Your SlideShare is downloading. ×
Formação do profissional em administração e o mercado de trabalho
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Formação do profissional em administração e o mercado de trabalho

3,178
views

Published on

Palestra proferida pelo Prof. Adm. José Samuel de Miranda Melo Júnior (Diretor da Câmara de Formação Profissional do CFA) no Ciclo de Palestras CFA/CRAs 2011

Palestra proferida pelo Prof. Adm. José Samuel de Miranda Melo Júnior (Diretor da Câmara de Formação Profissional do CFA) no Ciclo de Palestras CFA/CRAs 2011


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,178
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
49
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • O Curso de Administração continua formando mais profissionais em comparação com outras áreas tradicionais .
  • O Curso de Administração continua em primeiro lugar na quantidade de matriculados no ensino superior, representando 13% do universo de matriculados.
  • A nível nacional, o curso de Bach. em Administração cresceu 158% no período de 2005 a 2009 (1.646 - 2.599 curso s).
  • Crescimento de 75% de 2005 a 2009 (88 – 154 cursos).
  • O curso de Bach. em Administração aumentou em 25% no período de 2005 a 2009 (599.701 - 748.887).
  • Houve uma Redução de 1% no nº de inscrições entre 2005 e 2009 (34.487 – 34.106).
  • Houve um aumento de 24% no nº de matrículas no período de 2005 a 2009 (643.158 – 798.884).
  • A Redução no nº de matrículas foi de 4 % no período de 2005 a 2009 (36.012 – 34.666).
  • Cálculo de Interpolação Geométrica no intervalo de 1958 a 1973, tomados por base estimativas do primeiro curso criado pela USP em 1946 e o segundo que foi criado em criado em 1952 pela Fundação Getúlio Vargas.
  • O CPC combina diversas medidas relativas à qualidade do curso: as informações de infra-estrutura e instalações físicas , recursos didático-pedagógicos e corpo docente oferecidas por um curso; o desempenho obtido pelos estudantes concluintes e ingressantes no Enade ; e os resultados do Indicador da Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD) .
  • O CPC combina diversas medidas relativas à qualidade do curso: as informações de infra-estrutura e instalações físicas , recursos didático-pedagógicos e corpo docente oferecidas por um curso; o desempenho obtido pelos estudantes concluintes e ingressantes no Enade ; e os resultados do Indicador da Diferença entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD) .
  • O CPC combina diversas medidas relativas à qualidade do curso: as informa ç ões de infra-estrutura e instala ç ões f í sicas, recursos did á tico-pedag ó gicos e corpo docente oferecidas por um curso i; o desempenho obtido pelos estudantes concluintes e ingressantes no Enade; e os resultados do Indicador da Diferen ç a entre os Desempenhos Esperado e Observado (IDD). Ao todo são oito componentes, oito medidas de qualidade do curso.Todas as medidas originais referentes a esses componentes são padronizadas e transformadas em notas entre 0 e 5. 46% dos cursos obteve CPC iguais ou superiores a 3; 43% obteve CPC menores que 3 e 11% ficaram Sem Conceito.
  • O Í ndice Geral de Cursos (IGC) possibilita que a sociedade conhe ç a o desempenho das institui ç ões de ensino superior do pa í s O instrumento é constru í do com base numa m é dia ponderada das notas dos cursos de gradua ç ão e p ó s-gradua ç ão de cada institui ç ão. 43% dos cursos no estado da Bahia ficaram abaixo dos í ndices; 41% dos cursos atingiram a í ndices satisfat ó rios iguais ou superiores a 3; 16% ficaram sem conceito .
  • PRESENCIAIS: BACHARELADO 6% abaixo da média das áreas Diversas do Estado da Bahia; Tecnólogos 6% abaixo da média da áreas Diversas do Estado. Distância Bacharelado 20% maior que a média das Áreas diversas presenciais com 2,39 e 12% menor que a média das áreas Diversas EAD com 3,28 em média; Tecnólogos 63% maior que a média das Áreas Diversas presenciais com 2,39 e 19% maior que a média das diversas Áreas EAD com média 3,28.
  • Dos cursos EADs geral de 2002 a 2009 cresceu 1.735% , passando de 46 para 884 cursos. 80 cursos de Bacharelado em Administração; 104 cursos de Tecnologias nas diversas áreas da Administração. A média Enade 2009 desses cursos ficaram em torno de 3,5 pontos ficando acima da média Nacional.
