Relatorio 1º Semestre 2011 - Português

  • 771 views
Uploaded on

Encontra-se on-line disponível para download na versão Portuguesa e na versão Inglesa, o Relatório de Actividades do primeiro semestre de 2011 da Iniciativa Construção Sustentável - com as …

Encontra-se on-line disponível para download na versão Portuguesa e na versão Inglesa, o Relatório de Actividades do primeiro semestre de 2011 da Iniciativa Construção Sustentável - com as estatísticas importantes, os resultados de dois questionários e muitas fotos, o relatório faz um resumo dos conteúdos apresentados e discutidos nas 16 ações de formação profissional contínua promovidas. Relata ainda sobre as publicações editadas pela Tirone Nunes e lançadas neste semestre e sobre a presença das suas acções e publicações nos meios de comunicação.

More in: Technology , Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
771
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. INDICADORES DESEMPENHO De JANEIRO a JUNHO de 2011 A página www.construcaosustentavel.pt é uma referência para quem procura informação sobre as boas práticas na construção. Teve 138.578 Visitas, 1.480.838 Page Views (páginas visitadas), 5.459.757 de Hits e 222.808 Gigabytes de Downloads. A Iniciativa Construção Sustentável criou a sua página Facebook no dia 5 de Janeiro e em 30 de Junho tinha 1.950 amigos e 550 fãs. As Acções de Comunicação da Iniciativa Construção Sustentável 2.500 inscritos durante 82horas de disponibilizaram a mais de Formação Profissional Contínua conteúdos relevantes para o 2011 alargamento de boas práticas na construção. 1º SEMESTRE Mais de 2.000 participantes acederam gratuitamente à RELATÓRIO DE ACTIVIDADES Versão em Inglês disponível online informação comunicada nas 42horas de CONFERÊNCIAS, WORKSHOPS, SEMINÁRIOS e ENCONTROS.© Tirone Nunes
  • 2. Durante este período foram ainda colocadas na Mediateca on- ICS 2011line 76 gravações áudio e apresentações visuais , das quais: Índice WORKSHOPS, 1247 apresentações foram realizadas emrealizadas em SEMINÁRIOS, 2 realizadas nas Visão e MissãoCONFERÊNCIAS HUMAN HABITAT 2011, 13 realizadas Objectivos Desenvolvimento de Conteúdosem ENCONTROS LIVING LAB e 2 realizadas nos Inovação Nacionallançamentos de PUBLICAÇÕES. Inovação Internacional Estratégias para a Sustentabilidade Parcerias InstitucionaisNo âmbito da rede Sustainable Construction Living Lab foram criadas e Parcerias Empresariaisindividual e colectivamente validadas mais de 50 soluções Media Partnersconstrutivas robustas para a reabilitação de Presença On-Linecoberturas e fachadas de edifícios, que estão e serão divulgadas nos Presença na Televisãomeios de comunicação da Iniciativa Construção Sustentável. Presença na Imprensa Press Clipping ResumidoFoi lançado o primeiro de cinco guias dedicados à reabilitação energético- Acções de Comunicação Síntese 1º Semestreambiental do edificado, o GuiaCoberturas QuestionáriosEficientes e foi publicado o primeiro número da Revista PublicaçõesConstrução Sustentável. Sobre a ICS…
  • 3. ICS 2011VisãoContribuir para uma sociedade resiliente, na qual as atividades humanasacrescentam valor global, sobrepondo-se aos constrangimentoseconómicos, e cuja prosperidade resulta, sobretudo, do aproveitamentoe transformação de recursos endógenos e renováveis.MissãoA Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL cria conteúdos nas áreasda Sustentabilidade e Resiliência Urbanas e da Construção eReabilitação Sustentável. Os grupos de trabalho que coordena centram-se na definição de medidas de melhoria robustas e inovadoras,conducentes à optimização do desempenho energético-ambiental domeio edificado, por implementar na respectiva construção e nareabilitação. Todos os conteúdos são divulgados a um vasto público dedecisores interessados através da sua página na Internet, dos livros,guias e da revista que publica além das ações diretas de comunicação e 7 Valores Vitais da Construção Sustentável © Tirone Nunesde formação que promove.
  • 4. ICS 2011 Objectivos OBJECTIVOS ESTRATÉGICOS DA INICIATIVA CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL Contribuir para a sensibilização dos cidadãos para a necessidade de uma maior sustentabilidade no meio urbano, dando-lhes a conhecer as oportunidades de intervenção que deles dependem e os benefícios daí resultantes; Desmistificar e disseminar toda a informação relevante acerca da sustentabilidade urbana e acerca da construção sustentável, contribuindo para a qualificação da procura de soluções construtivas; Colaborar com as instituições competentes, com o mercado e com o sector académico para a formação profissional contínua dos actores que intervêm no processo de qualificação do meio edificado. Criar e gerir redes como a rede “SUSTAINABLE CONSTRUCTION Living Lab” que potenciam o contacto directo entre os actores relevantes do sector da construção para a concretização de medidas de melhoria no desempenho energético-ambiental do edificado, assentes em consensos técnicos e científicos; Publicar uma revista, diversos guias e livros e gerir a página na Internet www.construcaosustentavel.pt para colocar à disposição dos cidadãos os conhecimentos relevantes para o alargamento das boas práticas que contribuem para a sustentabilidade urbana. Contribuir para o Desenvolvimento de Politicas que promovam o alargamento de boas práticas na construção.© Franz MarcThe Bewitched Mill
  • 5. ICS 2011 Criação de Conteúdos e Inovação CRIAÇÃO DE CONTEÚDOS Durante as décadas de 1990 e 2000 a Tirone Nunes liderou o sector da construção com a demonstração das boas práticas, tornando-se pioneira na área da construção sustentável em Portugal, projetou e contribuiu para a realização de mais de 200 habitações bioclimáticas e alguns milhares de metros quadrados de escritórios e áreas comerciais, todos com excelente desempenho energético-ambiental, colocando na agenda nacional este tema que viria marcar uma forte presença na política energética do país a partir de 2006. Os edifícios que realizou, permitiram o desenvolvimento de soluções construtivas robustas que transportam, de modo passivo, as melhores características do clima mediterrânico para o interior das habitações e dos espaços de serviços. A partir de 2007, com o lançamento da Iniciativa Construção Sustentável, a sua principal atividade voltou-se para o alargamento das boas práticas identificadas e para a sua contínua atualização, colaborando com os agentes do mercado mais relevantes e diversificados. Fazem parte do leque de temas atualmente em desenvolvimento e discussão novos conceitos, como a Resiliência Urbana e a Prosperidade Renovável, que contribuem para a criação dos conteúdos essenciais e conduzem à concretização da sua visão. É precisamente para atingir a sua visão que a Iniciativa Construção Sustentável cria conteúdos temáticos e colabora no desenvolvimento de estratégias, envolvendo as melhores competências disponíveis na área da sustentabilidade urbana.© Tirone Nunes
  • 6. Membro do “Stakeholder Panel” da LAFARGE Reportagem sobre as Oportunidades da Dimensão Verde em Contexto Urbano Video disponível em: www.thevydroeffect.c om ICS INOVAÇÃO INTERNACIONAL Membro do “Stakeholder Panel” da LAFARGE Inovação Internacional - Parcerias com o Mercado Na sequência do trabalho desenvolvido por Livia Tirone no âmbito da Estratégia Temática para o A empresa HUNTSMAN com sede na Bélgica desenvolveu um material inovador que irá propulsionar Meio Urbano da Comissão Europeia durante 2003 e 2004, foi convidada para integrar o o alargamento de coberturas e fachadas vivas (verdes) em contextos urbanos. Este material que é “Stakeholder Panel” da LAFARGE, no qual participa desde 2005. Este painel, constituído por apresentado ao mercado através da marca VYDRO poderá revolucionar a presença do ‘verde’ nas especialistas das mais diversas áreas profissionais (financeira, social, indústria química, ambiente, cidades. Resultarão inúmeras oportunidades de intervenção para a mitigação de algumas das gestão, governância e construção sustentável...) reúne duas vezes por ano para discutir conceitos e ameaças mais presentes que devem ser geridas à escala do planeamento urbano. Reconhecendo a metas de desempenho com responsáveis do mais alto nível da empresa e contribuir para o relevância deste contributo, a Iniciativa Construção Sustentável associou-se à VYDRO para Relatório da Sustentabilidade da LAFARGE no papel de “amigos críticos” da empresa. desenvolver um vídeo (www.thevydroeffect.com) que apresenta as oportunidades de uma boa gestão da dimensão ‘verde’ associada ao edificado. Para além destas reuniões o painel é convidado a participar numa visita anual a explorações e fábricas da LAFARGE, para ver de perto como a empresa opera. Em 2011 a visita foi às unidades de produção em Madrid e em Barcelona. Inovação Internacional para a Comissão Europeia Integram este painel, dirigido por Bruno Lafont (Chairman e CEO da LAFARGE), Alastair McIntosh, No âmbito da “European design Innovation Initiative” e a convite do Vice Karina Litvack, Sheila Khama, Frank Rose, Cornis Lugt, Philippe Leveque, Jean Paul Jeanrenaud, Presidente da Comissão Europeia, Antonio Tajani, Livia Tirone tornou-se Marion Hellmann, Eric Brassart para além de Livia Tirone. membro do “European Design Leadership Board” em 2011 e 2012.
