Vestibular 2013 — 2a fase                                     Gabarito — QuímicaQuestão 01 (Valor: 15 pontos)• As interaçõ...
Questão 04 (Valor: 20 pontos)• Cálculo da quantidade de matéria de carbonato de sódio produzida a partir de 118,0kg de   c...
Questão 06 (Valor: 15 pontos)• Cálculo do pH da solução final.    Quantidade de matéria de íons H3O+(aq) em 50,0ml de solu...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Ufbagab qui 2013

83

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
83
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ufbagab qui 2013

  1. 1. Vestibular 2013 — 2a fase Gabarito — QuímicaQuestão 01 (Valor: 15 pontos)• As interações intermoleculares nos alcanos, na fase líquida, são decorrentes das forças de dispersão de London ou de dipolo momentâneo-dipolo induzido.• Embora as substâncias químicas apresentadas na tabela possuam a mesma massa molecular, a diferença entre os pontos de ebulição está relacionada às estruturas moleculares dessas substâncias. O arranjo espacial das moléculas de pentano não apresenta ramificações na cadeia carbônica, como ocorre no dimetil-propano e no metil-butano, o que possibilita maior interação entre as moléculas, contribuindo para uma maior intensidade nessas interações intermoleculares e, consequentemente, maior ponto de ebulição.Questão 02 (Valor: 15 pontos)• A partir da análise do fluxograma do processo Dow de extração de íons Mg2+(aq) da água do mar e considerando que o Kps(Ca(OH2))=5,02.10−6 é muito maior do que o Kps(Mg(OH2))=5,61.10−12, pode-se concluir que a concentração de íons OH−(aq), provenientes de Ca(OH)2, adicionados à água do mar é suficiente para precipitar o Mg(OH)2. As técnicas de separação I e II são, respectivamente, filtração e cristalização ou precipitação.• A fonte externa de energia elétrica é utilizada na eletrólise do cloreto de magnésio porque a reação de oxirredução entre o íon magnésio, Mg2+, com o íon cloreto, Cl−, não é espontânea, de acordo com a variação de potencial igual a −3,72V.Questão 03 (Valor: 20 pontos)Cálculo da variação de entalpia, ∆Hº, do XeO3(s), a partir das variações de entalpia deformação de XeF6(s) e de HF(g), do valor da variação de entalpia padrão de H2O(v) e davariação de entalpia da reação química representada pela equação termoquímica, tem-se∆Hºreação = ( ∆Ho 3 + 6 ∆HoHF ) – ( ∆HoXeF + 3∆HH2O ) , XeO f f o 6−182kJ = [ ∆Ho 3 + 6(−268)] − [−298 + 3(−242)] XeO−182kJ = ∆Ho 3 − 1608kJ + 1024kJ XeO−182kJ + 1608kJ − 1024kJ = ∆Ho 3 XeO∆Ho 3 = + 402kJ XeO• Na formação do XeF6, há liberação de 298kJmol−1, enquanto que a variação padrão de entalpia do XeO3 é de +402kJmol−1 o que justifica a maior estabilidade do hexafluoreto de xenônio em relação à do trióxido de xenônio. 180o •• ••• A fórmula estrutural de XeF2 é linear e representada por F −− Xe −− F ••
  2. 2. Questão 04 (Valor: 20 pontos)• Cálculo da quantidade de matéria de carbonato de sódio produzida a partir de 118,0kg de cloreto de sódio, massa molar 59,0gmol−1, com conversão de 75%. Como a relação estequiométrica entre o cloreto de sódio e o hidrogeno-carbonato de sódio na equação química II, é de 1:1, a quantidade de matéria de NaCl é igual à de NaHCO3: n(NaHCO3) = 2,0.103mol de NaCl.0,75 = 1,5.103mol de NaHCO3 De acordo com a equação química III, a relação estequiométrica entre o hidrogeno-carbonato e o carbonato de sódio é de 2:1, portanto, a quantidade de matéria desse sal é n(Na2CO3) = 1 .1,5.103mol de NaHCO3 2 = 7,5.102mol de NaHCO3 A massa de carbonato de sódio, massa molar 106,0gmol−1, produzida nesse processo é, então, m(Na2CO3) = 7,5.102mol.106gmol−1 = 7,95.104g ou 79,5kg• A utilização de solução saturada de cloreto de sódio, no processo Solvay tem como objetivo a precipitação de bicarbonato de sódio, uma consequência do efeito do íon comum, que reduz a solubilidade do sal e permite a separação de hidrogeno-carbonato de sódio por filtração.• Considerando que em meio aquoso o óxido de cálcio forma hidróxido de cálcio, Ca(OH)2(aq), a regeneração de amônia, NH3(g), é representada pela equação química 2NH4Cl(aq) + Ca(OH)2(aq) → CaCl2(aq) + 2NH3(g) + 2H2O(l).Questão 05 (Valor: 15 pontos)De acordo com a fórmula estrutural e com as regras de nomenclatura da IUPAC, o nome do BHTé 2,6-diterc-butil-4-metil-benzen-1-ol, da classe funcional dos fenóis.Considerando as espécies químicas presentes na equação, o agente oxidante é o radical HO•, oagente redutor é representado pela fórmula condensada R1(R2)2C6H2OH e, dentre os produtos, aágua é a espécie química que apresenta o oxigênio no menor estado de oxidação.
  3. 3. Questão 06 (Valor: 15 pontos)• Cálculo do pH da solução final. Quantidade de matéria de íons H3O+(aq) em 50,0ml de solução de HNO3(aq) 0,100molL−1 n(H3O+) = 0,100molL−1. 0,050L = 5,0.10−3mol. Quantidade de matéria de íons OH−(aq) em 51,0mL de solução de KOH(aq) 0,100molL−1 n(OH−) = 0,100molL−1.0,051L = 5,1.10−3mol. Considerando-se que a relação estequiométrica entre íons H3O+(aq) e OH−(aq) é 1:1, a quantidade de matéria de íons OH−(aq) na solução final é n(OH− ) − n(H3O+) = 5,1.10−3mol − 5,0.10−3mol = 1,0.10−4mol de OH− A concentração de OH−(aq) em 101,0mL de solução final é n(OH− ) 1,0.10−4 mol [OH− ] = = =1,0.10 −3 molL−1 , 0,101L 0,101L pOH = log 1 =3 1,0.10 −3 pH = 14−3 = 11.• O pH=11 difere do valor de pH no ponto estequiométrico de 4 unidades.• Dentre os indicadores apresentados na tabela o que possui faixa de pH que mais se aproxima do ponto estequiométrico ou de equivalência é o azul de bromotimol.Obs.: Outras abordagens poderão ser aceitas, desde que sejam pertinentes. Salvador, 21 de janeiro de 2013 Antonia Elisa Caló Oliveira Lopes Diretora do SSOA/UFBA

×