Pré-Modernismo

36,642 views
36,146 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
14 Likes
Statistics
Notes
  • Muito bom o trabalho da porfessora Maria Cristina A. Biagio. Contribui muito para que se entenda melhor o período de transição conhecido com 'Pré-modernismo' na literatura brasileira.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
36,642
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,438
Actions
Shares
0
Downloads
1,388
Comments
1
Likes
14
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pré-Modernismo

  1. 1. Pré-Modernismo Professora: Mª Cristina A. Biagio ( WEBER, Telma, Boiadeiro - 100x80cm - O.S.T.)
  2. 2. O Pré-Modernismo não constitui uma escola literária, mas um período de transição para o modernismo. Realismo Naturalismo Parnasianismo Simbolismo Pré- Modernismo 1902 Os Sertões Canaã 1922 Semana de Arte Moderna Modernismo Vanguardas Européias
  3. 3. Frase Marcante do Pré-Modernismo: “O Sertanejo é, antes de tudo, um forte.” (Euclides da Cunha) De um lado a forte influência de tendências artísticas da segunda metade do século XIX, de outro a grande renovação modernista sendo preparada. Projeto literário do Pré-Modernismo: Olhar para o Brasil e usar a literatura como meio de torná-lo mais conhecido pelos brasileiros. Busca de uma linguagem mais simples e coloquial.
  4. 4. <ul><li>A literatura popular e suburbana de Lima Barreto . </li></ul><ul><li>A proposta modernizadora de Graça Aranha . </li></ul><ul><li>As manifestações polêmicas de Monteiro Lobato . </li></ul><ul><li>A erudição assombrosa de Euclides da Cunha . </li></ul><ul><li>A poesia escatológica de Augusto dos Anjos . </li></ul>Período sincrético – Cada autor procurou retratar o Brasil a sua maneira.
  5. 5. O Pré-Modernismo é uma literatura de Crítica Social . Características: Mostra o Brasil real, com seus Conflitos Político-Sociais . Desmistifica o Romantismo e seu Nacionalismo Ufanista . Portanto, um Nacionalismo Crítico-Amargo .
  6. 6. Quantos brasis existem neste nosso país? <ul><li>“ Precisamos descobrir o Brasil! Escondido atrás das florestas, Com a água dos rios no meio, O Brasil está dormindo, coitado!” </li></ul><ul><li>Carlos Drummond de Andrade </li></ul>
  7. 7. Que Brasil é este? É o Brasil desigual... Rural Urbano civilizado politizado refinado Anacrônico/retrógrado Brutalizado Fanatizado Tema de Euclides da Cunha
  8. 8. O Brasil Caipira Anacrônico/retrógrado Indefeso/sem armas Analfabeto Tema de Monteiro Lobato Obtuso – pouco conhecimento Urupês (Jeca Tatu) Cidades Mortas
  9. 9. O Brasil da Marginalização Urbana O negro O funcionário público Os alcoólatras Mestiço, sofreu o preconceito de uma sociedade que discriminava as pessoas. Em seu funeral, ignorado pelos intelectuais da época, compareceram pobres anônimos e suburbanos, sobre quem escreveu. Lima Barreto Subúrbio
  10. 10. Brasil: Terra de Canaã Com a abolição da escravatura o Brasil passou a importar mão-de-obra estrangeira. Surgem os conflitos de adaptação e questões raciais. Graça Aranha : Canaã
  11. 11. Lima Barreto <ul><li>Romances principais: </li></ul><ul><li>Recordações do Escrivão Isaías Caminha; </li></ul><ul><li>Triste Fim de Policarpo Quaresma; </li></ul><ul><li>Clara dos Anjos. </li></ul><ul><li>Mestiço humilde. </li></ul><ul><li>Nasceu e morreu no Rio de Janeiro. </li></ul><ul><li>Funcionário público e jornalista. </li></ul><ul><li>Alcoólatra. </li></ul><ul><li>Duas vezes recolhido ao hospício. </li></ul>
  12. 12. Uma vida marcada pela tragédia <ul><li>Euclides da Cunha </li></ul><ul><li>Obras: </li></ul><ul><li>Os Sertões; </li></ul><ul><li>Peru Versus Bolívia; </li></ul><ul><li>Contrastes e confrontos; </li></ul><ul><li>À Margem da História. </li></ul>Engenheiro; militar; jornalista; escritor. Foi assassinado pelo amante da mulher.
  13. 13. Monteiro Lobato <ul><li>Escritor polêmico; </li></ul><ul><li>Criticava o atraso do país, mas colocou-se contra o Modernismo; </li></ul><ul><li>Criticado por preconceito; </li></ul><ul><li>Escreveu literatura infantil e literatura “para adulto”. </li></ul>
  14. 14. CANAÃ, de Graça Aranha <ul><li>Graça Aranha, escritor e diplomata brasileiro, foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras. Seu estilo filosófico e artístico vem encantando gerações. </li></ul><ul><li>Canaã é um belíssimo romance de tese que retrata a vida de imigrantes europeus no Brasil, especificamente no Espírito Santo. </li></ul><ul><li>Um dos raros romances com características simbolistas da nossa literatura – é possível perceber, apesar de o romance ter sido publicado em 1902, a preocupação com o meio ambiente. </li></ul>
  15. 15. Pré-Modernismo - Poesia <ul><li>Augusto dos Anjos (1884-1914) </li></ul><ul><li>Embora formado em Direito foi professor de Literatura a vida toda. </li></ul><ul><li>Poeta que explorou as temáticas da podridão, da decomposição e dos terrores noturnos. </li></ul><ul><li>Publicou uma única obra: Eu </li></ul>

×