  • 7. ICS 2011 Inovação Nacional Sustainable Construction Living Lab Com o apoio da Iniciativa Construção Sustentável a APCSLL – Living Lab Associação para a Construção Sustentável (APCSLL), entidade que coordena o “Sustainable Construction Living Lab”, promove três Encontros Living Lab e um Workshop Living Lab em 2011. Nestas ações de comunicação é divulgado o conceito “Living Lab”, enquadrado no espírito da rede Europeia de Living Labs e são apresentados os resultados dos seus grupos de trabalho.Living Lab Associação para a Construção SustentávelGrupo de Trabalho Coberturas© Tirone Nunes
  • 8. 12Grupo de Trabalho Fachadas Encontro Living Lab AGUEDA© Tirone Nunes © Tirone Nunes GRUPOS DE TRABALHO DO SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB Os grupos de trabalho estratégicos transversais incluem: O SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB é uma organização transversalmente representativa do • GT Influência. sector da construção, integrando gradualmente todos os actores, desde as Instituições Europeias ao Utilizador Final, com o objectivo de tornar prática comum a construção sustentável. Constitui-se como ENCONTROS LIVING LAB estrutura que facilita a cooperação entre os actores relevantes deste sector, com o objectivo de promover Os ENCONTROS LIVING LAB apresentam os resultados dos Grupos de Trabalho do SUSTAINABLE a eficácia das soluções construtivas e a inovação, sobretudo na área da reabilitação do edificado. CONSTRUCTION LIVING LAB nos quais participam os actores relevantes do sector da construção para darem o seu contributo para o desenvolvimento e validarem soluções construtivas robustas para a É objectivo do SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB operar uma estrutura de cooperação reabilitação sustentável. Nos ENCONTROS LIVING LAB que se realizam fora de Lisboa, estas soluções dinâmica (real e virtual) entre os actores relevantes no sector da construção, nomeadamente os construtivas são discutidas com autarcas, promotores imobiliários, empresários, arquitectos, proprietários de imóveis, os fornecedores de soluções construtivas e os técnicos, incluindo os Peritos engenheiros, gestores de condomínios e de imóveis, proprietários de imóveis, entre outros, ou seja, com Qualificados, entre muitos outros actores do sector da construção. todos aqueles que pretendam explorar as oportunidades de intervenção no meio edificado existente, com Coordena grupos de trabalho técnicos sectoriais em diversas áreas, com enfoque na reabilitação do o objectivo de optimizar o respectivo desempenho energético-ambiental. Os ENCONTROS LIVING LAB edificado, desenvolvendo as soluções técnicas, quantificando a dimensão energético-ambiental, correspondem a 10 horas de formação profissional contínua em 2011. quantificando os períodos de retorno de investimento e valorizando na perspectiva imobiliária. • GT Coberturas (envolvente horizontal); WORKSHOP LIVING LAB • GT Fachadas (envolvente vertical); O WORKSHOP LIVING LAB apresenta - a um público mais amplo e em Lisboa - os resultados dos • GT Sistemas; Grupos de Trabalho do SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB, nos quais participam os atores • GT Ciclo de Vida dos Materiais; relevantes do sector da construção e dão o seu contributo para o desenvolvimento e valida,m soluções Os grupos de trabalho técnicos transversais incluem: construtivas robustas para a reabilitação sustentável. O WORKSHOP LIVING LAB corresponde a 3 horas • GT Validação Técnica e Científica e Certificação das Soluções; de formação profissional contínua em 2011. • GT Negociação de pacotes de financiamento para as Soluções;
  • 9. ICS 2011 Parcerias Institucionais A AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE (APA) e a AGÊNCIA PARA A ENERGIA (ADENE) partilham responsabilidades na qualificação do meio edificado em Portugal, sobretudo na sua dimensão energético-ambiental. Os compromissos e objectivos para com o país são reforçados e complementados pelas actividades desenvolvidas pela Iniciativa Construção Sustentável. Assente neste pressuposto, a Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL estabeleceu com ambas instituições governamentais uma Parceria Público Privada, no âmbito da qual desenvolve um intenso programa de ações de comunicação diretas, dirigidas a profissionais do sector da construção bem como a um público generalista, interessado no tema da construção sustentável.Lançamento do Guia “Coberturas Eficientes”© ADENE
  • 10. ICS 2011 Parcerias Institucionais A promoção das Conferências HUMAN H ABITAT parte da parceria Institucional entre o OCEANÁRIO DE LISBOA e a Iniciativa Construção Sustentável. Os cursos de formação profissional contínua Construção Sustentável e Prosperidade Renovável são promovidos pela Iniciativa Construção Sustentável em parceria com a LIGA PARA A PROTEÇÃO DA NATUREZA (LPN), Organização Não Governamental de Ambiente (ONGA) e associação de defesa do ambiente mais antiga da Península Ibérica e com a IBM. O INSTITUTO DA HABITAÇÃO E DA REABILITAÇÃO URBANA (IHRU) e a AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE (APA) aderiram à terceira edição do livro CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, adquirindo e distribuindo 1.000 exemplares. As instituições QUERCUS, o BCSD Portugal e a Ordem dos Arquitetos apoiaram esta publicação desde a sua primeira edição. Também as CÂMARAS MUNICIPAIS têm importantes responsabilidades na qualificação do meio edificado nas áreas que administram. Conscientes da relevância de uma melhoria sistemática do desempenho energético-ambiental do edificado, com o objectivo de aprofundarem competências, associam-se à rede Sustainable Construction Living Lab e às ações de comunicação promovidas pela Iniciativa Construção Sustentável. Aplicar os conhecimentos partilhados nestas iniciativas para desenvolver regulamentos, para qualificar o edificado é uma oportunidade que cada vez mais, as Câmaras Municipais estão a reconhecer ao colaborarem com a Iniciativa Construção Sustentável.Conferências Human Habitat 2011© Miguel Menezes, Notícias do Parqe
  • 11. São o esforço e contributo relevante para a construção sustentável de cada uma das empresas convidadas pela Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL para integrarem, como parceiras, o ICS 2011 programa de atividades que promove durante o ano, que as diferencia de outras no sector da Parcerias Empresariais construção. A Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL conta com o apoio de projetistas, especialistas na área do desempenho energético-ambiental dos edifícios, fornecedores de soluções construtivas, empreiteiros, instituições de crédito, seguradoras, mediadoras e muitos mais, todos atores que determinam a qualidade da construção. Para estes parceiros e “Stakeholders” da construção Também devido a este apoio se torna possível colocar à disposição deste público interessado, de sustentável, a Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL cria visibilidade no âmbito do seu modo gratuito, toda a informação relevante para a construção sustentável. Todas estas atividades programa e meios de comunicação além de aumentar a notoriedade das respectivas marcas. justificam-se para propulsionar a mudança necessária de posicionamento e, sobretudo, para As empresas parceiras da Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL são também convidadas a aumentar as competências que possibilitam uma mudança alargada de práticas. participar na rede Sustainable Construction Living Lab, no âmbito da qual se desenvolvem e PARCEIROS ICS PARCEIROS LIVING LAB validam soluções construtivas robustas, sempre contando com os preciosos contributos das CS COELHO DA SILVA ROCA CRUZFER empresas que representam todas as componentes complementares. ESFEROVITE SAPA PORTUGAL CS COELHO DA SILVA É o apoio destas empresas parceiras, que contribui para proporcionar o desenvolvimento do largo GUARDIAN SELF ENERGY ESFEROVITE leque de atividades que a Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL promove: ações de HUNTSMAN SHOWER GREEN GUARDIAN sensibilização, informação, formação e comunicação em contacto direto com um público cada vez IBM SONNENKRAFT LAFARGE mais vasto, redes de comunicação on-line, publicações, entre outras atividades conducentes ao LAFARGE VULCANO SAPA PORTUGAL alargamento de boas práticas na construção. LG UPWAY . VULCANO© Tirone Nunes
