• Like
  • Save
Planejamento de comunicação e mídias   unicesumar, ibope e ipos marplan
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Planejamento de comunicação e mídias unicesumar, ibope e ipos marplan

on

  • 1,049 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,049
Views on SlideShare
1,049
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
25
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Planejamento de comunicação e mídias   unicesumar, ibope e ipos marplan Planejamento de comunicação e mídias unicesumar, ibope e ipos marplan Presentation Transcript

    • Planejamento de Comunicação e Mídias, em parceria com a Unicesumar, Ibope e Ipos Marplan - dez/13 - Planejamento de Comunicação Curso de Planejamento de Comunicação e Mídias
    • Cris Alessi Formada em Publicidade e Propaganda pela PUC-PR e pósgraduada em Marketing pela UFPR. Planejamento, gerenciamento e desenvolvimento de ações digitais; estratégias em mídias sociais, campanhas e promoções on-line e monitoramento. Alguns clientes:
    • O que é planejamento?
    • O que é planejamento? Objetivos Estratégias Táticas Implantação/ Acompanhamento Resultado
    • O que é preciso pra planejar? • • • • • Entender o cliente Entender o produto/ serviço Conhecer o público alvo Entender a problemática (objetivos) Ter definidos prazos, verbas... Briefing
    • O que o cliente espera? • • • • Resposta direta? Branding, relacionamento, envolvimento? Interatividade? Awareness?
    • Por onde começar? Briefing
    • Por onde começar? Pesquisa
    • Planejar a comunicação não é definir os meios e os veículos, nem somente o tipo da campanha, trata-se de orientar o caminho a ser seguindo.
    • • • Como a comunicação poderá solucionar o problema do cliente? Qual estratégia criativa deverá ser adotada? (conceito, posicionamento linguagem a ser adotada, imagem a ser construída) • • Que esforço é necessário? Qual estratégia de mídia é necessária?
    • O que buscamos quando analisamos o público alvo • • • • • • • Assuntos de interesse Finalidade do uso de um determinado meio Como interage com determinado meio Hábitos de consumo Hábitos de lazer Perfil atitudinal ...
    • O que buscamos quando analisamos o meio • • • • • • Cobertura e afinidade Tempo de navegação Horário de Consumo Meios mais adequados Canais mais adequados ...
    • Briefing Planejamento Criação “Criação sem planejamento é chute, planejamento sem criatividade é um chute no saco” Júlio Ribeiro
    • • Transformando números em dados
    • Ferramentas de pesquisa de mídia • Ipsos Marplan • Ferramentas Ibope OFF • Ibope NetRatings • Comscore • Hitwise ON • Google Adplanner, Trends, Adwords
    • Ibope NetRatings • Mede o tráfego de sites, perfil demográfico, perfil do internauta, relatórios sobre a receptividade aos anúncios de banners e ranking de anunciantes.
    • Comscore • Fornece uma visualização completa dos hábitos de consumo de sua audiência, assim como de seu grupo competitivo, junto com informações demográficas e de visitação cruzada.
    • Hitwise • Fornece dados de segmentação, mensuração de desempenho de campanha, de campanhas de marketing de busca (SEM e SEO) e monitora concorrência.
    • Google Adplanner • Ferramenta gratuita do Google, na qual você consegue identificar sites que um determinado público alvo provavelmente acessará. Também é possível informar um site e, a partir deste, encontrar outros sites relacionados e que também foram visitados pelo público do site inicial.
    • Google Trends • É uma ferramenta do Google que mostra os mais populares termos buscados em um passado recente. No planejamento ajuda a entender o quanto um termo de busca é relevante para o seu público.
    • Google Adwords • É o principal serviço de publicidade da Google. Sendo um modo de adquirir publicidade altamente segmentada independentemente de qual seja o orçamento do anunciante.
    • Ferramentas de Mensuração • • • • Os próprios veículos Empresas de Adserver Google Analytics Conversão em redes sociais
    • Veículos • Os próprios veículos enviam relatórios da entrega de impressões, volume de cliques, CTR e calculam o CPM pago ao fim da campanha de mídia online.
    • Empresas de Adserver • Adserver é o software utilizado para controlar e definir qual anúncio terá maior desempenho, contar impressões e cliques e elaborar relatórios da performance da campanha.
    • Analytics • É o processo de medição, coleta, análise e a produção de relatórios de dados de navegação e interação com o objetivo de entender e otimizar o uso dos sites e páginas na Internet.
