Retiro do Advento_Parte 6_quarta semana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Retiro do Advento_Parte 6_quarta semana

on

  • 328 views

Material para Retiro do Advento.

Material para Retiro do Advento.
Link Original: http://www.jesuitasbrasil.com/jst/conteudo/visualiza_lo12.php?pag=;portaljesuitas;paginas;visualiza_lo12&cod=3321&secao=205

Statistics

Views

Total Views
328
Views on SlideShare
317
Embed Views
11

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

3 Embeds 11

http://blog-pascom.blogspot.com.br 8
http://blog-pascom.blogspot.com 2
http://blog-pascom.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Retiro do Advento_Parte 6_quarta semana Retiro do Advento_Parte 6_quarta semana Presentation Transcript

  • Introdução: de redenção para aqueles que Tu mesmo colocas em meu caminho. humanidade. O Prefácio III da missa do Natal proclama: "Por ele (Jesus) realizou-se neste dia o maravilhoso encontro que nos faz renascer, pois,“Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim Leio o texto de Lc 1, 39-45 uma, duas ou mais enquanto o vosso Filho assume a nossa fraqueza,segundo a tua vontade!”Lc 1,38 vezes e fecho a Bíblia. a natureza humana recebe uma incomparável dignidade; torna-se de tal modo um de nós, queSeguramente, na felicidade de Maria estava a nossa Outros textos da liturgia de hoje: Mq 5,1-4a; nos tornamos eternos".felicidade. Com Ela também podemos dizer que Sl 79 (80); Hb 10,5-10.somos felizes porque, tal como os simples de Jesus, Filho de Deus e Filho de Maria, nasce emcoração, ousamos acreditar no grande mistério da uma manjedoura, assumindo a condição dossalvação, acessível àqueles que, como Maria, Textos para a semana: empobrecidos. Com o anúncio prioritário de seucolocam suas vidas inteiramente nas mãos do nascimento aos pastores que, à noite, tomavamSenhor a serviço da redenção da humanidade. conta do rebanho de seu patrão, o evangelista Lucas destaca que Deus escolhe os pequeninos 1º dia (24.12) – Lucas 1, 67-79: JoãoNossa proposta de oração para esta semana quer para neles manifestar sua presença. Batista abre caminho para um Deusnos ajudar a saborear com Maria sua alegria, comum coração agradecido a Deus, por Ele ter-se Outros textos da liturgia de hoje: Is 9, 1-6; Sl No Primeiro Testamento, prevalece o caráterdignado nos aceitar como filhos amados seus. 95 (96); Tt 2, 11-14; nacionalista na concepção do Deus de Israel, queAbramos o coração para acolhermos as graças do elege um povo, o qual se confronta com osSenhor! demais povos como sendo "inimigos". E no interior 3º dia (26.12) – Lucas 2, 15-20: Estevão deste próprio povo eleito prevalece aProposta da oração: 4º Domingo do Advento testemunhou o Cristo discriminação do "pecado", caracterizado a partir das inobservâncias da Lei controlada pelos chefesOração preparatória: Pedir luz ao Espírito Santo Enviando os discípulos em missão, Jesus fala religiosos de Israel. João Batista, rompendo com apara mais saborear o encontro de Maria com Isabel. sobre as provações por que passarão. O tradição sacerdotal paterna e com o templo de compromisso com Jesus é fonte de alegria, o que Jerusalém, abre caminho para um DeusRecordar a história: A história a ser contemplada não exclui as atribulações que advirão, no que universalista. Com Jesus dar-se-á a revelação doé o que sucede à concepção de Maria. Ou seja, sem serão assistidos pelo Espírito do Pai. Na Deus amoroso e misericordioso que remove osperder tempo ela se dirige à região montanhosa proclamação das bem-aventuranças, na abertura critérios de exclusão e condenação pela Lei epara visitar sua prima, Isabel. Acompanhemos o do Sermão da Montanha, Jesus já anunciara a elimina a prevenção contra o "inimigo",desenrolar dos fatos. bem-aventurança dos que são injuriados e proclamando a reconciliação. perseguidos por causa da justiça.Composição de lugar: Trata-se de, com o olhar da Outros textos