Ña mosca comunicação

4,264 views

Published on

trabalho de antorpologia na mosca comunicação

Published in: Travel, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,264
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
159
Actions
Shares
0
Downloads
64
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ña mosca comunicação

  1. 1. Umbanda
  2. 2. Renata
  3. 3. A História e o Sincretismo da Umbanda
  4. 4. As raízes da Umbanda
  5. 5. Conceito da Umbanda
  6. 6. Sincretismo religioso
  7. 7. Os fundamentos A existência de uma fonte criadora universal, um Deus supremo; A obediência aos ensinamentos básicos de Cristo; O culto aos Orixás como manifestações divinas; A manifestação dos Guias para exercer o trabalho espiritual incorporado em seus médiuns; O mediunismo como forma de contato entre o mundo físico e o espiritual; Uma doutrina, uma regra, uma conduta moral e espiritual que é seguida em cada casa de forma variada e diferenciada; A crença na imortalidade da alma; A Crença na reencarnação e nas leis cármicas.
  8. 8. MÉDIUNS
  9. 9. CASAL DE PRETOS VELHOS Alguns nomes: • Pai João • Pai Joaquim • Pai Francisco • Pai Jacó • Mãe Maria • Mãe Cambina • Mãe Sete Serras • Mãe Cristina
  10. 10. CABOCLOS Alguns nomes: •Caboclo das Sete Encruzilhadas • Caboclo Tupinambá • Cabocla Jurema • Caboclo Pena Branca • Caboclo Sete Flexas • Caboclo Gira Mundo • Cabocla Jacira • Caboclo Arruda • Caboclo Aymoré • Caboclo Sete Estrela
  11. 11. BOIADEIROS
  12. 12. ERÊS
  13. 13. Cosme e Damião
  14. 14. Beji e Bejada
  15. 15. MARINHEIROS
  16. 16. CIGANOS
  17. 17. BAIANOS
  18. 18. Zé Pilintra
  19. 19. EXUS
  20. 20. Fim da Apresentação da Renata
  21. 21. Carolina
  22. 22. O Batismo, a iniciação e o casamento na Umbanda
  23. 23. O Batismo Batismo é o sacramento por onde se pretende afastar o pecado original, trocando o vinho pela água. Na Umbanda não é diferente e carrega o mesmo ônus, de se escolher a fé que o conduzirá ao Pai num ritual de opção pela adoção divina.
  24. 24. A Iniciação A iniciação na umbanda passa por três etapas: .Estudo teórico da espiritualidade e suas relações com o mundo material. .Prática do terreiro (Rituais). .Contato intimo com seu guia ou orientador espiritual
  25. 25. O Casamento Os Casamentos ocorrem nos terreiros, tem padrinhos e são celebrados por Sacerdotes e Autoridades religiosas. Textos sagrados são lidos e atos ritualísticos são realizados durante o casamento. Ato das Alianças Ritual com as Fitas Benção
  26. 26. Fim da Apresentação da Carolina
  27. 27. Keila
  28. 28. Espiritismo na história da Umbanda Início em 1848, na cidade de Hydesville em Nova York, Nos Estados Unidos. Desenvolveu-se na segunda metade do século XIX, na França, um tipo peculiar de espiritismo, por parte do médico adotado pelo nome Alan Kardec. Espiritismo penetrado no Brasil. Há cinco pilares de sua Filosofia a-) Existência de Deus como criador e mantedor do Universo; b-) Existência da alma; c-) Reencarnação; d-) Pluralidade dos mundos; e-) Lei do Karma.
  29. 29. O surgimento da umbanda no Brasil 1ª sessão espírita no Brasil, aconteceu em salvador em 1865. Em 1920 fundou-se o primeiro centro de Umbanda com o nome de Centro Espírita Nossa Senhora da Piedade, dedicado aos espíritos de índios e pretos velhos, banidos do espiritismo de Alan Kardec. Características da Umbanda Fácil relacionamento no terreiro. Hierarquia no terreiro, figuras mãe-de-santo e pai-de-santo são centrais. Um dos objetivos do Umbanda é aliviar as angustias daqueles que procuram a umbanda trazendo respostas aos seus problemas. É preciso, no entanto, saber viver e conquistar o futuro.
  30. 30. Fim da Apresentação da Keila
  31. 31. Danilo
  32. 32. Nossa Senhora Aparecida .Orixá Oxum
  33. 33. São Jorge Guerreiro .Orixá Ogum
  34. 34. São Lazaro .Orixá Abaluaê
  35. 35. Jesus Cristo .Orixá Oxalá
  36. 36. Santa Sant'ana .Orixá Nanã
  37. 37. Cosme e Damião .Orixá Cosme e Damião ou Ibeji
  38. 38. Santa Bárbara .Orixá Iansã
  39. 39. São Judas Tadeu .Orixá Xangô
  40. 40. Nossa Senhora da Conceição .Orixá Iemanjá
  41. 41. São Roque .Orixá Omulu
  42. 42. São Sebastião .Orixá Oxóssi
  43. 43. Vestimentas na Umbanda
  44. 44. Fim da Apresentação do Danilo
  45. 45. Luis
  46. 46. A sessão de Umbanda •As giras •A defumação •Batida de cabeça •Beija-mão •Saudação aos atabaques •Saudação a Oxalá e aos Orixás •A descida dos Orixás •As giras festivas
  47. 47. Gongá Altar da Tenda Espiritual de Guaraci (Zona norte do Rio)
  48. 48. As Giras
  49. 49. A defumação • Alecrim • Benjoim • Alfazema
  50. 50. Batida de Cabeça
  51. 51. Beija-mão
  52. 52. Saudação aos atabaques
  53. 53. Saudação a Oxalá e aos Orixás Oxalá
  54. 54. A decida dos Orixás
  55. 55. Fim da Apresentação do Luis
  56. 56. Carolina Cucatti Danilo Ribeiro Keila Stoco Luis F. B. Giuliani Renata Brasil Religiões Afro-Brasileiras Umbanda Antropologia Religiosa Professor Danner Publicidade e Propaganda Unisal - Americana

×