FamíLia Romanov

9,993 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
9,993
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
74
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

FamíLia Romanov

  1. 1. A Dinastia Romanov, existe há mais oito gerações, desde 1613 a 1762 e 1762 a 1917. O último czar que a Rússia foi Nicolau II, que foi assassinado junto com sua família (esposa, as quatro filhas e o filho) em Ekaterimberg em Julho de 1918 no porão da casa Ipatiev, após a revolução de 1917. Houve boatos que a sua filha mais nova Anastácia, tinha sobrevivido á tragédia, mas cientistas comprovaram que tudo não passava de uma mentira. Trabalho realizado por: Helena Pires 9ºA Nº10
  2. 2. Nicolau II Romanov Nicolau II Romanov ou Nicolau II da Rússia, nasceu a 18 de Maio de 1868 no Palácio de Catarina em São Petersburgo. Filho do Imperador Alexandre III, e de Maria da Dinamarca, foi o último czar da Rússia governando desde a morte do seu pai a 1 de Novembro de 1894 até á data da sua abdicação ao trono a 15 de Março de 1917, durante a revolução Russa. Resultante na sua morte com toda a sua família em 1918, na cidade de Iekaterimburgo. Tinha um carácter extremamente fraco, pois era uma pessoa muito tímida e reservada abalava-se facilmente. Quando em 1894, o seu pai Alexandre III morreu prematuramente (49 anos) com uma grave doença nos rins, Nicolau sentiu-se desesperado, pois não tinha qualquer preparação para ocupar o lugar do pai, não entendia nada de negócios, não sabia como falar com os ministros. Nicolau mantinha um diário secreto onde anotava tudo o que se passava ao longo do seu dia. Tinha maneiras extremamente admiráveis pois sabia dançar de forma elegante era um bom atirador, cavalgava e praticava desportos. Tinha um inglês perfeito, também falava francês e alemão. Não gostava de politica, tinha imenso jeito com as mulheres. Adorava a vida de soldado, tinha o comando geral do exército na 1ª Grande Guerra Mundial, sendo-lhe atribuído o título de “Coronel Romanov”. Casou-se em 1894 com a princesa alemã Alexandra de Hesse.
  3. 3. Alexandra de Hesse Alexandra de Hesse, mais conhecida por czarina Alexandra da Rússia nasceu a 6 de Junho de 1972, filha de Luís IV, Grão-duque de Hesse e de Alice do Reino Unido. Era uma mulher de invulgar beleza, foi a última czarina da Rússia. Casou-se com o futuro czar da Rússia Nicolau II, de quem teve cinco filhos. Quando nasceu o muito desejado verão Aleixei descobriu-se que sofria de hemofilia, uma doença espalhada pelos descendentes da rainha Vitória, sua avó materna. Seus pais então tiveram de recorrer á ajuda de um “homem sagrado” chamado Gregório Rasputin, que subitamente conseguiu corar os ataques de hemofilia do seu filho. Com este acto Gregório Rasputin conseguiu ganhar a confiança e o respeito de Alexandra, bem como do resto da sua família. O povo russo não gostava do místico e então começaram a surgir boatos de que era amante da czarina, o que era falso. Alexandra foi morta pelos bolcheviques com o marido e os filhos em 1918, no meio da sangrenta guerra civil russa.
  4. 4. Olga Romanov Olga, a mais velha dos cinco filhos de Nicolau II e Alexandra, nasceu a 3 de Novembro de 1895 em Tsarskoe Selo. Seus pais não ficaram decepcionados com o seu nascimento, pois eram jovens e poderiam ter mais filhos (varões). Olga nasceu muito grande: media 60 cm, e pesava 5 kg. Olga era sensível, espiritual, e muito seria para uma criança. O seu tutor francês Pierre Gilliard descrevia-a como muito justa e com uns misteriosos olhos azuis acinzentados, e um nariz um pouco arrebitado. Olga era muito bondosa, pois doava a sua mesada para instituições de caridade, fazendo-o anonimamente. Olga era a mais grave das quatro meninas, adorava ler romances como: ironicamente de Victor Hugo. Olga e a sua irmã Tatiana serviram de enfermeiras durante WWI. Olga foi a única que os pais se preocuparam em casar, seus pais queriam casá-la com Edward, o príncipe de Gales mas Olga disse que era Russa, e não queria deixar a Rússia. Nicolau e Alexandra eram extremamente sensíveis aos sentimentos da filha, não a querendo forçar a um casamento indesejado. Olga morreu junto com a sua família na madrugada de 17 de Julho de 1918 nos porões da casa Ipatiev. Tinha 23 anos.
