2. 'aqídah ahl us-sunnah wal-jamá'ah pt
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

2. 'aqídah ahl us-sunnah wal-jamá'ah pt

on

  • 614 views

 

Statistics

Views

Total Views
614
Views on SlideShare
614
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
2

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • O cheque abdullah lima, enquanto estive no sudao tive sua conrrespondencia mas desde que regressei tento sempre mas sem sucessos que allah te paga!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • assalam alaikum jazakallahu khairan jazaa, caros irmão que nos facilita e que facilita que esta dawah propaga-se em todos os locais
    assalam alaikum
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    2. 'aqídah ahl us-sunnah wal-jamá'ah pt 2. 'aqídah ahl us-sunnah wal-jamá'ah pt Document Transcript

    • ‫عقيدة أهل السنة و اجلماعة‬ „Aqídah Ahl-us-Sunnah wal-Jamá‟ah Centro Islâmico do Ceará Musalá As-Salaf As-Sálih ‫مصلى السلف الصاحل‬ ‫لفضيلة الشيخ حممد بن صاحل العثيمني‬Pelo nobre Shaykh: Muhammad bin Sálih Al-„Uthaymín
    • © Centro Islâmico do CearáPrimeira Edição: Abril de 2009Termos de uso: O Centro Islâmico do Ceará permite que este documento, em suapresente forma e sem alterações, seja distribuído, impresso, fotocopiado, reproduzidoe/ou divulgado por meios eletrônicos para o fim de divulgar-se seu conteúdo e não parao fim de obter-se lucro. Qualquer um que deseje citar trechos deste documento deve daros devidos créditos ao Centro Islâmico do Ceará, citando nominalmente a fonte e seuendereço na web, www.fortalezadoislam.com, e não deve fazê-lo, de modo algum,colocando a citação fora de contexto.Os comentários ou palavras entre colchetes são do tradutor, não estando presentes naobra original, e foram postos com a finalidade de facilitar o entendimento de algunstrechos. Foram dados nomes para os capítulos e estes foram divididos em tópicos parafacilitar a leitura.Gostaríamos de exprimir os nossos sinceros agradecimentos a todos àqueles quecontribuíram para a publicação deste livro. Que Allah os recompense pelos seusesforços. Caso tenha alguma correção a fazer, comentário ou questão a colocar, porfavor, entre em contato conosco: fortalezadoislam@hotmail.com. 1431 ‫ﻫ‬___________________________A Crença do Ahl-us-Sunnah wal-Jamá’ah – 3ª EdiçãoPublicado por Centro Islâmico do CearáMusalá As-Salaf As-Sálihfortalezadoislam@hotmail.comwww.fortalezadoislam.com___________________________
    • ÍndicePrefácio do Shaykh „Abd-ul-„Azíz bin Báz ............................................................. 4Introdução do Autor .................................................................................................. 5Capítulo 1 - Nossa Crença ........................................................................................ 7Capítulo 2 - O Alcorão e a Sunnah .......................................................................... 16Capítulo 3 - Os Anjos ............................................................................................... 18Capítulo 4 - Os Livros de Allah ............................................................................ 20Capítulo 5 - Os Mensageiros ................................................................................. 23Capítulo 6 - O Dia do Julgamento ........................................................................ 30Capítulo 7 - Destino e Decreto Divino ................................................................ 35Capítulo 8 – Frutos dessa Crença ........................................................................ 40Breve Biografia do shaykh Muhammad bin Sálih Al-„Uthaymín .................... 43
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com PrefácioTodos os louvores são para Allah; que Allah exalte e derrame bênçãos de pazsobre ele, após o qual não haverá nenhum profeta, e sobre sua família e seuscompanheiros.Continuando:Fui apresentado a este valioso e conciso [tratado] sobre os pilares da Crença(„aqídah) preparado pelo nosso caro irmão, o grande erudito e nobre shaykhMuhammad bin Sálih Al-„Uthaymín. Escutei todo ele e vi que ele compreende 1uma explicação da crença do Ahl-us-Sunnah wal-Jamá‟ah na área do Tawhíd(unicidade) de Allah e Seus Nomes e Atributos, assim como a crença nos anjos,nos Livros e nos mensageiros, no Último Dia, e no Decreto Divino, tanto o bomquanto o mal [com relação às conseqüências]. Em verdade ele foi bem sucedidoao compilá-lo e trouxe benefício ao mencionar nele aquilo que é necessário paraaquele que busca conhecimento e para todo muçulmano com relação à sua crençaem Allah, Seus Anjos, Seus Livros, Seus Mensageiros, o Último Dia e o DecretoDivino tanto o bom quanto o mal [com relação às conseqüências]. Ele incluiunele pontos de benefício relacionados ao credo verdadeiro, que não sãoencontrados em muitos dos livros escritos sobre este assunto.Então que Allah o recompense com o melhor, aumente o seu conhecimento eorientação, e que faça com que este livro e outros escritos seus sejam benéficos; e1 O grupo de muçulmanos que se mantiveram no caminho do profeta, baseando sua crença eadoração no Livro de Allah e na Sunnah (Tradição) de Seu mensageiro, de acordo com oentendimento das três primeiras gerações e aqueles que os seguiram no caminho correto. 7
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comque Allah faça com que ele, nós, e todos nossos irmãos sejamos bem orientados eorientadores, e dentre aqueles que chamam para Allah com conhecimento seguro.Em verdade Ele é Aquele que escuta e Aquele que está próximo.Ditado por aquele em grande necessidade de Allah o Exaltado: „Abd-ul-„Azíz bin„Abdullah bin Báz; que Allah o perdoe. E que Allah exalte e derrame bênçãos depaz sobre o nosso profeta Muhammad , e sobre sua família; companheiros eseguidores. Presidente Geral do Comitê Permanente de Pesquisa Islâmica, Iftá, Dawah e Irshád   8
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com IntroduçãoTodos os louvores são para Allah, Senhor dos Mundos, Aquele que fez o fim[melhor] para os tementes, e Que não mostra inimizade exceto para com ostransgressores. Eu testemunho que nada tem o direito de ser adorado excetoAllah exclusivamente; Que não tem parceiro algum, e Que possui a verdadeira eevidente soberania. E testemunho que Muhammad é Seu servo e mensageiro;selo dos Profetas e líder dos tementes. Que Allah o exalte e derrame bênçãos depaz sobre ele, sua família, seus companheiros e todos aqueles que os seguem naretidão até o Dia da Ressurreição.Continuando:Allah o Exaltado enviou Seu mensageiro Muhammad , (sallAllahu „alayhi wasalam), com a orientação e a Religião da verdade, como uma misericórdia para aCriação, um exemplo para os que praticam o bem e como prova sobre toda ahumanidade. Através dele , e daquilo que foi revelado a ele dentre o Livro e aSabedoria - Allah explicou à humanidade, tudo que leva ao aperfeiçoamento efirmeza para os adoradores com relação aos seus assuntos religiosos e mundanos;como crença correta, conduta justa, moral virtuosa e ética louvável. Em verdade,o profeta  deixou sua nação sobre: “Um caminho claro, sua noite como seu dia, ninguém se desviará dele, exceto que ele é destruído” 22 Relatado por Ibn Majah (No 43) e outros. Ele foi declarado sahíh (autêntico) pelo muhaddith(sábio de hadíth) de nossa era, shaykh Muhammad Násir-ud-Dín Al-Albání em As-Sahíhah (No937). 9
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comEsse [caminho] foi percorrido pela nação (ummah) que respondeu a Allah e Seumensageiro  - e eles são o melhor da criação - os Companheiros, seusSeguidores e aqueles que os seguiram na retidão. Eles estabeleceram a shari‟ah(a Lei de Allah), e se apegaram firmemente a Sua orientação, se prendendo a elacom seus molares, em sua crença, adoração, moral e hábitos. Tornando-se destemodo o grupo que nunca cessará de ser vitorioso sobre a Verdade, não sendoprejudicado por aqueles que buscam prejudicá-los ou se opor a eles, até quechegue o Comando de Allah e eles estejam sobre aquilo.E nós – e todos os louvores são para Allah - estamos a seguir os seus passos eauxiliados pelo Livro e pela Sunnah, somos guiados por seus exemplos. Dizemosisto apenas para proclamar as bênçãos de Allah o Exaltado e como umaclarificação daquilo sobre o qual cada muçulmano deveria estar.E Pedimos a Allah, o Altíssimo, que nos fortaleça e aos nossos irmãosmuçulmanos, com o dizer firme nesta vida e na próxima; e que Allah nosconceda de Sua Misericórdia, pois Ele é o Doador.E foi devido à importância deste tema e devido ao fato das pessoas terem diferidosobre isso, que eu desejei escrever um resumo de nossa crença - a crença do Ahl-us-Sunnah wal-Jamá‟ah – que é a crença em Allah, em Seus Anjos, em Seuslivros, em Seus Mensageiros, no Último Dia, e no Seu Decreto, tanto o bomquanto o mal [com relação às conseqüências]. Pedimos a Allah o Exaltado quefaça isso exclusivamente para Sua Face [desejo de contemplá-la], de acordo como Seu Agrado, e útil para Seus servos. 10
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Capítulo I - Nossa CrençaA nossa crença é acreditar em Allah, Seus Anjos, Seus Livros, SeusMensageiros, no Último Dia, e em Seu Decreto, tanto o bom dele quanto o mal[com relação às conseqüências] dele.Crença na autoridade de Allah, em Sua Unicidade e Atributos Acreditamos no Domínio (Rubúbiyah) de Allah; significando que somente Eleé o Senhor, o Criador, o Soberano-Mestre, e o Gerente de todos os assuntos. Acreditamos na Adoração e Divindade (Ulúhiyah) de Allah o Altíssimo;significando que Ele é o Único Deus (iláh) merecedor de adoração, e o que querque seja adorado além d‟Ele é falso. Acreditamos em Seus Nomes e Atributos (Al-Asmá was-Sifát); significandoque somente a Ele pertencem os Mais belos Nomes e os Atributos sublimementeperfeitos. E acreditamos em Sua Unicidade (Wahdániyah) em tudo isto; significandoque Ele não tem parceiro ou semelhante em Seu Domínio, nem em Sua adoração,e nem em Seus Nomes e Atributos. Disse Allah, o Altíssimo [sobre isso](tradução do sentido): {Senhor dos céus e da terra e do que há entre ambos. Então, adorai-O e pacienta em Sua adoração. Acaso, conheces alguém como Ele?} [19:65] E acreditamos que (tradução do sentido): {Allah, não existe Deus senão Ele, o Vivente, Aquele que subsiste por Si mesmo. Não O tomam nem sonolência nem sono. D‟Ele é o que há nos céus e o que há na terra. Quem intercederá junto d‟Ele exceto com Sua permissão? Ele sabe o seu passado e seu futuro. E nada abarcam 11