  • 12. ICS 2011 Agência de Comunicação e Media Partners AGÊNCIA DE COMUNICAÇÃO ICS MEDIA PARTNERS ICS GREENMEDIA ANTENA 2 A estratégia de comunicação da Iniciativa Construção Sustentável integra múltiplos meios de NOTÍCIAS DO PARQUE comunicação para além daqueles que a própria promove: artigos de opinião, entrevistas e notícias SIC NOTICIAS – PROGRAMA em meios de comunicação impressos e on-line, apresentações de casos de estudo e comunicações ESPAÇOS&CASA temáticas em eventos, presenças na televisão e na rádio - todos promovidos por outros agentes de JORNAL EXPRESSO – CADERNOS mercado. ESPAÇOS&CASAS Em Maio de 2011, a Iniciativa Construção Sustentável inicia a colaboração com a agência de JORNAL O INSTALADOR comunicação e relações públicas GREEN MEDIA. Com o principal objectivo de ampliar o alcance e, JORNAL CONSTRUIR consequentemente, a visibilidade dos conteúdos que desenvolve, das mensagens que transmite e REVISTA IMOBILIÁRIA das imagens de marca de todos os seus parceiros, o papel da GREEN MEDIA como especialistas REVISTA BRIEFING em assessoria mediática, vem capitalizar a notoriedade da Iniciativa Construção Sustentável, REVISTA BIORUMO fazendo a ponte com os órgãos de comunicação social. TV AMADORA© Tirone Nunes
  • 13. ICS 2011Acções deComunicaçãoA Iniciativa Construção Sustentávelconsidera sua a missão disseminar todaa informação relevante sobre asustentabilidade urbana e sobre aconstrução sustentável, contribuindodeste modo para qualificar o meioedificado.É neste âmbito que se enquadra ointenso programa de comunicação quepromove e que inclui CONFERÊNCIAS,WORKSHOPS, SEMINÁRIOS eENCONTROS LIVING LAB, sendogratuita a participação de interessadosnestes eventos e ficando todas asapresentações disponíveis on-line emformato áudio e visual.Durante 2011, a Iniciativa ConstruçãoSustentável promove também quatroCURSOS DE FORMAÇÃOPROFISSIONAL CONTÍNUA. W orkshop AGUA RENOVÁVEL © Tirone Nunes
  • 14. Conferências Human Habitat 2011© Miguel Menezes, Notícias do Parqe CONFERÊNCIAS HUMAN HABITAT 2011 SEMINÁRIOS Este ciclo de conferências, concebido e coordenado pela Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, Nos SEMINÁRIOS promovidos pela Iniciativa Construção Sustentável em parceria com a Agência para a numa parceria com o OCEANÁRIO DE LISBOA, promove o estabelecimento de um diálogo franco e Energia (ADENE), com a IBM e com a Intelligent Sensing Anywhere (ISA), são abordados os desafios da directo entre os oradores convidados, de reconhecido mérito nacional e internacional e o público que sustentabilidade no meio edificado, com enfoque na escala urbana, mais precisamente nas Cidades participa nestes eventos. A partilha de conhecimentos relevantes sobre novos modelos de Inteligentes (SMART CITIES). O tema da Prosperidade Renovável incluirá conceitos como: desenvolvimento urbano sustentável, renovam a capacidade dos participantes de contribuir para o descentralizar a transformação de recursos renováveis (energia, água e materiais), redes inteligentes, bi- alargamento de boas práticas nas cidades em que habitam. As CONFERÊNCIAS são dirigidas a direccionais e inter-activas, que se auto-regeneram, descentralização do armazenamento de recursos, a decisores em todos os sectores da sociedade e correspondem a cerca de 20 horas de formação monitorização contínua e não intrusiva, entre outros. Os SEMINÁRIOS são dirigidos a decisores que profissional contínua em 2011. influenciam a qualidade da construção e correspondem a cerca de 10 horas de formação profissional contínua em 2011. WORKSHOPS FORMAÇÃO Os WORKSHOPS são promovidos pela Iniciativa Construção Sustentável em parceria com a Agência A Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL iniciou em 2010 uma parceria com a Liga para a Protecção para a Energia (ADENE) e com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), abordando os desafios e as da Natureza (LPN) e com a IBM, no âmbito da qual se realizarão quatro cursos de formação com oportunidades da sustentabilidade no meio edificado. Entre os temas a desenvolver em 2011 encontram- enfoque nas oportunidades de intervenção resultantes da REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEL DO se a eficiência energética, a qualidade do ar Interior, a valorização de recursos não-renováveis e de EDIFICADO. Os cursos são dirigidos a profissionais do sector da construção e a todos os interessados recursos renováveis, os incentivos à realização de medidas de melhoria que contribuam para a que procuram aumentar as suas competências na área da reabilitação sustentável de edifícios. Todos os qualificação do edificado na sua dimensão do desempenho energético-ambiental, da inovação, da formandos assíduos (75% da carga horária) recebem um certificado emitido pela Iniciativa resiliência urbana e social, do Ecodesign, do ciclo de vida dos edifícios e da integração de áreas verdes CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL (Tirone Nunes SA) e pela LPN, entidade formadora acreditada pela em edifícios. Os WORKSHOPS são dirigidos a decisores que influenciam a qualidade da construção e Direcção Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT). Cada curso tem entre 20 e 30 horas correspondem a cerca de 30 horas de formação profissional contínua em 2011. de formação presencial em horário pós-laboral e uma avaliação.
  • 15. ICS 2011 Presença Online A página na Internet www.construcaosustentavel.pt disponibiliza todos os conteúdos de texto publicados no livro CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, integra todas as apresentações realizadas nas acções de comunicação, nos formatos visuais (PDF) e áudio (mp3) e tem ligações dinâmicas a outras páginas na Internet com conteúdos complementares. Todas as apresentações dos oradores são colocadas on-line na Mediateca da página na Internet www.construcaosustentavel.pt, imediatamente após cada ação de comunicação promovida pela Iniciativa Construção Sustentável. Com cada evento realizado é ampliada a informação disponível nesta página na Internet, de modo contínuo. Em 2010 foram colocadas on-line 172 apresentações, em ambos os formatos, cada qual com uma duração média de 25 minutos. Em 2011, durante o primeiro semestre foram colocadas on-line 76 apresentações.© Tirone Nunes© Tirone Nunes
  • 16. ICS 2011 EstatísticasRESULTADOS ESTATISTICOS DO 1º SEMESTRE DEFINIÇÕESCom uma base de contactos com aproximadamente 15.000 inscritos (sendo a maioria profissionais Visits (Visitantes): Número de visitantes que criaram uma interacção (visita) com o website.do sector da construção) e mais de 1 milhão de “hits” por mês (na maioria dos meses), a página naInternet www.construcaosustentavel.pt proporciona uma considerável visibilidade para os parceiros Pageviews (Exibição de Páginas): Quantidade de páginas visualizadas pelos visitantes.e patrocinadores da Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, com a presença da imagem de O Page Views é uma das métricas mais úteis na análise de dados estatísticos de internet. Estemarca e de “links” para as suas respectivas páginas. número indica a qualidade das visitas do website, indicando-nos a quantidade de páginas que uma pessoa visita cada vez que entra no website.Criada em 2010, esta Mediateca virtual da Iniciativa Construção Sustentável constituiu-se comoreferência nesta área temática, dada a informação actual e relevante sobre a sustentabilidade Hit: Sempre que um arquivo/conteúdo é requisitado do site, ele gera um hit.urbana e sobre a construção sustentável.No 1º semestre de 2011 a página na Internet www.construcaosustentavel.pt teve um total de Brandwith (Largura de Banda): Quantidade de dados que podem ser transmitidas ao longo de um138.578 visitantes e um total de 1.480.838 páginas visitadas. canal de comunicação numa quantidade fixa de tempo. Gigabyte (símbolo GB) é uma unidade de medida de informação que equivale a 1 000 000 000 bytes (segundo SI) ou 109 bytes.Os dados estatísticos são provenientes do sistema Stats byAWSTATS.
  • 17. ICS 2011Diversos estudos de conceituadas empresas de pesquisa de mercado revelam que as Redes Sociais Redes Sociais(também designados por Social Media ou Social Networking) são, atualmente, uma das maispoderosas ferramentas para comunicar com públicos alvo. As redes virtuais facilitam a comunicaçãoentre elementos de comunidades que partilham interesses, permitindo a empresas acederem a Redes sociais reais valorizam significativamente a qualidade de vida das comunidades, mais do quepúblicos selecionados, com um grau de proximidade que não conseguiriam alcançar através das as designadas redes digitais disponíveis online, tais como: Facebook, Twitter, LinkedIN e YouTubecampanhas tradicionais de publicidade e de comunicação. entre outros serviços virtuais semelhantes. A presença da Iniciativa Construção Sustentável nas Redes Sociais (Facebook, Twitter e LinkedIN)No entanto, o sucesso das mensagens difundidas em redes virtuais prende-se, sobretudo, com o assenta na disponibilização e atualização de informação relevante sobre os temas nos quais geracódigo de ética que é reconhecido pelos seus utilizadores. As empresas e organizações têm de ser conteúdos.transparentes e não devem saturar as redes sociais enquanto as utilizam como plataformascomerciais. Devem limitar-se a partilhar informação e conteúdos de interesse, bem como a recolher A Iniciativa Construção Sustentável criou a sua página Facebook no dia 5 de Janeiro e em 30as opiniões dos seus públicos alvo, assegurando a máxima transparência no relacionamento virtual. de Junho tinha 1950 amigos e 550 fãs.
