Glossário de Comunicação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Glossário de Comunicação

on

  • 3,089 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,089
Views on SlideShare
3,089
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
53
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Glossário de Comunicação Glossário de Comunicação Document Transcript

  • Abordagem – Termo utilizado para definir a linha de comunicação adotada ou gancho criativo da peça de propaganda. Ato realizado por um(a) demonstrador(a), geralmente acompanhado por um folheto ou amostra promocional. Acetato – Base de película fotográfica ou cinematográfica, de combustão lenta, utilizada em transparências e fotolitos. Actos ilocutórios – Os actos ilocutórios são actos linguísticos ( produzidos no e pelo uso da linguagem) que o falante realiza quando, em determinado contexto comunicativo, produz um enunciado, sob certas condições e com certas intenções. Deste modo, um enunciado, enquanto acto, para além de transmitir um conteúdo informativo, permite agir sobre a realidade extralinguística e, assim, alterar um estado de coisas. Análise do Discurso ou Análise de Discursos - é uma prática e um campo da lingüística e da comunicação especializado em analisar construções ideológicas presentes em um texto. É muito utilizada, por exemplo, para analisar textos da mídia e as ideologias que trazem em si. A Análise do Discurso é proposta a partir da filosofia materialista que põe em questão a prática das ciências humanas e a divisão do trabalho intelectual, de forma reflexiva. Anunciante – Empresa que é uma usuária habitual da propaganda e do mercado publicitário. Anúncio – Peça publicitária em revista ou jornal. Também utilizado como sinônimo de qualquer peça de propaganda. Anúncio cooperado – Anúncio feito por mais de uma empresa, em conjunto, com custos divididos entre elas. Arte – (Latim ARS, significando técnica e/ou habilidade) geralmente é entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética, feita por artistas a partir de percepção, emoções e idéias, com o objetivo de estimular essas instâncias de consciência em um ou mais espectadores.
  • Atingimento – Neologismo criado pelos profissionais de marketing e comunicação. Acto de atingir um consumidor através de mensagem publicitária. Região geográfica ou segmento de consumidores cobertos por um meio ou veículo de comunicação. Audiência – Pessoas atingidas pelos veículos de comunicação. Termo aplicado tanto para definir pessoas que ouvem determinada emissora de rádio como as que assistem a determinado canal de televisão ou lêem determinado título de jornal ou revista. Autorização – Documento entregue pela agência ou anunciante, autorizando a veiculação de mensagem publicitária em um veículo de comunicação e / ou execução de um serviço. Assunto – Breve resumo onde se conservam os pormenores mais importantes das ideias desenvolvidas no texto.
  • Banda desenhada – é uma forma de arte que conjuga texto e imagens com o objetivo de narrar histórias dos mais variados géneros e estilos. A banda desenhada é chamada de quot;Nona Artequot; dando sequência à classificação de Ricciotto Canudo. O termo quot;arte sequencialquot; (traduzido do original sequential art), criado pelo quadrinista Will Eisner com o fim de definir quot;o arranjo de fotos ou imagens e palavras para narrar uma história ou dramatizar uma idéiaquot;, é comumente utilizado para definir a linguagem usada nesta forma de representação. Uma fotonovela e um infográfico jornalístico também podem ser considerados formas de arte sequencial.
  • Canal de propagação – pode se referir ao aparelho tecnológico utilizado no processo comunicacional para transferir mensagens entre um emissor e um receptor.O emissor envia a mensagem pelo canal de propagação para o receptor.Canal se difere de meio de comunicação.Um canal de propagação pode ser digital ou analógico. Carta – é o elemento postal mais importante, constituída por algumas folhas de papel fechadas em um envelope, que é selado e enviado ao destinatário da mensagem através do serviço dos Correios. Cartaz – (também chamado pôster) é um suporte, normalmente em papel, afixado de forma que seja visível em locais públicos. Sua função principal é a de divulgar informação visualmente, mas também tem sido apreciada como uma peça de valor estético. Além da sua importância como meio de publicidade e de informação visual, o cartaz possui um valor histórico como meio de divulgação em importantes movimentos de caráter político ou artístico. Os problemas estruturais e formais são resolvidos pelo projeto de design gráfico. Cinema – (abreviação de quot;cinematógrafoquot;, do francês cinématographe, composto dos elementos gregos κίνημα quot;movimentoquot; e γράϕω quot;escreverquot;) é a técnica de projetar fotogramas (quadros) de forma rápida e sucessiva para criar a impressão de movimento, bem como a arte de se produzir obras estéticas, narrativas ou não, com esta técnica. Compreende, portanto, uma técnica, uma forma de comunicação, uma indústria e uma arte. Computador – é uma máquina capaz de variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Exemplos de computadores incluem o ábaco, a calculadora, o computador analógico e o computador digital. Um computador pode prover-se de inúmeros atributos, dentre eles armazenamento de dados, processamento de dados, cálculo em grande escala, desenho industrial, tratamento de imagens gráficas, realidade virtual, entretenimento e cultura.No passado, o termo já foi aplicado a pessoas responsáveis por algum cálculo. Em geral, entende-se por computador um sistema físico que realiza algum tipo de computação. Existe ainda o conceito matemático rigoroso, utilizado na teoria da computação. Comunicação audiovisual – é todo meio de comunicação expressa com a utilização conjunta de componentes visuais (signos, imagens, desenhos, gráficos etc.) e sonoros (voz, música, ruído, efeitos onomatopeicos etc.), ou seja, tudo que pode ser ao mesmo tempo visto e ouvido.
