Your SlideShare is downloading. ×
Ficha de trabalho_5_bruno_crespim
Ficha de trabalho_5_bruno_crespim
Ficha de trabalho_5_bruno_crespim
Ficha de trabalho_5_bruno_crespim
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ficha de trabalho_5_bruno_crespim

204

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
204
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O Nautilus é o gestor de ficheiros que tem acompanhado o Ubuntu e o próprioprojecto GNOME há já vários anos. Apesar de o considerar um gestor de ficheirosextremamente capaz, completo e extensível, padece de alguns problemas. Umdesses problemas é a própria interface. Ao longo dos anos, tem-se tornado cada vezmais confusa, e com cada vez mais elementos redundantes a preenche-la. Tornou-se, e o termo técnico é este, bloaty. Mas felizmente esta opinião é global e alguémdecidiu fazer algumas leves modificações ao Nautilus:Esta modificação tem por nome Nautilus Elementary, e além de simplificarbastante, adiciona ainda algumas novidades a este já por si poderoso gestor deficheiros: entre as mais notáveis, um zoom slider, no canto inferior direito, quepermite facilmente alterar o nível de zoom dos ficheiros e pastas; Um novo elemento na interface, inspirado noFinder do Mac, que permite facilmente alternar entre os diferentes tipos de vistade ficheiros disponíveis, ícones, lista e compacto;
  • 2. Possibilidade de se esconder a barra demenu, através do atalho de teclado F8, já que esta é raramente usada; barralateral mais organizada e simplificada, com cada localização integrada numacategoria; Barra de localização mais moderna (é necessário usarum tema que estejam especificamente criados para esta versão do Nautilus, comopor exemplo este que uso, Victory Strikes Again ou muitos outros do Gnome-Look) E muitomais. Tudo isto é reversível e totalmente configurável pelos utilizadores, através domenu Preferências » Editar » Tweaks. Aqui podemos activar funcionalidades taiscomo a transparência (se o seu tema suportar) ou algumas outras ainda maisinovadoras, por exemplo, uma barra de ferramentas vertical
  • 3. Comotodo este Nautilus-Elementary é uma modificação totalmente feita pelacomunidade open-source, para instalá-lo é necessário adicionar um repositórioadicional. Para fazer isso no Ubuntu e derivados, basta acedermos a Sistema »Administração » Fontes de Aplicações » Outro Software. Clicar em Adicionar einserir o seguinte: ppa:am-monkeyd/nautilus-elementary-ppa.De seguida, dirigirmo-nos a Sistema » Administração » Gestor de Actualizações eactualizarmos o nosso sistema. Depois de terminarmos e voltarmos a iniciar sessão,teremos o Nautilus Elementary à nossa esperaAlternativamente, pode fazer isto apenas numa linha da consola (Aplicações »Acessórios » Consola):sudo add-apt-repository ppa:am-monkeyd/nautilus-elementary-ppa&&sudoapt-get update &&sudo apt-get upgrade
  • 4. Utilizadores de ArchLinux poderão obter o Nautilus-Elementary através desterepositório do AUR, e utilizadores de restantes distribuições podem aceder aocódigo-fonte aqui.É o Nautilus reduzido aos seus estereótipos, mas igualmente poderoso. De notarque o Nautilus-Elementary suporta totalmente o pré-visualizador de ficheirosGloobus Preview – do qual falarei num próximo artigo brevemente – e de quenovas funcionalidades estão constantemente a ser adicionadas, sendo que a maisrecente é o anular/refazer acções de gestão de ficheiros, que deverá chegar aosutilizadores nos próximos dias.

×