<ul><li>  A Grécia fica no Mediterrâneo Oriental e a sul da Península Balcânica. É banhada pelo mar Jónico e pelo mar Egeu...
<ul><li>O relevo daquela zona não facilitava a comunicação entre as diferentes regiões. Isso foi importante para a formaçã...
<ul><li>Os Gregos emigraram devido à pobreza dos solos, dos conflitos entre cidades-estado e crescimento da população, o q...
<ul><li>Atenas foi uma cidade das mais ricas e prósperas do mundo grego. Fica perto das margens do mar Egeu, na península ...
<ul><li>A sociedade ateniense estava dividida em três grupos: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Cidadãos – homens livres com m...
<ul><li>Os atenienses que viviam no campo dedicavam-se à agricultura. Os que viviam nas cidades podiam ser artífices, merc...
 
<ul><li>Atenas, no século VI a.C. obteve uma nova forma de governo denominada democracia. O que diferenciava esta forma de...
<ul><li>No século V a.C. só os cidadãos podiam participar no governo, as mulheres dos cidadãos, os metecos e os escravos n...
 
<ul><li>Os  gregos adoravam vários deuses. Estes eram semelhantes a homens, tinham características físicas, defeitos, paix...
<ul><li>Os gregos também adoravam os heróis. Eram como estando entre os deuses e os homens e eram venerados pela sua bravu...
<ul><li>Faziam-se cultos para que os deuses lhes dessem protecção. O culto dos deuses era feito em templos ou altares. </l...
<ul><li>Os papéis das pessoas dependiam da forma como tinham sido educadas. </li></ul><ul><li>As crianças, até aos 7 anos,...
<ul><li>Era feito em honra do deus Dioniso e era muito apreciado pelos gregos. Os tipos mais divulgados eram: </li></ul><u...
<ul><li>Os gregos destacaram-se em várias ciências exactas, como a matemática, a medicina e anatomia. Muitos nomes tornara...
<ul><li>   Os jogos olímpicos remontam ao período da Grécia antiga, onde faziam parte dos festivais religiosos. Embora exi...
<ul><li>PRÉMIOS </li></ul><ul><li>    Nos jogos Píticos, os atletas recebiam coroas de loureiro como prémio; nos Nemeus , ...
<ul><li>JOGOS OLÍMPICOS NA ANTIGUIDADE </li></ul><ul><li>Os jogos olímpicos , na Antiguidade Clássica, incluíam uma enorme...
<ul><li>A  arte grega caracteriza-se pelo equilíbrio e harmonia, procurando através de grandes obras de arte aproximarem-s...
<ul><li>A escultura quase sempre representava a figura humana ainda jovem. Algumas representam, com exactidão, deuses, deu...
<ul><ul><ul><ul><ul><li>Viver a História 7ºano – Santillana, Constância </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul>...