  • Comunicação interpessoal – é um método de comunicação que promove a troca de informações entre duas ou mais pessoas.Cada pessoa, que passamos a considerar portanto, interlocutor, troca informações baseadas em seu repertório cultural, sua formação educacional, vivências, emoções, toda a quot;bagagemquot; que traz consigo Comunicação intrapessoal – é a comunicação que uma pessoa tem consigo mesma - corresponde ao diálogo interior onde debatemos as nossas dúvidas, perplexidades, dilemas, orientações e escolhas. Está, de certa forma, relacionada com a reflexão.Esta é um tipo de comunicação em que o emissor e o receptor são a mesma pessoa, e pode ou não existir um meio por onde a mensagem é transmitida. Um exemplo do primeiro tipo é a criação de diários. Comunicação Segmentada – é um desdobramento do modelo de Comunicação de Massa. Ela ocorre pelos meios de comunicação tradicionais como jornais, rádios, TVs, Cinema, cartazes ou internet, porém, diferentemente do modelo de massa, atinge grupos específicos, classificados de acordo com características próprias e preferências similares. A Comunicação Segmentada tem a particularidade de atingir um número menor, porém mais específico, de receptores ao mesmo tempo, partindo de um único emissor. Comunicação Social – é um campo de conhecimento acadêmico que estuda a comunicação humana e questões que envolvem a interação entre os sujeitos em sociedade. A comunicação social lida com as técnicas de transmissão da informação, o formato com que a informação é transmitida, e os impactos que a informação terá na sociedade e a relação entre os sujeitos em uma situação comunicativa. Comunicação Visual –é todo meio de comunicação expresso com a utilização de componentes visuais, como: signos, imagens, desenhos, gráficos, ou seja, tudo que pode ser visto. O termo comunicação visual é bastante abrangente e não precisa ser limitado a uma única área de estudo ou atuação, embora o termo possa ter o mesmo sentido de design visual. Conotação – é o conjunto de caracteres compreendidos na significação de um dado termo, conceito, etc. Além do sentido referencial, literal, cada palavra remete a inúmeros outros sentidos, virtuais, conotativos, que são apenas sugeridos, evocando outras idéias associadas, de ordem abstrata, subjectiva. Correio – é um sistema de comunicação que envolve o envio de documentos (cartas, faturas) e encomendas entre um remetente e um destinatário, que podem estar numa mesma cidade ou em lugares muito distantes entre si.A princípio, o serviço postal pode ser privado ou público. Governos podem instituir restrições para que empresas privadas assumam o sistema postal.Desde a metade do século XIX, o sistema postal nacional passou geralmente a ser estabelecido por monopólios governamentais através de um papel pré-pago, que era na forma de estampas adesivas, os selos. Em geral, os monopólios governamentais apenas entregavam as encomendas para prestadoras de serviços, e estas responsáveis pela entrega da encomenda até o endereço correto.Comunicação através de documentos escritos carregados por um intermediário até outro lugar certamente data-se anteriormente a invenção da escrita. Contudo, o desenvolvimento formal do sistema postal ocorreu muito depois.
  • Crónica – difere da notícia, e da reportagem porque, embora utilizando o jornal ou a revista como meio de comunicação, não tem por finalidade principal informar o destinatário, mas reflectir sobre o acontecido. Desta finalidade resulta que, neste tipo de texto, podemos ler a visão subjectiva do cronista sobre o universo narrado. Assim, o foco narrativo situa-se invariavelmente na 1ª pessoa. CTT – Correios de Portugal S. A. (conhecidos normalmente simplesmente pela sigla CTT significando Correios, Telégrafos e Telefones) são um grupo empresarial português focado essencialmente no negócio dos correios.