    • Relatórios Redes Sociais
    • Ferramentas de Monitoramento Acessar - http://www.elife.com.br/servico-monitoramento/
    • Ferramentas de Monitoramento
    • Ferramentas de Monitoramento
    • Ferramentas de Monitoramento
    • Ferramentas de Monitoramento
    • Ferramentas de Inteligência Acessar - http://www.socialbakers.com/all-social-media-stats/facebook/country/brazil/
    • Ferramentas de Inteligência
    • Ferramentas de Inteligência
    • Klout – afere influência do usuário
    • PeerIndex – afere influência do usuário
    • Booshaka – encontra top fãs
    • Possibilidade de Monitoramento http://www.causabrasil.com.br/
    • Monitorar para entender • Medir • Analisar • Agir Não basta medir, é preciso entender. Não basta entender, é preciso saber como agir.
    • Como tratar as informações
    • Definindo o meu público
    • Definindo o meu público
    • Definindo o meu público
    • Quem realmente é meu P.A.?
    • Comportamento Nicho
    • O que é planejamento? Objetivos Estratégias Táticas Implantação/ Acompanhamento Resultado
    • Consumo dos Meios 120 100 80 60 40 20 0 TV aberta Mídia extensiva Internet Rádio FM TV paga Revista Jornal Cinema Rádio AM Fonte: Ibope 2013
    • Dados sobre TV aberta no Brasil Assistem 20 horas de televisão por semana 97,2% domicílios com TV (IBGE 2012) Em 2013 houve aumento de 59% no número de brasileiros que usam laptops para assistir à TV fora de casa. 68% querem ter acesso total à TV e a conteúdos de vídeo em seus dispositivos móveis O conteúdo mais acessado são os filmes, seguido pelas notícias, esporte e novelas 72% dos assinantes de TV paga no Brasil continuam assistindo a canais de TV aberta. Fonte: Motorola Mobility, IBOPE, Data Pop
    • Dados sobre mídia extensiva Antiga Mída Alternativa, depois Mídia Exterior, agora OOH – Out Of Home Media. 18mil Locais com 74% dos brasileiros classe A notam OOH Supermercado, ônibus e shopping são mais notados. OOH no Brasil Mídia que possui a maior proximidade com o consumidor Backlights, frontlights, outdoor, busdoor, adesivos externos, frota, totens, etc Fonte: Midia Dados, Marplan
    • Dados sobre Internet no Brasil 87% acessam a web semanalmente e ficam em média 48horas e 26minutos online 100 milhões de internautas 38% acessam a web diariamente (56% população) 87% utilizam a web para pesquisar sobre produtos e serviços 70% buscam opiniões online de outros usuários antes de realizar uma compra Fonte: IBGE – 2013 / Ibope 2013
    • Dados sobre Internet no Brasil A quantidade de internautas no Brasil aumentou 143,8% em 6 anos 100 milhões de internautas (56% população) A meta do governo é que até 2018 a internet esteja disponível a 90% da população O Norte e Nordeste, que antes eram pouco conectados tiveram grande crescimento. Alagoas liderou o aumento O crescimento mais significativo foi entre os brasileiros acima de 50 anos Fonte: IBGE – 2013 / Ibope 2013
    • Dados sobre Internet no Brasil Fonte: IBGE – 2012/13
    • Consumo dos meios O rádio atinge 49% da população brasileira entre 12 e 75 anos. 48% pertence à classe C. 31% dos brasileiros leem jornais. A circulação dos jornais no Brasil aumentou em 2012 Quase 35% dos brasileiros leem revistas Projeção da ABTA indica que 65% dos lares brasileiros terão TV paga até 2018 Brasileiros gastam 2 horas e 40 min por dia com jogos no celular Fonte: Ericsson, IBOPE, TGI, Comscore
    • Mídia OOH distração Mídia Tradicional interrupção Quantidade do impacto Mídia online intervenção Qualidade do impacto engajamento
    • Simultaneidade Convergência
    • "Tradigital" Mais de 50% dos brasileiros consomem duas ou mais mídias ao mesmo tempo Fonte: Ibope
    • Uso simultâneo dos Meios + 200% em comparação a 2012 + 10% em comparação a 2012 Fonte: E.life 2013
    • Uso simultâneo dos Meios • O aumento na audiência muitas vezes produz mais tuites – foi assim em 48% dos episódios estudados. • Já do outro lado, um aumento no número de tuites fez subir a audiência em 29% dos episódios em análise. Fonte: Nielsen 2013
    • Uso simultâneo dos Meios Esportes Comedia Drama Reality Show Fonte: Nielsen 2013
    • • Cada tipo de consumidor, no entanto, se distingue no quanto adere, interage e se engaja com aquele meio. • Nas mídias sociais, por exemplo, 96% dos usuários brasileiros veem posts e mensagens, mas apenas 10% efetivamente editam, moderam e influenciam. estudo da Conectmedia, desenvolvido pela área de learning & insights, do Ibope Media
    • Multitelas Até 2015, 57% dos celulares vendidos no Brasil serão smartphones. Até 2016, 21% do tráfego de internet no Brasil serão gerados por celulares ou tablets.
