Analise demonstracoes financeira_aula05
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Analise demonstracoes financeira_aula05

on

  • 13,749 views

 

Statistics

Views

Total Views
13,749
Views on SlideShare
13,749
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
322
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Analise demonstracoes financeira_aula05 Document Transcript

  • 1. PROFESSOR LUSTOSA: AULA 05 - ANÁLISE DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS ANÁLISE ATRAVÉS DE ÍNDICES 1. O PAPEL DOS ÍNDICES DE BALANÇO a. Índice é a relação entre contas ou grupos de contas das Demonstrações Financeiras, que visa evidenciar determinado aspecto da situação econômica ou financeira de uma empresa. 2. QUANTOS ÍNDICES SÃO NECESSÁRIOS PARA UMA BOA ANÁLISE a. O importante não é o cálculo de grande número de índices, mas de um conjunto de índices que permita conhecer a situação da empresa, segundo o grau de profundidade desejada da análise. Por exemplo: O fornecedor pode apenas querer rápidas informações sobre a empresa, a respeito de sua rentabilidade, de seu índice de liquidez, por exemplo. Se esse mesmo fornecedor estiver interessado não em vender mercadoria, mas em adquirir a própria empresa-cliente ou fundi-la com a sua, evidentemente desejará uma análise muito mais profunda. 3. DESCRIÇÃO DETALHADA DOS ÍNDICES Aprenderemos a análise através de índices, utilizando o Balanço Patrimonial e a D. R. E. a seguir. BALANÇO PATRIMONIAL - CIA. ESTUDANDO PASSAREMOS G R U P O S / C O N T A S 31.12.2008 31.12.2009 ATIVO CIRCULANTE Disponível (Caixa e Bancos) 34.665 26.309 Aplicações Financeiras 128.969 80.915 Clientes 1.045.640 1.122.512 Estoque 751.206 1.039.435 TOTAL DO ATIVO CIRCULANTE 1.960.480 2.269.171 REALIZÁVEL A LONGO PRAZO --- --- PERMANENTE Investimento 72.250 156.475 Imobilizado 693.448 1.517.508 Intangível --- 40.896 TOTAL DO ATIVO PERMANENTE 765.698 1.714.879 TOTAL DO ATIVO 2.726.178 3.984.050 PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores 708.536 639.065 Impostos a Pagar 275.623 289.698 Empréstimos Bancários 66.165 83.429 Duplicata Descontada 290.633 393.885 TOTAL DO PASSIVO CIRCULANTE 1.340.957 1.406.077 EXIGÍVEL A LONGO PRAZO Empréstimos 314.360 792.716 Financiamento --- 378.072 TOTAL DO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 314.360 1.170.788 SOMA DOS CAPITAIS DE TERCEIROS (PC + PELP) 1.655.317 2.576.865 PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital e Reservas 657.083 1.194.157 Lucros Acumulados 413.778 213.028 TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 1.070.861 1.407.185 TOTAL DO PASSIVO 2.726.178 3.984.050
  • 2. DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO – CIA. ESTUDANDO PASSAREMOS C O N T A S 31.12.2008 31.12.2009 Receita Líquida 4.793.123 4.425.866 Custo dos Produtos Vendidos (3.621.530) (3.273.530) Lucro Bruto 1.171.593 1.152.336 Despesas Operacionais (495.993) (427.225) Outras Receitas Operacionais 8.394 17.581 Lucro Operacional Antes do Resultado Financeiro 683.994 742.692 Receitas Financeiras 10.860 7.562 Despesas Financeiras (284.308) (442.816) Lucro Operacional 410.546 307.438 Resultado Não Operacional 1.058 --- Lucro Antes do I. R. 411.604 307.438 Lucro Líquido do Exercício 223.741 167.116 ÍNDICES DE ESTRUTURA DE CAPITAIS Os índices desse grupo mostram as grandes linhas de decisões financeiras, em termos de obtenção e aplicação de recursos. 