  • Debate – é uma discussão amigável entre duas ou mais pessoas que queiram apenas colocar suas idéias em questão ou discordar das demais, sempre tentando prevalecer a sua própria opnião ou sendo convencido pelas opniões opostas.Geralmente debates são longos, e raramente se chega a alguma conclusão, porém, é uma prática considerada saudável onde uma pessoa pode ver vários lados de uma mesma questão. Democratização da Comunicação – é uma questão (e a respectiva campanha) que discute a ampliação às massas do acesso tanto à recepção quanto à emissão de produtos de comunicação. Descrição – consiste em uma enumeração de parâmetros quantitativos e qualitativos os quais buscam fornecer uma definição de alguma coisa. Uma descrição completa inclui distinções sutis úteis para distinguir uma coisa de outra. Descrição Caracteriza-se por ser um “retrato verbal” de pessoas, objetos, animais, sentimentos, cenas ou ambientes. Entretanto, uma descrição não se resume à enumeração pura e simples. O essencial é saber captar o traço distintivo, particular, o que diferencia aquele elemento descrito de todos os demais de sua espécie. Os elementos mais importantes no processo de caracterização são os adjetivos e locuções adjetivas. Desta maneira, é possível construir a caracterização tanto no sentido denotativo quanto no conotativo, como forma de enriquecimento do texto. Enquanto uma narração faz progredir uma história, a descrição consiste justamente em interrompê-la, detendo-se em um personagem, um objeto, um lugar, etc Design de cartaz – é uma actividade voltada para o projeto de cartazes ou pôsteres.
  • Design Gráfico – é a forma de comunicar visualmente um conceito, uma idéia, através de técnicas formais, intrinsecamente ligadas a referências básicas da Psicologia e Percepção visual. Podemos ainda considerá-lo como um meio de estruturar e dar forma à comunicação impressa, em que, no geral, se trabalha o relacionamento entre ‘imagem’ e texto.Trata-se de uma profissão levada a cabo pelo Designer Visual especializado em design gráfico, que estende a sua área de ação aos diversos meios impressos de comunicação, resultando, mais concretamente, nas seguintes aplicações: - Identidade corporativa (Branding); - Design de embalagem (ou Packaging Design); - Design editorial; - Sinalética (ou Sinalização); - Tipografia; Dialecto – é a forma como uma língua é realizada numa região específica. Cientificamente este conceito é conhecido por quot;variação diatópicaquot;, quot;variante geolinguísticaquot; ou quot;variante dialetalquot;.Uma língua divide-se em inúmeras variantes dialetais. Desde as mais abrangentes (e. g. português europeu e português brasileiro) até às sub-variantes mais específicas. Por exemplo: -O grupo dialetal transmontano-alto-minhoto, que se inclui nos dialetos portugueses setentrionais. -O grupo dialetal mineiro, que se inclui no grupo dialetal do sul do Brasil. Diálogo – é uma conversação estabelecida entre duas ou mais pessoas. Como tal, é a principal forma de criação do teatro (embora o monólogo tenha neste gênero de arte também o seu lugar de destaque).[1] Para existir diálogo tem de existir um locutor e um interlocutor. Diálogo (do grego diálogos, pelo latim dialogus) – 1. Entendimento através da palavra, conversação, colóquio, comunicação. 2. Discussão ou troca de idéias, conceitos, opiniões, objetivando a solução de problemas e a harmonia. Diário – é um jornal que circula diariamente. Em pesquisa, caderno em que a pessoa pesquisada de forma contínua faz as anotações a respeito do que está sendo pedido (como hábito de consumo de mídia, de produtos, etc). Pode ser também uma agenda pessoal sobre o dia-a-dia. Discurso – é uma exposição metódica sobre certo assunto. Um arrazoado que visa a influir no raciocínio, ou quando menos, nos sentimentos do ouvinte ou leitor. Ainda, o termo discurso refere-se ao uso da língua em um contexto específico, ou seja, à relação entre os usos da língua e os fatores extralinguísticos presentes no momento em que esse uso ocorre. Por isso, o discurso é o espaço de materialização das formações ideológicas, sendo por elas determinado. Nesse sentido, pode ser visto como uma abstração, por que corresponde à “voz” de um grupo social.