    • Geradores de Conteúdo Antes Agora Broadcast Qualquer um Hits Consumidores Tudo Você
    • Meios e Veículos Vários canais Meios e Veículos
    • Então você tem 2 saídas: • Seja relevante ou • Seja o conteúdo.
    • Somente em 2012 foram apresentados 5,3 trilhões de “banners” apenas aos usuários americanos. • Isto significa que a cada internauta americano foi exposto 1.707 “ banners ” por mês. • De cada 1.000 “ banners ” exibidos, apenas 1 recebeu um clique. • A probabilidade de um americano clicar em um “banner” é 475 vezes menor que escapar vivo de um desastre de avião. • Fontes: Comscore, Smart Insights, 2012
    • Nova audiência Facebook tem maior audiência que a novela das 8h
    • Redes Sociais O Facebook é rei – a rede mais acessada para 86% dos internautas Em 2013, as redes que mais se destacaram foram o Google+ e o LinkedIn + 14% cadastros + 10% utilização + 21% cadastros + 5% utilização O Instagram entrou na moda - aumento de 22,0% Grande potencial das redes focadas em imagens junto com o Pintrest (aumento de 11%) Fonte: E.life 2013
    • Redes Sociais Mais de 40 milhões de usuários únicos assistem filme online no Brasil através do Youtube +18% nas visualizações de vídeos em 2013 (Brasil teve o maior crescimento) O Twitter é a terceira rede mais acessada no Brasil Fonte: E.life 2013
    • Redes Sociais Fonte: E.life 2013
    • 1- seja criativo 2- seja claro no seu posicionamento 3- experimente 4- comprometimento 6- faça um time único
    • Mapas mentais ajudam a planejar
    • Planejamento Contínuo
    • Crises Superexposição: A interatividade pode gerar problemas para as marcas.
    • Tipos de crises • Crises de evento – tornam-se mais visíveis • Crises Informacionais – tornam-se mais prováveis de acontecer e de ganhar visibilidade – Conexão: favorece a disseminação de informação – Descontextualização: favorece mal entendido – Fragmentação: construção de sentidos diferentes favorece mal entendidos – Velocidade: menos tempo para refletir e averiguar fatos – favorece boatos
    • Aspectos Positivos da crise em RS • Possibilidade de mensuração, avaliação e tomada de providências • Diálogo e relacionamento com cliente • A duração pode ser curta e passageira
    • Saco de ar Ruffles • Usuários reclamam de quantidade de ar dentro dos pacotes de Ruffles
    • http://exame.abril.com.br/assets/pictures/47996/original_Saco_de_ar.jpg
    • Aspectos Negativos da crise em RS • Falta de voz da marca permite boca a boca negativo • Altíssima velocidade de propagação • Alcance pode ser global • Visibilidade e falta de transparência • Não ser encontrado prejudica. Seja “buscável” e “encontrável” (SEO e SEM)
    • Como se preparar? • • • • Levantar pontos fracos da empresa Levantar falhas que possam ocorrer Projetar cenários pessimistas Mapear os formadores de opinião online referente ao negócio, detratores e embaixadores da marca. • Mapear e monitorar constantemente que fala a respeito da marca • Ter uma estratégia de ação delineada para a crise
    • • • • • Monitoramento constante Moderação, transparência e agilidade no retorno Canais e ferramentas de conteúdo para respostas Treinamento, normas e conduta claras
    • A crise transforma a situação
    • Tipos de Crise • • • • • • • • • Desastres naturais Tecnológicas Confrontação Malevolência Crise de gestão negligente Crise de erro de gestão Crise de má conduta Crise de violência Rumores, etc