  • 18. ICS 2011 Presença na Televisão Nacional Espaços & Casas do Expresso na SIC Notícias Reportagens sobre a Iniciativa Construção Sustentável no Programa Espaços & Casas, durante o 1º O caderno de imobiliário do Expresso estendeu a sua marca à televisão com o programa Espaço & Semestre de 2011: Casas TV, na SIC Notícias. Espaços&Casas Pgr. 89 Com exibição aos sábados às 10h30 e às 13h, e aos domingos às 9h30 e às 18h30, o programa http://www.go-to.pt/v_view201.html dedica-se ao tema da qualidade do meio edificado. Os conteúdos e as ações de comunicação da Espaços&Casas Pgr. 102 Iniciativa Construção Sustentável têm tido particular destaque em diversas ocasiões, neste media http://www.go-to.pt/v_view218.html televisivo bem como na sua versão impressa no caderno do EXPRESSO com o mesmo nome. Espaços&Casas Pgr. 113 http://www.go-to.pt/v_view241.html© Tirone Nunes
  • 19. ICS 2011 Presença na Televisão Online Notícias do Parque Este jornal coloca uma notícia no jornal impresso e uma reportagem vídeo no respectivo media Reportagens sobre a Iniciativa Construção Sustentável, durante o 1º Semestre de 2011: online sobre cada uma das conferências HUMAN HABITAT 2011. Reportagem Human Habitat 2011 – Duarte Cabral de Mello TV Amadora http://www.noticiasdoparque.com/2217/casa-cheia-video/ A TVAmadora.com é um espaço na Internet que privilegia a comunicação de conteúdos associados Reportagem Human Habitat 2011 – Brigitte Reichmann ao Concelho da Amadora, entre outra informação de interesse geral. Os conteúdos e as ações de http://www.noticiasdoparque.com/2348/a-agua-e-as-cidades-video/ comunicação da Iniciativa Construção Sustentável sempre que realizados na Agência Portuguesa Reportagem TVAMADORA - Descentralização do Armazenamento em Cidades do Ambiente, têm tido particular destaque neste media televisivo on-line. http://www.tvamadora.com/Video.aspx?videoid=1138© Tirone Nunes
  • 20. ICS 2011 Presença na ImprensaAs ações de comunicação promovidas pela Iniciativa Construção Sustentável são constantementealvo de notícia, dando lugar a diversos artigos e reportagens publicados em jornais e revistas demédia e grande circulação.Livia Tirone contribui ainda com artigos de opinião regulares para diversos jornais e revistastécnicos, na área da arquitectura, da construção e do ambiente, sobre temas relacionados com asustentabilidade das cidades e do meio edificado. NOTA: FOTOEstes artigos têm como objectivo a sensibilização dos leitores para a optimização do desempenhoenergético-ambiental dos edifícios. KALEIGH © Tirone Nunes
  • 21. ICS 2011 Press Cliping ResumidoApresentamos seguidamente um breve resumo do s resultados Press Clipping ICS do 1ºSemestre de 2011.http://www.construir.pt/2011/03/04/construcao-sustentavel-promove- wor kshop-de-%E2%80%9Cagua-renovavel%E2%80%9D/http://www.globalcons troi.com/noticias /2889-constr ucao-sustentavel-promove-works hop.htmlhttp://comunidade.orzare.c om/index.php/c omponent/opti on,c om_eventlist/Itemi d,127/id,118/view,details/http://www.bcs dportugal.org/enc ontro-li ving-lab/1680.htmhttp://www.cm- agueda.pt/PageGen.as px?WMCM_PaginaId=27652&noticiaId=54823&pastaNoticiasR eqId=35276https://www.facebook.com/event.php?eid=172768369443870&r ef=nfhttp://datechpt.blogspot.c om/2011/05/enc ontr o-living-lab-em-agueda.htmlhttp://www.construir.pt/2011/05/19/arquitectos-e-engenheiros-dissertam-s obre-reabilitacao-sustentavel/)(http://www.vi dai mobiliaria.com/content/construcao-sustentavel-associa-se-adene)http://www.jornalarquitecturas.c om/Not%C3%ADcias.aspx?noticia=190http://www.construir.pt/2011/05/18/adene-lanc a-cobertur as-eficientes/http://www.revistai mobiliaria.com.pt/?p=10876http://casa.sapo.pt/N ews /Imprimir.as px?id=16107http://www.pl anetaz ul.pt/edicoes1/planetazul/des envArtigo.as px?c=2277&a=20183&r=37http://www.construlink.c om/Homepage/verNoticia.php?i d=3120http://www.jornalpredial.pt/index.php/noticiashttp://globalconstroi.com/noticias/3374-adene-lanca-coberturas-eficientes .htmlhttp://www.cas a.iol.pt/noticias/16035/construcao-sustentavel-promove- wor kshop-sobre-reabilitacao-sustentavel.htmlhttp://casa.sapo.pt/news/detalhe.aspx?id=16035http://www.construlink.c om/Homepage/verNoticia.php/noticia.html?id= 3120&offlinehttp://blog.imobiliario.com.pt/2011/05/wor kshop-lisboa-reabilitacao_17.htmlhttp://www.apea.pt/scid/webapea/defaultEventViewOne.asp?eventsID=1386&categoryID=741http://blog.imobiliario.com.pt/2011/05/wor kshop-lisboa-reabilitacao.htmlhttp://www.construir.pt/2011/05/18/sapa-participa-no-works hop-reabilitac ao- urbana/http://www.bcs dportugal.org/wor kshop-reabilitac ao-sus tentavel/1662.htmhttp://www.superindustria.com/main/modules.php?name=Spac es&file=z pages nc&id_zpace=63&id_mod=227&id_x=6834http://www.arteconstruc ao.c om/noticias/elvira-fortunato-recebe-premio-gold-mercur yhttp://www.hi persuper.pt/2011/04/14/gold-mercur y-international-entregou-premi os-de-sus tentabilidade-2010/http://sustainabilityawards.wordpress .com/www.grupo-catarino.pt/or yzon/clipping/Vidaec onomic a_8_04_2011.pdfhttp://www.ai mmp.pt/4%C2%BAcongresso/nticias.htmlhttp://www.construlink.c om/Homepage/verNoticia.php?i d=3026http://sustainabilityawards.wordpress .com/2011/04/04/gold-mercur y-international-and-ai mmp-are-proud-to-announc e-the-winners-of-the-1s t-gold-mercury-sustainability-awards/http://casasportal.blogspot.c om/2011/07/revista-construcao-sustentavel-ja.htmlhttp://pelanaturez a.pt/c onstr ucao-sustentavel/noticias /adene-no-lanc amento-da-nova-revista-construc ao-sustentavel-41884188http://www.apcmc .pt/newsl etter/newsl etter_n287/Revista_Construc ao_Sustentavel.HTMhttp://www.construir.pt/2011/01/12/iniciati va-construc ao-sus tentavel-anunci a-curso-%E2%80%9Cpr osperidade-renovavel-%E2% 80% 93-energia-i%E2%80%9D/http://www.bcs dportugal.org/seminario-cons trucao-sustentavel/921.htmhttp://linhaderumo.bl ogspot.com/2011/05/c ons trucao-sustentavel-cidades-mais.htmlhttp://www.construir.pt/2011/02/16/construcao-sustentavel-organiza-worshop-dedicado-a-%E2% 80% 9Ccoberturas- mediterranic as-verdes- e-produtivas%E2%80% 9D/http://www.maisarquitec tura.c om/2011/06/c ons trucao-sustentavel.htmlhttp://www.revistai mobiliaria.com.pt/?p=11272http://globalconstroi.com/noticias/3486.htmlhttp://www.ccdr-alg.pt/ccdr/index.php?name=News &file=article&sid= 557http://www.jornaldac ons trucao.pt/index.php?id=6&n=2109
  • 22. O grupo de reflexão de governação mundial Gold Mercury International (GMI) e a Associaçãodas Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal (AIMMP) entregaram os primeiros Prémiosde Sustentabilidade Gold Mercury do Ano 2010.Lívia Tirone foi distinguida pelo Gold Mercury Internacional (GMI), dos prémios de sustentabilidadena categoria de “Melhor Contributo para a Construção Sustentável”.A cerimónia teve lugar dia 7 de Abril, no Centro de Congressos da FIL, em Lisboa, durante umJantar de Gala presidido pelo secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, RuiPedro Barreiro. Este prémio resulta de uma nomeação por parte das instituições que o promovem.
  • 23. 14 ICS 2011 Síntese do 1º Semestre A síntese que segue abrange os conteúdos temáticos e os dados estatísticos de todas as acções de comunicação promovidas pela Iniciativa Construção Sustentável. Todas as apresentações efectuadas pelos oradores encontram-se disponíveis on- line nos formatos áudio (podcast) e visual (PDF).Conferências Human Habitat 2011© Miguel Menezes, Notícias do Parque
  • 24. ICS 2011 JANEIROIniciou-se o ano com o tema de fundo “Prosperidade Renovável”, abordando, em Janeiro,especificamente a dimensão da energia. Sendo Portugal um dos países melhor dotados derecursos endógenos renováveis e reconhecendo que as energias renováveis são infinitas, a criaçãodas condições que privilegiem o seu aproveitamento de uma forma alargada e descentralizadatorna-se prioritária. No WORKSHOP realizado em Janeiro de 2011, foram demonstradas asoportunidades de intervenção na Descentralização da Produção de Recursos Renováveis à Escalado Edificado, debatendo as formas de integração dos novos conceitos “utilizador-produtor”, “redesinteligentes e bi-direccionais” e “armazenamento descentralizado de recursos” à escala urbana.Contou com casa cheia e com a participação do Director-Geral da APA, entre outros responsáveisdas instituições parceiras desta iniciativa. W orkshop RECURSOS RENOVÁVEIS: MATERIAIS © Tirone Nunes
  • 25. WORKSHOP ENERGIAS RENOVÁVEIS20 Janeiro 2011Auditório da AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTEO enfoque deste Workshop esteve na demonstração dasoportunidades de intervenção que resultam da atual conjunturano âmbito da CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA E DA QUALIDADEDO AR EM EDIFÍCIOS, dando relevo à Descentralização daProdução de Recursos Renováveis à Escala do Edificado edebatendo a integração dos novos conceitos “utilizador-produtor”, “redes inteligentes e bi-direcionais” e “armazenamentodescentralizado de recursos” à escala urbana.A Iniciativa Construção Sustentável agradeceaos Oradores Convidados os seus preciososcontributos:Aires Messias (EDP INOVAÇÃO)Alexandre Fernandes (ADENE)Dinis Rodrigues (ADENE)Mário Grácio (APA)Miguel Matias (SELF ENERGY)Miguel Pinto (GAMEP MOBI.E)
