Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Trabalho sobre escritora infantil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Trabalho sobre escritora infantil

  • 523 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
523
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
9
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Sophia deMello Breyner Andresen
  • 2. Biobibliografia Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu no Porto em 6 de Novembro de 1919 e faleceu em Lisboa no dia 2 de Julho de 2004. Foi na cidade do Porto e na Praia da Granja que passou a sua infância e juventude. Frequentou Filologia clássica na universidade de Lisboa, mas não chegou a terminar o curso. Casou com o advogado e jornalista Francisco Sousa Tavares e teve cinco filhos, que a motivaram a escrevercontos infantis. Nesta altura, fixa-se em Lisboa, passando a dividir-se entre a poesia e a atividade cívica, tendo sido notória ativista contra o regime de Salazar. A sua poesia ergue-se como a voz da liberdade, especialmente em “O Livro Sexto”. Depois do 25 de abril, é eleita deputada à Assembleia Constituinte pelo Partido Socialista. Autora de catorze livros de poesia, publicados entre 1944 e 1997, escreve também contos, histórias para crianças, artigos, ensaios e teatro. Luz, versatilidade e magia estão, aliás, sempre presentes na obra de Sophia, quer na importante obra para crianças que foi, inicialmente destinada aos seus cinco
  • 3. filhos, rapidamente se transformou em clássico da literatura infantil em Portugal, marcando sucessivas gerações de jovens leitores com títulos como “O Rapaz de Bronze”, “A Fada Oriana” ou “A Menina do Mar”. Motivos concretos e símbolos excepcionais para cantar o amor e o trágico da vida foi-os buscar ao mar e aos pinhais que contemplou na Praia da Granja; pela sua constante atenção aos problemas do homem e do mundo, criou uma literatura de empenhamento social e político, de compromisso com o seu tempo e de denúncia da injustiça e da opressão. Traduz Eurípedes, Shakespeare, Claudel, Dante e para o francês, alguns poetas portugueses. A sua obra, várias vezes premiada, está traduzida em várias línguas.Contos Infantis o A Menina do Mar
  • 4. o A Fada Oriana o Noite de Natal o O Cavaleiro da Dinamarca o O Rapaz de Bronze o A Floresta o O Tesouro o A ÁrvorePoesia o Poesia o O Dia da Mar o Coral o No Tempo Dividido o Mar Novo o Livro Sexto o O Cristo Cigano o Geografia o Grades o 11 Poemas o Dual o Antologia o O Nome das Coisas o Navegações
  • 5. o Ilhaso Musao Signoo O Búzio de Cóso Maro Primeiro Livro de Poesiao Orpheu e Eurydice
  • 6. Prémios e distinções o 1964 - Grande Prémio de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores, atribuído a Livro Sexto. o 1977 - Prémio Teixeira de Pascoaes o 1979 – Medalha de Verneil da Societé de Encouragement au Progrés, de França o 1980 – Ordem Militar de Sant’Iago de Espada o 1983 - Prémio da Crítica, do Centro Português da Associação Internacional de Críticos Literários, pelo conjunto da sua obra o 1989 - Prémio D. Dinis, da Fundação da Casa de Mateus o 1990 - Grande Prémio de Poesia Inasset / Inapa o 1992 - Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças o 1994 - Prémio cinquenta anos de Vida Literária, da Associação Portuguesa de Escritores o 1995 - Prémio Petrarca
  • 7. o 1995 – Homenagem de Faculdade de Teologia da Universidade Católica de Lisboa, pelo cinquentenário da publicação do primeiro livro "Poesia" o 1995 - Outubro – Placa de Honra do Prémio Fransesco Petrarca, Pádua, Itália o 1996 - Homenageada do "Carrefour desLittératures", na IV Primavera Portuguesa de Bordéus e da Aquitânia o 1998 - Prémio da Fundação Luís Miguel Nava o 1999 - Prémio Camões (primeira mulher portuguesa a recebê-lo) o 2000 - Prémio Rosalia de Castro, do Pen Clube Galego o 2001 - Prémio Max Jacob Étranger o 2003 - Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero- americana.Conclusão Este trabalho foi realizado através de duas ferramentas de pesquisa: Catálogos e motores de busca.
  • 8. Utilizei o catálogo geral da biblioteca municipal de Beja,onde retirei os livros da autora, e utilizei os motores debusca para obter a informação necessária para fazer abiobibliografia da autora e também os prémios que elarecebeu.
  • 9. Webgrafia http://pt.wikipedia.org/wiki/Sofia_de_Melo_Breyner - motor de busca / Google. http://catbib.cm- beja.pt/plinkres.asp?Base=EMPBMB&Form=COMP&StartR ec=0&RecPag=5&NewSearch=1&SearchTxt=%22AU%20A NDRESEN%2C%20Sophia%20de%20Mello%20Breyner% 2C%201919- 2004%22%20%2B%20%22AU%20ANDRESEN%2C%20S ophia%20de%20Mello%20Breyner%2C%201919- 2004%24%22 – catálogo geral da biblioteca municipal de Beja http://www.wook.pt/authors/detail/id/652- motor de busca / Google.