<ul><li>Realizado por: </li></ul><ul><li>Patrícia da Silva Fernandes </li></ul><ul><li>Nº18 </li></ul><ul><li>7º C </li></...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

A Grécia Antiga

16,544

Published on

Published in: Education
2 Comments
22 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
16,544
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
22
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "A Grécia Antiga"

  1. 3. <ul><li> A Grécia fica no Mediterrâneo Oriental e a sul da Península Balcânica. É banhada pelo mar Jónico e pelo mar Egeu. Na Grécia Antiga ainda faziam parte deste território as ilhas destes mares e a região do litoral da Ásia Menor. </li></ul><ul><li>O território é formado por montanhas, isto dificultou as comunicações. O clima era quente e chuvoso, isso tornava a terra pouco favorável á agricultura. Nas poucas planícies existentes, os gregos cultivavam cereais, vinhedos, oliveiras e figueiras. Nas montanhas criavam-se os rebanhos . O litoral era composto por enseadas e baías, isso possibilitou a existência de portos naturais abrigados e facilitou as actividades marítimas(pesca e comércio). </li></ul><ul><li>O povo heleno, que veio a chamar-se grego, formou-se da mistura dos primeiros habitantes com povos invasores indo-europeus (Aqueus, Jónios e Dórios) que se deslocaram das estepes do Leste europeu e foram para o território grego, sempre de forma pacífica. </li></ul>
  2. 4. <ul><li>O relevo daquela zona não facilitava a comunicação entre as diferentes regiões. Isso foi importante para a formação de cidades-estado, eram formadas pelo espaço rural e urbano à sua volta e tinham governo e administração próprios. </li></ul><ul><li>As cidades tinham muralhas defensivas. Na acrópole(parte alta e fortificada da cidade, era onde estavam as principais construções religiosas) e na ágora(parte mais baixa da cidade, onde ficava a praça pública, um dos espaços mais concorridos e animados). </li></ul><ul><li>Cada cidade-estado tinha um sentimento de independência em relação ás outras e entre as mais importantes (Atenas e Esparta) existiam rivalidades. O poder, em Esparta, esteve sempre nas mãos de um grupo de aristocratas. Sujeitaram os que ali viviam a uma educação rígida e a uma melhor preparação militar. Atenas e Esparta opuseram-se numa guerra, onde Esparta ganhou. </li></ul>
  3. 5. <ul><li>Os Gregos emigraram devido à pobreza dos solos, dos conflitos entre cidades-estado e crescimento da população, o que levou á falta de terras e alimentos. Saíram da Grécia e fundaram colónias nas margens do mar Negro e por todo o mar Mediterrâneo. </li></ul><ul><li>As colónias continuavam ligadas á cidade de origem. Essas eram reforçadas pelas relações comerciais, pela língua, costumes, jogos e deuses. Encontravam-se dispersos mas mesmo assim mantinham a sua identidade. Tinham a mente a ideia que pertencia a um povo que partilhava, entre si, a mesma comunidade cultural(mundo helénico). </li></ul>
  4. 6. <ul><li>Atenas foi uma cidade das mais ricas e prósperas do mundo grego. Fica perto das margens do mar Egeu, na península da Ática, os Atenienses com estas condições podiam dedicar-se ao comércio marítimo. </li></ul><ul><li>A agricultura espalhava-se ao longo dos campos da península. O clima e o solo pobre impediram que a cidade se tornasse auto-suficiente. Atenas importava cereais, madeira, metais e excedentes agrícolas. </li></ul><ul><li>O comércio florescente, era feito por via marítima, ajudou a existência do porto natural do Pireu e com a prata que foi utilizada para fabricar a moeda(dracma de prata). A moeda passou a ser aceite no comércio em todo o Mediterrâneo. </li></ul><ul><li>Atenas passou a ser uma grande potência, assumindo um papel de liderança na união de várias cidades-estado gregas(Liga de Delos) contra a invasão dos Persas. Com o fim da guerra dos Persas, Atenas usou sua posição importante na Liga de Delos para submeter, as suas antigas aliadas. O dinheiro que utilizavam para pagar às cidades aliadas, para garantir a sua segurança, passou a ser utilizado por Atenas em seu proveito. </li></ul>Os barcos antigos da Grécia moviam-se rapidamente porque levava mais de uma centena de homens remadores. Dracma de prata antigo
