Calçadas e pedras portuguesas

  • 1,580 views
Uploaded on

Calçadas e pedras portuguesas

Calçadas e pedras portuguesas

More in: Travel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,580
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. A calçada portuguesa (ou Mosaico português, como também é chamado), é um tipo de revestimento de piso, utilizado especialmente na pavimentação de calçadas e espaços públicos. É constituído por pedras de formato irregular, geralmente calcárias e basálticas, que podem ser usadas para formar padrões decorativos, pelo contraste entre as pedras de diferentes cores. As cores mais tradicionais são o branco e o preto, embora também se usem o castanho e o vermelho. Em certas regiões do Brasil é ainda vulgar o uso de pedras azuis e verdes. Esta arte, executada por mestres calceteiros, surgiu em Portugal no sec. XIX, e é muito utilizada no calcetamento de áreas pedonais. Após a EXPO 98, a calçada portuguesa ganhou novos horizontes, e tem hoje encomendas de trabalhos em vários países CALÇADA PORTUGUESA Parte II Fotos em vários municípios portugueses e também no estrangeiro Ligar o SOM Progressão automática A partir do 2º diapositivo
  • 2. Calceteiros – tudo começa assim
  • 3.  
  • 4.  
  • 5.  
  • 6. Aveiro – Praça da República
  • 7. Braga
  • 8. Caldas da Rainha
  • 9. Foz do Arelho (Caldas da Rainha)
  • 10. Cascais
  • 11. Castelo Branco
  • 12. Coimbra
  • 13. Coimbra
  • 14. Ericeira
  • 15. Estoril
  • 16.  
  • 17. Faro
  • 18. Faro
  • 19. Fundão
  • 20. Lagos
  • 21. Lagos
  • 22. Lagos
  • 23. Leiria
  • 24. Leiria
  • 25. Paço de Arcos Portalegre Nazaré
  • 26. Olhão Portimão
  • 27. Porto
  • 28. Porto – Praça Carlos Alberto
  • 29. Porto – Av. dos Aliados
  • 30. Porto – Av. dos Aliados
  • 31. Santarém
  • 32. Santarém
  • 33. Setúbal – Praça do Bocage
  • 34. Setúbal
  • 35. Setúbal
  • 36. Tomar
  • 37. Tomar
  • 38. Tomar
  • 39. Viana do Castelo
  • 40. Vila do Conde
  • 41. Vila do Conde
  • 42. Vila do Conde
  • 43. Vila Real de Santo António
  • 44. Vila Real de Santo António
  • 45. Monte Gordo – Vila Real de Santo António
  • 46. Funchal – Ilha da Madeira
  • 47. Ribeira Brava – Ilha da Madeira Santa Cruz – Ilha da Madeira
  • 48. Ilha de Porto Santo (Madeira)
  • 49. Horta – Açores
  • 50. Nordeste (Açores)
  • 51. Ponta Delgada – Açores
  • 52. Ponta Delgada - Açores
  • 53. Lobito – Angola Lobito - Angola Lubango (antiga Sá da Bandeira) – Angola
  • 54. Macau
  • 55. Macau
  • 56. Macau
  • 57. Macau
  • 58. Macau
  • 59. Macau
  • 60. Brasília B R A S I L
  • 61. Londrina - Paraná
  • 62. Curitiba – Paraná Bosque Portugal – Curitiba
  • 63. Rio de Janeiro
  • 64. Rio de Janeiro - Copacabana
  • 65. Rio de Janeiro - Copacabana
  • 66. Rio de Janeiro – Ipanema
  • 67. Som: Guitarra portuguesa Verdes Anos – Carlos Paredes Imagem e texto: Internet Formatação: mfariarodrigues Fevereiro - 2008