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com de Sua ciência senão aquilo que Ele quer. Seu „Kursi‟ 3 abrange os céus e a terra. E não O cansa custodiá-los. E Ele é o Altíssimo, o Magnífico} [2:255] E acreditamos que (tradução do sentido): {Ele é Allah. Aquele que “Lá Ilaha Illa Hua” (nada tem o direito de ser adorado exceto Ele), o Sabedor do invisível e do visível, Ele é o Misericordioso, o Misericordiador  Ele é Allah. Aquele que “Lá Ilaha Illa Hua” (nada tem o direito de ser adorado exceto Ele), o Soberano, o Sagrado, o Perfeito, Aquele que dá segurança, o Observador sobre suas criaturas, o Todo-Poderoso, o Compelidor, o Supremo. Glorificado seja Allah acima do que idolatram junto d‟Ele!  Ele é Allah, o Criador, o Originador de todas as coisas, Aquele que concede as formas; d‟Ele são os mais belos nomes. O que há nos céus e na terra glorifica-O. E Ele é o Todo-Poderoso, o Sábio} [59:22-24] E acreditamos que a Ele pertence à Soberania dos céus e da terra (tradução dosentido): {Ele cria o que quer. Ele presenteia a quem quer com meninas, e presenteia a quem quer, com meninos  Ou os reúne em casais, de meninos e meninas. E faz estéril a quem quer. Por certo, Ele é Onisciente, Onipotente} [42:49-50] E acreditamos que (tradução do sentido): {Não há nada semelhante a Ele, e Ele é o Oniouvinte, o Onividente  A Ele pertencem as chaves dos céus e da terra. Ele aumenta ou3 Ibn „Abbás disse: “O Kursi é o local dos Pés”. Isso foi relatado por At-Tabarí em seu tafsír (3/110)e Al-Hákim em Al-Mustadrak (2/282), que o classificou sahíh (autêntico). Consultar: MukhtasarAl-„Uluww (No 45) de Al-Albání.A declaração atribuída à Ibn „Abbás na qual ele diz que o “Kursi” se refere ao conhecimento deAllah não foi autenticamente relatada por ele (da‟íf) – como o sábio e mestre de hadíth (háfiz), IbnTaymiyah disse em Majmu‟ Fatáwá (6/584); e como shaykh Al-Albání mostrou em As-Sahíhah (No109) 12
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com restringe provisões para quem quer que Ele queira. Em verdade, obre todas as coisas ele é Onisciente} [42:11-12] E acreditamos que (tradução do sentido): {E não há criatura alguma que se mova sobre a terra, exceto que seu sustento depende de Allah, e Ele conhece sua residência e seu local de descanso. Tudo isso está num Livro claro} [11:6] E acreditamos que (tradução do sentido): {E com Ele estão as chaves do ghaib (incognoscível, oculto, invisível); ninguém sabe delas senão Ele. E Ele sabe o que há na terra e no mar. E nenhuma folha tomba sem que Ele saiba disso, e não há grão nas trevas da terra nem algo, úmido nem seco, que não estejam (registradas) num Livro claro} [6:59] Acreditamos que (tradução do sentido): {Por certo, junto de Allah, está o conhecimento da Hora, e Ele faz descer a chuva; e sabe o que há nos úteros 4. E pessoa alguma sabe o que irá ganhar amanhã, e pessoa alguma sabe em qual terra morrerá. Por certo, Allah é Onisciente, Conhecedor} [31:34] E acreditamos que Allah fala sobre o que quer, quando quer e como Ele quer(tradução do sentido): {E falou a Mussa (Moisés) diretamente (com palavras)} [4:164] {E, quando Mussa chegou ao local designado, e seu Senhor lhe falou} [7:143] {E chamamo-lo, do lado direito do Monte (Sinai), e fizemo-lo aproximar-se de nós, como confidente} [19:52]4 Isso não inclui apenas conhecimento do sexo da criança, mas também se ela será feliz ou triste;rica ou pobre; etc. – como o shaykh explicou em Majmu‟ Fatáwá wa Rasá‟il (5/273-274). 13
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com E acreditamos que (tradução do sentido): {Dize: “se o oceano fosse tinta para (registrar) as Palavras de meu Senhor, em verdade, o mar se esgotaria antes que as Palavras de meu Senhor chegassem a um fim...”} [18:109] {E, se todas as árvores, sobre a terra, fossem cálamos, e o oceano (fosse tinta), reabastecido depois disso com [mais] sete oceanos, as Palavras de Allah [ainda] não se esgotariam. Por certo Allah é Todo- Poderoso, Sábio} [31:27] E acreditamos que as Palavras de Allah são as mais completas em veracidadede informação, as mais justas em regulamentação e as melhores (mais belas) emnarração. Disse o Altíssimo (tradução do sentido): {E a palavra de teu Senhor cumpriu-se em verdade e justiça} [6:115] {E quem é mais verídico que Allah em palavras?} [4:87] E cremos que o Nobre Al-Qur-aan (Alcorão) é a Palavra de Allah, que Elefalou verdadeiramente, e comunicou para Jibríl (Gabriel), que desceu com ela atéo coração do profeta  (tradução do sentido): {Dize: „„O Espírito sagrado (Gabriel) desceu com ele, de teu Senhor, com a verdade} [16:102] {E, por certo, ele é a Revelação d‟O Senhor dos mundos  com o qual o Espírito Fiel (Gabriel) desceu  sobre teu coração, (Muhammad) para que sejas dos admoestadores  em língua árabe clara} [26:192- 195] E acreditamos que Allah, o Majestoso, o Glorioso, está acima de Sua criaçãoem Sua Essência Divina (dzát) e em Seus Atributos (sifát), porque Ele disse(tradução do sentido): {Ele é o Altíssimo, o Magnífico} [2:255] 14
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com {E Ele é o Supremo, acima de Seus servos; e Ele é o Sábio, o Conhecedor} [6/18] E acreditamos que Ele (tradução do sentido): {criou os céus e a terra, em seis dias; em seguida, Ele ascendeu sobre o Trono; controlando todas as questões} [10:3]Sua ascensão (Istiwá) sobre o Trono significa que Ele está acima dele em SuaEssência Divina (dzát); é uma ascensão particular que condiz com Sua Majestadee Grandiosidade. Ninguém sabe como Allah ascende, exceto Ele.5 E nós acreditamos que Ele está com as Suas criaturas e Ele está acima de SeuTrono. Ele conhece as suas condições, ouve os suas palavras, vê as suas ações, econtrola seus assuntos. Ele dá de sustento aos pobres e alivia os devastados. Eleconcede domínio a quem Ele quer, remove de quem Ele quer, honra quem Elequer e rebaixa quem Ele quer. Em Sua Mão está todo o bem e Ele tem podersobre todas as coisas. E quem possui estas qualidades, está verdadeiramente comas Suas criaturas, ainda que Ele esteja verdadeiramente acima delas sobre SeuTrono. E Allah disse (tradução do sentido): {Não há nada semelhante a Ele; Ele é o Oniouvinte, o Onividente} [42:11] 6 E nós não afirmamos como os encarnacionistas dentre os jahmiyah (um dosgrupos que se desviaram) e de outras seitas, que afirmam: “Que Allah está comSuas criaturas na terra.”5 “O imám Málik foi perguntado: „Como o Istiwá ocorre?‟ Ele então respondeu: „O Istiwá não é desconhecido; o„como‟ é incompreensível; acreditar nele é obrigatório e perguntar sobre ele é uma inovação”. Relatado por Al-Bayhaqí em Al-Asmá was-Sifát (p. 516); sua cadeia de transmissão é excelente como Al-Háfiz IbnHajr disse em Fath-ul-Bárí (13/406).6 Imám Málik disse: “Allah está acima dos céus e Seu conhecimento está em todo local; nada está escondidod‟Ele.” Relatado por Abu Dawúd em seu Masá‟il (p. 263) e sua cadeia de transmissão é sahíh(autêntica). Consultar Mukhtasar Al-„Uluww (Nos 130, 150) do shaykh Al-Albání. 15
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Acreditamos que quem quer que diga isto é um incrédulo (káfir) ou umdesviado, porque tem descrito Allah com o que não é condizente com Ele dedefeitos. 7 E acreditamos no que o Seu mensageiro  nos informou sobre Ele, que todasas noites, quando resta apenas o último terço da noite, Ele descende até o céu ediz (tradução do sentido): “Quem Me suplica, Eu responderei às suas súplicas; quem Me pede algo, Eu lhe darei; quem busca Meu perdão, Eu lhe perdoarei” [Al- Bukhári e Muslim] E cremos que Ele, glorificado seja o Altíssimo, virá no Dia do Julgamentopara julgar entre Seus servos, como Ele disse (tradução do sentido): {Em absoluto, (isso não é certo!). Quando a terra for nivelada, pulverizada e esmagada. E teu Senhor chegar, e os anjos, em fileiras após fileiras. E for trazido à vista esse Dia, será o Inferno. Nesse dia, o ser humano relembrará (de seu erro). Mas de que benefício para ele será a lembrança} [89:21-23]A Vontade de Allah: Universal e Legal Acreditamos que Ele (tradução do sentido): {Faz o que quer que Ele queira} [85:16] Acreditamos que a Vontade (Irádah) de Allah é de dois tipos:1) Universal (Kauniah): O quer que aconteça, ocorre apenas por Sua Vontade.Não é necessário que o que ocorre seja realmente amado por Allah. Assim, ela ésimilar em sentido à volição (mashí‟ah); como na declaração de Allah (traduçãodo sentido):7 O shaykh disse em Majmú‟ Fatáwá wa Rasá‟il (1 133): “Quanto aquele que diz: „Allah está em todo lugar.‟ Seele intenciona com isso [que Ele está em todo lugar] em Sua Essência (dzát), então isso é descrença (kufr); poisisso é uma negação do que é provado pelas provas textuais, assim como pelo intelecto, que é que Allah, o Exaltadoé Altíssimo e que Ele está acima dos Céus, sobre Seu Trono.” 16