  • Bacharelado em Administração: 23% dos conceitos máximos 5 , 16% dos conceitos 4 ; 25% dos conceitos regulares 3 ; 33% dos conceitos 2 ; 16% dos conceitos 1 dos totais Tecnologias nas Diversas Áreas da Administação: 10% dos conceitos 5 ; 11% dos conceitos 4 ; 12% dos conceitos 3 ; 12% dos conceitos 2 ; 18% dos conceitos 1 .
  • Foi observado um decréscimo nos cursos SC de 24,4% e um aumento de 55% nos conceitos 2.
  • Aqui é apresentado o número de empregados para cada milhão em exportação brasileira no setor respectivo. Ex. tem-se 3,358 empregados para cada milhão em exportação no setor de extrativo, não é do montante da exportação nacional apenas do setor extrativo. Para 2010, a projeção para o desempenho da indústria passou de um crescimento de 5,10% para 7,00% .
  • Falta de Profissionais Qualificados, atualmente as empresas estão criteriosas quanto a qualidade do ensino que o profissional adquire na IES e acompanha através do sistema de avaliação do ENADE por ser uma prova dinâmica frente ao perfil do mercado.
  • Transcript

    • 1. A formação do Administrador e o Mercado de Trabalho Bahia - BA 20 de Outubro 2011 Adm. José Samuel de Miranda Melo Júnior (CRA-MA)
    • 2. Câmara de Formação Profissional - CFP Membros da CFP: Adm. José Samuel de Miranda Melo Júnior (CRA-MA) – Diretor Adm. Ana Mônica Beltrão da Silva (CRA-GO) – Vice-Diretora Adm. João Coelho da Silva Neto (CRA-AC) Adm. Aldemira Assis Drago (CRA-PA) Adm. Carlos Augusto Matos de Carvalho (CRA-RR)
    • 3. Objetivos do Ciclo de Palestras
      • a umentar a aproximação do Sistema CFA/CRAs junto às IES a fim de combater a falta de conhecimento sobre a importância do exercício legal da profissão de Administrador no Brasil.
      • analisar o desempenho das IES no processo de avaliação do MEC por meio do ENADE, em conjunto com as IES e Professores.
    • 4.
      • O Curso de Bacharelado em Administração continua sendo o mais procurado há mais de uma década .
      • O crescimento dessa demanda também gera preocupações.
      Fonte: Censo da Educação Superior – INEP/MEC 1991 a 2009.
    • 5. Como os empregadores idealizam o Administrador? A pesquisa demonstrou que a identidade do Administrador ficou visível como articulador , profissional com visão sistêmica da organização promove ações internas criando sinergia entre pessoas e recursos disponíveis, gerando processos eficazes.
    • 6. Formação do Administrador No Brasil os modelos tradicionais de ensino ainda são os mais utilizados ; Novas práticas são exceção; É o que as pesquisas e os empregadores, há longa data, divulgam!
    • 7. Formação Profissional do Administrador Visão do Professor - BRASIL Novos conteúdos Fonte: CFA. Pesquisa Perfil do Administrador, 2006.