da liturgia de hoje: @Sm 7,1-imaginação, contemplar as montanhas de Judá. Ver Em oposição a estes bem-aventurados, temos o 5.8b-12.14ª.16; Sl 88 (89);as dificuldades do caminho para se chegar à casa de lamento de Lucas: "Ai de vós quando todosIsabel na qual acontece o grande encontro entre as falarem bem de vós, pois era assim que seusduas mulheres de fé que gestam no ventre, antepassados tratavam os falsos profetas". O 2º dia (25.12) - Lucas 2, 1-14: Maria dá àprecursor e Salvador. diácono Estêvão é uma testemunha de fidelidade luz o Filho de Deus a Jesus. Oriundo do judaísmo helênico e colocadoGraça: Senhor, concede-me a graça de ter um em segunda categoria pelos líderes da Por Maria, que concebe e dá à luz o Filho de Deus,coração como o de Maria, capaz de acolher o comunidade cristã de Jerusalém, por sua todo amoroso e eterno, revela-se a realidademistério da salvação e de transformar-me em sinal coerência, ele é o primeiro mártir bem-aventurado histórica da comunhão de Deus com nossa pela fome e sede de justiça. À semelhança de
  • Jesus, denunciou as injustiças decorrentes da Outros textos da liturgia de hoje: 1Jo 1, 1-4;desfiguração do templo de Jerusalém e da Lei porparte dos chefes religiosos, e foi morto por Sl 96(97); Retiro doapedrejamento. 5º dia (28.12) – Mateus 2 ,13-18: O poder AdventoOutros textos da liturgia de hoje: At 6, 8-10. 7, do amor salva54-59; Sl 30(31); Esta narrativa de Mateus expressa um êxodo às4º dia (27.12) – João 20 2-8: Jesus revela-se avessas. O Egito não é mais o lugar da opressão,como Filho de Deus mas o lugar da proteção. O opressor não é mais o faraó, mas o rei idumeu-judeu que reina sobre aLucas, em seu Evangelho e em Atos, destaca Judéia e toda a Palestina. Em lugar dosJerusalém como centro de irradiação do cristianismo. primogênitos das famílias oprimidas do EgitoAssim, seu Evangelho, desde o início, com as mortos pelo anjo exterminador, as vítimas agoranarrativas de infância, realça Jerusalém (Zacarias no são os meninos de Belém, e o exterminador é otemplo, apresentação no templo, Jesus entre os próprio Herodes. Como é marcante em Mateus, adoutores) e encerra-se em Jerusalém. Sua intenção narrativa é pontuada com menções deteológica é apresentar o cristianismo como um novo cumprimento das Escrituras, com reinterpretaçõesIsrael, que se irradia a partir da velha Jerusalém. Os próprias dele. O perigo não está mais no Egito,demais evangelistas apresentam a Galiléia, e não mas sim em toda a Palestina, sob o controle doJerusalém, como centro de retomada da missão, Império Romano, e, particularmente, na própriadepois da ressurreição. Este episódio da ida da Judéia, sob o poder consentido dos chefesfamília a Jerusalém assemelha-se à ida de Ana, com religiosos judeus sediados em Jerusalém. Já nosseu filho Samuel, à casa do Senhor, em Silo primeiros dias do menino prefigura-se o embate(primeira leitura). de seu futuro ministério. Nos novos tempos, todos os perseguidos encontrarão abrigo no Reino deA cena do menino Jesus entre os doutores no Deus.templo envolve temas que serão aprofundados aolongo do Evangelho. Ao afirmar "eu devo estar na Outros textos da liturgia do dia: 1Jo 1, 5-2,2;casa ("naquilo") que é de meu pai", Jesus revela-se Sl 123 (124);como Filho de Deus. Inicia seu ensinamento notemplo, voltando depois para denunciá-lo por ter-se N.B.: Termina aqui o Retiro do Advento.transformado em covil de ladrões. Priorizando o que Desejamos a todos um santo e feliz tempoé do Pai, mesmo obediente a seus pais, Jesus indicaque a família, sendo todos filhos de Deus (segunda de Natal! QUARTA SEMANAleitura), deve ser estabelecida em torno documprimento da vontade do Pai. Advento / 2012A Sagrada Família questiona e convida à conversãoaquelas famílias estabelecidas sob a continuidade dovínculo sangüíneo de raça eleita, bem como asfamílias tradicionais, conservadoras em torno desuas propriedades e riquezas.