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com {E, se Allah tivesse desejado, eles não teriam combatido um contra o outro. Mas Allah faz o que deseja} [2:253] 82) Legislada (Shari’yah): Não é necessário que essa Vontade aconteça. EssaVontade não ocorre, exceto naquilo que Ele ama; como Allah o Exaltado disse(tradução do sentido): {E Allah deseja vos perdoar} [4:27] 9 Acreditamos que a Sua Vontade Universal e Legal estão seguem Sua DivinaSabedoria (Hikmah). Assim tudo o que Ele decreta para acontecer, ou legislacomo um ato de adoração para Seus servos, é feito por sábio propósito e deacordo com Sua Divina Sabedoria; quer nós a compreendamos ou não (traduçãodo sentido): {Não é Allah o mais justo dos Juízes?} [95:8] {E quem é melhor em julgamento que Allah, para um povo que tem a certeza da fé} [5:50] Acreditamos que Allah, o Altíssimo, ama Seus servos devotos (auliyá) e elesO amam, disse Allah (tradução do sentido): {Dize: “se amais a Allah, segui-me (i.e. o profeta), e Allah vos amará...”} [3:31]8 Shaykh „Abd-ul-„Azíz bin Báz disse em suas notas explicativas de Tanbíhát-ul-Latífah do imámAs-Sa‟dí (p. 41): “Com relação à essa Vontade, nada deixa de estar sujeito a Ela. Assim, tanto o muçulmanoquanto o káfir (incrédulo) está submisso à Vontade Universal; e também os atos de obediência e desobediência,as provisões e os tempos de vida. Todos eles ocorrem de acordo com a Vontade de Allah e o que Ele determina.”9 Shaykh Ibn Báz disse sobre a Vontade Legislada (p. 41): “Isso engloba o que o Senhor ama e aquilo como que Ele está satisfeito. Essa Vontade não necessariamente significa que o que Ele deseja deve ocorrer. Assim, porexemplo, Allah o Exaltado deseja que Ele seja adorado e obedecido. No entanto, alguns O adoram e obedecem-Noenquanto outros não. Isso deve demonstrar que as duas Vontades estão juntas combinadas na pessoa obediente,mas no pecador ocorre apenas a Vontade Universal, já que Allah não desejou que ele pecasse; pelo contrário, Ele eo proibiu... Assim, quem quer que entenda a diferença entre esses dois tipos de Vontades deve estar seguro dasdúvidas que levaram os pés a deslizar e o intelecto a se desviar.” 17
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com {Allah trará (em seu lugar), um povo que Ele amará e que O amará} [5:54] {E Allah ama os perseverantes (na paciência)} [3:146] {E sede justos. Por certo, Allah ama aqueles que agem com justiça} [49:9] {E fazei o bem; pois Allah ama os benfeitores} [5:93] E cremos que Allah está satisfeito com as ações e ditos que Ele legislou edetesta aqueles que Ele proibiu. E Allah disse (tradução do sentido): {Se descrerdes, por certo Allah não tem necessidade alguma de vós, no entanto, Ele não está satisfeito com a descrença para Seus servos. E, se agradecerdes, Allah ficará satisfeito convosco} [39:7] {Mas Allah desgostou que eles fossem enviados. Então Ele os fez ficar para trás, e foi dito (para eles): “Permanecei junto com os que permanecem (em casa)”} [9:46] E acreditamos que Allah está satisfeito com aqueles que crêem (têm imán) epraticam boas ações (tradução do sentido): {Allah estará satisfeito com eles, e eles com Ele. Isto é para quem teme o Seu Senhor} [98:8] Acreditamos que Allah está irado com aqueles que merecem Sua Ira e castigodentre os incrédulos e outros além deles (tradução do sentido): {Aqueles que têm pensamentos ruins acerca de Allah, sobre eles cairá um infortúnio de péssima natureza, e Allah irou-se com eles} [48:6] {Mas quem abre seu peito para a descrença, sobre eles recairá a ira de Allah, e terão um formidável castigo} [16:106] 18
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comAfirmação de mais alguns atributos de Allah 10 E nós acreditamos que Allah tem uma nobre e majestosa Face (tradução dosentido): {E permanecerá a Face do Teu Senhor possuindo Majestade e Honra} [55:27] E acreditamos que Allah tem duas Mãos Generosas e Magníficas (tradução dosentido): {Não, ambas Suas Mãos estão distendidas. Ele despende (de Suas Mercês) como Ele quer...} [5:64] {Eles não estimaram Allah de maneira justa. E toda a terra será abarcada por Sua Mão no Dia da Ressurreição e os céus serão enrolados na Sua Mão Direita} [39:67] Acreditamos que Allah tem dois olhos reais, porque Ele disse (tradução dosentido): {E construí a arca diante dos Nossos Olhos como Nós revelamos} [11:37]10 Imám At-Tirmidzí disse em famoso Sunan (3/266-268); depois de citar um hadíth mencionandoa Mão de Allah:“Foi dito por mais de uma pessoa dentre o povo do conhecimento sobre esse hadíth e ahádíth similares comrelação aos Atributos Divinos – como o Senhor, Glorificado e Exaltado seja, descer até o mais baixo céu domundo toda noite – eles disseram: „Afirmai as narrações sobre eles, tende fé neles; não os imagineis nempergunteis como eles são‟. Isso foi narrado de Málik bin Anas, Sufyán bin „Uyainah e „Abdullah bin Al-Mubarak.Com relação a esses ahádíth eles disseram: „Deixai-os como eles vieram, sem perguntar como.‟ Isso é o dito daspessoas de conhecimento do Ahl-us-Sunnah wal-Jama‟ah. Já os Jahmiyah (um grupo desviado), rejeitam essasnarrações e dizem que isso é o mesmo que dizer que os atributos das criaturas e os Atributos de Allah sãosemelhantes (tashbíh). No entanto, Allah o Exaltado mencionou em diversas passagens de Seu Livro [SeusAtributos da] Mão, Audição e Visão, mas os Jahmiyah dão uma interpretação figurativa (ta‟wíl) para essesversos e os explicam de uma maneira diferente da explicada pelas pessoas de conhecimento. Eles dizem: Emverdade Allah não criou Ádam com Sua Mão. Eles dizem: „A Mão [de Allah] na verdade significa Seu Poder!‟Isháq bin Ibrahím disse: „Semelhança é quando alguém diz: a Mão de Allah é como a minha mão, ou Sua Audiçãoé como minha audição. Assim se alguém diz isso, então isso é semelhança. Mas se Alguém diz: Mão, Audição,Visão e ele não pergunta como eles são, nem ele diz que a Audição de Allah é como minha audição, então isso nãoé semelhança.‟” 19
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE disse o profeta  (tradução do sentido) “O Seu Véu é luz, se Ele o removesse, o esplendor de Sua Face aniquilariam a criação até onde Sua Visão se estende” 11Existe um consenso (ijmá‟) dos sábios do Ahl-us-Sunnah que Allah tem doisOlhos, e isso é apoiado pela declaração do profeta , na qual ele disse sobre oDajjál (o Mentiroso, Falso Messias): “Ele é caolho (i.e. só tem um olho), enquanto vosso Senhor não é caolho” [Al-Bukhári e Muslim] 12 E acreditamos que (tradução do sentido): {A visão não pode compreendê-Lo, mas Ele compreende [toda] visão. E Ele é o Complacente, Aquele que compreende todas as coisas} [6:103] E acreditamos que os crentes irão ver o Seu Senhor no Dia da Ressurreição(tradução do sentido): {Nesse Dia algumas faces estarão resplandecentes e radiantes  Olhando fixamente para Seu Senhor} [75:22-23] E cremos que não há nada similar a Allah, devido aos Seus Atributos decompleta perfeição (tradução do sentido): {Não há nada semelhante a Ele, e Ele é o Oniouvinte, o Onividente} [42:11] Nós acreditamos que devido a perfeição de Sua Vida e Auto-Subsistência(tradução do sentido): {Nem sonolência, nem sono O dominam} [2:255]11 Relatado por Muslim (No 175) e Ibn Májah (No 195).12 Relatado por Al-Bukhárí (13/91) e Muslim (No 2193). O consenso referido foi relatado por AbuHasan Al-Ash‟arí em Al-Ibánah (p. 9) onde ele disse: “Ele (Allah) tem dois Olhos, sem [perguntarmos]como (a maneira).” 20
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Nós acreditamos que devido a Sua Justiça Perfeita, Ele não oprime quem querque seja. Acreditamos que Ele nunca está desatento às ações dos Seus servos, devido aSua perfeita Vigilância e Onisciência. Acreditamos que Ele é capaz de fazer qualquer coisa nos Céus e na Terra,devido ao Seu perfeito Conhecimento e Poder (tradução do sentido): {Seu comando, quando quer algo, diz para ele: “Seja” e é} [36:82] 13 Acreditamos que Ele é livre de cansaço e fraqueza, porque Ele possui perfeitaForça (tradução do sentido): {E em verdade Nós criamos os céus e a terra e tudo quanto existe entre ambos, em seis Dias e fadiga alguma Nos tocou} [50:38] Nós afirmamos aqueles Nomes e Atributos que Ele afirmou para Si Próprio,ou que Seu mensageiro  afirmou para Ele. Mas nós nos absolvemos de doisgrandes perigos:1) Atribuir semelhança (Tamthíl) – Que é acreditar com o coração ou dizer coma língua, que os atributos de Allah são como os atributos de Sua criação.13 Ibn Abil-„Izz disse em Sharh-ul-„Aqídat-il-Taháwiyah (p. 137), ao longo de seu comentário sobre oseguinte verso: {E Allah, sobre todas as coisas é Onipotente, Todo-Poderoso} [2:284]“Isso inclui tudo que é possível. Quanto àquilo que é intrinsecamente impossível – como haver uma coisa queexiste e não existe ao mesmo tempo – então, isso não tem realidade alguma, nem sua existência é concebível, nemela é denominada de „uma coisa‟ por concordância de opinião dos inteligentes. Incluído nessa categoria está:[Allah] criar similar a Ele, tornar Ele Próprio não-existente, e outras impossibilidades.”Isso também serve como resposta para a pergunta feita por alguns: „Pode Allah criar uma pedra queEle é incapaz de levantar?‟ O argumento é que se Allah não pode criar tal pedra, Ele não é Todo-Poderoso; mas se Ele pode, então, do mesmo modo Ele não é Todo-Poderoso. A falácia desseargumento está no fato de que tal caso é intrinsecamente impossível e existe somente na mentede certas pessoas. E nem tudo o que a mente conjura tem uma existência que é possível, nem elaé sempre denominada „uma coisa‟Consultar também Majmú‟ Fatáwá (8/8-10) de Ibn Taymiyah. 21