    • 10 causas de crises • 1 – Experiência negativa para os clientes (28.6%) 2 – Violação de diretrizes de ética (25%) 3 – Conteúdo inapropriado (10.7%) 4 – Funcionários desonestos (10.7%) 5 – Não responder rapidamente (7.1%) 6 – Quebra das diretrizes legais (3.6%) 7 – Violação da segurança (3.6%) 8 – Resposta inapropriada ao cliente (3.6%) 9 – Censura (3.6%) 10 – Não checar os relatos dos clientes (3.6%)
    • Quem Causa a Crise
    • Não é uma Brastemp http://www.youtube.com/watch?v=riOvEe0wqUQ
    • http://www.updateordie.com/2011/01/31/nao-e-uma-brastemp-nas-redessociais/#.UqDOu8SkqWE
    • Pé na Cova
    • Crítica à Spoleto http://www.youtube.com/watch?v=Un4r52t-cuk
    • A resposta da Spoleto http://www.youtube.com/watch?v=LhY4xeouzrI
    • Ana Paula Padrão http://www.youtube.com/watch?v=ET4mXvvTmxU http://www.youtube.com/watch?v=FGeX2hHvW7Q
    • Crise da Coca-Cola
    • Crise da Coca-Cola • em meados de setembro, este caso, que já é antigo (Resende abriu a ação em 2000), voltou a circular com força nas redes sociais. O tal rato na CocaCola ficou nos trending topics do Brasil no Twitter por mais de uma semana. • http://www.bhaz.com.br/ratos-e-coca-cola-internautas-fazem-piada-e-criam-montagens-com-supostocaso-de-contaminacao/
    • http://www.youtube.com/watch?v=RAfcv3CW_Jo#t=45
    • Caso Instituto Royal • Caso começo nas redes sociais e tomou proporções nacionais na mídia eletrônica, impressa e social por mais de 1 semana. • http://noticias.r7.com/domingo-espetacular/imagens-ineditas-mostram-caes-sendo-retirados-deinstituto-em-sao-roque-20102013
    • Trend Topic por dois dias no Twitter
    • Burger King http://www.blogdojj.com.br/2013/12/04/na-noruega-uma-ousada-acao-de-burger-king-no-facebook/
    • Entender o comportamento do seu público http://www.youtube.com/watch?v=6Cf7IL_eZ38
    • Os 5 anos que mudaram tudo http://www.youtube.com/watch?v=yz0b6oZFP-g#t=34
    • Seja Relevante ou seja o conteúdo
    • Ações de Relacionamento http://www.youtube.com/watch?v=J1ahe2iJOow&feature=player_embedded
    • Kitkat X Oreo @Laura_ellenxx tuitou no fim da semana: “Posso dizer que gosto muito de chocolate quando sigo @KITKAT e @Oreo ao mesmo tempo hahahaha”.
    • Apagão Super Bowl
    • Torcedores viram técnicos http://www.youtube.com/watch?v=etmzOOtNCIk
    • Heineken 2009 http://www.youtube.com/watch?v=UrM8kYSGiG0
    • Ação Heineken para a final Champions´ League 2013 http://www.youtube.com/watch?v=nf1u6s-LQq4
    • Domino´s Pizza http://www.youtube.com/watch?v=NVyIslpS87Y&feature=player_embedded
    • Tesco resolve problema de ponto de venda http://www.youtube.com/watch?v=aQJtOOMvT6k
    • Ação Hellmanns mudança de hábito de consumo http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=9O2dRG5NsNE
    • Suas fotos publicadas
    • Extrapolando o Físico
    • http://www.skol.com.br/campanhas
    • http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=aDKCplowKx8
    • http://www.novofordfocus.com.br/?utm_source=ed.-abril&utm_medium=display&utm_content=focuslaunch&utm_campaign=site-ford|ed.-abril|exame---home-page|welcome-ad|focus|launch
    • https://soundcloud.com/adnews/carro-locutor
    • http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ts_4vOUDImE#! (40”)
    • Como será o amanhã?
