Your SlideShare is downloading. ×
Comunicar sem powerpoint: como cativar a audiência com uma história
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Comunicar sem powerpoint: como cativar a audiência com uma história

596
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
596
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Comunicar sem Powerpoint:Como cativar a audiência com uma história? Ana Boa-Ventura, Inês Rodrigues e Helena Lopes Especialistas em Digital Storytelling Media Shots | www.mediashots.org
  • 2. MEDIA SHOTS: quem somos e onde estamos Lisboa Houston Helena Lopes Inês RodriguesAna Boa-Venturahttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 3. Antes 1. enquadramento MASS MEDIA Comunicação Linearhttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 4. Agora 1. enquadramentohttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 5. O Panorama da comunicação 1. enquadramentohttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 6. Hoje 1. enquadramento A possibilidade de controlo individual da informaçãohttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 7. Comunicação 1. enquadramento CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO PROTAGONISTAShttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 8. Blá 1. enquadramento RUÍDOhttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 9. O que fica 1. enquadramento CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO PROTAGONISTAShttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 10. Competências 1. enquadramento CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO PROTAGONISTAS Ter acesso a uma tecnologia cada vez mais simples e acessível, é suficiente para SABER COMUNICAR? Imagine-se um mau músico com um excelente amplificador…http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 11. Podemos 1. enquadramento CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO PROTAGONISTAS Com os mediaacesso a uma tecnologia cada vez mais Ter digitais, cada comunidade, cada grupo é suficiente para simples e acessível, e cada indivíduo SABER COMUNICAR? pode ter uma AUDIÊNCIA…http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 12. ? 1. enquadramento CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO Para dizer o quê? PROTAGONISTAS Ter acesso a uma tecnologia cada vez mais simples e acessível, é suficiente para SABER COMUNICAR? Imagine-se um mau músico com um excelente amplificador…http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 13. O valor das histórias As histórias injetam na 1. enquadramento comunicação CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO PROTAGONISTAS Ter acesso a uma tecnologia cada vez mais simples e acessível, é suficiente para SABER COMUNICAR? PROFUNDIDADE & SENTIDO Imagine-se um mau músico com um excelente amplificador…http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 14. O valor das histórias 1. enquadramento Encontrar os outros… Ligar pessoas e ideias e mudar vidas… CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO PROTAGONISTAS Ter acesso a uma tecnologia cada vez mais simples e acessível, é suficiente para SABER COMUNICAR? PROFUNDIDADE & SENTIDO Imagine-se um mau músico com um excelente amplificador…http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 15. O valor das histórias 1. enquadramento CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO PROTAGONISTAS Ter acesso a uma tecnologia cada vez mais simples e acessível, é suficiente para Este é o tempo,SABER COMUNICAR? que antes em que as histórias eram invisíveis podemmúsico com um excelente amplificador… Imagine-se um mau ser PARTILHADAS!http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 16. O valor das histórias nas organizações 2. as histórias nas organizaçõeshttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 17. O valor das histórias nas organizações 2. as histórias nas organizaçõeshttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 18. O valor das histórias nas organizações Contextualizam, ligam-nos a objectivos 2. as histórias nas organizações e melhoram o desempenhohttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 19. O valor das histórias nas organizações 2. as histórias nas organizações Mostram o que REALMENTE está a acontecer numa organizaçãohttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 20. O valor das histórias nas organizações 2. as histórias nas organizações Veiculam e partilham valores organização acontecer numa REALMENTE está a Mostrm o quehttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 21. O valor das histórias nas organizações 2. as histórias nas organizações As histórias que acontecem na organizaçãohttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 22. Caso 1 : Chevron 2. as histórias nas organizações CONVERSA GLOBAL em PERMANENTE EXPANSÃO PROTAGONISTAS Ter acesso a uma tecnologia cada vez mais simples e acessível, é suficiente para Este é o tempo,SABER COMUNICAR? que antes em que as histórias eram invisíveis podemmúsico com um excelente amplificador… Imagine-se um mau ser PARTILHADAS!http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 23. Caso 1 : Chevron 2. as histórias nas organizações• Um exemplo de filme comercial http://www.chevron.com/stories/#/allstories/weagreeemployees/http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 24. Caso 1 : Chevron, histórias de dentro para fora de portas 2. as histórias nas organizações• Pequenas histórias no website e canal no Youtube http://www.chevron.com/stories/#/allstories/volunteerweekfoodbank/http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 25. O poder das histórias 2. as histórias nas organizaçõesPara que tenham valor nas organizações, as histórias devem ser integradas deliberada e sistemáticamente • transferindo conhecimentos, cultura e valores. • Inspirarando • gerando coesão social e emotiva (corporate) storytelling < > gestão do conhecimentohttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 26. Caso 2: Ford Stories, envolver os consumidores 2. as histórias nas organizações > 3 . Platafoamashttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 27. Youtube: O acto de “passar palavra” 3. plataformas 16 554 583 pessoas Viram este video…http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 28. Plataformas de edição simples de fotografia, video, texto e audio… (ex.: animoto) 3. plataformas Templates facilitam a edição de fotos, audio e texto >> videohttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 29. Plataformas de edição simples de fotografia, video, texto e audio… (ex.: animoto) 3. plataformashttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 30. Plataformas ‘serviço” (*pagas*..): intranets, envolvimento do cliente, formacão profissional… 3. plataformashttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 31. Plataformas ‘serviço” (*pagas*..): intranets, envolvimento do cliente, formacão profissional… 3. plataformashttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 32. Plataformas de h.d. para a promoção de causas sociais: voluntariado, filantropia… 3. plataformashttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 33. Canais tv alternativos | Blip.tv 3. plataformasBranding:imagemcorporativa http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 34. Canais tv alternativos | Blip.tv 3. plataformashttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 35. Novas plataformas: porque o ruÍdo começa a existir também nas redes sociais 3. plataformas• “As histórias hoje online são reações fragmentadas” (Jonathan Harris, 2012) ou “faÍscas”.• Precisamos de espaços virtuais que promovam o ‘desacelerar’ da azáfama do dia-a-dia ou, numa palavra, a introspeção …http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 36. Novas plataformas: porque o ruÍdo começa a existir também nas redes sociais 3. plataformasHistórias, “sagas”, autores, personagens, coleções, sÍtios, relações, papéis, temas…http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 37. Media SHOTS Ficamos em contato! Site: www.mediashots.org Blog: www.mediashots.org/bloghttp://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 38. Contactos – ana@mediashots.org Ficamos em contato! – helena@mediashots.org – ines@mediashots.org Facebook: www.facebook.com/pages/Media-Shots/100872473326703Goste de nósno Facebook!http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/
  • 39. OBRIGADO PELA SUA PARTICIPAÇÃO… Obrigado pela sua participação! Para sair da sessão, carregue sobre Exit:http://www.mediashots.org/ http://comunidades.ina.pt/