Your SlideShare is downloading. ×
0
Retiro do Advento_Parte 5_terceira semana
Retiro do Advento_Parte 5_terceira semana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Retiro do Advento_Parte 5_terceira semana

72

Published on

Material para Retiro do Advento. …

Material para Retiro do Advento.
Link Original: http://www.jesuitasbrasil.com/jst/conteudo/visualiza_lo12.php?pag=;portaljesuitas;paginas;visualiza_lo12&cod=3321&secao=205

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
72
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Introdução: Proposta da oração: 3º Domingo do Advento A genealogia de Mateus, tratada teologicamente, divide-se em três períodos da história de Israel e Preparação: Tomo consciência de que estou na de Judá: período dos patriarcas e dos clãs tribais,Ao orar os textos propostos para a Terceira Semana, presença de Deus e de que Ele deseja encontrar- de Abraão até Davi; período da realeza e dinastiadevemos estar atentos às orientações dadas no se comigo. Sinta-se acolhido e envolvido em seu davídica, em Judá, de Davi até o exílio; e períodoinício deste Retiro do Advento. amor e sua ternura. Preparo meu coração para do surgimento e consolidação do judaísmo, do este encontro. Para isso “é preciso vestir o exílio até Jesus. Por sua genealogia, Mateus querRezando os textos da liturgia estamos em comunhão coração”. O texto proposto para nossa oração de demonstrar aos judeo-cristãos que, através decom a Igreja que reza também na expectativa de hoje traz um forte apelo de conversão, ilustrado José que o acolhe, Jesus é o messias esperadoacolher mais uma vez nosso Salvador, o Emanuel. pelo exemplo da pregação do Batista no Jordão e pelo judaísmo.Podemos a cada dia acolher e “saborear” no coração o desejo de mudança de seus ouvintes. Éa riqueza e a beleza que trazem em si. Orando-os interessante atentar para o fato de que todos lhe Outros textos da liturgia do dia: Gn 49, 2.8-assim, eles enriquecerão e fecundarão mais nossa perguntavam, “o que devemos fazer?”. Com 10; Sl 71(72);vida espiritual e apostólica. autoridade de profeta, João dizia categoricamente o que cada um deveria fazer, partindo de sua 2º dia (18.12) – Mateus 1, 18-24: José,Pois o mesmo Espírito que desceu sobre Jesus no realidade. Tal como os ouvintes no Jordão, cada israelita sincerobatismo também está sobre nós, confirmando ou um de nós temos uma vereda, na vida, anão nossa vida e nossa missão. endireitar. O que devo fazer? O nascimento de Jesus é precedido da anunciação, em Mateus e em Lucas. Neste, aPreparemo-nos para acolher com “ânimo e Graça: Senhor na expectativa de ser nova anunciação é feita a Maria. Em Mateus, o anjoliberalidade” a proposta desta semana. criatura “dá-me um coração grande para amar, aparece em sonho a José, "filho de Davi", com a dá-me um coração forte para lutar”. intenção teológica de demonstrar a origemDada a importância dos rituais para o encontro com davídica de Jesus, através da genealogia inicial.Deus na oração, voltamos a insistir na sua prática. Leio o texto de Lc 3, 10-18 uma, duas ou mais Jesus é o messias (cristo) dos judeo-cristãos paraNo início do tempo reservado para a oração, vezes e, depois fecho a Bíblia. quem Mateus escreve. Temos aqui uma tipologia:devemos ler o texto proposto para a oração. Se ela o justo José é o protótipo dos israelitas sinceros.for feita de manhã cedo, o texto deve ser lido na Outros textos da liturgia do dia: Sf 3, 14- Em Maria vemos as comunidades fora do judaísmonoite anterior antes de dormir. Assim, o conteúdo do 18a; (Sl) Is 12, 2-6; Fl 4, 4-7. nas quais Jesus é gerado. Para aqueles israelitastexto surgirá no nosso pensamento ao acordar de surge a suspeita de infidelidade destasmanhã. comunidades. A situação é esclarecida pelo anjo:No início do tempo reservado para a oração, Textos para a semana: o novo que é gerado é obra de Deus. Os israelitasdevemos praticar estas cinco recomendações de são convidados a aderir a estas novasSanto Inácio: 1) fazer a oração preparatória, 2) 1º dia (17.12) – Mateus 1, 1-17: Jesus é o comunidades para receberem Jesus Deus teráimaginar o cenário, 3) pedir a graça que desejo messias esperado