1. PARTICIPAÇÃO DE CAPITAIS DE TERCEIROS Capitais de Terceiros Fórmula: ________________________ X 100 Patrimônio Líquido Indica: quanto a empresa tomou de capitais de terceiros para cada R$ 100,00 de capital próprio investido. INTERPRETAÇÃO: quanto menor, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Capitais de Terceiros (Passivo Circulante + Exigível a LP) Patrimônio Líquido • Cálculo do Índice de Participação de Capitais de Terceiros: 2008: ___________ = 2009: __________ = 2. COMPOSIÇÃO DO ENDIVIDAMENTO Passivo Circulante Fórmula: ______________________ X 100 Capitais de Terceiros Indica: qual o percentual de obrigações de curto prazo em relação às obrigações totais. INTERPRETAÇÃO: quanto menor, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Passivo Circulante Capitais de Terceiros • Cálculo do Índice de Composição do Endividamento: 2008: ____________ = 2009: __________ =
  • 3. 3. IMOBILIZAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO Ativo Permanente Fórmula: ________________ X 100 Patrimônio Líquido Indica: quanto a empresa aplicou no Ativo Permanente para cada R$ 100 de Patrimônio Líquido. INTERPRETAÇÃO: quanto menor, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Ativo Permanente Patrimônio Líquido • Cálculo do Índice de Imobilização do Patrimônio Líquido: 2008: _____________ = 2009: ______________ = ÍNDICES DE LIQUIDEZ Os índices deste grupo mostram a base da situação financeira da empresa. 1. LIQUIDEZ GERAL Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo Fórmula: ______________________________________ Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo Indica: quanto a empresa possui no Ativo Circulante e Realizável a Longo Prazo para cada R$ 1,00 das dívidas. INTERPRETAÇÃO: quanto maior, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Ativo Circulante Passivo Circulante Passivo Exigível a Longo Prazo • Cálculo do Índice de Liquidez Geral: 2008: ______________ = 2009: ______________ = 2. LIQUIDEZ CORRENTE Ativo Circulante Fórmula: ________________ Passivo Circulante Indica: quanto a empresa possui no Ativo Circulante para cada R$ 1,00 de Passivo Circulante. INTERPRETAÇÃO: quanto maior, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Ativo Circulante Passivo Circulante • Cálculo do Índice de Liquidez Corrente: 2008: ______________ = 2009: ________________ =
  • 4. 3. LIQUIDEZ SECA Disponível + Aplicações Financeiras + Clientes (contas a receber) Fórmula:________________________________________________________________ Passivo Circulante Indica: quanto a empresa possui de Ativo Líquido para cada R$ 1,00 de Passivo Circulante. INTERPRETAÇÃO: quanto maior, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Disponível + Aplicações Financeiras Clientes Passivo Circulante • Cálculo do Índice de Liquidez Seca: 2008: ____________________ = 2009: ____________________ = ÍNDICES DE RENTABILIDADE Os índices deste grupo mostram qual a rentabilidade dos capitais investidos, isto é, quanto rendeu os investimentos e, portanto, qual o grau de êxito econômico da empresa. 1. GIRO DO ATIVO Vendas Líquidas Fórmula: ________________ Ativo Indica: quanto a empresa vendeu para cada R$ 1,00 de investimento total. INTERPRETAÇÃO: quanto maior, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Vendas Líquidas Ativo • Cálculo do Índice de Giro do Ativo: 2008: ____________ = 2009: ______________ = 2. MARGEM LÍQUIDA Lucro Líquido Fórmula: _______________ X 100 Vendas Líquidas Indica: quanto a empresa obtêm de lucro para cada R$ 100,00 vendidos. INTERPRETAÇÃO: quanto maior, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Lucro Líquido Vendas Líquidas • Cálculo do Índice de Margem Líquida: 2008: _______________ = 2009: _________________ =
  • 5. 3. RENTABILIDADE DO ATIVO Lucro Líquido Fórmula: _______________ X 100 Ativo Indica: quanto a empresa obtém de lucro para cada R$ 100,00 de investimento total. INTERPRETAÇÃO: quanto maior, melhor. Exemplo: I T E N S 2008 2009 Lucro Líquido Ativo • Cálculo do Índice de Rentabilidade do Ativo: 2008: _____________ = 2009: _____________ =