    • 8. Instrumentos de Avaliação Formação Profissional do Administrador Visão do Professor - Brasil Fonte: CFA. Pesquisa Perfil do Administrador, 2006.   2006 (%) Provas individuais sem consulta 81,02 Seminários e apresentações 60,62 Pesquisas e trabalhos extra-classe 59,63 Discussão e formulação de alternativas para solução de casos 41,93 Freqüência e participação em aula 37,25 Provas individuais com consulta 23,37 Provas em grupo sem consulta 11,19 Provas em grupo com consulta 8,92 Prova oral 2,83 Combinação entre provas, trabalhos, seminários, freqüência e participação dos estudantes - Combinação entre provas, trabalhos e seminários - Outros recursos avaliativos 8,78
    • 9. Metodologias Didáticas Formação Profissional do Administrador Visão do Professor - Brasil Fonte: CFA. Pesquisa Perfil do Administrador, 2006.   2006 (%) Aulas expositivas 88,49 Discussões em grupo orientadas por exercícios e/ou estudo de casos 79,97 Seminários e apresentações ou dramatizações 33,81 Filmes e recursos multimídia 28,84 Pesquisas realizadas com suporte conceitual e metodológico 22,59 Exercício de Gestão Simulada (Jogos Empresariais) 12,93 Visitas monitoradas 9,81 Comunicação à distância (e-learning ou outras) 3,84 Outros recursos pedagógicos 0,14
    • 10. Fonte: Censo da Educação Superior – INEP/MEC 2009. Os 10 Cursos de Bacharelado mais Procurados
    • 11. NÚMERO DE CONCLUINTES EM 2009 Fonte:INEP/MEC 2009. Bacharelado
    • 12. NÚMERO DE MATRICULADOS EM 2009 Fonte:INEP/MEC 2009. Bacharelado
    • 13. 12% 1% 7% 30% Fonte:INEP/MEC 2009. Nº de Cursos de Bacharelado no Brasil
    • 14. 8% 1% 1% 59% Fonte:INEP/MEC 2009. Nº de Cursos de Bacharelado Bahia
    • 15. 10% 10% 35% 7% Fonte:INEP/MEC 2009. Nº de Inscrições Brasil
    • 16. Fonte:INEP/MEC 2009. -5% -3% -16% 29% Nº de Inscrições Bahia
    • 17. Fonte:INEP/MEC 2009. 9% 0,2% 21% -6% Nº de Matrículas Brasil
    • 18. -3% -4% 3% 0,3% Fonte:INEP/MEC 2009. Nº de Matrículas Bahia
    • 19.
      • O Curso de Bacharelado em Administração já formou 1.308.476 egressos, de acordo com registros contabilizados pelo MEC a partir de 1973.
      • Estima-se que antes de 1973 tínhamos aproximadamente 34.700 Bacharéis em Administração.
    • 20.
        • Bacharelado em Administração - subtotal – 798.884 alunos;
        • Cursos Superiores de Bacharelado e Tecnólogos em Áreas Diversas: subtotal 4.871.112 alunos;
        • Cursos Superiores Tecnológicos em Administração: subtotal – 284.025 alunos.
      •  
      • TOTAL 5.954.021
      Fonte:INEP/MEC 2009. Matriculados Cursos Superiores Brasil - 2009
    • 21. Indicadores de Qualidade da Educação Superior
      • Os conceitos que compõem os indicadores de qualidade da Educação Superior são obtidos a partir dos seguintes resultados:
        • Do Exame Nacional de Desempenho de Estudante ( ENADE)
        • Do Conceito Preliminar de Curso ( CPC ) e
        • Do Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição ( IGC ).
    • 22.
      • O ENADE afere o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos dos Cursos em que estão matriculados.
      ENADE
      • O exame é obrigatório para os alunos selecionados e condição indispensável para a emissão do histórico escolar.
      • A primeira aplicação do exame ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima com que cada área do conhecimento é avaliada é trienal.  
    • 23. Aplicado ao ENADE 2009 O CPC é composto por : ·        40% da nota do Enade; ·        30% da nota do IDD  e ·   30% da avaliação dos professores e da infra-estrutura da instituição .   Conceito Preliminar de Curso (CPC)
    • 24. Aplicado ao ENADE 2009 O Índice Geral de Cursos da Instituição de Educação Superior (IGC) , consolida as informações relativas aos cursos superiores constantes dos: Índice Geral de Cursos (IGC) ·        cadastros ; ·        censo e ·        avaliações oficiais disponíveis no INEP e na CAPES (pós-graduação stricto sensu ) .
    • 25. Estatísticas CPC 2009 Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais An í sio Teixeira. Estat í sticas CPC 2009. ( ú ltimo divulgado pelo MEC).
    • 26. Estatísticas IGC 2009 Fonte: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Estatísticas IGC 2009. Disponível em: www.inep.gov.br Obs: Algumas instituições aparecem em mais de uma unidade da federação, por essa razão o total de IES nessa tabela é 2142 e não 2137 como na tabela de total de instituições.
    • 27. Fonte:INEP/MEC 2009. Média dos Conceitos ENADE BRASIL 2009 (Cursos em todas as Áreas) Conceito Médio Brasil 2,93
    • 28. Média dos Conceitos ENADE 2009
    • 29. Fonte:INEP/MEC 2009.
    • 30. Média dos Tecnólogos ENADE 2009 Bahia Fonte:INEP/MEC 2009.
    • 31. Fonte:INEP/MEC 2009.
    • 32.
      • O CFA permanentemente discute questões fundamentais sobre o ensino de Administração.