  5. 5. Tatiana Romanov Tatiana, nasceu a 29 de Maio de 1897 em Peterhof. Junto com Olga formavam o “Par Maior”. Tatiana era a mais apegada á mãe, e também a preferida dos pais. Quando as irmãs precisavam de pedir algo aos pais, era sempre Tatiana que as representava, chamada assim pelas irmãs de “Governanta”. Quando se falava com Tatiana, sabia-se perfeitamente que estava na presença da filha do czar, pois tinha verdadeiros modos de uma princesa. Era considerada para muitos a mais bela e elegante das Grã-duquesas. Era a mais alta das quatro. Era a mãe galinha das crianças mais novas, papel que a sua irmã mais velha Olga, nunca se importou. Tal como a mãe e a irmã Olga, serviu de enfermeira durante WWI, era querida e admirada por muitos soldados que cuido. Foi brutalmente assassinada junto com a sua família a 17 de Julho de 1918. Tinha 21 anos.
  6. 6. Maria Romanov Maria, nasceu a 26 de Junho de 1899 em Peterhof. Era a terceira filha do czar. Quando era criança, era conhecida por gentil, doce e ter um comportamento angelical. Ela e a sua famosa irmã Anastácia, formavam o “Par Menor”, por que dormiam no mesmo quarto e estavam sempre juntas. Maria era dominada pelo temperamento entusiástico e energético da sua irmã mais nova. Mantinha casos com soldados, tinha carinho por todos eles. Maria era a mais linda das Grã-duquesas, pois possuía uma beleza encantadora com grandes olhos azuis e cabelos longos castanhos-claros. Chegou a ser comparada aos anjos do pintor Botticelli. Suas irmãs mais velhas Olga e Tatiana chamavam-lhe “irmã boazinha”, por que Maria nunca fez asneiras e era muito bondosa e amável. Apesar de não ser tão boa aluno como as suas irmãs, Maria possuía um grande talento para a pintura e desenhava muito bem. Durante a sua adolescência Maria juntamente com a mãe e as irmãs servia a Cruz Vermelha, e todos se encantavam com o seu carinho e bondade era encantadora. Foi morta com a sua família nos porões da casa Ipatiev, tendo apenas 19 anos.
  7. 7. Anastácia Romanov Anastácia, nasceu a 18 de Junho de 1901 em Peterhof, era a mais nova das filhas do czar. Anastácia era muito diferente das suas irmãs, pois não era lá muito delicada nem muito bonita. Era porém a mais inteligente, e a mais bem-humorada. Anastácia fazia todos rir, ninguém estando ao pé dela estava triste. Chegou mesmo a ser chamada de “o palhaço da família”. Anastácia preferia subir as árvores e brincar com brinquedos de rapazes do que propriamente estudar as suas lições, porem sabia falar russo, inglês e tinha um francês perfeito. Anastácia é a mais famosa de toda a família, por que julgou-se, ter sobrevivido ao massacre. Muitas mulheres diziam ser Anastácia a mais famosa foi Anna Anderson, pois relatava vários factos muito íntimos para uma pessoa que nem sequer era conhecida da família. Contudo vários testes de ADN comprovaram de que não se tratava de Anastácia, e que ela não tinha sobrevivido, e tinha morrido juntamente com toda a sua família.
  8. 8. Aleixei Romanov Aleixei, nasceu a 12 de Agosto de 1904 em Peterhof. Foi não só a maior alegria para seus pais, como para todo o reino, pois agora depois de quatro meninas nascia então o tão esperado filho varão. Ele como era de esperar era o herdeiro ao trono russo. Foram lançadas 301 com o canhão saudações ao herdeiro do trono russo. Aleixei tinha olhos azuis-claros, e cabelos louros, o que o faziam uma bela criança. Aleixei porem tinha uma doença herdada da sua mãe: hemofilia. Que o fazia ter o corpo coberto de nódoas negras, e qualquer hemorragia podia ser fatal. Devido a isso os seus pais teriam de ter com ele um cuidado redobrado. Aleixei era uma criança muito doce, o que encantava qualquer um que o conhecesse. Aleixei adorava vida, apesar da sua infância bastante dolorosa pois é a fase mais perigosa destes doente, não o impediu de fazer o que as outras crianças ditas normais faziam. Aleixei tinha inchaços de sangue debaixo da pele mas não lhe foi dada medicação para evitar que ficasse viciado. Quando Aleixei teve uma particular grave hemorragia, disse à mãe que tinha medo de morrer, esta desesperada contratou um curandeiro Gregório Rasputin. Este fez várias orações a frente da sua família, subitamente os ataques pararam. Dai sua mãe gostar tanto de Rasputin. Surgiram boatos de que tinha sobrevivido, mas este era o membro da família que menos probabilidade teria de sobreviver, pois sofria da hemofilia o que um tiro era mais do que fatal.
  9. 9. OTMA OTMA, as iniciais dos nomes das Grã-duquesas Olga, Tatiana, Maria e Anastácia. As quatro eram muito unidas. Olga e Tatiana formavam o “Par Maior” enquanto que Maria e Anastácia, formavam o “Par Menor”. Gostavam de brincar falar e passear juntas. Aliás estavam sempre unidas. Quando era necessário assinar algum documento em nome das quatro era sempre OTMA. Elas amavam-se muito era muito unidas o que fariam muita tristeza para Anastácia se tivesse sobrevivido, pois não iria saber viver sem a sua família, principalmente sem as suas irmãs.

×