  • Editor - Em produção, profissional que faz a edição ou aparelho de videoteipe que realiza este trabalho. E-mail- Soft. Com. Contracção de Electronic Email ou seja, correio electrónico usado na forma de email. Encaixe - Em mídia, disponibilidade de tempo ou espaço de um veículo. Em direcção de arte, espaço aberto de um texto para colocar a ilustração, ou vice – versa. Em artes gráficas, técnica de justapor dois ou mais cromos em uma matriz. Acto de preencher uma janela com anúncio ou comercial. Encarte - Peça publicitária gráfica encartada em jornal e revista, no formato do veículo ou não. Serve para dar visibilidade à mensagem, ser destacada pelo consumidor ou para atingir segmentos geográficos e de mercado. Em artes gráficas, as provas de cada uma das cores de uma matriz para impressão, composta de 4 cores: preto, azul, amarelo e magenta. Serve para que o impressor possa controlar a impressão de cada cor de modo a atingir um bom resultado final. Ênfase - Figura de retórica que consiste em dar importância a uma palavra; afectação no falar ou no escrever. Ensaios -Experiencia; primeira prova, execução preparatória total ou parcial de discurso/comunicação. Peça literária de ideias sem pretender esgotar o assunto. Envio - Acto ou efeito de enviar, comunicar através de…; remessa Escrita – Aquilo que se escreve e comunica, caligrafia Espacejamento - Em artes gráficas, espaço entre as letras de um título ou texto. Espaço – Extensão indefinida, lugar que pode servir para comunicar. Exibição – Acto de exibir; apresentar, comunicar, Exposição
  • Facing - Linha de frente de apresentação de produtos. Forma de apresentação de produtos na primeira fila do expositor. Diz-se da melhor exposição facial de produtos exibidos, aproveitando-se o melhor local e forma de apresentação conjunta. Face da embalagem de um produto que melhor identifica sua marca. Faixa-de-rua - Mensagem e / ou imagem impressa ou pintada em tecido ou plástico colocado nas ruas ou fachadas de prédios. Fala – Acto ou efeito de falar, timbre de voz, elocução, estilo. Feedback - Em comunicação, todo e qualquer retorno do target à comunicação feita pela empresa, seja através de pesquisa, de um mecanismo de resposta (cupom, telefone, etc.) ou de forma espontânea. Folder - Folheto publicitário constituído de uma única folha, com uma ou mais dobras. Anúncio de revista com uma ou mais dobras. Folheto - Peça publicitária gráfica com uma ou mais folhas. Folk – Disciplina que estuda a comunicação popular e o folclore na difusão de meios de comunicação. Follow-up - Sequência, em inglês. Acção de acompanhar a execução de um plano de comunicação ou de mídia ou a produção de qualquer peça publicitária. Fonema – Qualquer som articulado para comunicar. Fonética – Parte da gramática que estuda os sons articulados e as leis que presidiram ás alterações dos mesmo. Fonte - Em artes gráficas, o nome e formato de uma família de caracteres tipográficos. Frase – Reunião de palavras que formam um sentido perfeito, expressão, proposição. Fotogravura - Em artes gráficas, matriz em metal ou plástico de uma fotografia ou ilustração. Técnica em desuso, pois foi substituída pelo fotolito ou roto filme.
  • Fotoligrafia – A arte e a técnica de fazer fotolitos. Front-light - Peça que apresenta mensagem e / ou imagem com iluminação externa frontal.
  • Gargaleira - Elemento de promoção colocado nas embalagens que têm formato de garrafa. Gimmick - Truque ou efeito criado para chamar a atenção do consumidor para determinado anúncio, comercial, produto, promoção, ideias ou serviços. Goodwill – Boa - vontade, em inglês. Geração de boa vontade para com empresas e marcas através da propaganda, relações públicas e eventos promocionais. Grafema – Uma unidade mínima distintiva no contexto de um sistema de escrita, por exemplo “p” e “d” são grafemas distintivos no sistema de escrita português porque existem palavras distintas como “todo” e “topo”. Grafia – Emprego de sinais para exprimir as ideias; maneira de escrever. Gravação - Acção de gravar uma cena em videoteipe para produção de comercial para televisão ou cinema. Acção de gravar locução, música ou canto para comerciais, jungles, spots e trilhas. Grupo de mídia - Entidade que reúne os profissionais de mídia das agências.
  • Heavy users - Termo para designar grupo de grandes consumidores, de compradores mais frequentes e fiéis de um produto ou serviço. Heliografia – Tipo de cópia feita de fotolito para o papel, geralmente cor azul, para antecipar o resultado da impressão; serve para trabalhos. House-ogran - Qualquer publicação periódica de uma empresa, destinada a seus funcionários, consumidores, distribuidores, varejistas ou mercado em geral.