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com2) Perguntar Como (Tak-yif) – é acreditar com o coração ou dizer com a língua,que os Atributos de Allah são desse jeito ou desse outro [tentando explicá-los]. 14 E acreditamos em negar o que quer que Allah tenha negado para Si Próprio ouo que foi negado para Ele por Seu mensageiro ; e [acreditamos] que essanegação inclui afirmação de seu completo e perfeito oposto. 15 E nos calamoscom relação àquilo que Ele ou o Seu mensageiro nunca se pronunciaram. E acreditamos que, seguir esse caminho é uma obrigação necessária. Issoporque o que quer que Allah afirme ou negue para Si Próprio, então é umainformação (khabar) que Allah [nos] informou sobre Si Próprio. E Ele –glorificado seja – é Aquele com mais conhecimento sobre Si Próprio, o maisverdadeiro na palavra, o melhor em relatar; enquanto Seus servos não têmconhecimento sobre Ele [exceto o que Ele revelou].[Além disso] o que quer que Seu mensageiro  afirme ou negue para Ele, entãoela é [também] informação sobre Allah. E ele  é aquele dentre a humanidadecom mais conhecimento sobre Seu Senhor, o mais sincero dentre toda a criação,o mais verídico dentre eles e o mais eloqüente dentre eles. Então nas palavras deAllah e de Seu mensageiro  residem o conhecimento completo e perfeito, averdade e a clareza. Portanto não deve haver desculpa alguma para rejeitá-la nemhesitação alguma em aceitá-la. 1614 Nu‟aym bin Hammád – o shaykh do imám Al-Bukhárí – disse: “Quem quer que assemelhe Allah à Suacriação, descreu; e quem quer que rejeite aquilo com o que Allah descreveu a Si Próprio, descreu. Não hásemelhança alguma [com a criação] naquilo com que Allah descreveu a Si Próprio, ou naquilo com que Seumensageiro O descreveu.” Relatado por Adz-Dzahabí em Al-„Uhiww lil-„Aliyil-Ghafár (p. 97). Suacadeia de transmissão foi declarada sahíh em Mukhtasar Al-„Uluww (p. 184).15 O shaykh deu um exemplo disso em Fathu Rabb-ul-Bariyah (p. 37), dizendo: “Dentre aquilo queAllah nega para Si Próprio está a opressão. O que se intenciona com isso é uma negação de que Allah oprime,enquanto se afirma seu perfeito oposto; que é a completa e perfeita Justiça de Allah. Do mesmo modo, Ele negapara Si Próprio cansaço. Então o que se intenciona é uma negação da fadiga, juntamente com a afirmação de seuperfeito oposto; que é a completa e perfeita Força e Habilidade.”16 Shaykh „Abd-ur-Rahmán As-Sa‟dí disse em Tanbíhát-ul-Latífah (p. 18):“A palavra falhará em clareza de significado por [qualquer uma] de três razões: Ou o falante é ignorante e lhefalta conhecimento; ou lhe falta eloqüência e expressão; ou ele mente e distorce. No entanto, os textos do Livro eda Sunnah são livres de todos os ângulos de tais deficiências. A Palavra de Allah e Seu mensageiro são o ápice daclareza e expressão e o pico da verdade.” 22
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Capítulo II - Al-Qur-aan e a SunnahFontes a partir das quais sabemos dos Seus AtributosTudo o que mencionamos acerca dos Atributos de Allah, quer em geral ou emparticular, afirmativamente ou negativamente, é baseado no Livro do nossoSenhor Al-Qur-aan (O Alcorão) e na Sunnah (tradição profética) do nossoprofeta . E está de acordo com o caminho seguido pelos salaf (predecessores)da ummah (nação) e pelos sábios que guiam para a retidão que vieram após eles etrilharam o mesmo caminho.E vemos que é obrigatório tomar os textos do Al-Qur-aan e da Sunnah, os quaisfalam sobre os Atributos de Allah em seu significado aparente e interpretá-los deuma maneira que seja apropriada a Allah, o Glorioso, o Majestoso.E nos afastamos do caminho daqueles que distorcem os significados destes textose os compreendem de uma maneira que não seja a pretendida por Allah e Seumensageiro .E nos afastamos também do caminho daqueles que negam os significadosdaquilo que foi dito por Allah e Seu Mensageiro; tornando-os textos nulos, semnenhum sentido.E também nos afastamos do caminho dos extremistas que comparam Allah aalgumas das Suas criaturas ou que procuram saber a maneira exata dos Atributos(o como).Livre de ContradiçõesE sabemos certamente que a verdade é aquilo que foi revelado no Livro de Allahe na Sunnah do profeta . Nenhuma parte contradiz outra (tradução dosentido): {E não ponderam eles o Qur-aan? E se fosse vindo de outro que Allah, encontrariam nele muitas discrepâncias} [4:82] 23
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comAs contradições em declarações falsificam-nas. E é impossível que haja umacontradição em qualquer declaração revelada por Allah ou dita pelo Seumensageiro .E quem diz que existem contradições no Al-Qur-aan, na Sunnah ou entre os dois,é porque tem más intenções e um coração desviado, e ele deverá arrepender-se eabandonar o seu erro.E se alguém imagina que existem algumas contradições no Livro de Allah, nosditos do profeta ou entre os dois, este deve ser resultado do seu poucoconhecimento, insuficiente compreensão ou falta de reflexão profunda. Ele deveentão, ir à busca do conhecimento e refletir profundamente até a verdade ser clarapara ele. Se, depois de todos os esforços, a verdade ainda não estiver clara paraele, ele deverá confiar nesse assunto na opinião de um sábio que ele conhece econfia e deverá abandonar sua imaginação. Ele deverá dizer, assim como todosos outros que estão firmemente enraizados no conhecimento dizem (tradução dosentido): {E os de conhecimento firmemente estabelecido dizem: “Cremos nele. Tudo vem do nosso Senhor...”} [3:7]E deve saber que não existem contradições no Al-Qur-aan, nem na Sunnah e nementre os dois, e nem há diferenças. 24
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Capítulo III - Os Anjos Acreditamos Nos anjos (maláika) de Allah e que eles são (tradução dosentido): {Servos honrados  Eles não falam antes d‟Ele falar e eles agem [apenas] de acordo com Seu Comando} [21:26-27] Allah, o Altíssimo os criou, e eles adoram-No e obedecem-Lhe. {eles (i.e. os anjos) não se ensoberbecem, diante de Sua adoração, nem esmorecem (em Sua adoração)  Glorificam-nO, noite e dia; [e] não desanimam jamais} [21:19-20] Allah os ocultou (os anjos) de nós, por isso não podemos vê-los, mas às vezesEle os mostra à alguns dos Seus servos; o profeta Muhammad  viu o anjo Jibríl(Gabriel) na sua forma real, com seiscentas asas que preenchiam o horizonte. 17 E[uma vez] Jibríl tomou a forma de um belo homem, que apareceu a Mariam(Maria) e ela falou com ele, e ele com ela. E ele [uma vez] apareceu ao profeta, quando ele estava entre os seus companheiros, sob a forma de um homem queninguém reconhecia e que não demonstrava qualquer vestígio de uma longaviagem, sua roupa era extremamente branca e seu cabelo bem negro. Ele sentou-se em frente ao profeta , com os seus joelhos encostados aos joelhos do profeta, pousou as palmas de suas mãos nas pernas do profeta  e falou com ele , eeste com ele. E [depois] o profeta  informou aos seus companheiros que essehomem era Jibríl. 18 Nós acreditamos que aos anjos são atribuídas determinadas funções.Dentre eles está Jibríl (Gabriel) a quem é confiada à Revelação. Ele descendecom ela para quem quer que Allah deseje dentre os Seus profetas e mensageiros.E dentre eles está Míkáíl (Miguel) que está encarregado da chuva e do[crescimento] das plantas.17 Relatado por Al-Bukhárí (Nos 3232-3233).18 Relatado por Muslim (No 8) 25
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE dentre eles está Isráfíl que está encarregado de soprar a trombeta (as-súr) nomomento do Desfalecimento e da Ressurreição.E dentre eles está o Anjo da Morte, que está encarregado de tirar as almas daspessoas no momento da morte. 19E dentre eles está o Anjo das Montanhas, que foi encarregado delas.E dentre eles está Málik, o guardião do Fogo do Inferno.E dentre eles estão os anjos encarregados com os embriões nos úteros, outros sãoencarregados de proteger os filhos de Ádam (os seres humanos) e outros sãoencarregados de escrever as ações, e para cada pessoa existem dois anjos(tradução do sentido): Um sentado a (sua) direita e outro a (sua) esquerda (para anotar suas ações)  Nenhuma palavra ele pronuncia, exceto que há um observador pronto para registrá-la  [50:17-18]Existem outros que estão encarregados de questionar questionar os mortos depoisde serem colocados em sua sepultura. Dois anjos vêm até ele e lhe perguntamsobre o seu Senhor, sua religião e seu profeta. 20 Então (tradução do sentido):19 Alguns relatos mencionam que seu nome é „Izráíl; como At-Tabarí relata em seu tafsír(20/175) de Qutádah e outros. No entanto, esse nome não ocorre nem no Qur-aan, nem emnenhum hadíth autêntico; portanto é mais seguro não usá-lo.Consultar: Al-Bidáyah wan-Niháyah (1/50) de Ibn Kathír e Shar-ul-„Aqídat-il-Wásitiyah (1/60)do shaykh Ibn Al-„Uthaymín.20 Relatado por At-Tirmidzí (No 737), no qual os nomes dos dois anjos são dados como Munkire Nakír. O hadíth foi declarado como sendo hasan (bom) pelo shaykh Al-Albání em As-Sahíhah(No 1391).Nota: Os textos do Livro e da Sunnah claramente provam que os anjos são entidades físicas enão meramente forças abstratas. Sobre isso o shaykh disse em Sharh Thaláthat-il-Usúl (p. 93):“Existem pessoas desviadas que negam que os anjos são seres físicos, alegando que eles sãomeramente uma expressão se referindo ao poder do bem inerente nos seres criados. Essa visão éuma rejeição do Livro de Allah, o Altíssimo, e da Sunnah do mensageiro  e do consenso(ijmá) dos muçulmanos.” 26
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Allah torna firmes os que crêem com o firme dito, na vida terrena e na Derradeira Vida. E Allah fará com que se desviem aqueles que são pecadores (opressores). E Allah faz o que quer  [14:27]E dentre eles estão os encarregados com os habitantes do Paraíso (tradução dosentido): E os [anjos] entrarão junto deles, por todas as portas, (dizendo): “Que a paz esteja sobre vós, pelo que perseverastes pacientemente! Então, que excelente é vossa morada final!”  [13:23-24]E o profeta  [nos] informou sobre a Casa Mais Frequentada (Al-Bayt-ul-Ma‟múr), que está nos Céus: “Todos os dias Setenta mil anjos entram [e em outra narração: rezam nela] nunca mais retornando até ela” 2121 Relatado por Al-Bukhárí (No 2207) e Muslim (No 162). O imám At-Tabarí relata em seu tafsír (11/27) que „Alí, que Allah esteja satisfeito com ele, disse sobre Al-Bayt-ul-Ma‟múr: “É uma casa nos céus que está diretamente acima da Ka‟bah. É santificada nos céus, assim como a Casa [i.e. a Ka‟bah] é santificada na terra.” Consultar: As-Sahíhah (No 477) do shaykh Al-Albání. 27