      • As sugestões são apresentadas ao MEC, mediante audiência.
        • A Comissão Especial Mista do Ensino de Administração (CEMEAD) objetiva:
      • analisar as Diretrizes Curriculares e a Profusão da Educação a Distância dos Cursos de Administração .
      • A Comissão é integrada por Conselheiros do CFA, dos CRAs e pelo Presidente da ANGRAD.
    • 33. Resultado Enade 2009 Brasil Figura 16 – Conceito Enade 2009. Fonte: Censo da Educação Superior – INEP/MEC, 2009.
    • 34. ENADE 2006 X 2009 BRASIL Fonte:INEP/MEC 2009.
    • 35. “ À área acadêmica cabe, além da promoção de ações avaliativas com foco no desempenho no ENADE, construir junto às coordenações de curso ferramentas de acompanhamento do efetivo aprendizado de cada aluno ao longo do tempo, desde o seu ingresso na IES.” Telma Crespo, Hope, 2011
    • 36.
      • Utilização das avaliações pelo INEP:
        • A média do ENADE junto com o Conceito Preliminar de Curso (CPC), os relatórios de autoavaliação realizados pelas IES e o perfil dos egressos foram utilizados na formulação de uma pesquisa que objetiva identificar como os formados estão se saindo no mercado de trabalho .
        • A pesquisa deve ser divulgada pelo INEP no final do segundo semestre de 2011.
    • 37. Câmara de Formação Profissional Projeto : Avaliação de Cursos
      • AMPARO LEGAL
        • Art. 37 do Decreto nº 5.773 de 9 de maio de 2006
        • Termo de Colaboração entre o CFA e a SESu/MEC firmado em agosto de 2009
      • O CFA apresenta ao MEC parecer elaborado pelos CRAs, como contribuição ao processo de avaliação dos Cursos de Bacharelado em Administração, com vistas à autorização, ao reconhecimento e à renovação
      • O foco é a inserção do egresso no mercado de trabalho.
    • 38. Câmara de Formação Profissional Projeto : Avaliação de Cursos
      • Objetivo
      • Contribuir com a melhoria da qualidade do ensino de administração por meio da análise em conjunto com o MEC das condições da oferta do ensino;
      • Considera-se uma conquista do Sistema CFA/CRAs e os CRAs tem papel fundamental nesse processo de avaliação, devendo atuar com assertividade dentro de 60 dias a partir da disponibilização do processo no e-MEC.
      • Dos Procedimentos para avaliação das IES
        • O Sistema CFA/CRAs não fará o que o MEC já faz!
    • 39. Dimensões Avaliadas pelo Sistema CFA/CRA
      • Pertinência
        • demanda pelo curso na região, observando a quantidade de vagas ofertadas frente à população local Inovação
      • Relevância
        • impactos sociais e econômicos que a oferta deste curso provocará na região
      • Inovação
        • aspectos que se oponham à estrutura tradicional dos cursos já existentes na área, incorporando melhorias que reflitam na otimização de trabalho pedagógico.
      • Formação profissional
        • Atendimento à estrutura dos cursos em relação à legislação profissional do sistema CFA/CRAs
    • 40. Câmara de Formação Profissional Projeto : Pesquisa Perfil do Administrador
      • O CFA desenvolve a Pesquisa objetivando prioritariamente:
      • Contribuir com as IES para a construção de projetos pedagógicos inovadores, alinhados às necessidades do mercado de trabalho;
      • Identificar tendências e analisar cenários relacionados ao exercício dos campos da Administração e campos conexos.
    • 41. Câmara de Formação Profissional Projeto : Pesquisa Perfil do Administrador
      • A pesquisa está descrita em 3 dimensões
        • Perfil do Administrador
        • Perfil dos Professores/Coordenadores dos cursos de graduação em Administração
        • Empregadores.
      A seguir apresentamos algumas considerações sobre os cenários político, tecnológico e econômico brasileiro, os quais são considerados no momento em que tratamos da inserção do profissional no mercado de trabalho e principalmente da formação dos futuros profissionais.
    • 42.
      • A Nova Classe Média é mais esclarecida e politizada, devido a massificação do ensino superior ;
      • Aumento da importância de associações civis e locais;
      Cenário Político Legal
    • 43.
