acordo com a palavra de Allah (tradução do sentido): E quem quer que busque uma religião que não o Islam, ela nunca será aceita dele e na Outra Vida, ele estará entre os perdedores  [3:85]Décimo: Se afastar da religião de Allah, não a aprendendo, ou implementando-a(é um ato de incredulidade). A prova para isso é a palavra de Allah (tradução dosentido): E quem comete um erro maior que aquele que é relembrado 16 das 15 ayát (sinais/versos) de Seu Senhor, então se afasta 17 deles. Verdadeiramente, Nós extrairemos retribuição 18 dos criminosos  [32:22]Não há diferença, com relação à (cometer qualquer um) desses anulantes, entreaquele que brinca, entre aquele que é sério ou entre aquele que faz isso por medo.exceto, aquele que os comete por ser coagido (esse é desculpado). Todos eles(dez) estão entre os mais graves em perigo e dentre aqueles que maisfrequentemente ocorrem. Então o muslim deve tomar cuidado com eles e temerque esses atos aconteçam com ele.14 Zálimún (povo opressor e pecador) aqui significa os incrédulos.15 Significando: “Não há quem cometa um erro maior que...”16 Tadzkír: (relembrança) significa: “Admoestar e atrair a atenção de uma pessoa para algo quedeve ser evocado à mente.”17 I‟rád: (se afastar) significa: “Se abster e dar as costas.”18 Intiqám: (vingança/buscar retribuição) significa: “Responder com severidade contra algo quefoi feito anteriormente.” 36
  35. 35. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE também está incluído no quarto anulante aqueles que crêem que as leis doshomens e constituições que as pessoas legislaram são melhores que a Shari‟ah(leis) do Islam.Ou aqueles que crêem que não é correto implementar as Leis do Islam no séculovinte.Ou que isso é a causa para o atraso dos muçulmanos.Ou que ela é limitada a ter um papel apenas na relação entre o servo e SeuSenhor e que ela não deve interferir nas outras questões da vida.E também estão incluídos nessa categoria aqueles que crêem que é permissíveljulgar com outra lei que não as Leis de Allah (Shari‟ah) em questões deinterações, leis penais entre outras, mesmo que ele não acredite que é melhor quejulgar de acordo com a Shari‟ah. E é assim, porque ao fazer isso estará tornandolícito aquilo que Allah tornou proibido, de acordo com o consenso unânime(Ijmá‟).Quem quer que torne lícito aquilo que Allah proibiu dentre aquilo que umapessoa deve saber por necessidade como a fornicação, álcool, juros e julgamentocom outras leis que não a de Allah, então ele é um descrente de acordo com oIjmá‟ (consenso unânime) dos muçulmanos.Nós buscamos refúgio em Allah de todas as coisas que causam Sua Ira edoloroso Castigo. Que a paz e as bênçãos estejam sobre a melhor de Suascriaturas, Muhammad. 37
  36. 36. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Imám „Abd-ul-„Azíz bin „Abdullah bin Báz 1330 -1420 ‫ﻫ‬ :: Al-Ibaanah.com ::Seu Nome e LinhagemEle foi o nobre e exemplar sábio, „Abd-ul-„Azíz bin „Abdullah bin „Abd-ur-Rahmán bin Muhammad bin „Abdullah bin Báz, que Allah tenha misericórdiadele. Báz era uma família que tinha firmes raízes no conhecimento, negócios eagricultura. Eles eram conhecidos por suas virtudes e caráter. Shaykh Sulaymánbin Hamdán (que Allah tenha misericórdia dele) disse em seu livro sobre asbiografias dos sábios Hanbalis: “Sua origem foi em Al-Madínah, então um dosantepassados mudou-se para Dur‟íyah.”Seu nascimento e seus primeiros anosEle nasceu em Riyad, capital do Najd no dia 12 de Dzul-Hijjah de 1330H (1912D.C.). Foi aí que ele passou sua infância, adolescência e primeiros anos da vidaadulta.O imám Ibn Báz foi criado num ambiente imerso em conhecimento, já que Riyadna época estava cheia de sábios e pessoas de orientação. Também era um local desegurança e paz desde