  • Idioma – Linguagem de uma nação, considerada nos seus caracteres especiais, língua, dialecto. Ilustração – Acto ou efeito de ilustrar, Conjunto de conhecimentos; instrução, esclarecimento, forma de comunicação. Impacto - Acção de atingimento de um consumidor pelas mensagens publicitárias. Capacidade de uma mensagem publicitária em motivar as pessoas atingidas. Impressão contínua - Impressão utilizando um suporte em bobina sobre máquina rotativa. Informação publicitária - Mensagem publicitária (na mídia impressa, rádio ou TV) sem as características habituais de um anúncio ou comercial, geralmente imitando o estilo editorial do veículo em que está sendo veiculada. Informe publicitário - O mesmo que informação publicitária. Insert - O mesmo que encarte. Acto de inserir alguma mensagem curta durante um programa de rádio ou TV (como uma frase, um letreiro, uma logomarca, etc.) Institucional - Relativo à instituição (empresa, associação ou entidade pública ou privada).Tipo de propaganda feita para valorizar a instituição e obter ganhos para a imagem corporativa e de marca. IVC - Instituto Verificador de Circulação – entidade mantida por anunciantes, agências e veículos para auditar, de forma independente, a tiragem e circulação de jornais e revistas.
  • Jingle - mensagem publicitária para rádio na forma de música em que se canta os benefícios do produto em questão. Jornais - são um meio de comunicação impressa e tem como característica: o uso de quot;papel de imprensaquot; , mais barato e de menor qualidade que os utilizados pelas revistas, as folhas geralmente não são grampeadas, sendo usado os grampos com frequência em cadernos especiais e/ou edições destinadas a colecção, nas capas não é usado papel mais grosso, como acontece com as revistas, os mais importantes possuem periodicidade diária. Os jornais diários da possuem conteúdo genérico, pois publicam notícias e informações de interesse público. Mas há também jornais diários com conteúdo especializado em economia, negócios ou desporto e outros com periodicidade semanal, quinzenal, mensal, tanto de conteúdo genérico, como também voltados para assuntos específicos destinados a certos públicos. Jornalismo - é a actividade profissional que consiste em lidar com notícias, dados factuais e divulgação de informações. Também se define jornalismo como a prática de recolher, redigir, editar e publicar informações sobre eventos actuais. Jornalismo é uma actividade de comunicação. Jornalista - aquele que, como ocupação principal, permanente e remunerada, exercem funções de pesquisa, recolha, selecção e tratamento de factos, notícias ou opiniões, através de texto, imagem ou som, destinados a divulgação informativa pela imprensa, pela televisão, pela rádio, pela televisão ou por outra forma de difusão electrónica.
  • Lay out - Diagramas, em inglês. Exposição de ideias e esquemas através de imagens impressas. Letreiro - denominação nominal ou simbólica de uma marca comercial afixada na parte externa do ponto de venda. Linguagem - é qualquer e todo sistema de palavra que serve de meio de comunicação de ideias ou sentimentos através de signos convencionais, sonoros, gráficos, gestuais etc., podendo ser percebida pelos diversos órgãos dos sentidos, o que leva a distinguirem-se várias espécies de linguagem: visual, auditiva, táctil, etc., ou ainda, outras mais complexas, constituídas, ao mesmo tempo por elementos diversos Livro - é um volume transportável, composto por páginas, sem contar com as capas encadernadas, contendo texto manuscrito ou impresso e/ou imagens e que forma uma publicação unitária (ou foi concebido como tal) ou a parte principal de um trabalho literário, científico ou outro. Em ciência da informação o livro é chamado monografia, para distingui-lo de outros tipos de publicação como revistas, periódicos, teses etc. O livro é um produto intelectual e, como tal, encerra conhecimento e expressões individuais ou colectivas. Mas também é nos dias de hoje um produto de consumo, um bem e sendo assim a parte final de sua produção é realizada por meios industriais (impressão e distribuição). Locução - texto falado por locutor ou intérprete para rádio, televisão e/ou cinema. Acto de realizar gravações desse mesmo texto. Logótipo - letras (especialmente desenhadas ou adaptadas) utilizadas para compor o nome de uma marca ou empresa.