  • 26. ICS 2011 FEVEREIROEm Fevereiro, o Curso Prosperidade Renovável – Energia I, aprofundou estes conceitos,acrescentou a dimensão da resiliência urbana e apresentou as medidas de melhoria do meioedificado existente que asseguram o seu bom desempenho energético-ambiental. As soluçõesconstrutivas apresentadas reflectem uma abordagem “holística” e, como prioridade, têm sempre aintegração eficaz. No âmbito do curso foram visitados casos de boas práticas à escala dasinfraestruturas urbanas e de edifícios, no Parque das Nações: o Edifício Torre Verde, o Plano dePormenor 4 e 1, as Galerias Técnicas do Parque das Nações, o sistema de climatização doPavilhão Atlântico que consegue reduzir em um terço as suas necessidades energéticas porrecorrer à temperatura estável do rio Tejo para o pré-aquecimento e pré-arrefecimento dos seusespaços, bem como as elucidativas maquetas do Parque das Nações. Ainda em Fevereiro, comum excelente acolhimento dos participantes e dos órgãos de comunicação social, foi apresentadoo tema das “Coberturas Mediterrânicas, Verdes e Produtivas”. Teve eco num programa “Espaços eCasas” que foi para o ar no dia 19 de Março na SIC Notícias e uma página, no caderno com omesmo nome, do semanário Expresso.O enfoque deste WORKSHOP esteve na demonstração das oportunidades de intervenção na“quinta fachada” do edificado, conducentes à melhoria do desempenho energético dos edifícios e,consequentemente, na cidade, na redução do “efeito ilha de calor”, na boa gestão das águaspluviais, na melhoria da qualidade do ar, no aumento da biodiversidade e na segurança alimentardas populações urbanas, sempre assentando nas melhores e mais adequadas tecnologiasdisponíveis e em soluções construtivas robustas. Este WORKSHOP teve eco num programa“Espaços e Casas” que foi para o ar no programa de televisão SIC Notícias. W orkshop COBERTURAS MEDITERRÂNICAS, VERDES E PRODUTIVAS” © Tirone Nunes
  • 27. FORMAÇÃO CURSO: ENERGIA IPROSPERIDADE RENOVÁVEL - ENERGIA I(PROSPERIDADE RENOVÁVEL E RESILIÊNCIA)Entre 01 Fevereiro 2011 e 04 Fevereiro 2011IBM LISBOANo curso foram transmitidos os conceitos e as soluçõesconstrutivas associadas à construção sustentável e àsinfraestruturas que permitem a descentralização datransformação de recursos renováveis, numa abordagemholística, direta e coerente, tendo como principal enfoque areabilitação. Foram visitados casos de boas práticas no Parquedas Nacões.A Iniciativa Construção Sustentável agradeceaos Formadores Convidados os seus preciososcontributos:André Cruz (VULCANO)Francisco Passos (ADENE)Maria João Rodrigues (Especialista emTecnologias Fotovoltaicas)Pedro Mateus (ADENE)Rui Marques (EDP INOVAÇÃO)Susana Marta Almeida (Especialista emQualidade do Ar Interior)
  • 28. WORKSHOPCOBERTURAS MEDITERRÂNICAS VERDES E PRODUTIVAS24 Fevereiro 2011Auditório da ORDEM DOS ENGENHEIROSAs coberturas mediterrânicas, verdes e produtivas promovem obem estar e a qualidade de vida das populações e contribuemdecisivamente para o aumento da resiliência das cidades. Poresta razão é essencial não apenas o conhecimento das soluçõesexistentes que melhor se adaptam ao nosso clima, como ainda odesenvolvimento das competências essenciais para a boaimplementação daquelas soluções.O enfoque deste Workshop esteve na demonstração dasoportunidades de intervenção na “quinta fachada” do edificado,conducentes à melhoria do desempenho energético dosedifícios, à redução do “efeito ilha de calor”, à boa gestão daságuas pluviais, à melhoria da qualidade do ar, ao aumento dabiodiversidade e à segurança alimentar das populações urbanas.A Iniciativa Construção Sustentável agradeceaos Oradores Convidados os seus preciososcontributos:Artur Pereira (IGRA)Fabio Invernizzi HUNTSMAN/VYDRO)João Venceslau (INTEMPER)Joaquim Pescada (SONNENKRAFT)
  • 29. ICS 2011 MARÇOEm Março, os conteúdos foram direccionados para o ciclo de vida da água. Realizou-se o CursoProsperidade Renovável – Água I, que contou com a participação de entre os mais altosresponsáveis na EPAL, SIMTEJO e ERSAR. Mais uma vez, as visitas a casos de boas práticasforam extremamente interessantes e incluíram o edifício sede da MSF nas Natura Towers, a ETARde Alcântara, com a sua extensa cobertura verde desenhada pela PROAP e o Oceanário de Lisboa.O WORKSHOP abordou o mesmo tema, centrando-se na demonstração das oportunidades deintervenção no meio edificado, conducentes à melhoria do desempenho hídrico dos edifícios, aoaproveitamento e armazenamento de água da chuva, à reciclagem de águas cinzentas e aotratamento adequado de águas residuais, destinada a usos não potáveis. Contou com aparticipação do Presidente do Metropolitano de Lisboa, entre outros responsáveis das instituiçõesparceiras desta iniciativa.Ainda em Março foi realizado em Leiria o primeiro Encontro Living Lab, no qual se apresentou oSUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB, enquadrando a sua actividade no âmbito da RedeEuropeia de Living Labs, e se divulgaram os resultados do seu Grupo de Trabalho dedicado àdefinição de soluções construtivas robustas para a reabilitação de coberturas, com o objectivo dealargar boas práticas na construção. W orkshop ÁGUA RENOVÁVEL © Tirone Nunes
  • 30. FORMAÇÃO CURSO: ÁGUA IPROSPERIDADE RENOVÁVEL - ÁGUA(PROSPERIDADE RENOVÁVEL E RESILIÊNCIA)Entre 01 Março 2011 e 04 Março 2011IBM LISBOANo curso foram transmitidos os conceitos e as soluçõesconstrutivas associadas à construção sustentável e às infra-estruturas que permitem a descentralização da transformação dorecurso renovável - água, numa abordagem holística, directa ecoerente, tendo como principal enfoque a reabilitação. Serãovisitados casos de boas práticas.A Iniciativa Construção Sustentável agradeceaos Formadores Convidados os seus preciososcontributos:António Bento Franco (EPAL)António Frazão (SIM TEJO)Artur Silva (ROCA)Jaime Melo Baptista (ERSAR)Jorge Barros (CS COELHO DA SILVA)Vitor Simões (ECOÁGUA)
  • 31. WORKSHOP ÁGUA RENOVÁVEL17 Março 2011Auditório da AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTEO enfoque deste Workshop esteve na demonstração dasoportunidades de intervenção no meio edificado, conducentes àmelhoria do desempenho hídrico dos edifícios, abordando oaproveitamento e armazenamento da água da chuva, areciclagem de águas cinzentas e o tratamento adequado daságuas residuais, destinada a usos não potáveis.A Iniciativa Construção Sustentável agradeceaos Oradores Convidados os seus preciososcontributos:André Cruz (VULCANO)António Bento Franco (EPAL)Eduardo Martins (ROCA)Francisco Cardoso dos Reis(Presidente do METROPOLITANO DE LISBOA)Paula Freixial (ERSAR)Victor Simões (ECO ÁGUA)
  • 32. ENCONTRO LIVING LAB LEIRIAEncontro Sustainable Construction Living LabESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO de LEIRIA24 Março 2011Apresentação do SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVINGLAB, enquadrando a sua actividade no âmbito da Rede Europeiade Living Labs e dos resultados do seu Grupo de Trabalhodedicado à definição de soluções construtivas robustas para areabilitação de coberturas, com o objectivo de alargar boaspráticas na construção.A Iniciativa Construção Sustentável agradeceaos Oradores Convidados os seus preciososcontributos:Jorge Barros (CS COELHO DA SILVA)Nuno Baptista (ADENE)Paulo Carvalho (UPWAY)Ricardo Santos(CÂMARA MUNICIPAL LEIRIA)
  • 33. ICS 2011 ABRILEm Abril deu-se início aos SEMINÁRIOS de 2011, dedicados ao tema “CIDADES MAISINTELIGENTES” (SMART CITIES) no âmbito do qual são abordados os desafios dasustentabilidade urbana, centrando os temas na inteligência de gestão de recursos. O conceito daProsperidade Renovável, subjacente a estes temas, permitiu apresentar as oportunidadesintrínsecas das “Smart Cities”: descentralizar a transformação de recursos renováveis (energia,água e materiais) bem como o armazenamento destes recursos (quando não são instantaneamenteutilizados) e promover o alargamento de redes inteligentes, bi-direccionais e inter-activas e que seauto-regeneram. O primeiro destes Seminários foi realizado em Faro, contanto com a participaçãodo Presidente da Câmara, entre outros responsáveis das instituições parceiras desta iniciativa, eteve um excelente acolhimento dos participantes.Em Abril realizou-se também o WORKSHOP centrado no tema “RECURSOS RENOVÁVEIS -MATERIAIS”. A abordagem a este tema nas ações de comunicação vem já desde 2009 e apesar dotema não ser ainda considerado central pelo sector da construção, provavelmente dada a suacomplexidade e magnitude de informação relevante, verificamos que cresce todos os anos onúmero de interessados! Partindo do facto que os materiais constituem um recurso limitado e, umavez extraídos da crosta da terra, se torna nossa obrigação permanentemente valorizá-los, éimportante repensarmos a forma como os empregamos. O enfoque deste Workshop esteve nademonstração das oportunidades de intervenção no meio edificado, conducentes à optimização dodesempenho ambiental dos edifícios, abordando a sua concepção, realização e operação numalógica de Ecodesign. Contou com casa cheia e com a participação do Director-Geral da APA, entreoutros responsáveis das instituições parceiras desta iniciativa. Seminário CIDADES INTELIGENTES © Tirone Nunes
  • 34. SEMINÁRIOFARO: CIDADES MAIS INTELIGENTES 12 Abril 2011 Auditório da CCDR ALGARVE Numa parceria com a Agência para a Energia ADENE, a IBM, a Câmara Municipal de Faro, a Universidade do Algarve e a CCDR do Algarve, a Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL realizou o SEMINÁRIO “Cidades mais Inteligentes”. O SEMINÁRIO enquadrou-se na Semana Europeia da Energia Sustentável através do programa Enterprise Europe Network. A Iniciativa Construção Sustentável agradece aos Oradores Convidados os seus preciosos contributos: Dinis Rodrigues (ADENE) Macário Correia (Presidente da CAMARA MUNICIPAL FARO) Miguel Matias (SELFENERGY) Rui Manuel Almeida (IBM)
  • 35. WORKSHOPRECURSOS RENOVÁVEIS: MATERIAIS 14 Abril 2011 Auditório da AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE Os Materiais são recursos limitados e, uma vez extraídos da crosta da terra, precisam de ser permanentemente valorizados. Para abraçarmos integralmente o desafio da utilização eficaz e racional dos materiais, será necessário repensar quais as origens mais adequadas às utilizações que lhe damos. O conceito do ciclo de vida contínuo deve ser aplicado aos processos industriais e do quotidiano, obrigando-nos a questionar alguns dos alicerces do atual modelo de desenvolvimento económico e social, na medida em que coloca na entidade que detém o maior grau de competências para assegurar a reintegração de todos os recursos extraídos e transformados, na tecnosfera ou na ecosfera, o ónus da propriedade. A Iniciativa Construção Sustentável agradece aos Oradores Convidados os seus preciosos contributos: Mário Grácio (APA) José do Vale (IAPMEI) Jorge Barros (CS COELHO DA SILVA) Paula Roque (REVIGRES) Carlos Manuel (AISOL GRUPO AMORIM)