que o rei „Abd-ul-„Azíz a reconquistara e estabelecerajustiça baseada nas leis do Islam. Isso foi depois de Riyad ter sido um local detumultos intermináveis e instabilidade.O imám Ibn Báz primeiro começou aprendendo o Qur-aan como era hábito dosSalaf (virtuosos predecessores), que memorizavam e dominavam o Qur-aanantes de aprender outras áreas do conhecimento. Assim ele memorizou o Qur-aan inteiro de coração antes de chegar à puberdade. Ele então foi estudar nasmãos dos sábios de sua área.Também é importante notar que sua mãe (que Allah tenha misericórdia dela) teveum grande papel em seu caminho em direção ao conhecimento, já que foi ela queconstantemente o encorajou e incitou a adquirir conhecimento, como ele disse no 38
  37. 37. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comfinal de sua vida em uma de suas palestras: “Minha jornada com os escritores”,na qual ele discutiu alguns exemplos de sua vida.Imám Ibn Baaz teve visão durante a primeira parte de sua vida. Então devido àinfinita Sabedoria de Allah, Ele quis que a vista do imám enfraquecesse devido auma doença em seus olhos em 1346H, que eventualmente levou ele a perdercompletamente sua visão em 1350H quando ele estava próximo dos vinte anos deidade. No entanto, isso não impediu sua perseverança e diligência em buscarconhecimento, o que ele continuou a fazer e a sobressair.Extraordinariamente, perder a visão foi um meio de beneficiar o imám Ibn Báz,já que ele foi capaz de alcançar inúmeras vantagens, dentre as quaismencionaremos quatro, como exemplo e não para limitar:1. Recompensa de Allah: Imám Al-Bukhári relatou em seu Sahíh um hadíthqudsi (sagrado), no qual Allah disse: “Se meu servo é testado perdendo seus dois amados (olhos), Eu os substituirei com o Paraíso” [Sahíh Al-Bukhári, 5653]2. Forte Memorização: Imám Ibn Báz foi o Háfiz (memorizador) de sua era comrelação ao Conhecimento de Hadíth. Se você perguntasse a ele sobre um hadíthencontrado nas seis coleções ou outras coleções como o Musnad do imámAhmad, você o encontraria bem versado nas cadeias de transmissão do hadíth,palavras do texto, os sábios que falaram sobre ele, seus narradores e suaexplicação.3. Falta de interesse pelos esplendores mundanos: Imám Ibn Báz se conteve decorrer atrás dos prazeres da vida mundana, vivendo uma vida de abstenção ehumildade.4. Alta Determinação: Perder a visão, somente tornou o imám Ibn Báz maisdeterminado e perseverante em sua busca para procurar e adquirir conhecimento,a tal ponto que ele se tornou um dos maiores sábios, conhecidos em todo omundo. Allah verdadeiramente substituiu a luz em seus olhos por luz em seucoração, amor por conhecimento, e amor em seguir a Sunnah do profeta . 39
  38. 38. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comSeus ProfessoresDepois de memorizar o Qur-aan, imám Ibn Báz, que Allah tenha misericórdiadele, prosseguiu estudando outras Ciências Islâmicas com muitos dos sábios deRiyad, os mais proeminentes entre eles foram:1. Shaykh Muhammad bin „Abd-ul-Latíf Aal Shaykh, o tataraneto do imámMuhammad bin „Abd-ul-Waháb;2. Shaykh Sálih bin „Abd-ul-„Azíz Aal Shaykh, o tataraneto do imám Muhammadbin „Abd-ul-Waháb e Juiz chefe de Riyad;3. Shaykh Sa‟ad bin Hamad Al-„Atíq, Juiz de Riyad;4. Shaykh Hamad bin Fáris, Vice-Chanceler do Tesouro de Riyad;5. Shaykh Sa‟ad Waqqás Al-Bukhári, dentre os sábios de Makkah com o qual eleaprendeu a ciência do Tajwíd [recitação do Al-Qur-aan com todas as suas regrasparticulares] em 1355H;6. Shaykh Muhammad bin Ibrahím Aal Shaykh, antigo Mufti do Reino da ArábiaSaudita. Ele freqüentou seus círculos de estudo por cerca de dez anos,aprendendo todas as ciências islâmicas dele, de 1347H a 1357H, quando seuprofessor o nomeou para ser Juiz. Que Allah