  • Mala direita - mensagem publicitária enviada pelo correio ou portadores. Tipo de média, que consiste em enviar mensagens pelo correio ou através de portadores. Mala-posta - mala onde antigamente os carteiros transportavam as cartas. Marketing - conjunto de actividades empresariais destinadas à descoberta, conquista, manutenção e expansão de mercados para as empresas e suas marcas. Média - significa meio de comunicação. Termo utilizado para designar os formas de comunicação, no seu conjunto ou em particular. Técnica publicitária que estuda e indica os melhores meios, veículos, volumes, formatos e posições para formar as mensagens publicitárias. Média alternativa - os meios de comunicação que não são tradicionais, como painéis luminosos, bancas de jornais, Internet, nos varejos, nas casas nocturnas, shows, estádios, eventos, etc. Média básica - meio de comunicação (ou veículo) utilizado como base da comunicação a ser feita. Média de apoio - os meios de comunicação (ou veículos) utilizados como complementos e apoio à média básica. Média electrónica - os meios de comunicação electrónicos, como o rádio, a televisão e até certos tipos de painéis luminosos e outdoors. O cinema, apesar de não ser necessariamente electrónico, entra nesta categoria, por hábito do mercado. Média imprensa - os meios de comunicação impressos, em particular a revista e o jornal, incluindo também o outdoor e todo o tipo de material impresso. Meio de comunicação - refere-se ao instrumento ou à forma de conteúdo utilizados para a realização do processo comunicacional (jornal, revista, rádio, televisão etc.). Multimédia - é a combinação, controlada por computador, de pelo menos um tipo de média estática (texto, fotografia, gráfico), com pelo menos um tipo de média dinâmica (vídeo, áudio, animação). O termo multimédia refere-se portanto a tecnologias com suporte digital para criar, manipular, armazenar e pesquisar conteúdos
  • Monólogo - em teatro ou oratória, um monólogo é uma longa fala ou discurso pronunciado por uma única pessoa ou enunciador. O nome é composto pelos radicais gregos monos (um) + logos (palavra, ou ideia), por oposição a dia (dois, ou através de) + logos. É a forma do discurso em que o personagem extravasa de maneira razoavelmente ordenada os seus pensamentos e emoções, sem se dirigir a um ouvinte específico.
  • Newsletter - peça gráfica, na forma de uma carta ou pequeno jornal, com estilo editorial, utilizada como veículo de comunicação publicitária e de relações públicas. Notícia - é um formato de divulgação de um acontecimento por meios jornalísticos. É a matéria-prima do jornalismo, normalmente reconhecida como algum dado ou evento socialmente relevante que merece publicação numa média. Factos políticos, sociais, económicos, culturais, naturais e outros podem ser notícia se afectarem indivíduos ou grupos significativos para um determinado veículo de imprensa. Geralmente, a notícia tem conotação negativa, justamente por ser excepcional, anormal ou de grande impacto social, como acidentes, tragédias, guerras e golpes de estado. Notícias têm valor jornalístico apenas quando acabam de acontecer, ou quando não foram noticiadas previamente por nenhum veículo. A quot;artequot; do jornalismo é escolher os assuntos que mais interessam ao público e apresentá-los de modo atraente. Nem todo texto jornalístico é noticioso, mas toda notícia é potencialmente objecto de apurarão jornalística.
  • Off Set - Técnica de impressão que utiliza máquinas planas, nas quais o papel entra em folha e é impresso pela passagem de um cilindro (no que está gravada a mensagem) sobre ele. Ombuddsman – é um profissional contratado por um órgão, instituição ou empresa que tem a função de receber críticas, sugestões, reclamações e deve agir em defesa imparcial da comunidade. Oratória – trata-se de método de discurso. Arte de como falar em público. Conjunto de regras e técnicas que permitem apurar as qualidades pessoais de quem se destina a falar em público. Outbus – (do inglês out = fora e bus = autocarro), é um tipo de mídia para veiculação de anúncios publicitários nos autocarros. Outdoor – é a designação de um meio publicitário exterior, sobretudo em placards modulares, dispostos em locais de grande visibilidade, como à beira de estradas.
  • Página - Unidade básica de anúncio no caso das revistas. Painel - Tipo de cartaz, pintado directamente sobre o muro, madeira, metal ou outro suporte. Panfleto – panfleto é um meio de divulgação de uma ideia ou marca, feito de papel, de fácil manuseamento. Pauta – é a orientação que os repórteres recebem descrevendo que tipo de reportagem será feita, com quem deverão falar, onde e como. Pirâmide invertida – é uma metáfora utilizada para demonstrar como a informação deve ser arranjada ou apresentada num texto, particularmente em técnicas de redacção. Produção cultural – é uma actividade profissional que consiste em fazer a gerência da organização de eventos culturais ou a confecção de bens culturais. Propaganda - é um modo específico de se apresentar uma informação, com o objectivo de servir a uma agenda. Publicidade – é uma actividade profissional dedicada à difusão pública de ideias associadas a empresas, produtos ou serviços, especialmente, propaganda comercial. Publicitário - Qualquer profissional que trabalhe em propaganda (seja anunciante, agência, veículo, fornecedor ou produtora), com excepção dos propagandistas. Público alvo - Grupo de consumidores ou prospects aos quais é dirigida, prioritariamente, uma peça ou campanha de propaganda, bem como qualquer outra acção de comunicação ou marketing. Podcasting – é uma forma de publicação de arquivos de mídia digital pela internet, através de um Feed RSS.
  • Quadricomia - Impressão realizada através das quatro cores primárias. Quinzena - Espaço padrão de tempo para a comercialização do outdoor e também usado no cinema (nesse porém, o padrão é a cine-semana).