  • 36. ICS 2011 MAIOEm Maio, com a conclusão da construção e disponibilização do excelente novo auditório doOCEANÁRIO DE LISBOA para as Conferências HUMAN HABITAT, foi lançado o segundo Ciclo quese realiza em 2011. Continuando a parceria com o OCEANÁRIO DE LISBOA, a coordenação erealização deste novo ciclo de 10 conferências que inclui 5 que darão continuidade ao formatolançado em 2010, e 5 em que serão apresentadas boas práticas em cidades, a primeira contou como orador convidado: Prof. Duarte Cabral de Mello. A plateia HUMAN HABITAT 2011 ficou rendidadurante as mais de 3 horas ao tema: “Cidades, Cidadania & Felicidade”. O Plano de Pormenor 4 doParque das Nações, apresentado, partindo do projeto (desenvolvido pela equipa dirigida por ele) àrealidade de hoje, constituiu a vertente prática da conferência. Também em Maio realizou-se asegunda Conferência HUMAN HABITAT 2011 com a oradora convidada Brigitte Reichmann. Trouxeà audiência exemplos de boas práticas desenvolvidas na cidade de Berlim, com enfoque empolíticas locais e regionais que visam promover a prosperidade renovável no ciclo de vida da água.Apresentou ainda resultados destas políticas exibindo alguns casos práticos. Conferências Human Habitat 2011 © Miguel Menezes, Notícias do Parqe
  • 37. CONFERÊNCIACIDADES, CIDADANIA & FELICIDADE HUMAN HABITAT 2011 Duarte Cabral de Mello Novo Auditório do Oceanário de Lisboa 02 Abril 2011 A primeira Conferência HUMAN HABITAT 2011 contou com o orador convidado: Prof. Duarte Cabral de Mello. A plateia HUMAN HABITAT 2011 ficou rendida durante as mais de 3 horas ao tema: “Cidades, Cidadania & Felicidade”. O Plano de Pormenor 4 do Parque das Nações, apresentado, partindo do projeto (desenvolvido pela equipa dirigida por ele) à realidade de hoje, constituiu a vertente prática da conferência. A Iniciativa Construção Sustentável agradece ao Orador Convidado Duarte Cabral de Mello o seu precioso contributo.
  • 38. CONFERÊNCIA BERLIM: POLÍTICAS LOCAIS QUE DINAMIZAM APROSPERIDADE RENOVÁVEL NO CICLO DA ÁGUA HUMAN HABITAT 2011 Brigitte Reichmann Novo Auditório do Oceanário de Lisboa 16 Abril 2011 A segunda Conferência HUMAN HABITAT 2011 contou com a oradora convidada Brigitte Reichmann que trouxe à audiência exemplos de boas políticas locais e regionais, em vigor na cidade de Berlim, com enfoque na promoção de uma prosperidade renovável aplicada ao ciclo de vida da água. Apresentou ainda resultados destas políticas exibindo alguns casos práticos. A Iniciativa Construção Sustentável agradece à Oradora Convidada Brigitte Reichmann o seu precioso contributo.
  • 39. ICS 2011 MAIODando continuidade ao ciclo de SEMINÁRIOS dedicados ao tema “CIDADES MAIS INTELIGENTES”(SMART CITIES) que colocam ao alcance de um público predominantemente técnico a informação relevantepara o alargamento de boas práticas na construção e na reabilitação urbana, integrando a escala dossistemas e das infraestruturas, realizou-se o segundo em Braga. Contou com casa cheia e com aparticipação do Vice-Presidente da Câmara, entre outros responsáveis das instituições parceiras destainiciativa.No dia 19 de Maio, com um excelente acolhimento do público e dos órgãos de comunicação social, realizou-se na Ordem dos Engenheiros mais um WORKSHOP centrado no tema “Reabilitação Sustentável”. Mais umavez a apresentação das oportunidades de intervenção no meio edificado, conducentes à optimização dodesempenho energético-ambiental dos edifícios, assentando em soluções construtivas robustas einovadoras, validadas pelos principais intervenientes nos processos construtivos. Este WORKSHOP contoucom a participação do Presidente da Câmara Municipal de Faro e teve eco num programa “Espaços e Casas”que foi para o ar no dia 6 de Junho na SIC Notícias, bem como numa página no caderno com o mesmonome, do semanário Expresso.A Agência para a Energia ADENE lançou neste mesmo dia, a publicação “Coberturas Eficientes”, uma ediçãoTirone Nunes da autoria de Lívia Tirone, o primeiro de um conjunto de guias para a reabilitação energético-ambiental dos edifícios. Este Guia encontra-se disponível para dow nload na página na Internet da ADENE.Ainda em Maio foi realizado em Águeda o segundo ENCONTRO LIVING LAB, no qual se apresentou oSUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB, enquadrando a sua atividade no âmbito da Rede Europeiade Living Labs, e se divulgaram os resultados do seu Grupo de Trabalho dedicado à definição de soluçõesconstrutivas robustas para a reabilitação de coberturas, com o objectivo de alargar boas práticas naconstrução. Neste Encontro foram também apresentados os primeiros resultados do Grupo de Trabalhodedicado definição de soluções construtivas robustas para a reabilitação de fachadas. O Presidente daCâmara moderou a sessão de discussão no final do evento, e estiveram presentes outros responsáveis dasinstituições parceiras desta iniciativa e Associados do SUSTAINABLE CONSTRUCTION LIVING LAB. Todosos conteúdos gerados no âmbito deste Living Lab ficarão disponíveis on-line na página na Internetw ww.construcaosustentavel.pt durante o segundo semestre de 2011. W orkshop REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEL © Tirone Nunes
  • 40. SEMINÁRIOBRAGA: CIDADES MAIS INTELIGENTES 10 Maio 2011 Auditório do Museu D. Diogo de Sousa Numa parceria com a Agência para a Energia ADENE, a IBM, a Câmara Municipal de Braga, a Universidade do Minho e a Região Norte da Ordem dos Engenheiros, a Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL realizou o SEMINÁRIO “Cidades mais Inteligentes”, no Auditório Museu D. Diogo de Sousa. a informação relevante para o alargamento de boas práticas na construção e na reabilitação urbana, integrando a escala dos sistemas e das infraestruturas numa perspectiva da prosperidade renovável e da resiliência urbana. A Iniciativa Construção Sustentável agradece aos Oradores Convidados os seus preciosos contributos: António Cunha (UNIVERSIDADE DO MINHO) António Marques (AIMINHO) António Pires dos Santos (IBM) Francisco Passos (ADENE) Mesquita Machado (Vice-Presidente da CÂMARA MUNICIPALBRAGA) Pedro Santos (SELF ENERGY)
  • 41. LANÇAMENTO GUIA“COBERTURAS EFICIENTES”19 Maio 2011Auditório da ORDEM DOS ENGENHEIROSNo dia 19 de Maio, no Auditório da Ordem dos Engenheiros, emLisboa, a Agência para a Energia ADENE lançou a publicação“Coberturas Eficientes”, uma edição Tirone Nunes da autoria deLívia Tirone. Trata-se do primeiro de um conjunto de guias para areabilitação energético-ambiental dos edifícios, que serãodisponibilizados para download na página na Internet da ADENE.Apresentado pelo Alexandre Fernandes - Diretor Geral daADENE e pela sua autora, foi oferecido um exemplar do Guia acada participante no lançamento.O Guia “Coberturas Eficientes” assume especial relevo, uma vezque quase dois terços das habitações portuguesas apresentampotencial de reabilitação, com ganhos de eficiência energéticaque podem variar entre 25 e 50 por cento. Com o lançamentodestes guias, pretende-se disponibilizar informação a todos osproprietários de imóveis, que podem assim intervir diretamentenos edifícios, ganhando não só na optimização de consumosenergéticos, mas também na qualidade de vida.A Iniciativa Construção Sustentável agradeceaos Promotores deste Guia os seus preciososcontributos:Alexandre Fernandes (ADENE)Paulo Santos (ADENE)
  • 42. WORKSHOPLISBOA: REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEL 19 Maio 2011 Auditório da ORDEM DOS ENGENHEIROS Apesar da optimização do desempenho energético-ambiental do meio edificado constituir uma área prioritária de intervenção, tem- se demonstrado extremamente difícil melhorar a qualidade de construção que continua a ser pouco adaptada ao clima local e não corresponde ao grau de conforto desejado. A complexidade do sector da construção, o contexto da atual crise económica e o abrandamento da atividade no sector da construção coloca uma nova ênfase na reabilitação urbana, o que conduz a uma mudança do modelo de decisão no sector da construção. Neste novo modelo, o promotor imobiliário e a sua equipa de projeto são substituídos pelo proprietário do imóvel que agora toma as decisões relevantes, pelo que se torna essencial aumentar os conhecimentos técnicos de que este dispõe. A Iniciativa Construção Sustentável agradece aos Oradores Convidados os seus preciosos contributos: Carlos Soares (ENERONE) Dinis Rodrigues (ADENE) Macário Correia (Presidente da CÂMARA MUNICIPAL FARO) Orlando Sampaio (SAPA) Paulo Vieira (YUNIT)
  • 43. ENCONTRO LIVING LAB ÁGUEDA24 Maio 2011Salão Nobre da Câmara Municipal de ÁguedaNuma parceria com a Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVELa APCSLL – Living Lab Associação para a ConstruçãoSustentável promoveu o Encontro Living Lab em Águeda.Enquadrando a sua atividade no âmbito da Rede Europeia deLiving Labs, divulgaram-se os resultados do seu Grupo deTrabalho dedicado à definição de soluções construtivas robustaspara a reabilitação de coberturas, com o objectivo de alargarboas práticas na construção. Neste Encontro foram tambémapresentados os primeiros resultados do Grupo de Trabalhodedicado definição de soluções construtivas robustas para areabilitação de fachadas. Todos os conteúdos gerados no âmbitodeste Living Lab ficarão disponíveis on-line na página na Internetwww.construcaosustentavel.pt durante o segundo semestre de2011.A Iniciativa Construção Sustentável agradeceaos Oradores Convidados os seus preciososcontributos:Alexandra Pinto (UPWAY)Gil Nadais(Presidente da CM ÁGUEDA)Tiago Esperança(CS COELHO DA SILVA)Nuno Baptista (ADENE)
