Indicadores de Desempenho para a TI - módulo 3 - Criação do Caderno de Métricas de TI
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Indicadores de Desempenho para a TI - módulo 3 - Criação do Caderno de Métricas de TI

on

  • 571 views

Este material fazer parte do curso grátis no modelo EAD: ...

Este material fazer parte do curso grátis no modelo EAD:
http://www.companyweb.com.br/ead-ensino-a-distancia-2/curso-pocket-indicadores-de-desempenho-para-a-ti/

* Capacitação nas melhores práticas para elaboração, acompanhamento e mensuração de métricas de desempenho para a área de TI. Definição de KPI (Key Performance Indicator) para a Gestão & Governança de TI.
* Definir os indicadores a serem quantificados, os KPIs (Key Performance Indicators) são parâmetros que visam a medição de fatores críticos para o sucesso e permitem aos gestores a obtenção de um amplo conhecimento do cenário, procurando entender as interações dos índices nas diversas áreas, contribuindo para o Controle e ações pro-ativas através da definição Metas que nortearão a Gestão & Governança;
* Identificar as necessidades de cada área e estabelecer os requisitos para subsidiar a definição dos indicadores a serem utilizados no monitoramento e na avaliação das respectivas áreas;
* Alinhar a TI ao Planejamento Estratégico no BSC – Balanced Scorecard;
* Apresentar um guia de implementação para definir Indicadores (KPIs) e o Painel de Controle (dashboard/cockpit) para de TI;
* Apresentação de diversos Indicadores (KPIs) para a TI, como: Desenvolvimento; Infra-estrutura; Suporte; Direção Estratégica; Escritório de Projetos.


Para maiores informações:
http://www.companyweb.com.br/ead-ensino-a-distancia-2/curso-pocket-indicadores-de-desempenho-para-a-ti/

1 Módulo 1 – Porque medir?

1.1- Porque medir?
1.2- Gestão Pro-ativa ou Reativa;
1.3- Transparência da operação;
1.4- Alinhamento estratégico.

2 Módulo 2 – BSC e a TI

2.1- Conceitos sobre BSC - Balanced Scorecard;
2.2- BSC ligado com a TI.

3 Módulo 3 – Criação do caderno de métricas para a TI

3.1- Como definir sua métrica?
3.2- Técnicas para definir Indicadores (KPIs) como “S.M.A.R.T.” (Specific, Measurable, Attainable, Realistic, Timely) e outras;
3.3- Caderno de Métricas

3.3.1- Template do formulário para KPI
3.3.2- COBIT e as métricas
3.3.3- ITIL e as métricas
3.3.4- Exemplos de Métricas
3.3.5- Métricas do mercado
3.3.6- Bibliotecas de métricas na internet

4 Módulo 4 – Criação de Painel de Controle (dashboard)

4.1- Dashboard como ferramenta da gestão
4.2- Projeto Dashboard
4.3- BSC – Balanced Scorecard e a TI
4.4- Exemplos de Dashboard
4.5- Dashboard e Plano de Ação
4.6- Gráfico Gauge/Velocímetro
4.7- Fatores Críticos de Sucesso

5 Módulo 5 – Implementar Gestão por Indicadores

5.1- 7 Passos para Implementar Gestão de Indicadores

KPI, dashboard, ITIL, COBIT, PMI, PMBOK, BSC, Balanced Scorecard, métricas de TI, GRC, Governança de TI, IT Governance, Painel de Controle

Statistics

Views

Total Views
571
Views on SlideShare
529
Embed Views
42

Actions

Likes
0
Downloads
56
Comments
0

2 Embeds 42

http://governanca.companyweb.com.br 36
http://www.slideee.com 6

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Indicadores de Desempenho para a TI - módulo 3 - Criação do Caderno de Métricas de TI Indicadores de Desempenho para a TI - módulo 3 - Criação do Caderno de Métricas de TI Presentation Transcript