piedade salvador.receber, 4) conscientizar-me de que estou napresença de Deus, meu Criador e meu Pai que me As genealogias eram uma forma literária usada noolha com um olhar carregado de ternura, 5) fazer Primeiro Testamento para confirmar a vinculação Outros textos da liturgia do dia: Jr 23, 5-8; Slum gesto de adoração e de louvor, inclinando meu de uma ou mais personagens de destaque a uma 71 (72);corpo diante de Deus, ou fazendo uma genuflexão, linhagem que recebeu as promessas divinas. Estasou prostrando-me no chão, ou outro gesto pelo qual promessas, no texto bíblico, foram feitas aos 3º dia (19.12) – Lucas 1, 5-25: O anúncio doexpresso meu amor e meu louvor a Deus. patriarcas e a Davi. Esta última aparece na nascimento de João Batista profecia de Natã, elaborada entre teólogos da corte real.
  • 2. Enquanto Marcos inicia seu Evangelho com a periférica Galiléia à Judéia, na casa de Zacarias,pregação e o batismo de João, Mateus e Lucasiniciam com as narrativas de infância de Jesus. João sacerdote do templo de Jerusalém, em um encontro do desabrochar da vida. Retiro doEvangelista, por sua vez, começa seu Evangelhocom o prólogo do Verbo que se faz carne. Lucas Outros textos da liturgia de hoje: Is 7, 10-14; Adventoapresenta uma originalidade. Após uma curta Sl 23 (24);introdução em que justifica seu trabalho redacionaldo Evangelho, narra, no texto de hoje, o anúncio do 5º dia (21.12) – Lucas 1, 39-45: Novosnascimento de João (Batista) e, em seguida, o temposanúncio de Jesus, ambos feitos pelo anjo Gabriel;primeiro a Zacarias e, depois, a Maria. Assim, João e Lucas narra a anunciação e o nascimento tanto deJesus estão associados desde suas concepções Jesus como de João Batista. Ele esboça umextraordinárias. O nascituro terá um nome, João, paralelismo entre a missão de João Batista e aque indica a ruptura do sacerdócio hereditário, pois missão de Jesus. João Batista significa a rupturanão conserva o nome do pai. Mais tarde, dirigindo-se com a religião do templo e da Lei. O perdão dosao deserto, rompe com o templo, no que será pecados é obtido pela conversão à prática daconfirmado por Jesus, que vai ao seu encontro. justiça, assumida no batismo de João, e não pelas ofertas no templo de Jerusalém. Jesus, emOutros textos: Jz 13, 2-7. 24-25ª; Sl 70 (71); continuidade ao movimento de João Batista, inaugura os novos tempos da manifestação da4º dia (20.12) – Lucas 1, 39-45: Feliz aquela misericórdia e do amor de Deus, expressos naque acreditou prática da justiça, que leva à comunhão de vida com o Pai. Na narrativa de Lucas, na visitação deO batismo de Jesus feito por João, bem Maria a Isabel, o menino no ventre de Isabel étestemunhado pelos quatro evangelistas, revela a subordinado ao menino no ventre de Maria. Jesusíntima ligação entre a proclamação de João e, em assumiu e deu continuidade ao movimento decontinuidade, a proclamação de Jesus com a João Batista, inovando com o dom da vida eternarevelação da Boa-Nova da comunhão de vida com através da prática do amor.Deus. Esta ligação é realçada por Lucas, no início deseu Evangelho. Isto é feito com as narrativas dos Outros textos da liturgia de hoje: Sf 3, 14-18;anúncios a Zacarias e a Maria, respectivamente, com Sl 32 (33);a apresentação dos dois nascimentos, de João e deJesus, em paralelo, e com esta narrativa da visitaçãode Maria a Isabel. Estas narrativas visam afirmar asupremacia de Jesus em relação a João Batista 6º dia (22.12) - Repetição: TERCEIRA SEMANAdesde seus nascimentos. Maria, ao receber oanúncio de que conceberia a Jesus, teve como sinal Preparação: Como temos feito nas semanas anteriores, nesta também propomos uma Advento / 2012dado pelo anjo Gabriel a concepção que, também, repetição no sábado. Esta consiste em, já naacontecia a sua prima Isabel, já no sexto mês. Ela preparação remota, reler os apontamentos daparte semana. Parar naquele ponto que foi maisentão para visitar e servir Isabel já nos últimos marcante, que mais me interpelou ou tambémmeses de gravidez. Lucas apresenta Maria, com seu naquele que tive mais resistência. Estes pontosfilho no ventre, seguindo o percurso da gentílica e serão minha matéria para oração de hoje.

×