      • Em termos de tendências foram identificadas um total de 83 tecnologias, que abarcam os seguintes setores: tecnologias da informação, tecnologias da vida, novos processos de produção , materiais e química, construção, energia, transportes e meio ambiente.
      Cenário tecnológico
    • 44. ...há uma desconcentração espacial, ainda que tímida, da indústria que, por sua vez, fazem as cidades médias emergirem como catalisadoras do desenvolvimento e responsáveis por uma parcela cada vez mais significativa do PIB nacional. www.ipea.gov.br Cenário Brasil
    • 45. Emprego industrial no Brasil predominância dos serviços de informação e comunicação, os prestados às empresas e os de transporte, que representam, somados, mais de 80% do valor adicionado do setor (IBGE 2007).
    • 46. Emprego industrial no Brasil Uma análise comparativa entre eles revela a queda da concentração de empregos em São Paulo (Capital) e Rio de Janeiro (de 29,2% para 14,7% do total) e; Expansão nas capitais de Manaus, SALVADOR, Porto Velho e também Fortaleza , que se consolida como a principal microrregião industrial do Nordeste. www.ipea.gov.br
    • 47. A descentralização industrial recente, mesmo que limitada, altera a territorialidade do setor e sedia novos empregos industriais no Nordeste brasileiro. Emprego industrial no Brasil www.ipea.gov.br
    • 48.
      • Em 2014 a participação dos países emergentes no PIB mundial deverá superar a dos avançados. (51% países emergentes e 49% países ricos).
      • Até 2025 as economias do Brasil, China, Índia, Rússia, Indonésia e Coréia do Sul vão responder por mais da metade do crescimento global, segundo Banco Mundial.
      Cenário econômico mundial Instituto de Pesquisa e Tecnologia Gerencial (IPTG) Brasília, DF.
    • 49. Empregado / R$ milhão em Exportação no Setor Respectivo www.ipea.gov.br
    • 50. O presidente da fabricante nacional de servidores, desktops e notebooks Megaware, Germano Couy, afirma que a empresa, com plantas industriais em Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR), já ficou até quatro meses com vagas disponíveis para profissionais especializados . (www.ietec.com.br) Escolaridade e Emprego na Indústria Brasileira
    • 51. De acordo com ele, cargos de gerência, coordenação de produção, engenharia de processo e os relacionados à tecnologia da informação são os mais difíceis de serem preenchidos. (www.ietec.com.br) Escolaridade e Emprego na Indústria Brasileira
    • 52.
      • Estimativa de U$ 21 bilhões de investimentos estrangeiros no Brasil (em alta)
      • Os analistas mantiveram a projeção para o Investimento Estrangeiro Direto (IED) (caracterizado pelo interesse duradouro do investimento na economia) deve haver entrada de US$ 50 bilhões em 2011, acima do montante previsto antes, de US$ 46 bilhões.
      Cenário econômico nacional
    • 53.
      • Intensa migração dos modelos funcionais para modelos de gestão por processo , por força da necessidade de estabelecimento de padrões comparativos de desempenho globais e de atuação interna sistêmica.
      • Forte interdependência entre estratégia, estrutura organizacional e desenvolvimento de competências humanas.
      Tendência das Organizações
    • 54. Sua contribuição é valiosa para a Administração profissional no país! Acesse o link http://pesquisa.cfa.org.br/ e responda a pesquisa.
    • 55. Projeto : Prêmio Guerreiro Ramos de Gestão Pública
      • Objetivo
      • Resgatar e valorizar este saber construído no pensamento crítico em conexão com a realidade social;
      • Premiar trabalhos, estudos e pesquisas que contribuem para a compreensão dos fenômenos da sociedade como forma de interpretar os fenômenos organizacionais;
      • Reconhecer os profissionais que, no exercício da atividade pública e empresarial tem responsabilidade de repensar e desenvolver as organizações.
      Site: www.guerreiroramos.org.br
    • 56. Projeto : Prêmio Belmiro Siqueira de Administração
      • Objetivos:
      • Divulgar e valorizar estudos realizados por Administradores e por Acadêmicos dos cursos de Bacharelado em Administração
      • Atrair e estimular a publicação de títulos sobre as teorias da Administração através da parceria dos CRAs para ampla divulgação junto as IES.
      Site: www.cfa.org.br
    • 57. Perguntas
    • 58.
      • (61) 3218-1809
          • [email_address]
      Estamos à disposição Obrigado!

    ×