Your SlideShare is downloading. ×
Circunferencias
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Circunferencias

4,383
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,383
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
207
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Circunferência, áreas e resolução de triângulos quaisquer Slides Internet Esquadros de madeira – www.ser.com.br Trigonometria Circunferência Resolução de triângulos quaisquer: lei dos senos e lei dos cossenos Áreas: medidas de superfície Resolução de triângulos quaisquer: resolução de triângulos retângulos
  • 2. Posições relativas entre retas e circunferências
    • RETAS TANGENTES:
    • Tem um único ponto em comum com a circunferência.
    • A distância entre o centro e a reta é igual ao raio
    • d c,t = raio
    • RETAS SECANTES:
    • Tem dois pontos em comum com a circunferência.
    • A distância entre o centro e a reta é menor que o raio
    • d c,t < raio
    • RETAS EXTERNAS:
    • Não tem nenhum ponto em comum com a circunferência.
    • A distância entre o centro e a reta é maior que o raio
    • d c,t > raio
    Circunferência
  • 3. Posições relativas entre duas circunferências Circunferência Pontos comuns Posição relativa Distância entre os centros em função dos raios Figura 2 Secantes r 1 – r 2 < d < r 1 + r 2 1 Tangentes internas d = r 1 – r 2 1 Tangentes externas d = r 1 + r 2 0 Internas concêntricas d = 0 0 Internas não concêntricas d < r 1 – r 2 0 Externas d > r 1 + r 2
  • 4. Ângulos em uma circunferência Ângulo central : É um ângulo que tem como vértice o centro da circunferência e seus lados passam por pontos pertencentes a ela. Ângulo inscrito : É um ângulo que tem como vértice um ponto da circunferência e cujos lados passam por dois outros pontos da circunferência, determinando nela duas cordas. Ângulo de segmento : É um ângulo que tem como vértice um ponto da circunferência, um lado secante à circunferência e outro tangente a ela. Se um ângulo central e um ângulo inscrito em uma circunferência tem o mesmo arco, então a medida do ângulo central é o dobro da medida do ângulo inscrito. Circunferência
  • 5. Relações métricas na circunferência Circunferência Cruzamento de duas cordas: Dois segmentos secantes a partir de um mesmo ponto: Segmento secante e segmento tangente a partir de um mesmo ponto:
  • 6. Polígonos regulares inscritos na circunferência Polígono regular é aquele que possui todos os lados ( l ) congruentes e todos os ângulos congruentes. Apótema (a) é um segmento com uma extremidade no centro da circunferência e outra no ponto médio de um dos lados do polígono. Ele também equivale ao raio da circunferência inscrita ao polígono. Raio da circunferência circunscrita (r) é o segmento com uma extremidade no centro da circunferência e a outra na própria circunferência. Circunferência
  • 7. Área do quadrado, do retângulo e do paralelogramo Quadrado Retângulo Paralelogramo Áreas: medidas de superfície
  • 8. Área do triângulo Área do triângulo Área do triângulo sendo conhecido os três lados Área do triângulo equilátero Área do triângulo com o auxílio da trigonometria Áreas: medidas de superfície
  • 9. Área do trapézio e do losango Trapézio Losango Áreas: medidas de superfície
  • 10. Área de polígonos regulares ( l ) lado do polígono (a) apótema (n) número de lados do polígono (p) semiperímetro Áreas: medidas de superfície l
  • 11. Área do círculo e do setor circular Círculo Setor circular Áreas: medidas de superfície l
  • 12. Resolução de triângulos retângulos a = hipotenusa b = cateto oposto ao ângulo  c = cateto adjacente ao ângulo  Resolução de triângulos quaisquer 30º 45º 60º sen cos tg
  • 13. Seno e cosseno de ângulos obtusos É necessário saber que: sen 90º = 1 e cos 90º = 0 Senos de ângulos obtusos são exatamente iguais aos senos dos suplementos desses ângulos: sen x = sen (180º - x ) Cossenos de ângulos obtusos são opostos aos cossenos dos suplementos desses ângulos: cos x = - cos (180º - x ) Resolução de triângulos quaisquer
  • 14. Lei dos senos e cossenos Lei dos senos: Lei dos cossenos: Resolução de triângulos quaisquer