  • 44. ICS 2011 JUNHONo WORKSHOP “Cidades Inteligentes” alargou-se a abordagem ao tema introduzido pelosSEIMIÁRIOS em 2011 a um evento mais abrangente, realizado em Faro. Uma cidade sustentável é,por definição, “compacta, completa e conectada”. A sustentabilidade urbana assenta num bomplaneamento urbano mas também numa gestão dinâmica e em tempo real dos fluxos que a cidadegera, dando prioridade à resiliência da cidade, à eficiência na utilização de recursos não-renováveise à utilização de recursos renováveis, distribuindo os benefícios de forma equitativa. A eficiênciaenergético-ambiental do meio edificado, a descentralização da transformação de recursosrenováveis que introduzem o conceito de “utilizador-produtor”, as “redes inteligentes e bi-direcionais”e a capacidade de “armazenamento descentralizado de recursos” à escala urbana, mas ainda adisponibilização de toda a informação em tempo real sobre os fluxos e a gestão dinâmica dascondicionantes climáticas que afectam o bem estar da cidade, foram os temas abordados no palcodeste WORKSHOP. Contou com casa cheia e com a participação do Presidente da Câmara deFaro, entre outros responsáveis das instituições parceiras desta iniciativa.No dia 9 de Junho, com um excelente acolhimento do público e dos órgãos de comunicação social,foi apresentado na FNAC Colombo o primeiro número da REVISTA CONSTRUÇÃOSUSTENTÁVEL. Na sessão de apresentação, Livia Tirone e Ken Nunes da Iniciativa ConstruçãoSustentável apresentaram o posicionamento da revista no mercado introduzido o tema da “AProsperidade Renovável”, Helena Farrall do Sustainable Construction Living Lab, apresentou umsegundo dos principais temas da revista: “A Resiliência Urbana” e Alexandre Fernandes, diretor-geral da ADENE, falou sobre a relevância deste novo meio de comunicação. O lançamento destapublicação periódica, que se apresenta como fonte de informação estratégica na área da construçãosustentável, teve eco em diversos artigos em jornais e revistas da especialidade, sobretudo nasáreas da arquitetura, engenharia, construção e imobiliário. W orkshop RECURSO RENOVÁVEIS © Tirone Nunes
  • 45. WORKSHOPFARO: CIDADES INTELIGENTES02 Junho 2011Auditório da CCDR ALGARVEUma cidade sustentável é, por definição, “compacta, completa econectada”. A cidade inteligente nasce deste conceito desustentabilidade urbana e assenta numa gestão dinâmica e em temporeal de todos as condições e dos fluxos que a cidade gera, dandoprioridade à resiliência da cidade, à eficiência na utilização de recursose à utilização de recursos renováveis, distribuindo os benefícios deforma equitativa.A eficiência energético-ambiental do meio edificado, a descentralizaçãoda transformação de recursos renováveis que introduzem o conceito de“utilizador-produtor”, as “redes inteligentes e bi-direccionais” e acapacidade de “armazenamento descentralizado de recursos” à escalaurbana, a disponibilização de toda a informação em tempo real sobre osfluxos e a gestão dinâmica das condicionantes climáticas que afectam obem estar da cidade, estão entre os temas abordados.A Iniciativa Construção Sustentável agradece aosOradores Convidados os seus preciosos contributos:Macário Correia(Presidente da CÂMARA MUNICIPAL FARO)Miguel Matias (SELF ENERGY)Nuno Baptista (ADENE)Henrique Pereira (ISA)Miguel Pinto (MOBI.E)Valter Sousa (DECO)
  • 46. LANÇAMENTO REVISTACONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL 9 Junho 2011 Espaço FNAC Colombo Na sessão de apresentação da Revista Construção Sustentável, Livia Tirone da Iniciativa Construção Sustentável, Helena Farrall da Sustainable Construction Living Lab e Alexandre Fernandes, director-geral da ADENE, debateram os temas “Prosperidade Renovável” e “Resiliência Urbana” que a revista agora lançada tem como prioritários. A Iniciativa Construção Sustentável agradece ao Orador Convidado o seu precioso contributo: Alexandre Fernandes (ADENE)
  • 47. ICS 2011 22 Questionários A Iniciativa Construção Sustentável registou uma adesão significativa de novos participantes (mais de 40%) nos Workshops e em outras acções de comunicação durante o 1º semestre de 2011. Dado este crescimento a Iniciativa Construção Sustentável promoveu a distribuição de dois breves Questionários aos participantes nos WORKSHOPS que se realizaram nos dias 24 de Fevereiro e 19 de Maio. Estes questionários tiverem como objectivo identificar a origem dos novos participantes, a forma como tomaram conhecimento dos respectivos eventos, o que os levou a participarem nos eventos e ainda, os temas que pretendem ver desenvolvidos em eventos futuros. Com base nas respostas dadas a estes questionários foi possível analisar dados interessantes e concluir o seguinte:Seminário CIDADES INTELIGENTES© Tirone Nunes
  • 48. 1º TRIMESTRE 2011 - WORKSHOP DE DIA 24 DE FEVEREIRO MOTIVAÇÃORESULTADOS DO QUESTIONÁRIO 161.8 % dos participantes respondeu ao Questionário distribuído. 25.7 Desenvolver TrabalhoNo total, foram analisados 144 Questionários cujos resultados se apresentam nas Figuras 1-3, 36.6 Conhecer Melhorsendo de destacar as seguintes conclusões:- 44.5 % dos participantes tomaram conhecimento do evento através da consulta do site da Interesse PessoalIniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, de amigos, de pesquisa na Internet, de redes sociaise/ou “Outros Meios” (por ex. o e-mail reencaminhado pelos recursos humanos da empresa); Estesdados revelam ainda que a 20.1 % dos participantes valoriza a informação veiculada através dasredes de contactos próprias (virtuais e reais) assegurando o acesso à informação, de uma forma 37.7eficaz e em tempo útil.- 63.4 % dos participantes está já a desenvolver trabalho nos temas apresentados e/oupretende conhecer melhor, as empresas que apresentam as soluções na área dos temasapresentados;- 62.2 % dos participantes pretende ver desenvolvidos os temas relacionados com SoluçõesConstrutivas; COMO TOMOU EM QUE ESTÃO CONHECIMENTO INTERESSADOS 16.1 6.1 Por Mail Conceitos 13.4 0.6 Site Regulamentação 6.7 Rede Social 21.7 55.5 Soluções Construtivas 62.2 Pesquisa Internet 17.7 Amigo Outro
  • 49. 2º TRIMESTRE 2011 - WORKSHOP DIA 19 DE MAIORESULTADOS DO QUESTIONÁRIO 252% dos participantes responde aos Questionários distribuídos.No total, foram analisados 96 Questionários cujos resultados se apresentam nas Figuras 4-6, sendode destacar as seguintes conclusões: 34.7 39.8 MOTIVAÇÃO- 29.4 % dos participantes tomaram conhecimento do evento através da consulta da página Desenvolver Trabalhona Internet da Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, de amigos, de pesquisa na Internet e/ou Conhecer Melhorde redes sociais. Interesse Pessoal- 65.2 % dos participantes está já a desenvolver trabalho nos temas apresentados e/oupretende conhecer melhor, as empresas que apresentam as soluções na área dos temasapresentados; 25.4- 57.3 % dos participantes pretende ver desenvolvidos os temas relacionados com SoluçõesConstrutivas;Estes dados revelam que a maioria dos participantes valoriza a informação veiculada atravésdas ações de comunicação promovidas pela Iniciativa Construção Sustentável. 18.0 10.8 COMO TOMOU CONHECIMENTO EM QUE ESTÃO 2.9 INTERESSADOS Por Mail Conceitos 15.7 Site Regulamentação 57.3 24.7 Rede Social Soluções Construtivas 70.6 Amigo
  • 50. ICS 2011ResultadosCONCLUSÕESO interesse gerado em torno dos temas desenvolvidos nas acções de comunicação da IniciativaCONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL tem crescido progressiva e sistematicamente. Em relação aosresultados do 1º Semestre de 2010, verificou-se um crescimento de 33.9 % do número de Visitas aosite da Iniciativa Construção Sustentável, de 50,.0 % do número de Páginas Visitadas e de 54.0 %do volume de downloads (Bandwidth). Reportando estes mesmos resultados com os do 1º Semestrede 2009, registou-se um crescimento de 186.5 % do número de Visitas ao site da IniciativaConstrução Sustentável, de 246.3 % do número de Páginas Visitadas e de 442.2 % do volume dedownloads (Bandwidth).Também o número de participantes demonstra um franco crescimento ao longo dos anos em que aIniciativa Construção Sustentável promove ações de comunicação. O reconhecimento e liderançanas áreas temáticas que trata, manifesta-se também através do número de aderentes às ações decomunicação: no total, em 2009 foram 2.300 as inscrições nas ações de comunicação, em 2010foram 4.000 e em 2011, durante o primeiro semestre foram 2.500.Apesar dos dois eventos onde foram realizados os Questionários serem bastante distintos emtermos temáticos, a análise dos resultados revela a importância das redes sociais (reais e virtuais)entre os profissionais do sector como meios de divulgação da realização dos eventos. Da elevadapercentagem de respostas transparece um claro interesse por parte dos participantes pelo trabalhorealizados pela Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL bem como o reconhecimento do valor dasabordagens realizadas centradas na apresentação de boas práticas e de soluções construtivasrobustas e sustentáveis.. © Tirone Nunes
  • 51. ICS 2011 PublicaçõesCom a terceira edição do livro CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, lançada em Setembro de 2010, quepassou a ter o subtítulo “Soluções para uma Prosperidade Renovável” em substituição do anteriorsubtítulo: “Soluções Eficientes Hoje, a nossa Riqueza de Amanhã” foram disponibilizados ecolocados no mercado, no total, um número de 10.500 exemplares.A terceira edição do livro beneficiou de mais uma atualização dos conteúdos. Todas as ediçõescontaram com o apoio de patrocinadores estratégicos, seleccionados em função das suasexcelentes práticas, conducentes a uma construção mais sustentável, cujas participações ficaramassociadas à descrição da medida específica na qual se integra a solução construtiva que fornecem.Os contactos dos parceiros institucionais da Iniciativa CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL foramcolocados na badana da capa do livro, bem como as respectivas imagens de marca.