    • Esperamos de 2014 o mesmo de 2004 Marcelo Trípoli - presidente do Comitê de Agências do IAB Brasil. Maior maturidade das agências: O principal ponto aqui está relacionado a um complexo de inferioridade de muitas agências e/ou departamentos digitais que ao invés de levar o anunciante para uma discussão de negócios, venda e marca muitas vezes se contentam com um papel de coadjuvante: fazer a parte que gera “engajamento” da campanha. Maior maturidade dos veículos: O mercado dos veículos que trabalham a mídia digital mudou de forma exponencial nos últimos anos exigindo uma forte adaptação dos mesmos. Porém a migração para um novo modelo, baseado principalmente na cocriação com as agências e na menor interrupção do formato, ainda não é o padrão o mercado. Estamos avançando, mas precisamos acelerar. Maior maturidade dos anunciantes: No final das contas quem paga a conta é quem mais tem o poder de modificar o status quo. Alguns anunciantes já perceberam que gerir o digital como um pilar estratégico colocando um investimento proporcional à presença do seu consumidor no meio e envolvendo seus lideres nos principais pontos de contato com as agências, leva a um resultado muito superior. Porém, esta situação ainda é, infelizmente, mais uma exceção do que uma regra. http://iabbrasil.net/portal/esperamos-de-2014-o-mesmo-de-2004/
    • • O Instagram está crescendo em popularidade em todo o mundo, inclusive no Brasil. • E o Instagram vídeo é uma função do Instagram útil e eficaz para as empresas. Em Setembro e Outubro de 2013, 40% dos vídeos mais assistidos do Instagram eram os vídeos de empresas. http://academiadomarketing.com.br
    • http://instagram.com/p/hipUQtn9Hg/
    • http://instagram.com/p/hgyncQxhy6/
    • http://instagram.com/p/hOryM0h0lu/
    • • A Copa do Mundo coloca o Brasil em foco no mundo, graças às mídias sociais. Qual foi a última vez que o Brasil sediou uma Copa do Mundo? Em 1950. Obviamente em 1950, não havia Facebook, YouTube, Twitter, Pinterest, muito menos um amplo acesso a internet como temos hoje. Em 2013, o Super Bowl nos Estados Unidos resultou em 24.1 milhões de tweets em 240 países — e o Super Bowl só é uma competição dentro dos Estados Unidos.
    • Recorde quebrado pelo Super Bowl no Twitter. O ultimo jogo registrou 12,233 tweets por segundo. O maior número de postagens na história do microblog para um evento de língua inglesa.
    • Marketing de conteúdo em alta • Uma das principais maneiras para as marcas estabelecerem sua autoridade e ganharem a confiança dos consumidores é a criação de conteúdo que agregue valor e informação ao dia a dia das pessoas. Isso geralmente envolve informações relevantes sobre o mercado que esclarecem ou entretêm o público. • Isso permite que uma empresa construa progressivamente um relacionamento com seu público alvo e dessa forma conquiste a confiança e preferência das pessoas. O marketing de conteúdo desponta como uma das grandes tendências do marketing digital em 2014 e deve se destacar em blogs e outras mídias sociais. • http://academiadomarketing.com.br/tendencias-do-marketing-online-em-2014estatisticas/
    • http://academiadomarketing.com.br/wp-content/uploads/2013/11/tendencias-marketing-online-2014estatisticas.jpg
    • Estratégias de remarketing cada vez mais eficientes • O uso cada vez maior de estratégias de remarketing ou retargeting, como também são conhecidas, será certamente um dos destaques em termos de tendências do marketing online em 2014. Em poucas palavras , ele funciona através da utilização de cookies do navegador para rastrear os sites que os usuários visitam . Uma vez que saem de um determinado local, os produtos ou serviços por eles vistos serão mostrados a eles novamente em anúncios em diferentes websites. • http://www.youtube.com/watch?v=40Yrq2hcS5g
    • SEO – Indicações sociais ganharão mais importância • Não há mais dúvida que as menções em redes sociais exercem um forte impacto sobre o trabalho de SEO e essa é uma das tendências do marketing digital em 2014 que deve ficar ainda mais evidente. Como o objetivo do Google e outros buscadores é fornecer aos usuários conteúdo relevantes, faz sentido por que eles levem em consideração o número de menções que um artigo postado em um blog ou produto em loja virtual recebe. • Muito embora, prever quais serão as modificações futuras dos algoritmos dos principais buscadores como o Google, é bastante provável que as ações em mídias sociais venham a se igualar ou até mesmo superar em termos de importância, nas estratégias de link building.
    • Links Patrocinados – Mais um round na luta Google x Facebook • Outra tendência forte para o marketing digital em 2014 é um acirramento da luta entre o Google e o Facebook na área dos links patrocinados. O AdWords tem perdido muito espaço para os Facebook Ads, o que vem preocupando muito a equipe de Mountain View. A reposta tem sido recursos cada vez mais sofisticados no Google AdWords e um poder de segmentação cada vez maior. • Outra tendência é a do aumento ainda maior dos custos de veiculação, principalmente no Google AdWords, já que a procura por esse tipo de publicidade online, principalmente, por parte das pequenas e médias empresas.