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Capítulo IV - Os Livros de AllahA crença nos Livros de AllahAcreditamos que Allah fez descer livros para Seus mensageiros como orientaçãopara os mundos e com um objetivo para eles. Eles (os mensageiros) ensinarampor meio desses livros a Sabedoria e nos purificaram.E acreditamos que Allah fez descer para cada mensageiro um livro, de acordocom o que disse o Altíssimo (tradução do sentido):{Com efeito, enviamos Nossos mensageiros com as evidências, e por eles, fizemos descer o livro e a balança, para que os homens observem a equidade} [57/25]Livros ConhecidosE dentre esses livros, temos conhecimento sobre:1) A Tauráh que foi revelada a Mussa (Moisés) . E ela é o maior entre oslivros do Povo de Israel (tradução do sentido): {Por certo fizemos descer a Tauráh, nela, há orientação e luz. Com ela, osprofetas se submeteram a Allah, julgavam os judeus e, (assim também), os rabinos e os sacerdotes, porque custodiavam o Livro de Allah, e eram testemunhas dele} [5:44]2) O Injíl que Allah revelou a „Íssa (Jesus) . É uma confirmação da Tauráh eum complemento para ela (tradução do sentido): {E nas pegadas deixadas por eles (os profetas anteriores), enviamos „Ísa binMariam (Jesus filho de Maria) confirmando a Tauráh que veio antes dele, e Nósconcedemos-lhe o Injíl, nele há orientação e luz confirmando a Tauráh, que , veioantes dele, uma orientação e uma admoestação para os tementes a Allah} [5:46] 28
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com {“E para confirmar o que havia antes de mim: a Tauráh, e para tornar lícito, para vós, algo do que vos era proibido...”} [3:50]3) O Zabúr (Salmos) que Allah deu a Daud (Davi) .4) As Folhas de Ibrahim (Abraão) e Mussa (Moisés), que a paz esteja com eles.5) O glorioso Al-Qur-aan (Alcorão) que Allah fez descer sobre Seu profetaMuhammad , o selo dos Profetas. {Como orientação para a humanidade e como evidências da orientação e do critério de julgar} [2:185]E ele veio (tradução do sentido): {...para confirmar os Livros que havia antes dele e para prevalecer sobre eles} [5:48]Assim através do Al-Qur-aan Allah abrrogou (invalidou) todos os livrosanteriores, e Allah garantiu a sua proteção contra qualquer zombaria oudistorções de alteradores:{Por certo, Nós fizemos descer o Al-Qur-aan e, por certo, dele somos Guardiões} [15:9]Pois o Al-Qur-aan continuará sendo uma prova para a humanidade até ao Dia doJulgamento.Escrituras anteriormente modificadasJá os livros anteriores tinham o propósito de um período limitado que acabariacom a revelação daquele que os abrroga (Al-Qur-aan) e expõe suas distorções emudanças; e é por isso que eles não foram protegidos da corrupção, e por issoeles sofreram distorções, adições e deleções (tradução do sentido):{Dentre os judeus, há os que alteram as palavras de (seus) locais corretos} [4:46] 29
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com{Ai daqueles que escrevem o Livro com as suas mãos, e então dizem: “Isto vem de Allah,” para comprar com ele (algo) de pouco preço! Ai deles pelo que suas mãos escreveram e ai deles pelo que lucraram} [2:79] {Dize (Ó Muhammad ): “Quem fez descer o Livro, com que Mussa (Moisés) chegou com luz e orientação para os humanos, que vós (os judeus) tornastes folhas (separadas), mostrando (uma parte) e escondendo (mais)} [6:91] {E por certo, há, dentre eles, um grupo que deturpa com as próprias línguas(enquanto lêem), o Livro (a Tauráh), para que vós possais pensar que é do Livro, mas não é do Livro. E dizem que isso vem de Allah, mas não vem de Allah. E dizem mentiras sobre Allah, e eles sabem disso * Não é (possível) para nenhum ser humano a quem Allah concedeu o Livro, e Al-Hukma (o conhecimento e entendimento das leis da religião, etc.) e a profecia, que diga em seguida, aos homens: “Sede meus adoradores, em vez de Allah”} [3:78-79]{Ó povo do Livro (judeus e cristãos)! Com efeito, Nosso mensageiro chegou-vos, para tornar evidente, para vós, muito do que havíeis escondido do Livro, e passando por cima de muito (i.e. deixando sem explicação). Com efeito, chegou- vos de Allah uma luz (o profeta Muhammad ) e evidente Livro (Alcorão); *Allah guia, com ele os que seguem Seu Agrado aos caminhos da paz; e os faz sair, com Sua permissão, das trevas para a Luz, e guia-os a uma senda reta (monoteísmo islâmico)} [5:15-16]{Por certo, descreram aqueles que disseram: “Em verdade, Allah é o Messias filho de Maria”} [5:17] 30
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Capítulo V - MensageirosCrença nos MensageirosAcreditamos que Allah enviou para suas criaturas, mensageiros (tradução dosentido):{Mensageiros que trazem boas novas e admoestação, para que não houvesse, da parte dos humanos, argumentação diante de Allah, após a vinda dos Mensageiros. E Allah é Todo-Poderoso, Sábio} [4:165]Acreditamos que o primeiro dos mensageiros foi Núh (Noé) e o último foiMuhammad , [e o primeiro profeta foi Ádam (Adão)] (tradução do sentido): {Por certo, Nós te fizemos revelações (Muhammad), como fizemos a Núh e aos profetas, depois dele} [4:163] {Muhammad não é o pai de nenhum dos vossos homens, mas o mensageiro de Allah e o selo dos profetas} [33:40]Os melhores MensageirosE o melhor deles foi Muhammad seguido por Ibrahim (Abraão), Mussa(Moisés), Núh (Noé) e „Íssa bin Mariam (Jesus filho de Maria). São eles osdistinguidos no seguinte dizer de Allah (tradução do sentido): {E quando firmamos, a aliança com os profetas, e contigo e com Núh e com Ibrahim e com Mussa e „Ísa bin Mariam. E firmamos com eles sólida aliança} [33:7]E temos convicção de que a shari‟ah (lei revelada, sistema de vida) deMuhammad , contém todas as virtudes das sharái‟ (pl. de shari‟ah) dosmensageiros distinguidos por suas virtudes, porque Allah disse (tradução dosentido): 31
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com {Ele legislou para vós a mesma religião (Islam) que Ele legislou para Núh, e aquilo que Nós revelamos para ti (Ó Muhammad ), e aquilo que Nós ordenamos a Ibrahim, a Mussa e a „Íssa; dizendo que tu deves estabelecer a religião (i.e. fazer aquilo que se ordena fazer na prática) e não fazer nenhuma divisão nela (religião) (i.e. vários grupos na religião} [42:13]Os Mensageiros são seres humanosAcreditamos que todos os mensageiros são seres humanos criados, nenhum delespossui características próprias da Soberania de Allah, disse o Altíssimo sobreNúh (Noé), que foi o primeiro entre eles a dizer (tradução do sentido): {Eu não vos digo: “Eu possuo os tesouros de Allah”, e “Não sei do ghaib(incognoscível, invisível, oculto)”, e não digo “Por certo eu sou um anjo”} [11:31]E Allah, o Altíssimo ordenou o mesmo a Muhammad , e ele foi o último entreeles, a dizer (tradução do sentido): {Eu não vos digo: “Eu possuo os tesouros de Allah”, e “Não sei do ghaib(incognoscível, invisível, oculto)”, e não digo “Por certo eu sou um anjo”} [6:50]E ele devia dizer (tradução do sentido): {Eu não tenho poder para vos prejudicar ou beneficiar. Dize (ó Muhammad):“Por certo, ninguém pode me proteger da punição de Allah (se eu desobedecesse a Ele), e nem posso encontrar qualquer refúgio exceto com Ele”} [72:21-22]E acreditamos que eles (os mensageiros) são servos entre os servos de Allah. Eleos enobreceu com a mensagem e descreveu-os pela (característica) da servidão,no contexto de louvá-los e honrá-los. E disse sobre o primeiro deles Núh,(tradução do sentido):{Vós sois os descendentes daqueles que carregamos com Núh, por certo, ele foi um servo grato} [17:3] 32
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comAllah disse sobre o último entre eles, Muhammad , (tradução do sentido):{Bendito seja aquele que fez descer o Critério (para diferenciar o certo do errado, i.e. Al-Qur-aan) sobre Seu servo, para que fosse um admoestador para a humanidade} [25:1]E disse sobre outros mensageiros (tradução do sentido):{E recorda Nossos servos Ibrahim (Abraão), Isháq (Isaac) e Yaqúb (Jacó), (todos) possuidores de força (em nossa adoração) e (também) de entendimento religioso} [38:45]{E recorda Nosso servo Daud (Davi), investido com poder. Verdadeiramente, ele sempre retornava arrependido (para Allah)} [38:17] {E a Daud concedemos Sulaiman (Salomão). Quão excelente servo! Verdadeiramente, ele sempre retornava arrependido (para Nós)} [38:30]E disse sobre „Íssa filho de Maria (tradução do sentido): {Ele é apenas um servo, o qual abençoamos e fizemos dele um exemplo para os filhos de Israel} [43:59]E acreditamos que Allah selou todas as mensagens com a mensagem deMuhammad , e o enviou para todas as pessoas, porque Ele disse (tradução dosentido): {Dize (ó Muhammad): “Ó humanidade! Por certo, sou o mensageiro de Allah (enviado) para todos vós. A quem pertence o Domínio dos céus e da terra. Nãoexiste outro Deus além d‟Ele; Ele quem dá a vida e causa a morte. Assim creiam em Allah e em Seu mensageiro (Muhammad), o profeta que não pode ler, nem escrever, que crê em Allah e Suas palavras. Segui-o para que possam ser orientados} [7:158]Islam a mensagem Final e Universal 33