  • 52. No dia 19 de Maio no Auditório da Ordem dos Engenheiros, em Lisboa, foi lançado oprimeiro de um conjunto de 5 guias para a reabilitação energético-ambiental dos edifícios.Esta publicação, promovida pela ADENE – Agência para a Energia, da autoria de Lívia Tirone, émais uma edição da Iniciativa Construção Sustentável. Assume especial relevo, uma vez que quasedois terços das habitações portuguesas apresentam um potencial de reabilitação, com ganhos deeficiência energética que podem variar entre 25 e 50 por cento.Com o lançamento destes guias, pretende-se disponibilizar informação a todos os proprietários deimóveis, podendo estes assim intervir directamente nos edifícios, ganhando não só na optimizaçãode consumos energéticos, mas também na qualidade de vida que resultará da optimização dodesempenho energético-ambiental.Esta publicação encontra-se disponível para download (pdf) na página na Internet da ADENE.
  • 53. No dia 9 de Junho no Auditório da FNAC Colombo, em Lisboa, foi lançado o primeironúmero da Revista Construção Sustentável.O livro Construção Sustentável, com edições consecutivas lançadas na FNAC desde 2007,demarcou-se em Portugal como um dos livros mais consultados sobre o tema. A actual conjunturade mercado reforça a importância da sustentabilidade no meio edificado, realçando a utilizaçãoeficiente de recursos e uma crescente necessidade de aumentar o bem-estar, a saúde e o confortodentro de casa e no espaço urbano envolvente, sendo neste contexto que nasce a RevistaConstrução Sustentável.A Revista Construção Sustentável, um meio impresso e coleccionável, apresenta-se como fontede informação dinâmica e actual, estratégica e específica na área da construção sustentável.Abrange a dimensão política, de planeamento urbano, de construção e de reabilitação, associadosao meio edificado.É dirigida aos técnicos com actividade no sector da construção que desejem aprofundar e ampliar demodo contínuo os conhecimentos nesta área, bem como aos proprietários de imóveis os quais,sempre que decidam reabilitar as suas casas, ficam colocados entre os decisores no sector daconstrução e necessitam de se munir das competências relevantes para tomarem as decisõesacertadas e conducentes a melhorar do desempenho energético-ambiental das mesmas.Os conteúdos apresentados reflectem o dinamismo do programa de acções de comunicação daIniciativa Construção Sustentável, realçando os seus temas estruturais em 2011: a “ProsperidadeRenovável” e a “Resiliência Urbana”.
  • 54. Parceiros:Agradecemos a todos os nossosParceiros e Patrocinadores da IniciativaConstrução Sustentável os importantesconteúdos partilhados e os apoiosconcedidos.Estes apoios permitem desenvolver ecolocar gratuitamente à disposição do Apoios:vasto público interessado que participanas ações de informação, comunicaçãoe formação e que acede a conteúdos on-line na página na Internet da IniciativaConstrução Sustentável, toda ainformação relevante relacionada com aConstrução Sustentável e com aResiliência Urbana.
  • 55. Sobre a Iniciativa Construção Sustentável…A Iniciativa Construção Sustentável é lançada pela Tirone Nunes em Novembro de 2007, após duas décadas de liderança do mercado na concepção erealização de empreendimentos e edifícios que integram e comprovam os melhores conceitos, medidas e tecnologias disponíveis para uma construçãomais sustentável, tendo resultado em elevados níveis de conforto ambiental com baixos consumos de recursos para os seus utilizadores.Inicialmente constituída pelo livro com o mesmo título e pela página na Internet www.construcaosustentavel.pt, a iniciativa não cessa de ampliar o seuleque de meios de comunicação e de aprofundar e alargar os conteúdos que comunica. Entre ações de comunicação, páginas na Internet e publicaçõescom o objectivo de sensibilizar, informar e formar os seus públicos alvo, gera, discute e dinamiza conteúdos essenciais para a qualificação da construçãoe disponibiliza-os (na sua maioria graciosamente) aos decisores do sector da construção.
  • 56. Entre 1989 e 2007 a Tirone Nunes,liderou a área da construçãosustentável em Portugal, projectando econtribuindo para a realização de maisde 200 habitações bioclimáticas ealguns milhares de metros quadradosde escritórios e áreas comerciais,todas com excelente desempenhoenergético-ambiental. Entre estes, o 1º Workshop daprojecto mais emblemático é a Torre Iniciativa Construção Sustentável emVerde no Parque das Nações. Novembro de 2008 no Lançamento do Livro Auditório da APA emA qualidade dos conteúdos que a “Construção LisboaIniciativa Construção Sustentável Sustentável” emdisponibiliza conta com os importantes Novembro de 2007contributos dos melhores especialistasno sector da construção, à escalanacional e internacional. | 2007 | | 2008 |
  • 57. Em 2009 a Iniciativa Construção Sustentável realizou um conjunto de 9 WORKSHOPS e 6 SEMINÁRIOS cujo enfoque esteve na demonstração das oportunidades de intervenção no meio edificado, enquadradas no âmbito da Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior em Edifícios. Em 2009, a Iniciativa Em Setembro de 2010 foi lançada a 3ª Construção Sustentável teve edição do livro “Construção contacto direto com mais de Sustentável” atingindo um total de 2ª Edição do Livro 2.300 pessoas ao longo de Construção 10.500 exemplares colocados no 54 horas de formação Sustentável mercado. profissional continua e na publicada em Maio sua totalidade gratuita para de 2008 os interessados.2008 | | 2009 | | 2010 |
  • 58. Em 2010, a Iniciativa Construção Sustentável promoveu 10 WORKSHOPS em Lisboa e 9 SEMINÁRIOS em todo o país e Ilhas, bem como 10 Conferências HUMAN HABITAT 2010 e um Curso dedicado ao tema “Construção Sustentável”, tendo contacto direto com aproximadamente 4.000 pessoas e totalizando 132 horas de formação profissional contínua. Em Janeiro de 2011 foi lançada Em Abril de 2010 a atualização da página na Em Fevereiro de 2010 criou a rede Internet da Iniciativa lança o ciclo de SUSTAINABLE Construção Sustentável e Conferências HUMAN CONSTRUCTIO foram criadas as páginas da HABITAT 2010 N LIVING LAB dedicadas ao tema das iniciativa nas principais Redes Sociais Virtuais FACEBOOK e Cidades Sustentáveis, em parceria com o TWITTER. OCEANÁRIO DE LISBOA2010 | | 2011 |
  • 59. Em Maio de 2011, a Tirone Nunes No 1º Semestre de 2011, a Iniciativa inicia a colaboração com a LAFARGE Construção Sustentável teve contacto na prioritarização de soluções direto com aproximadamente 2.000 construtivas inovadoras e sustentáveis pessoas ao longo de 82 horas de e preside ao painel “Sustainable formação profissional contínua, das Construction Solutions Specifier quais 42 tiveram acesso gratuito, Panel”. incluindo os 6 WORKSHOPS, 2 SEMINÁRIOS e 2 ENCONTROS Em Junho de 2011 LIVING LAB, bem como 2 lançou na FNAC o 1º Em Maio de 2011, Livia Tirone é número da Revista Conferências HUMAN HABITAT. convidada pelo vice-presidente da Construção Comissão Europeia Tajani para Sustentável integrar o European Design Leadership Em Maio de 2011 Board e, deste modo, contribuir para a lançou o GUIA European Design Innovation Initiative. “COBERTURAS EFICIENTES”2011 |