    • US$ 571 milhões em publicidade móvel até 2017 na América Latina • http://canaltech.com.br/noticia/android/Google-tambem-deve-rastrear-usuarios-na-vida-real/#ixzz2koAdxSvU
    • http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=SEvnpgrtqxE
    • Redes Sociais, claro • As redes sociais já fazem parte do dia a dia do brasileiro e a tendência é que se tornem cada mais presentes em 2014 em função de dois eventos específicos, a Copa do Mundo e as eleições presidenciais. São dois eventos que mexem com a paixão do ser humano e por isso mesmo, um dos assuntos mais comentados nas mídias sociais. • Também no comércio eletrônico devemos observar um uso cada vez maior das mídias sociais com uma integração cada vez maior às plataformas de e-commerce. O marketing nas mídias sociais já é uma realidade no comércio eletrônico e ao longo de 2014 a perspectiva é que se torne cada vez mais sofisticado, tendo o Facebook Marketing como destaque no Brasil.
    • Big Data cada vez mais decisivo • O poder nos dias de hoje tem um nome: Informação. Por isso o Big Data tende a se tornar cada vez mais importante para o planejamento e definição das estratégias de marketing digital em 2014. Na parte de web analytics tivemos este ano importantes avanços em termos de ferramentas no Google Analytics que o deixaram ainda mais completo, nos permitindo cada vez mais obter detalhes e informações sobre os acessos em nossos sites e resultados de campanhas de marketing online. • A tendência em 2014 é de que novos avanços aconteçam e até mesmo sistemas de inteligência artificial, também conhecidos como redes neurais venham a ter uma presença cada vez maio no arsenal de ferramentas do marketing online. • http://oglobo.globo.com/infograficos/bigdata/
    • Mobile marketing será um must • Devido ao uso generalizado e crescente de dispositivos móveis no Brasil – segundo pesquisa daeMarketer, 61.8% dos brasileiros se conectaram a Internet através de smartphones, estruturar campanhas de marketing digital com suporte para dispositivos móveis será essencial já em 2014. Quer se trate de criar uma versão móvel alternativa de um site ou utilizando web design responsivo, é importante para proporcionar uma experiência positiva para os usuários que estão navegando através de um dispositivo móvel. • Se as marcas não optarem por esse caminho o resultado será a perda de clientes para concorrentes que se adaptaram a esta tendência. Como a mudança de PCs tradicionais e laptops para dispositivos móveis continua, as empresas que não estiverem prontas para essa transição correrão o risco de sofrerem pesadas perdas.
    • Email marketing cada vez mais segmentado e responsivo em 2014 • Outra tendência forte para 2014 é a segmentação cada vez maior nas campanhas de email marketing. É o fim do email marketing como veículo de comunicação em massa, como foi tratado no Brasil durante muito tempo, e o retorno da abordagem do marketing de relacionamento. • A personalização e segmentação das campanhas fará toda a diferença. Outra tendência muito forte para 2014 é a adaptação das peças publicitárias desenvolvidas para esse meio à realidade multitela e responsiva que vivemos nos dias de hoje.
    • Pequenas e médias empresas adotarão definitivamente o marketing digital • Que o marketing na Internet já era uma tendência ninguém duvida, o problema é que muitas empresas parecem ter ignorado isso e agora estão tendo que correr atrás do tempo perdido. • A tendência é que em 2014 as pequenas empresas se rendam finalmente a mídia digital, o que deve provocar um sensível aumento da demanda por este tipo de serviço e profissionais do setor. Afinal de contas, o marketing digital para pequenas e médias empresas não é mais uma opção e sim uma imposição do mercado.
    • Cases
    • Ação Linea - Cinema http://www.youtube.com/watch?v=IrefPcaKMEQ&feature=youtu.be
    • Retratos Dove http://www.youtube.com/watch?v=Il0nz0LHbcM
    • Filme mais premiado da Tunisia http://www.youtube.com/watch?v=7I19UQP-26Q&feature=youtu.be Levou 8 leoes em Cannes
    • Seja criativo na sua área
    • Obrigada, Vamos falando! Cris Alessi @crisalessi crisalessi@hotmail.com