Escola Secundária Artística António Arroio 2011/2012          por Marta Monteiro Nº2 12ºKWEARBLE  ART
WEARBLE ARTA expressão Wearble Arte refere-se a vestuário concebido individualmente, comopeça única, como peça artística, ...
ContextualizaçãoO movimento surge em 1950, com umagrande mudança na àrea têxtil. Denotou-se uma maior curiosidade por part...
Para os “wearbles”, o corpo é a finalidade A Wearble Art não possui nenhumada sua existência artística, e só se relação/li...
A Wearble Art é uma forma de organização                                            entre a criação e o corpo, acessível a...
Este movimento é vastamente explorado e requerido na àrea de Artes Performativas.Na nossa escola podemos observar o desenv...
Abordados,         também,           maisconceptualmente,   os   manifestos    daWearble Art não se extinguiram até hoje.C...
Mais wearbles em:http://www.lesleygeorge.co.uk/
Com    o   desenvolvimento      das   novastecnologias, a àrea de estudo da WearbleArt extendeu-se. A pesquisa e avançosão...
FIM
Wearable Art
Wearable Art
Wearable Art
Wearable Art
Wearable Art
Wearable Art
Wearable Art
Wearable Art
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Wearable Art

679 views
553 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
679
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
42
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Wearable Art

  1. 1. Escola Secundária Artística António Arroio 2011/2012 por Marta Monteiro Nº2 12ºKWEARBLE ART
  2. 2. WEARBLE ARTA expressão Wearble Arte refere-se a vestuário concebido individualmente, comopeça única, como peça artística, que apenas se completa com a inclusão de um corpohumano. Ou seja, enquanto a produção industrial de qualquer peça de vestuário ouobjecto tem em consideração as noções estéticas e um orçamento/lucro, a criaçãode uma peça “wearble” tem em consideração uma mensagem, um propósito, o queimplica que o trabalho seja aceite pelo público como criação artística.
  3. 3. ContextualizaçãoO movimento surge em 1950, com umagrande mudança na àrea têxtil. Denotou-se uma maior curiosidade por parte dosartistas, mais desenvolvimento maispesquisa. Este desejo acompanhou o Foram exploradas uma diversidadeperíodo de desenvolvimento industrial, o de técnicas inovadoras, e inesgotáveisque possibilitou a sua concretização. fontes dos mais diferentes materiais e possibilidades na sua aplicação. Este estilo “industrio-artístico-artesanal” ganhou maior prestígio e afirmnação nos Anos 70. Daqui, a pesquisa direccionou-se para as fibras naturais, mistura de texturas e fios de material têxtil, fibras artificiais (plásticas, acrílicas, etc.), colagens, metais...
  4. 4. Para os “wearbles”, o corpo é a finalidade A Wearble Art não possui nenhumada sua existência artística, e só se relação/ligação com a Moda, nem comcomplementam nele. O corpo humano as suas directrizes, apenas partilham oé o seu espaço, o seu significado, o seu mesmo método de exposição, o corpo.“persona”, atribuindo-lhes uma visãotridimensional e a participação de umaindividualidade, um ser que está avivenciar a Wearble Art.
  5. 5. A Wearble Art é uma forma de organização entre a criação e o corpo, acessível a muitos níveis mentais, abrangendo modalidades, reflectindo espaços, formas, inspirações no quotidiano e em experiências pessoais, Assim como um quadro que ganha vida. Quanto mais real a afinidade entre o traje e a personagem, mais credível é a mensagem que este pretende transmitir.Este movimento é algo a ser compreendidoe assimilado, válido artísticamente pelasua veracidade e liberdade de concepção.O ancestral, velho ou antigo está muitasvezes presente nas criações, tornando-as numa manifestação, também, cultural.A inspiração na antiguidade é inevitável,pois é inerente ao ser humano, mesmoinconscientemente. Utilizamos as nossasmemórias e conhecimentos, pesquisas egostos já adquiridos.
  6. 6. Este movimento é vastamente explorado e requerido na àrea de Artes Performativas.Na nossa escola podemos observar o desenvoltimento de tais criações na àrea detêxteis.
  7. 7. Abordados, também, maisconceptualmente, os manifestos daWearble Art não se extinguiram até hoje.Continuam a haver exposições deste tipode arte, e esta continua a ser integradanoutras àreas. As celebridades como Lady Gaga, Rihanna, Katy Perry e Nicky Minaj aderem a esta expressão de arte, mas usualmente as vestimentas que estas usam são confundidas com peças de moda.
  8. 8. Mais wearbles em:http://www.lesleygeorge.co.uk/
  9. 9. Com o desenvolvimento das novastecnologias, a àrea de estudo da WearbleArt extendeu-se. A pesquisa e avançosão bem conseguidos e cada vez maisapelativos. É muito utilizada a fibra óptica.
  10. 10. FIM

×