  5. 7. <ul><li>A sociedade ateniense estava dividida em três grupos: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Cidadãos – homens livres com mais de 18 anos , serviço militar feito e filhos de pais atenienses. Tinham o direito de ter terras e casas e de participar no governo da cidade. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Metecos – homens que tinham nascido noutras cidades. Não podiam possuir terras e participar na administração da cidade. Dedicavam- -se ao comércio e ao artesanato. Eram obrigados a pagar impostos e a fazer o serviço militar. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Escravos – prisioneiros de guerra, filhos de escravos, executavam os trabalhos mais pesados na agricultura, nas minas, no artesanato e nos serviços domésticos. Não tinham liberdade nem direitos políticos. Alguns tinham sorte e eram libertados. </li></ul></ul></ul></ul>
  6. 8. <ul><li>Os atenienses que viviam no campo dedicavam-se à agricultura. Os que viviam nas cidades podiam ser artífices, mercadores, podiam ter outros ofícios ou viver dos rendimentos. </li></ul><ul><li>Os Gregos eram madrugadores. A primeira refeição do dia era composta por pão e vinho diluído em água. A terceira refeição era a mais abundante. Em dias especiais, o jantar era a altura para o homem receber convidados, ver momentos de dança ou musicais. A comida era cozida numa braseira ou num forno. A iluminação era feita com lamparinas a azeite. </li></ul><ul><li>A mulher vivia da dependência do homem. Ficava sob o poder paterno até casar e depois esse poder passava para o marido. Ela passava quase sempre no espaço da casa que lhe era permitido, o gineceu. Era onde se dedicava ás lides domésticas e á educação dos seus filhos. Em quase todas as casas existia um tear, onde as mulheres teciam a sua roupa e a de sua família. </li></ul>
  7. 10. <ul><li>Atenas, no século VI a.C. obteve uma nova forma de governo denominada democracia. O que diferenciava esta forma de regime das outras era que todos os cidadãos eram iguais perante a lei e podiam participar na governação. Os cidadãos designados para os vários cargos do governo recebiam um subsídio, o que permitia que até os mais pobres se dedicassem á política. Outra diferença era que havia rotatividade dos cidadãos nos vários cargos. Assim tentava-se impedir que houve-se abusos por causa da mesma pessoa estar durante muito tempo no mesmo cargo. </li></ul><ul><li>Órgãos da democracia: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Eclésia – formada por todos os cidadãos, decidia a paz e a guerra, aceitava as leis e nomeava os seus representantes noutros órgãos. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Bulé – preparava as leis que eram votadas na Assembleia. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Magistrados – poder executivo, dentro desses os arcontes que tinham as funções religiosas e judiciais, e os estrategos que mandavam na marinha, no exército e controlavam as finanças. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Helieia e Areópago – poder judicial, um tratava dos crimes mais simples e outro dos crimes mais graves. </li></ul></ul></ul></ul>Sessão da Eclésia
  8. 11. <ul><li>No século V a.C. só os cidadãos podiam participar no governo, as mulheres dos cidadãos, os metecos e os escravos não tinham esse privilégio. </li></ul><ul><li>Essa democracia tinha outra restrições: </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Liberdade de expressão; </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Prática do Ostracismo; </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Pena de morte. </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><li>Cidadãos podiam participar directamente no governo da cidade. Podiam fazer parte dos órgãos, fazendo e votando leis, julgando crimes e dedicar-se à administração. Assim esta democracia era directa. </li></ul>
  9. 13. <ul><li>Os gregos adoravam vários deuses. Estes eram semelhantes a homens, tinham características físicas, defeitos, paixões, só se distinguiam dos humanos pelos poderes sobrenaturais e pela imortalidade. </li></ul><ul><li>Zeus era considerado pai dos deuses , tento um lugar de destaque no panteão helénico. As pessoas acreditavam que os deuses habitavam o monte Olimpo. Cada cidade tinha um deus protector. Dos deuses mais adorados, destacam-se: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Hera(mulher de Zeus, deusa do casamento); </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Apolo(deus do sol e das artes); </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Afrodite(deusa da beleza e do amor); </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Poseidon(deus do mar); </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Artemisa(deusa da caça e da floresta); </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Atena(deusa da inteligência); </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Deméter(deusa das colheitas) </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Dioniso(deus do vinho) </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Hermes(deus do comércio) </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Hefesto(deus do fogo) </li></ul></ul></ul></ul>Deusa Afrodite Poseidon Hera