tenha misericórdia de todos eles.Sua Vida EducacionalQuando imám Ibn Báz foi selecionado para ser juiz do distrito de Kharj, eleaceitou relutante, pois ele não tinha nenhum desejo ou amor por posição. Mas foidevido ao encorajamento de seu professor shaykh Muhammad bin Ibrahím AalShaykh, e ordem do Rei „Abd-ul-„Azíz que ele aceitou a posição. Então ele foipara Ad-Dalam, a capital de Kharj na época, e as pessoas o acolheramcalorosamente. Assim que ele saiu do carro que o transportou até lá, ele se dirigiua Mesquita Central e rezou duas raka‟, de acordo com a Sunnah. Ele entãodescansou por um período na presença do amír de Ad-Dalam na época, Násir binSulaymán Al-Huqbání, que Allah tenha misericórdia dele. Depois disso aspessoas se juntaram ao seu redor e ele proferiu uma profunda admoestação paraeles. Entre as coisas que ele disse para eles foi que ele não tinha nenhum desejoem ser o juiz de seu distrito, mas ele havia sido ordenado e ele deveria obedecerao governante. 40
  39. 39. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comAssim que ele começou a trabalhar em sua posição, Allah trouxe muito bondadeatravés de suas mãos e ele julgou as pessoas com justiça e amabilidade. Eleserviu nessa posição por pouco mais de catorze anos. Durante esse tempo, odistrito de Kharj tornou-se um local de bondade e retidão. Imám Ibn Bázatribuiria esse sucesso aos bons corações das pessoas e suas altas consideraçõespor virtude e justiça. Como os tribunais eram em Ad-Dalam, ele viveu lá naResidência do Juiz dada a ele pelo imám „Abdullah bin Faysal bin Turkí.Imám Ibn Báz era bem conhecido por todo o mundo islâmico por seus veredictosreligiosos (fatáwá) e seus livros benéficos. Ele presidiu comitês para seminárioseducacionais na Arábia Saudita, e deu várias palestras por telefone paramuçulmanos de fora do Reino. Ele também respondia perguntas das pessoas pelorádio e durante os tempos abençoados do Hajj e Ramadán. E seus trabalhosapareciam em jornais e revistas islâmicas e em artigos em todo o mundo.Seus Livros e TratadosApesar do imám ter pouco tempo como resultado de suas obrigações e papel nadawah (chamado para o Islam) e educação, ele ainda arranjava tempo paraescrever livros e tratados sobre importantes assuntos, que os muçulmanosnecessitavam saber. Entre os seus mais famosos trabalhos estão:1. A Obrigação de Seguir a Sunnah2. O Ataque Ideológico3. A Vida e Chamado do Imám Muhammad bin „Abd-ul-Waháb4. Três tratados sobre a oração5. A crença correta, o que opõe ela e os anulantes do Islam6. Importantes Lições para Ummah (nação) Islâmica7. Uma Censura ao Nacionalismo Árabe8. Os Perigos do Tabarruj9. Dois ensaios sobre jejum e zakáh10. O Parecer sobre Celebrar o Aniversário do Profeta11. Um Alerta contra Inovadores 41
  40. 40. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE existem muito mais livros, que podem ser lidos e impressos no site oficial doimám www.binbaz.org.sa. Isso em adição as suas muitas fatáwá (veredictosreligiosos) que foram coletados, compilados e publicados, contabilizandonumerosos volumes.Suas Posições Educacionais e Religiosas1. Ele serviu como juiz no distrito de Kharj da Arábia Saudita por catorze anosde 1357H a 1371H.2. Ele ensinou no Instituto Educacional de Riyad em 1372H e na Faculdade deShari‟ah depois de sua fundação em 1373H, abordando os assuntos de Fiqh,Tawhíd e Hadíth. Ele permaneceu na posição de professor por nove anos até1380H.3. Em 1381H, ele foi apontado Vice-Chanceler da Universidade Islâmica de Al-Madínah, onde ele serviu até 1390H.4. Ele foi então apontado como Chanceler em 1390H, depois que o Chanceleranterior, shaykh Muhammad bin Ibrahím Aal Shaykh morreu no Ramadán de1389H. Ele permaneceu na posição até 1395H.5. Em 14/10/1395H, o