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE acreditamos que a shari‟ah do profeta Muhammad , é a religião do Islam,que Allah escolheu para os seus servos. Ele não aceita de ninguém qualquer outrareligião, pois o Altíssimo disse (tradução do sentido): {Certamente, a verdadeira religião para Allah é o Islam} [3:19] {Hoje aperfeiçoei a vossa religião para vós e completei o Meu favor para convosco, e Escolhi o Islam para (ser) vossa religião} [5:3]{Quem quer que deseje uma religião, diferente do Islam, nunca será aceito dele, e na outra vida, estará entre os perdedores} [3:85]E acreditamos que quem alega [dentre os muçulmanos] que qualquer outrareligião é aceitável perante Allah como o Islam, dentre as religiões judaicas, oucristãs, ou outras além delas é um descrente. E ele deve ser convidado aarrepender-se, e se não se arrepender deve ser executado como apóstata; pois estádesmentindo o Al-Qur-aan.E acreditamos que quem renega a mensagem de Muhammad , (enviada) paratodas as pessoas, em verdade renegou todos os mensageiros, mesmo aqueles queele alega acreditar e seguir. Disse O Altíssimo (tradução do sentido): {O povo de Núh (Noé) rejeitou os mensageiros} [26:105]Assim Allah considera que rejeitaram todos os mensageiros, apesar do fato denão haver mensageiros antes de Núh. E disse o Altíssimo (tradução do sentido): {Por certo, aqueles que não crêem em Allah e Seus mensageiros e querem fazer divisão entre Allah e seus mensageiros, e dizem: “Cremos nalguns e descremos noutros” e querem tomar um meio curso. Esses são na verdade, os descrentes, e temos preparado para os descrentes um humilhante castigo} [4:150-151]E acreditamos que não há profeta após Muhammad o mensageiro de Allah ,equem alega profecia depois dele, ou acredita em alguém que o diz, é umdescrente, pois ele desmente Allah, Seu mensageiro e o consenso dosmuçulmanos. 34
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comOs Califas corretamente guiadosE acreditamos que o profeta , deixou sucessores (Al-Khulafá Ar-Ráshidín – oscalifas bem guiados) para sua ummah (nação) que o sucederam no conhecimento,na dawah (chamado para o Islam) e na liderança dos muçulmanos. E o melhordentre eles, assim como o que tinha mais direito ao califado foi Abu Bakr As-Siddiq, em seguida „Umar bin Al-Khatáb, depois „Uthmán bin „Affán e depois„Ali bin Abi Tálib, que Allah esteja satisfeito com todos eles.E assim ocorreu a sucessão da khiláfah (califado), que foi de acordo com as suasvirtudes. E Allah, o Altíssimo, que possui Sabedoria plena, não colocaria naliderança da melhor das gerações, um homem enquanto há outro melhor dentreeles e mais merecedor da khiláfah.Acreditamos que o inferior entre esses companheiros corretamente guiados, podeser superior numa virtude específica em relação àqueles que eram melhores doque ele, mas ele não merece superioridade absoluta, porque os elementos queconstituem a superioridade são variados e numerosos.E acreditamos que esta ummah é a melhor das nações e a mais nobre peranteAllah, o Glorioso, o Majestoso, de acordo com suas palavras (tradução dosentido): {Sois a melhor nação alguma vez trazida para a humanidade, ordenam Al-Ma‟rúf (o monoteísmo islâmico, e tudo que o Islam ordena) e proíbem Al-Munkar (idolatria e tudo o que o Islam proíbe), e crêem em Allah} [3:110]Os companheiros do ProfetaE acreditamos que os melhores desta nação são os sahábah (companheiros doprofeta ), em seguida os tábi‟ún (seus seguidores) e depois os que lhesseguiram os atbá at-tábi‟ún (seguidores dos seguidores).E também [acreditamos] que um grupo desta nação permanecerá sempre nocaminho da verdade, não será prejudicado por aqueles que os traíram, seopuseram a eles e diferiram deles, até o que chegue o Comando de Allah (Dia doJulgamento), o Glorioso, o Majestoso. 35
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE temos convicção de que o que ocorreu entre os companheiros, Que Allah estejasatisfeito com eles, em termos de fitan (tribulações, aflições e disputas), ocorreupor conta de interpretações sinceras que eles se esforçaram em alcançar. Assimaquele que estava correto será recompensado duas vezes e aquele que estavaerrado será recompensado uma vez, e seu erro será perdoado.E é nossa opinião que não devemos falar sobre seus erros e não devemosrecordar-los exceto através da menção de belos elogios merecidos por eles. Edevemos purificar nossos corações de ódio e malícia contra qualquer um delesporque Allah disse sobre eles (tradução do sentido): {Não se igualam aqueles dentre vós que gastaram e que lutaram antes da conquista de Makkah. Esses são mais altos na hierarquia do que aqueles que gastaram e combateram posteriormente. Porém Allah prometeu a todos uma grande recompensa} [57:10]E Allah disse sobre nós (tradução do sentido): {E aqueles que vieram depois dizem: “Ó Senhor nosso perdoa-nos e aos nossos irmãos, que nos precederam na fé, e não ponha nos nossos corações qualquer malícia contra aqueles que acreditaram. Ó Senhor nosso Tu és Bondoso, Misericordiador”} [59:10] 36
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Capítulo VI - O Dia do JulgamentoCrença no Dia do JulgamentoAcreditamos no último dia, que é o Dia do Julgamento, o qual não haverá diaapós ele, quando as pessoas serão ressuscitadas vivas para permanecerem namorada da recompensa ou na moradia do castigo doloroso.A ressurreiçãoE acreditamos na ressurreição, que é Allah trazer à vida todos os mortos, quandoIsráfíl soprar a trombeta pela segunda vez (tradução do sentido):{E a trombeta será soada e todos aqueles que estão nos céus e na terra cairão porterra, exceto aqueles que Allah poupar. Então a trombeta será soada novamente e eles estarão em pé olhando (em espera)} [39:68]E as pessoas levantarão das suas sepulturas, respondendo ao [chamado do]Senhor dos Mundos. Eles estarão descalços, nus e não circuncidados (traduçãodo sentido):{Como começamos a primeira criação, Nós a repetiremos. (É uma) promessa sobre Nós. Verdadeiramente, Nós a faremos} [21:104]Os registrosE acreditamos nas páginas dos atos (onde eles estão registrados) que serão dadasàs pessoas em sua mão direita, ou por trás de suas costas em suas mãos esquerdas(tradução do sentido): {Aquele a quem for entregue o seu livro em sua mão direita  terá uma prestação de contas fácil  e retornará alegre à sua família  Porém a quem for entregue o seu livro atrás das costas  Ele invocará sua destruição  e será queimado num fogo ardente} [84:7-12] 37
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com {E prendemos todos os atos dos homens aos seus pescoços, e no dia da Ressurreição, apresentaremos para ele um livro que ele encontrará bem aberto *(Será dito para ele): “Leia teu livro. Você mesmo é suficiente como um prestador de contas contra si neste Dia”} [17:13-14]E acreditamos nas balanças (onde serão pesadas as ações) no Dia do Julgamentoe nenhuma alma será tratada injustamente (tradução do sentido): {Assim quem quer que tenha praticado o bem (mesmo que seja) do tamanho de uma pequena formiga deverá vê-lo * E quem quer que tenha praticado o mal (mesmo que seja) do tamanho de uma pequena formiga deverá vê-lo} [99:7-8]{E aqueles cujas balanças (de bons atos) forem pesadas, são os bem sucedidos * e aqueles cujas balanças (de bons atos) forem leves são os que perderam a si mesmos, estarão no inferno eternamente * O fogo queimará suas faces e lá arreganharão seus dentes, com lábios deslocados (desfigurados)} [23:102-4] {Aquele que praticar uma boa ação será recompensado dez vezes por essa boa ação e aquele que praticar o mal será recompensado apenas por esse mal. E eles não serão injustiçados} [6:160]A intercessão (shafa’ah) do ProfetaE acreditamos na grande e especial intercessão do mensageiro de Allah . Elesuplicará a Allah, com a Sua Permissão em nome da humanidade, para quejulgue entre Seus servos quando eles sofrem de preocupações e problemas quenão conseguem suportar. Eles irão para Ádam (Adão), depois para Núh (Noé),depois para Ibrahim (Abraão), depois para „Ísa (Jesus) e finalmente para oprofeta Muhammad .E acreditamos na intercessão para aqueles que entrarem no Fogo dentre osmuçulmanos para que saiam dele e ela é para o profeta (Muhammad) , eoutros além dele dentre os profetas, crentes e anjos. 38
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE (também acreditamos) que Allah tirará do inferno alguns dos crentes sem aintercessão de ninguém, mas por Sua Graça e Misericórdia.[A crença na intercessão do profeta Muhammad , dos outros mensageiros edos anjos não significa que é permitido invocá-los nessa vida, o que é uma formade shirk. E é importante lembrar que esta intercessão só ocorrerá com apermissão de Allah, que a concederá como uma recompensa especial paraalguns de Seus servos]A lagoa (Al-Haud) do ProfetaE acreditamos na haud (lagoa) do mensageiro de Allah , sua água é maisbranca que o leite, e mais doce que o mel, e sua fragrância é melhor que o cheirodo misk (almíscar). Sua extensão é (equivalente a) um mês (de viagem) e sualargura é (equivalente a) um mês (de viagem). Seus copos são como estrelas emnúmero e em beleza. Os crentes de sua ummah (nação) vêm tomar uma bebidaapós a qual nunca mais terão sede.A senda reta (As-Sirát)E acreditamos na senda reta (As-Sirát), posta sobre o inferno, sobre a qual aspessoas passam de acordo com as suas ações: assim o primeiro passa (tãodepressa) como o raio, (aquele que vem) depois (tão depressa) como o vento,depois (tão depressa) como os pássaros e depois (tão depressa) como um homemcorrendo. O profeta permanece no caminho dizendo: “Ó Senhor, salve-o!Salve-o!” de tão pouco que suas ações alcançaram. Algumas delas virãorastejando. Em ambos os lados do caminho existem ganchos concebidos paralevar quem Allah quiser. Disse o profeta:“Alguns serão salvos, mas feridos e outros serão atirados para o inferno” [Al-Bukhári e Muslim]E acreditamos em tudo o que foi relatado no Al-Qur-aan (Alcorão) ou na Sunnah(tradição profética), informando sobre esse dia e seus horrores, que Allah nossalve deles. 39