  10. 14. <ul><li>Os gregos também adoravam os heróis. Eram como estando entre os deuses e os homens e eram venerados pela sua bravura. Eram considerados semi-deuses, porque eram fruto da relação de um deus e uma mulher. Alguns dos heróis foram: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Ulisses; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Aquiles; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Ajax; </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Herácles. </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Imaginaram histórias sobre os deuses e os heróis. Daí apareceu a mitologia grega. </li></ul>
  11. 15. <ul><li>Faziam-se cultos para que os deuses lhes dessem protecção. O culto dos deuses era feito em templos ou altares. </li></ul><ul><li>Nos templos – sob a visão dos sacerdotes e magistrados faziam-se oferendas, orações, sacrifícios e decorriam procissões. </li></ul><ul><li>Nos altares(altar doméstico) – faziam-se cerimónias religiosas, para honrar os antepassados ou pedir ajuda para uma data importante na família. </li></ul><ul><li>Existiam também santuários onde se adoravam deuses específicos. Peregrinos de toda a Grécia iam visitá-los, principalmente quando haviam jogos e festas. </li></ul><ul><li>Os mais conhecidos da Grécia são: Delfos em honra de Apolo e Olímpia em honra de Zeus. No santuário de Olímpia de 4 em 4 anos faziam-se, em honra de Zeus, os Jogos Olípicos. </li></ul>
  12. 16. <ul><li>Os papéis das pessoas dependiam da forma como tinham sido educadas. </li></ul><ul><li>As crianças, até aos 7 anos, eram educadas pela mãe, a partir dos 7 anos, os rapazes iam para a escola e as raparigas ficavam em casa com a mãe a aprender a ser uma boa dona de casa. </li></ul><ul><li>Aos 15 anos, os rapazes iam para o ginásio, preparar o seu físico. Eles falavam com os professores e assim ficavam a saber mais acerca da gramática, retórica e música. Aos 18 anos, faziam a preparação militar e passado 2 anos já eram considerados cidadãos. </li></ul><ul><li>Um dos objectivos era preparar os jovens para a intervenção cívica da cidade. </li></ul>
  13. 17. <ul><li>Era feito em honra do deus Dioniso e era muito apreciado pelos gregos. Os tipos mais divulgados eram: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>A tragédia era uma história que envolvia um enredo dramático. Narrava sobre as relações entre humanos e deuses e envolviam os seus conflitos e paixões. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>A comédia tinha por objectivo criticar a sociedade e os seus costumes, usando o gozo e provocando o riso nos assistentes. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Estas peças eram representadas em anfiteatros, que levavam um número considerável de habitantes. As mulheres não podiam representar, apenas assistir. Assim, os homens tinham de usar máscaras, fazendo-se passar por mulheres. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Existem muitos autores da tragédia bem conhecidos: Ésquilo, Sófocles e Eurípedes. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Aristófanes destacou-se na comédia. </li></ul></ul></ul></ul>
  14. 18. <ul><li>Os gregos destacaram-se em várias ciências exactas, como a matemática, a medicina e anatomia. Muitos nomes tornaram-se conhecidos, tais como Pitágoras (o seu teorema é muito útil em geometria). </li></ul><ul><li>Tentavam responder a perguntas sobre a origem da terra, a busca da verdade e outros assuntos. A esses pensadores dá-se o nome de filósofos. </li></ul>Sócrates defendeu a importância do reconhecimento da ignorância. Defendia que a verdade podia ser alcançada através do diálogo. PlatãoPlatão ocupou-se com vários temas, entre eles ética, política, metafísica e teoria do conhecimento. Aristóteles é considerado um dos maiores pensadores de todos os tempos e criador do pensamento lógico.