  • Rabicho - Mensagem final de um comercial com informações sobre distribuidor ou varejista local e pode ser acrescentada ao comercial normal ou em janela especialmente deixada para este fim. Radialismo – é todo o processo envolvente da rádio e televisão. Radiocomunicação – é um meio de comunicação por transmissão de informação, podendo ser realizada por radiação electromagnética. Radiojornalismo – é a prática profissional do jornalismo aplicada ao rádio. Redactor - Profissional de criação especializado na criação e redacção de conceitos, títulos e textos e que geralmente trabalha um dupla com o director de arte. Relações Públicas - Actividade de comunicação que estabelece e mantém relações adequadas com os diversos públicos da empresa, com objectivos institucionais ou de apoio a marketing. Reportagem – é um género jornalístico baseado no testemunho directo dos factos e situações explicadas, numa perspectiva actual, em histórias vividas por pessoas, relacionadas com o seu contexto. A reportagem televisiva relata histórias em palavras, imagens e sons. Retórica - é a técnica ou arte de convencer o interlocutor através da oratória, ou outros meios de comunicação. Revisor de textos – verifica juntamente com o editor da matéria, se há erros de ortografia, se a matéria está correctamente direccionada aos factos citados, entre outros. Revista – é um publicação periódica de cunho informativo, jornalístico ou de entretenimento, geralmente voltada para o público em geral.
  • Rodapé - Tipo de anúncio localizado no pé das páginas de jornal ou revista. Rough - Palavra inglesa que é pronunciada como “raff” e significa rascunho. É o primeiro ou primeiros rascunhos de um anúncio ou qualquer outra peça publicitária, que mostra como ficará o trabalho ao final do processo de criação e produção.
  • Sacola promocional - Peça produzida em diversos materiais, impressa com mensagens e / ou imagens promocionais. Sales-kit - Normalmente utilizado em lançamentos de produtos ou campanha. É composto por um brinde, uma amostra do novo produto e um “broadside”. Sampling - Amostragem. Processo de distribuir gratuitamente no mercado um novo produto ou produtos relançados com novos formatos, sabores, etc. O sampling pode ser feito via sachês, pequenas amostras, incluir degustações, etc., tudo para estimular a experimentação e a compra do produto. Sangrado - Anúncio ou cartaz cujos limites ultrapassam o espaço em que eles estão impressos, ou seja, o final da folha corta o fundo da mensagem. Scanner - Equipamento de artes gráficas, computadorizado, que faz a selecção de cores, os fotolitos e roto filmes. Acessórios de computador que permitem gravar uma ilustração ou foto na memória do aparelho para iniciar o processo de diagramação. Secam - Padrão francês de televisão em cores. Selecção de cores - Em artes gráficas, processo de selecção das cores básicas (amarelo, ciano, magenta) para fazer os fotolitos e roto filmes da quadricromia. Self-liquidated- Auto pagável, em inglês. Tipo de promoção onde o brinde ou premium entregue tem seu preço pago pelos consumidores. Esse valor sempre é mais baixo que o do brinde no mercado e, constantemente, esse premium é exclusivo, só podendo ser obtido através de participação na promoção. Self - liquidating premium- Acção em que o promotor agrega ao produto um Premium cujo valor é auto pagável, auto-amortizável, por acrescentar seu preço de custo ao produto promovido. O consumidor fica estimulado à compra por constituir-se em um preço inferior ao mercado.
  • Separata - Publicação de “reprints” de matérias, pesquisas ou artigos científicos sobre um assunto da área de actuação de determinado produto, para ser distribuído como material de consulta. Sequência - Unidade narrativa superior que resulta da organização de unidades narrativas menores, intuitivamente reconhecidas pelo leitor. A organização sequencial pode configurar- Sujeito – pessoa que enuncia o discurso.
  • Tabuleta - Unidade do meio outdoor, ou seja, cada um dos locais de exibição dos cartazes ou painéis. Armação na qual é colocado o cartaz. Tape - Fita de áudio ou vídeo. Target- Alvo, em inglês. Expressão utilizada para definir o público alvo de um plano de marketing, campanha ou peça de comunicação. Grupo (segmento) de consumidores ou prospects aos quais é dirigida, prioritariamente, uma peça ou campanha de propaganda, bem como qualquer outras acções de comunicação ou marketing. Teaser - Mensagem curta que antecede o lançamento de uma campanha publicitária, gerando expectativa para ela. Pode ou não ser identificada, ou seja, ter o nome da empresa ou marca. Telecinagem - Processo que transfere material filmado para videoteipe. Telecine - Aparelho que realiza o processo de telecinagem. Telefone - dispositivo de telecomunicações desenhado para transmitir sons por meio de sinais eléctricos. Telemóvel - aparelho de comunicação por ondas electromagnéticas que permite a transmissão bidireccional de voz e dados utilizáveis em uma área geográfica que se encontra dividida em células (de onde provém a nomenclatura celular), cada uma delas servida por um transmissor/receptor. Telemarketing - Técnica e mídia de marketing directo, que consiste no contacto directo com consumidores e prospects através do telefone, seja no sentido emissor (a empresa liga) ou receptor (o consumidor ou prospect liga para a empresa). Tema– conceito, ideia ou acontecimento a partir do qual se desenvolve, estruturalmente e conceptualmente, o texto. Tempo - Forma de se referir ao espaço publicitário no rádio, cinema e televisão.