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE acreditamos na shafa‟ah (intercessão) do profeta , para que o povo doparaíso possa entrar nele. E esta intercessão é específica para o profeta .Paraíso e InfernoE acreditamos no paraíso e no inferno. O paraíso é a morada das bênçãos, queAllah, o Altíssimo, preparou para os crentes piedosos. Dentre suas bênçãos há oque nenhum olho viu, o que nenhum ouvido ouviu, e o que ser humano algumjamais pensou que eles desfrutariam aí (tradução do sentido): {Nenhuma pessoa sabe o que é mantido escondido para elas de conforto como recompensa pelo que costumavam fazer} [32:17]E o inferno é a morada do castigo que Allah preparou para os descrentes e ospecadores. A tortura e o horror nele não podem ser imaginados (tradução dosentido): {Certamente, preparamos para os zálimín (idólatras, pecadores), um Fogo cujas paredes estarão circundando-os (os descrentes da Unicidade de Allah). E se eles pedirem por ajuda (alívio, água, etc.), serão ajudados com água como metal fundido que lhes escaldará seus rostos. Quão terrível a bebida e quão terrível lugar de descanso} [18:29]Ambos, paraíso e inferno existem agora e jamais se extinguirão (tradução dosentido): {E quem acredita em Allah e pratica o bem, será introduzido em jardins abaixodos quais correm rios, onde permanecerá eternamente. Certamente, Allah fez para ele uma excelente provisão} [65:11] {Certamente, Allah amaldiçoou os incrédulos e lhes preparou o tártaro * Ondepermanecerão eternamente; não encontrarão protetor ou socorredor * (No) dia em que seus rostos forem virados para o fogo, dirão: “Oxalá tivéssemos obedecido a Allah e ao mensageiro!”} [33:64-66]E confirmamos o paraíso para todo aquele confirmado pelo Livro (Alcorão) oupela Sunnah, quer por nome ou descrição. Entre aqueles que foram confirmados 40
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.compor nome estão Abu Bakr, „Umar, „Uthman, „Ali e todos os outros que foramespecificados pelo profeta [Al-Bukhári e Muslim]. E entre aqueles para quemfoi confirmado o paraíso por descrição estão todos os crentes tementes.E confirmamos o inferno para todo aquele confirmado pelo Livro (Alcorão) oupela Sunnah, quer por nome ou descrição. Entre aqueles que foram confirmadospor nome estão: Abu Lahab e „Amr bin Luhai Al-Khuza‟i, dentre outros [Al-Bukhári e Muslim]. E entre aqueles para quem foi confirmado o inferno pordescrição estão todos os incrédulos, idólatras praticantes de shirk (idolatria)maior ou hipócritas.O que acontece na sepulturaE acreditamos na fitnah (teste, aflição) da sepultura, e fazem parte dela asperguntas feitas ao falecido em sua sepultura, acerca do seu Senhor, sua religiãoe seu profeta (tradução do sentido):{Allah confirma aqueles que crêem com um firme dizer, nesta vida e na próxima} [14:27]Então o crente dirá: “meu Senhor é Allah, e minha religião é o Islam e meuprofeta é Muhammad”. Enquanto os descrentes e os hipócritas dirão: “Eu não sei.Ouvi as pessoas dizerem algo e também disse.”E acreditamos no conforto da sepultura para os crentes (tradução do sentido):{Aqueles cujas vidas os anjos tomarem em estado de pureza, dirão: “a paz esteja convosco! Entrai no paraíso pelo que estáveis fazendo”} [16:32]E acreditamos no castigo da sepultura para os pecadores incrédulos (tradução dosentido): {E se vós pelo menos pudésseis ver quando os zálimún (idólatras e pecadores) estão na agonia da morte, enquanto os anjos estão esticando suas mãos, (dizendo): “Entreguem vossas almas! Hoje vós sereis recompensados com o tormento da humilhação, pelo que vós costumáveis dizer de mentiras acerca de 41
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Allah e pelo que costumáveis rejeitar de Seus ayát (provas, evidências, versos, sinais, revelações, etc.) com desrespeito!”} [6:93]E os ditos do profeta sobre isso são numerosos e conhecidos. Desse modo ummuçulmano deve acreditar em tudo o que foi relatado no Livro (Alcorão) e naSunnah relativo às questões do incognoscível, e ele não deve contradizê-los porsua experiência mundana, porque os assuntos da outra vida não podem sermedidos pelos assuntos desta vida, devido à clara e enorme diferença entre eles.E Allah é a fonte de ajuda. 42
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Capítulo VII – Decreto DivinoCrença no Decreto (Al-Qadr)E acreditamos no Al-Qadr (decreto divino), o bom dele e o ruim dele, o qualAllah tem medido e ordenado para todas as criaturas de acordo com o Seuconhecimento prévio e julgado adequado por Sua Sabedoria.Níveis de crençaE Al-Qadr tem quatro níveis:1) Al-‘Ilm (O Conhecimento): Nós acreditamos que Allah, Exaltado seja, temconhecimento sobre tudo. Sabe o que aconteceu e o que vai acontecer e como iráacontecer com Seu conhecimento que é eterno. Ele não adquire novoconhecimento depois da ignorância e nem esquece depois de ter conhecido.2) Al-Kitábah (A Escrita): Nós acreditamos que Allah escreveu na Al-Lawh Al-Mahfúz (Tábua Preservada) tudo o que vai acontecer até ao Dia do Julgamento(tradução do sentido): {Vós não sabeis que Allah sabe o que existe no céu e na terra? Certamente, isso está num livro. Certamente, isso para Allah é fácil} [22:70]3) Al-Mashiyah (A Vontade): E cremos que Allah tenha desejado tudo o que estános céus e na terra. Nada acontece exceto por Sua Vontade. O que quer que Eledeseje terá lugar e o que quer que Ele não deseje não terá lugar [ver os dois tiposde vontade de Allah no capítulo 1].4) Al-Khalq (A Criação): Nós acreditamos que Allah, O Altíssimo é (traduçãodo sentido): {Criador de todas as coisas e Ele é o Guardião de todas as coisas * e a Ele pertencem as chaves dos céus e da terra} [39:62-63] 43
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comE esses quatro níveis incluem o que quer que o próprio Allah faça e o que querque suas criaturas façam. Assim, cada dizer, ação ou omissão das criaturas éconhecida por Allah, está escrito junto dele, e Allah a desejou e a criou (traduçãodo sentido): {Para quem quer dentre vós que deseje ser reto * Mas vós não desejais exceto se Allah desejar, Senhor dos Mundos} [81:28-29] {tivesse Allah desejado, não teriam lutado um contra o outro, mas Allah faz o que Ele deseja} [2:253] {Se Allah desejasse, não o teriam feito, então os deixai sozinhos e aquilo que inventam} [6:137] {E Allah vos criou e aquilo que vós fazeis} [37:96]O livre arbítrio do ser humanoMas nós também acreditamos que Allah concedeu ao homem capacidade deescolha e qudrah (habilidade e poder) e é por meio delas que ele executa as suasações. E a prova de que as ações dos servos são feitas por sua livre escolha ecapacidade são as seguintes:1) Allah diz (tradução do sentido): {Portanto, abordem os vossos campos (esposas) quando e como desejarem} [22:23] {Se tivessem desejado sair (para combater), eles teriam se preparado para isso} [9:46]Neste verso, Allah afirmou que o homem: “sai” por sua vontade e se “prepara”por seu desejo.2) Direcionamento da ordem e da proibição para o servo, e se ele não possuíssecapacidade de escolha e poder, significaria que Allah está pedindo ao homempara fazer o que ele não pode fazer. E esta proposta é rejeitada pela Sabedoria de 44
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comAllah, Sua Misericórdia e verdadeira declaração, quando disse (tradução dosentido): {Allah não impõe a alma alguma além de sua capacidade} [2:286]3) Elogio ao muhsin (virtuoso) por sua boa ação e censura ao pecador por seuserros e a recompensa de cada um deles pelo que merece. E se a ação não fossefeita por vontade do servo e escolha sua, então o elogio ao virtuoso seria umazombaria e a punição ao pecador seria uma injustiça, e Allah está muito acima dezombaria e da injustiça.4) Allah tem enviado mensageiros (tradução do sentido):{Anunciadores (de boas novas) e admoestadores, para que as pessoas não tenham qualquer argumento contra Allah depois dos mensageiros} [4:165]E se as ações do indivíduo não fossem realizadas por sua vontade e escolha, suaargumentação não seria invalidada pelo envio dos mensageiros.5) Cada um que faz uma ação, sente que ele faz ou deixa de fazer algo semqualquer coerção. Ele ergue-se e senta-se, entra e sai, e viaja e permanece por suapura vontade, sem sentir que alguém o obriga a qualquer uma destas ações. Defato, ele distingue claramente entre fazer algo por sua livre vontade e alguém oforçar a fazer estas ações. E do mesmo modo, a Lei Islâmica também sabiamentedistingue (entre esses casos). Assim ela não pune alguém pelo pecado cometidoquando ele o faz compelido.O pecador não pode se desculpar com a predestinação quando comete umpecadoE consideramos que o pecador não pode usar o Decreto de Allah comoargumento quando comete um pecado, porque o pecador comete o pecado porescolha sua, sem saber o que Allah tinha decretado para ele, porque ninguémsabe o Decreto de Allah até que ele tenha acontecido (tradução do sentido): {Nenhuma alma sabe o que irá ganhar amanhã} [31/34] 45