  15. 19. <ul><li>  Os jogos olímpicos remontam ao período da Grécia antiga, onde faziam parte dos festivais religiosos. Embora existissem muitos festivais deste tipo , apenas quatro ( os jogos  Pan - Helénicos), ultrapassavam um carácter local e eram abertos a participantes de todas as regiões e colónias gregas. Os jogos assumiam o nome dos locais que, de quatro em quatro anos, os acolhia: Píticos; Nemeus; Ístmicos ou Olímpicos. </li></ul><ul><li>LOCAIS DOS JOGO </li></ul><ul><li>   Os diversos jogos eram dedicados a deuses diferentes, realizando-se nos recintos dos santuários ou próximo dos mesmos: </li></ul><ul><li>    Píticos , em honra de Apolo, realizavam-se em Delfos e os Ístmicos ,em honra de Posídon, realizavam-se em Corinto; os Nemeus , em Nemeia, honravam Zeus. </li></ul>Santuário de Olímpia onde se realizavam os Jogos Olímpicos. Zeus
  16. 20. <ul><li>PRÉMIOS </li></ul><ul><li>   Nos jogos Píticos, os atletas recebiam coroas de loureiro como prémio; nos Nemeus , os prémios ,eram ramos de aipo; nos jogos Ístmicos , os vencedores recebiam ramos de pinheiro. Os ramos de oliveira, eram o prémio dos vencedores olímpicos. </li></ul><ul><li>A homenagem aos vencedores tinha lugar no último dia dos Jogos Olímpicos. </li></ul><ul><li>  No início todos os atletas eram amadores; com o passar do tempo começaram a receber prémios monetários, não só pela vitória como pela simples participação nos jogos. A única  excepção a esta  prática foram os jogos olímpicos. </li></ul>
  17. 21. <ul><li>JOGOS OLÍMPICOS NA ANTIGUIDADE </li></ul><ul><li>Os jogos olímpicos , na Antiguidade Clássica, incluíam uma enorme variedade de eventos desportivos. Muitos destes são os antecessores dos jogos olímpicos modernos . Os jogos olímpicos da Antiguidade, eram os seguintes: </li></ul><ul><li>- Box - Luta Livre  ( os combates são brutais e não se tomam precauções para evitar os ferimentos) - Lançamento de Disco ( de pedra polida ou metal) - Remo - Pentatlo (compreende cinco provas: dardo, disco, salto em comprimento, luta e corrida) - Salto - Corrida  ( os concorrentes, sem sapatos e com o corpo untado, tomam lugar numa linha de partida de pedra - Pankration  (luta similar ao boxe, são permitidos todos os golpes, incluindo o estrangulamento) - Corridas Equestres  (nestas corridas não há obstáculos, o cavaleiro apeia-se e conduz o cavalo à meta) - Corrida de mensageiros e Trompeteiros. </li></ul>Lançamento do disco Corrida
  18. 22. <ul><li>A arte grega caracteriza-se pelo equilíbrio e harmonia, procurando através de grandes obras de arte aproximarem-se dos deuses que adoravam. </li></ul><ul><li>A arquitectura era considerada a mais nobre das artes. Muitos foram os templos, estádios e teatros que mostravam o grande poder e sabedoria da Nação. </li></ul>Os templos pretendiam mostrar o poder político e religioso das cidades-estado. Eram construídos, de preferência, no local mais alto da região, também conhecido por acrópole. Normalmente eram rectangulares e utilizavam colunas no interior e exterior. No interior era possivél observar a estátua do Deus a quem pertencia o templo e as oferendas feitas a si . Podemos destacar três tipos diferente de estilos relacionados com os templos. São eles, respectivamente: estilo dórico, jónico, Coríntio. Dórico Jónico Coríntio
  19. 23. <ul><li>A escultura quase sempre representava a figura humana ainda jovem. Algumas representam, com exactidão, deuses, deusas e heróis. Alguns escultores tinham como modelo a beleza feminina e masculina. </li></ul>A pintura é especialmente encontrada em muitas peças de cerâmica. Sendo, na maior parte das vezes, relativa à mitologia e cenas da vida diária. As pinturas nessas peças cerâmicas tem sido importante para aprender mais a respeito da civilização grega. Ânfora Pixíde Cratera Hídria
  20. 24. <ul><ul><ul><ul><ul><li>Viver a História 7ºano – Santillana, Constância </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Lagartixa, Custódio </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Pereira, Helena </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Gomes, José </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  21. 25. <ul><li>Realizado por: </li></ul><ul><li>Patrícia da Silva Fernandes </li></ul><ul><li>Nº18 </li></ul><ul><li>7º C </li></ul><ul><li>20 de Janeiro de 2009 </li></ul>

×