  • Motivadores Riscos Resultados Pro- atividade Qualidade
  • Como estão os processos?
  • Qualidade
  • Resultados?
  • Pro-atividade?
  • Como fazer? Indicador Chave de Performance
  • Ser considerado pela empresa como adequado; Ser passível de ser mensurado; Ser de fácil compreensão; Ser claro (não ambíguo) e comunicar bem a mensagem; Ter dados históricos (de anos anteriores); Ter definição de meta; Ter indicação da melhor tendência; Ter indicação do benchmark (se possível).
  • dirigido a uma área de competência claramente definida Specific (Especifico) permite que o progresso possa ser medido. Measurable (Mensurável) aceitável para o contexto envolvido Achievable (Aceitável) se expressa de maneira realista o que pode ser realizado, e leva-se em consideração os pressupostos e as pré-condições Realistic (Realizável) indica o prazo em que se deve cumprir o objetivo Timely (Prazo) SMART
  • Definição de Metas?
  • • na fixação das metas deve-se levar em conta os objetivos da empresa, o contexto econômico em que está inserida, as limitações orçamentárias, o desempenho anterior e etc. Realísticas: • se as metas não forem passíveis de serem atingidas, elas serão vistas como meros ideais e não terão sentido prático Exeqüíveis: • para encorajar os gestores a realizarem melhorias no processo; devem, portanto, ser cada vez mais ambiciosas ao longo do tempo, de maneira a incentivar que a empresa busque a otimização dos resultados, a partir dos recursos disponíveis. Desafiadoras: • devem poder ser comparadas internamente ou externamente, com outras empresas com reconhecido lideres no segmento. Comparáveis: • facilmente identificáveis, evitando-se a utilização de termos ambíguos na sua definição. Claras:
  • Caderno de Métricas
  • Cobit é um framework que tem um conjunto deCobit é um framework que tem um conjunto deCobit é um framework que tem um conjunto deCobit é um framework que tem um conjunto de componentes que representam as melhores práticascomponentes que representam as melhores práticascomponentes que representam as melhores práticascomponentes que representam as melhores práticas para Governança de TI, Controle, Auditoria de TI epara Governança de TI, Controle, Auditoria de TI epara Governança de TI, Controle, Auditoria de TI epara Governança de TI, Controle, Auditoria de TI e CCCComplianceomplianceomplianceompliance com regulamentação (SOX).com regulamentação (SOX).com regulamentação (SOX).com regulamentação (SOX). O que significa Cobit ?O que significa Cobit ?O que significa Cobit ?O que significa Cobit ? CCCControl ObObObObjectives for IIIInformation and related TTTTechnology Objetivos de Controle relacionados ao uso da TecnologiaObjetivos de Controle relacionados ao uso da TecnologiaObjetivos de Controle relacionados ao uso da TecnologiaObjetivos de Controle relacionados ao uso da Tecnologia da Informação.da Informação.da Informação.da Informação.
  • InformaçãoInformaçãoInformaçãoInformação Planejamento ePlanejamento ePlanejamento ePlanejamento e OrganizaçãoOrganizaçãoOrganizaçãoOrganização MonitoramentoMonitoramentoMonitoramentoMonitoramento e Avaliaçãoe Avaliaçãoe Avaliaçãoe Avaliação Entrega eEntrega eEntrega eEntrega e SuporteSuporteSuporteSuporte Aquisição eAquisição eAquisição eAquisição e ImplementaçãoImplementaçãoImplementaçãoImplementação 4 - Domínios Objetivos de negócios e Objetivos de Governança de TI
  • Planejamento e Organização (PO) PO1 - Definição plano estratégico TI PO2 - Definição arquitetura de informação PO3 - Determinação do direcionamento tecnológico PO4 - Definição de Processos de TI, Organização e Relacionamentos PO5 - Gerenciamento do Investimento de TI PO6 - Comunicação de objetivos e direcionamento PO7 - Gerenciamento de recursos humanos de TI PO8 - Gerenciar Qualidade PO9 - Avaliar e Gerenciar riscos de TI PO10 - Gerenciamento de Projetos Adquisição e Implementação (AI) AI1 – Identificar soluções automatizadas AI2 - Aquisição e manutenção de sistemas aplicativos AI3 – Aquisição e manutenção de tecnologia de infra-estrutura AI4 – Habilitar a operação e uso AI5 – Obter recursos de TI AI6 – Gerenciar mudanças AI7 – Instalação, homologação de soluções e mudanças Entrega e Suporte (DS) DS1 – Definição de níveis de serviço DS2 - Gerenciamento de serviços de terceiros DS3 – Gerenciamento de performance e capacidade DS4 – Assegurar a continuidade dos serviços DS5 – Assegurar Sistema de Segurança DS6 – Identificar e alocar custos DS7 - Educar e treinar usuários DS8 – Gerenciar Service Desk e incidentes DS9 – Gerenciar configurações DS10 - Gerenciar problemas DS11 – Gerenciar dados DS12 – Gerenciar ambiente físico DS13 – Gerenciar operações Monitoramento e Avaliação (ME) ME1 – Monitorar e avaliar o desempenho de TI ME2 – Monitorar e avaliar os controles internos ME3 – Garantir Compliance (conformidade) com requisitos externos ME4 – Prover Governança de TI Os Processos do Cobit. São 34 processos, agrupados em 4 domínios
  • Objetivos e Métricas
  • Fonte: http://www.baguete.com.br/colunistas/colunas/51/paulo-krieser/28/04/2010/metricas-de-software
  • Fonte: http://portal.dataprev.gov.br/tag/metricas-de-software/ CTF - Cobertura dos testes funcionais ATU - Aceitação de testes unitários CPROC - Conformidade de processo CPROD - Conformidade de produto CPr - Cumprimento de prazos VEP - Escopo de projeto Dataprev
  • Prof. Uires Tapajós http://www.LinkedIn.com/In/Uires/ Uires.Tapajos@CompanyWeb.com.br