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comComo é possível então, apresentar uma desculpa que não era conhecida para apessoa que a está apresentando quando cometeu sua ofensa. E Allah invalidoueste tipo de argumento através de Suas palavras (tradução do sentido): {Os idólatras dirão: “Se Allah quisesse não teríamos praticado idolatria, nemteriam nossos pais, nem teríamos proibido qualquer coisa (contra Sua Vontade).” Desse modo desmentiram aqueles que vieram antes deles (eles debateramfalsamente com os mensageiros de Allah), até que provaram de Nossa Ira. Dize: “Tereis conhecimento (prova) que podereis mostrar-nos? Por certo, vós nada seguíeis além de suposição, e vós não fazeis nada além de mentir”} [6:148]Nós dizemos ao pecador que está usando o Decreto de Allah como desculpa:“Porque não agíeis em obediência, assumindo que Allah a decretou para vós,pois não há diferença entre ela (a obediência) e o pecado (já que não se sabe oque foi decretado), até que você execute sua ação? É por isso que, quando oprofeta Muhammad informou aos seus companheiros que a posição de cadaum no paraíso ou no inferno já tinha sido escrita, eles disseram:“„Acaso não devemos confiar (naquilo que foi decretado) e abandonar as obras?‟”Ele disse: „Não, trabalhai, que cada um de vós achará fácil agir segundo o que foicriado para ele‟” [Al-Bukhári e Muslim]E nós dizemos ao pecador que usa o Decreto como uma desculpa: “Se vocêquisesse viajar para Makkah e existissem dois caminhos que podem levá-lo atélá. Uma pessoa de confiança lhe disse que um deles é perigoso e difícil e osegundo é seguro e fácil, então você seguirá o segundo e não é possível que vocêsiga o primeiro e diga: “Ele foi decretado para mim. Se assim o fizer, as pessoasirão considerá-lo louco”.E também lhe dizemos: “Se te forem oferecidos dois empregos, um dos quaistem o salário mais alto, você irá certamente para o que tem o salário mais alto.Porque então escolhes para tua alma em teu trabalho para a outra vida aquilo queé mais baixo e em seguida usa o decreto divino como desculpa?”E lhe dizemos ainda: “Nós vemos que quando és afligido por uma doença em teucorpo, bate à porta de cada médico à procura de tratamento e toleras as dores quepossam resultar de uma operação cirúrgica e do amargor de um remédio. Porque 46
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.comnão fazeis o mesmo quando teu coração está doente em decorrência dospecados?”O mal não deve ser atribuído a AllahE acreditamos que o mal não deve ser atribuído a Allah, devido à sua perfeitaSabedoria e Misericórdia, disse o profeta :“E o mal não é atribuído a vós” [Muslim]Assim o Decreto de Allah, por si mesmo, não tem mal algum, porque é originadode misericórdia e sabedoria.O mal pode, no entanto, resultar de alguns de Seus decretos, uma vez que oprofeta disse na súplica do Qunút, que ele ensinou à Al-Hasan:“E proteja-me do mal que Vós decretastes” [At-Tirmidzi e outros]Assim ele atribuiu o mal ao que Allah decretou. Apesar disto o mal em Seusdecretos não é um mal puro ou absoluto. É mau num aspecto e bom num outro,ou num caso é mau noutro é bom.Assim a corrupção na terra resultante da seca, doença, pobreza e medo é mau,mas é bom noutro aspecto, disse Allah, O Altíssimo (tradução do sentido): {Al-Fasád (mal, corrupção) apareceu na terra e no mar pelo que as mãos doshomens ganharam (através da opressão e pecados), para que Allah possa fazê-los provar uma parte daquilo que eles têm feito, a fim de que eles possam retornar (arrependendo-se para Allah, e implorando Seu Perdão)} [30:41]O corte da mão de um ladrão e o apedrejamento do adúltero é mal para eles [peloque sofrem nesta vida], mas é bom para os dois com relação à outra vida, já queserá uma expiação [de seus pecados], para que o castigo desta vida e da próximanão sejam combinados. E eles também são bons em outro aspecto: a suaaplicação protege a propriedade, a honra, as linhagens e as relações familiares. 47
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Capítulo VIII – Frutos dessa CrençaEsta crença sublime, baseada nestes grandes princípios, produz nos crentes frutosmagníficos e numerosos.A crença em Allah, o Altíssimo, e em Seus Nomes e AtributosA crença em Allah, e em Seus Nomes e Atributos incute no indivíduo o amor àAllah e Sua glorificação, que resultam no cumprimento de Suas ordens e noafastamento de Suas proibições, que são os meios através dos quais se atinge afelicidade completa nesta vida e na próxima, tanto para o indivíduo, como para asociedade (tradução do sentido): {Quem quer que pratique o bem, seja homem ou mulher, e é crente (no Monoteísmo Islâmico), certamente, fá-lo-emos viver vida benigna (neste mundo com respeito, contentamento e provisão lícita), e Nós recompensá-los-emos com prêmio melhor que aquilo que faziam} [16:97]E entre os frutos da crença nos Anjos1) O conhecimento da Grandeza do Criador deles, bendito seja o Altíssimo, e deSeu Poder e a Sua Soberania.2) Gratidão e agradecimento ao Altíssimo pelo Seu cuidado com Seusadoradores, já que Ele atribuiu a alguns anjos a proteção deles, e recordação desuas ações e outras coisas para seu benefício.3) Amor pelos anjos, pelo que fazem, dentre os atos de adoração à Allah, oAltíssimo, da melhor maneira possível e por pediram perdão para os crentes.E entre os frutos da crença nos Livros1) O conhecimento da misericórdia de Allah, o Altíssimo, e o cuidado para comsuas criaturas, enviando um livro para cada nação para sua orientação. 48
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com2) Demonstração da sabedoria de Allah, o Altíssimo, porque Ele legislou nesseslivros para cada nação o que lhes era mais adequado. E o selo desses livros foi oglorioso Al-Qur-aan (Alcorão) adequado para todas as criaturas em todas as erase lugares até ao Dia do Julgamento.3) Gratidão pela misericórdia de Allah por tudo isso.E entre os frutos da crença nos Mensageiros1) O conhecimento da misericórdia de Allah, o Altíssimo, e o cuidado para comsuas criaturas, ao enviar-lhes os nobres mensageiros para sua orientação e retidão2) Gratidão e agradecimento ao Altíssimo por esta grande graça.3) Amor e respeito pelos profetas e louvor por aquilo que fizeram, porque sãomensageiros de Allah, sinceros em sua adoração. Realizaram [somente] paraAllah sua adoração e transmitiram a Sua mensagem, deram sincero conselho aos[servos] adoradores e suportaram com paciência tudo que sofreram.E entre os frutos da crença no Último Dia1) O esforço para obedecer a Allah, o Altíssimo, desejando ardentemente Suarecompensa nesse Dia, e o afastamento de qualquer desobediência a Ele,temendo Seu castigo nesse Dia.2) Consolo para o crente, para o que quer que seja que ele perde em prazeresmundanos, por aquilo que ele espera obter de bênçãos e recompensas na próximavida.E entre os frutos da crença no Decreto Divino1) Dependência e confiança em Allah, quando se faz alguma ação, porqueambos, a causa e o efeito são resultado do Decreto de Allah.2) Conforto da alma e tranqüilidade do coração, pois quando o indivíduo sabeque tudo é pelo Decreto de Allah e que desgostos vão acontecer de qualquer 49
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.commaneira, a sua alma estará tranqüila e o seu coração satisfeito com o Decreto doSenhor. Assim ninguém tem uma vida mais confortável, uma alma livre depreocupações e uma tranqüilidade mais forte do que um crente no Decreto.3) Eliminação da arrogância quando a meta é alcançada, uma vez que esta é umabênção de Allah, através da qual Ele decretou as causas do bem e do sucesso.Assim o indivíduo deve agradecer a Allah por isso e libertar-se da sua própriaarrogância.4) Eliminação da preocupação, da impaciência e do descontentamento, em casode fracasso em se alcançar algo ou da ocorrência de infortúnio; porque issoocorreu de acordo com o Decreto de Allah, que possui a Soberania dos céus e daterra; e aconteceria de qualquer maneira; assim o indivíduo deve ser pacientecom isso esperando a recompensa [de Allah].E Allah, o Altíssimo chama a atenção para isso com as seguintes palavras(tradução do sentido):{Nenhuma desgraça ocorre, na terra, nem em vós mesmos, sem que esteja em umLivro, antes mesmo de Nós a criarmos. Por certo, isso, para Allah fácil. (Assim é), para que vos não aflijais com o que perdestes nem jubileis com o que Ele vos concedeu. E Allah não ama a nenhum presunçoso, vanglorioso} [57:22-23]Assim pedimos a Allah, o Altíssimo, que nos firme nessa crença, e confirme emnós Seus frutos, e aumente Suas bênçãos, e que não permita que nossos coraçõesse desviem depois de nos ter encaminhado, e que Ele nos conceda uma bênçãovinda de Si. Verdadeiramente Ele é o Doador. E todos os louvores são paraAllah, Senhor dos Universos, e que a paz e bênçãos de Allah estejam com oprofeta Muhammad, sua família, seus companheiros e aqueles que os seguiramno caminho correto. 50
    • Centro Islâmico do Ceará www.fortalezadoislam.com Shaykh Muhammad bin Sálih Al-„UthaymínEle era Abu „Abdullah Muhammad bin Sálih bin Muhammad bin „Uthaymín At-Tamímí An-Najdí, nasceu na cidade de Unayzah, na região do Qasím no dia 27de Ramadán de 1347H (1926 D.C.) numa família famosa por sua religiosidadeEle recebeu sua educação de muitos sábios proeminentes como shaykh „Abd-ur-Rahmán As-Sa‟dí, shaykh Muhammad Amín Ash-Shanqítí e shaykh „Abd-ul-„Azíz bin Báz.Quando ele começou a ensinar, um grande número de estudantes da ArábiaSaudita e de outros países se beneficiou dele. Ele tinha seu estilo único deinterpretação e explicação de assuntos religiosos. Ele foi um daqueles sábios queserviram o Islam sem nenhum tipo de preconceito religioso e que se mantiveramafastados das limitações de seguir cegamente a opinião de um determinadomadzhab (escola de jurisprudência). Ele se distinguiu em seu grande empenhonas questões religiosas e deduções analógicas que claramente provavam oentendimento religioso que ele possuía, e o uso correto dos princípios da religião,que ele havia adotado.Ao dar veredictos religiosos (fatáwá), ele assim como o shaykh Ibn Báz sebaseava na evidência do Qur-aan e da Sunnah, e seus veredictos chegaram asomar cerca de cinquenta compilações. Ele ensinou Fundamentos da Religião naFaculdade de Sharí‟ah da Universidade Islâmica Muhammad bin Sa‟úd noQasím. Ele foi também um membro do Conselho dos Grandes Sábios do Reinoda Arábia Saudita e ainda imám e khatíb (aquele que profere o sermão de sexta-feira) da grande mesquita da cidade de Unayzah.O shaykh morreu numa quarta-feira, dia 15 de Shawwál de 1421H (10/01/2001)com 74 anos de idade. Que Allah tenha misericórdia de sua alma, áamín. 51