Rei ordenou que o imám Ibn Báz fosse apontado comoChefe do Conselho para Pesquisa Islâmica, Fatáwá, Dawah e Orientação. Eleficou nessa posição até 1414H.6. Em 20/01/1414H, o Rei apontou o imám Ibn Báz como Muftí Chefe do Reinoda Arábia Saudita. Ele permaneceu nessa posição, enquanto era também Chefedo Comitê para Pesquisa Islâmica e Fatáwá.Ele também ocupou as seguintes posições1. Chefe do Comitê Permanente para Pesquisa Islâmica e Fatáwá2. Presidente e Membro do Comitê Fundador da Liga do Mundo Islâmico3. Presidente do Alto Conselho Mundial da Liga4. Presidente do Supremo Conselho Mundial para Mesquitas 42
  41. 41. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com5. Presidente da Assembléia de Fiqh Islâmico em Makkah, que está sob a LigaIslâmica Mundial6. Membro do Alto Conselho da Universidade Islâmica de Al-Madínah7. Membro do Supremo Comitê para Propagação IslâmicaSeus EstudantesImám Ibn Báz (que Allah tenha misericórdia dele) teve inúmeros estudantes quefreqüentavam suas aulas e seus círculos de estudos. Os mais famosos e notáveisentre eles foram:1. Shaykh Muhammad bin Sálih Al-„Uthaymín, antigo membro do Conselho dosGrandes Sábios, que Allah tenha misericórdia dele;2. Shaykh „Abdullah bin Hasan Al-Qu‟úd, membro atual do Comitê Permanentepara Pesquisa Islâmica e Fatáwá e do Conselho dos Grandes Sábios;3. Shaykh „Abdullah bin „Abd-ur-Rahmán Al-Ghudayán, membro atual doComitê Permanente para Pesquisa Islâmica e Fatáwá e do Conselho dos GrandesSábios;4. Shaykh „Abd-ul-Muhsin Al-„Abbád, antigo Chanceler e Vice-Chanceler daUniversidade Islâmica de Al-Madínah;5. Shaykh Sálih bin Fawzán Al-Fawzán, membro atual do Comitê Permanentepara Pesquisa Islâmica e Fatáwá e do Conselho dos Grandes Sábios;6. Shaykh Rabi‟ bin Hádí Al-Madkhalí;7. Shaykh „Abd-ul-„Azíz bin „Abdullah Ar-Rájihí.Seus Atributos Físicos e AparênciaO Shaykh, que Allah tenha misericórdia dele, era de altura média, nem alto nembaixo. Ele tinha uma face redonda e tinha a cor marrom dourado. Ele tinha umnariz curvo e uma barba rala nas bochechas, mas fechada abaixo do queixo. Suabarba era preta, mas quando muitos cabelos brancos começaram a aparecer, ele atingiu com henna. Certamente sua descrição se assemelha a de muitos sábiosantes dele. 43
  42. 42. Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comEle tinha uma bela aparência. Ele tentava sempre usar roupas brancas, e amavaroupas largas, e thawbs (roupas islâmicas longas) que iam até o meio de suacanela.Sua Humildade e PiedadeO imám sabia seu próprio valor e por isso era humilde perante Allah. Dessemodo ele tratava as pessoas de maneira amável, com gentileza e misericórdia.Ele não transgredia os direitos de ninguém e nem demonstrava arrogância comquem quer que fosse. Ele não dava uma falsa impressão de grandeza e nem selevantava e saia quando na companhia dos pobres e necessitados, e nem evitavaandar e se misturar com eles. Ele também nunca deixava de ouvir o conselhodaqueles que estavam abaixo dele.O que também demonstrava sua humildade era que ele respondia ao convite deseus estudantes e amigos próximos para ir a festas de casamentos. Ele semprechegava cedo e pedia que um dos irmãos lesse alguns versículos do Qur-aan, queele então explicava para todos que estivessem presentes.Sua MorteImám Ibn Báz morreu numa quinta-feira, 27 de Muharram de 1420H(13/05/1999), de insuficiência cardíaca. Ele tinha 89 anos de idade na época.Milhões de pessoas de todo o Reino da Arábia Saudita se reuniram paratestemunhar sua oração fúnebre e ele foi enterrado no Cemitério „Adl emMakkah. Muçulmanos de todo o mundo sentiram sua perda e apenas algunsmeses depois o mundo islâmico perdeu outro grande sábio, imám Al-Albaní, queAllah tenha misericórdia de ambos. 44

×