  • Tese – proposição que se expõe e se defende, que se sustenta publicamente sobre um determinado princípio. Teoria que se defende. Texto – realização da linguagem humana transmitindo um sentido adequado a uma intenção ou a um objectivo educativo. Texto foguete- Pequena locução publicitária feita durante a transmissão de programação (geralmente desportos ou eventos musicais) do rádio e televisão. Timing - Duração subjectiva de uma peça publicitária, ou seja, a sensação de duração que ela passa para as pessoas. Sentido de oportunidade, ou seja, capacidade de definir qual é o exacto momento para praticar uma acção de comunicação ou veicular uma peça publicitária. Tipografia - Antigo processo de impressão (geralmente apenas de textos e pequenos símbolos) de forma mecânica, com pressão da matriz em clichês sobre o papel. Costuma-se chamar também uma família de tipos gráficos. Tiragem - Total dos exemplares impressos de uma edição de jornal ou revista. Tráfego de leitura- Em mídia, hábito de leitura das diversas secções de um jornal ou revista, que têm audiência diferentes, dependendo do nível de interesse que despertam nos seus leitores. Trucagem - Técnica cinematográfica que permite a direcção de fusão de imagens, inserção de letreiros e símbolos e outros efeitos visuais nos filmes. Com o advento e evolução técnica do videoteipe, está sendo cada vez menos utilizada, pois tudo isso pode ser feito electronicamente, de forma mais rápida, fácil e segura.
  • Urna - Caixa destinada a recolher os cupons de participação em uma operação promocional.
  • Vazado - Texto branco sobre fundo preto ou cor chapada. Quando se retira uma parte do material para permitir observar por entre ela. Veiculação - Acto de colocar um comercial no ar através dos diversos veículos de comunicação. Veículo - Nome genérico de qualquer empresa de comunicação, como editoras, emissoras, exibidoras de outdoor, etc. Empresa individual de cada meio de comunicação, como canal ou a rede de TV ou rádio, a editora de jornais e revistas, etc. Título de jornal ou revista, emissora de rádio ou TV e qualquer outro instrumento de comunicação física que leva as mensagens dos anunciantes aos consumidores. Área da propaganda que agrupa os veículos de comunicação. Vídeo - Abreviação usual de videoteipe. Nome genérico do aparelho ou tela de televisão. Parte visual de uma produção audiovisual, inclusive comerciais em filme ou VT. Unidade do computador em que se pode visualizar o trabalho que está sendo feito. VIideoteipe ( VideoTape ) - Fita magnetizada na qual são gravadas imagens e sons. Sistema de gravação, edição, manipulação (geração de efeitos) e reprodução de imagens usando fita magnetizada . Vinheta - Pequena ilustração colocada em um anúncio ou trabalho gráfico. Cena animada (em desenho ou fotografia) bem rápida (até 5 segundos) para lembrar um tema, empresa, comercial ou marca na televisão. Mensagem sonora musical (acompanhada ou não por uma pequena locução) bem rápida, para lembrar um tema, empresa ou marca no rádio. Visual aid - Material para apoio visual na abordagem ao médico. Muito semelhante ao broadside quanto ao formato, contendo informações importantes quanto a características, pesquisas e benefícios do produto. Vitrine - Local específico para ambientação e / ou exposição de produtos e peças.
  • Wholesale Prices - Preços de atacado. Preços para atacadistas. Wobler - Oscilante, em inglês. Material confeccionado em acetato com função semelhante ao de um stopper, mas com um diferencial de se movimentar com deslocamento de ar. Peça para atrair atenção do consumidor na gôndola ou local em que o produto é exposto.Peça suspensa, sugerindo movimento, e que é exposta paralelamente à gôndola. Workstation - Conjunto de computadores, vídeo, CPU, scanner e outros acessórios que operam programas gráficos de editoração de anúncios, cartazes e outros materiais gráficos pela agência, estúdio ou fornecedor de artes gráfica.
  • Zum (zoom) - Movimento de aproximação (zoom in) ou afastamento ( zoom out) da câmara de um objecto, pessoa ou cena que está sendo filmada ou gravada.