• Save
BABOK ou CBOK
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

BABOK ou CBOK

on

  • 13,870 views

Palestra sobre as melhores práticas para o Analista de Negócios, o livro BABOK, e para o Analista de Processos, o livro CBOK. ...

Palestra sobre as melhores práticas para o Analista de Negócios, o livro BABOK, e para o Analista de Processos, o livro CBOK.
- Apresentamos a estrutura;
- Como utilizar;
- Benefícios;
- Vários exemplos de aplicabilidade.
- Visão onde o analista de negócios e o analista de processos interagem na organização.

Statistics

Views

Total Views
13,870
Views on SlideShare
7,343
Embed Views
6,527

Actions

Likes
22
Downloads
0
Comments
0

3 Embeds 6,527

http://www.companyweb.com.br 6477
url_unknown 42
http://www.linkedin.com 8

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

BABOK ou CBOK Presentation Transcript

  • 1. BABOK®ou CBOK®
    Analista de Negócios | Analista de Processos
    www.companyweb.com.br | 11 3532-1076 | contato@companyweb.com.br
    Twitter: @companyweb| Facebook.com/CompanyWeb
  • 2. CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    2
    Palestrante
    Uires Tapajós | Professor e Consultor da CompanyWeb em Gestão e Governança de TI.
    http://www.linkedin.com/in/uires | http://twitter.com/uires | http://www.delicious.com/uires
  • 3. Quem é CompanyWeb®?
    A CompanyWeb® tem mais de dez anos de experiência em serviços de consultoria e treinamento em Governança e Gestão de TI (Governança de Tecnologia da Informação, Gestão por Processos, e Engenharia de Software). Nossos principais clientes são: Petrobras, Banco do Brasil, Ambev, Correios, JBS Friboi, Aços Villares, Serasa, Honda, Gerdau,  Medley, Yamaha, Bertin, Banco Bradesco, Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, Bradesco Seguros, Coca-cola, Sabesp, Nova Schin, Novartis, Comgás, Cervejaria Petrópolis e outros.
  • 4. Portfólio
    + cursos: http://bit.ly/lbaiLT
    + consultoria: http://bit.ly/ikz9ad
    Consultoria
    Treinamento
    Solução
    Treinamento
    Consultoria
    Solução
    TeamProject
    Gestão de Projetos
    Escritório de Projetos
    Gestão de Demandas
    Wiki Corporativa
    HelpDesk
    GestãoColaborativa
    ControlesInternos
    Gestão de Mudanças
    GestãoÁgil de Projetos
    Governança & Gestão da TI:
    GRC (Governança, Risco e Compliance):. Gestão de Risco com COSO
    .Gestão de Risco de TI. Segurança da Informação com ISO 27001
    Governança e Gestão de Serviços de TI:. Certificação ITIL / Certificação Cobit.
    . ITIL/CobitImplementation.
    . Formação de Analista em Governança de TI.BPM (Processos) . Gestão por Processos de Negócios.Formação Analista de Processo de Negócio
    Negócios & Gestão de Pessoas:
    . Estratégia e BSC
    . Formação Analista de Negócio
    .Liderança com foco em Resultados
    . Práticas de Gestão de Projetos
    Métodos Ágeis e Engenharia de Software:.Métodos Ágeis (SCRUM e FDD).Qualidade e Maturidade em Desenvolvimento de Software.Formação em Engenharia de Software
    Governança e Gestão da Tecnologia da Informação
    Gestão de Serviços de TI (ITIL/ISO 20000)
    Melhoria de Processos
    Gestão de Mudança (Change Management)
    Implantação de Escritório de Projetos com as melhores práticas do PMI®
    Gestão de Risco
    Análise e Desempenho de Negócio | Dashboad
    Métodos Ágeis e Qualidade de Software
    Projetos para adoção das melhorespráticas: COBIT, ITIL, SCRUM, eSCM, PMBOK, BSC, COSO, CBOK, BABOK, FDD, TDD
  • 5. Objetivo
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    5
    • Apresentar uma visão geral dos livros de melhores práticas, CBOK®(para Analista de Processos) e o BABOK®(Analista de Negócios).
  • CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    6
  • 6. CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    7
  • 7. CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    8
  • 8. Definições sobre o Analista de Negócios pelo BABoK 2.0
    Funciona como uma ligação entre as partes interessadas (stackeholders de variados níveis e atuação) a fim de obter, analisar, comunicar e validar os requisitos para mudanças nos processos empresariais, políticas e de sistemas informação.
    O Analista de Negócios entende os problemas e oportunidades nos contexto dos negócios e das exigências corporativas, recomendando soluções que permitam a organização atingir seus objetivos.
    Análise de negócio envolve todas as tarefas, técnicas e habilidades necessárias para definir claramente um problema enfrentado pelas áreas dos negócios e, em seguida, determinar o escopo (alcance) de uma solução para esse problema.
    Deve possuir as habilidades necessárias para determinar se uma solução vai se adequar às necessidades do negócio.
    Os Analistas de Negócios são responsáveis por definir e gerenciar o escopo da solução.
    9
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    9
  • 9. Onde estão os Analistas de Negócio nas Organizações?
    Os Analistas de Negócio atuam alinhando (traduzindo) as necessidades do negócio, expressas pelos usuários (stackeholders internos) e pela própria estratégia da organização, com as capacidades de realização e entrega da Área de TI.
    Os Analistas de Negócio são pessoas que fazem atividades de análise de negócio, independente do título da sua função dentro da organização. Normalmente encontramos Analistas de Sistemas, Engenheiros de Requisitos, Analistas de Processos, Gerentes de Produtos, Arquitetos de Informação e até Consultores desenvolvendo estas atividades.
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    10
  • 10. A Importância dos Analistas de Negócio nas Organizações
    Estratégia e Objetivos do Negócio
    Analista de Negócios
    Necessidades dos stackeholders internos e externos
    11
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    11
  • 11. A Importância dos Analistas de Negócio nas Organizações
    Estratégia e Objetivos do Negócio
    Esforço para o
    Alinhamento
    Analista de Negócios
    Esforço para o
    Alinhamento
    Necessidades dos stackeholders internos e externos
    12
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    12
  • 12. A Importância dos Analistas de Negócio nas Organizações
    Estratégia e Objetivos do Negócio
    Analista de Negócios
    Conhecer o Negócio e o Mercado
    Soluções Aplicando Tecnologias
    Necessidades dos stackeholders internos e externos
    13
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    13
  • 13. A Importância dos Analistas de Negócio nas Organizações
    Estratégia e Objetivos do Negócio
    Alinhando objetivos de negócio com as necessidades dos stackeholders de maneira a entender as tendências do mercado e sobre elas aplicar soluções de tecnologias.
    Analista de Negócios
    Conhecer o Negócio e o Mercado
    Soluções Aplicando Tecnologias
    Necessidades dos stackeholders internos e externos
    14
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    14
  • 14. CompetênciasFundamentais
    15
  • 15. Posicionamento Essencial para o Analista de Negócios
    Postura para Diagnóstico
    Postura para Prognóstico
    Saber interpretar as respostas
    • Separar desejos de
    necessidades;
    • Buscar referência em
    políticas e regras do negócio;
    • Alinhar respostas aos
    objetivos de negócio;
    • Alinhar respostas ao cenário
    e as tendências do mercado;
    • Alinhar respostas a tecnologia
    disponível e dominada
    Saber fazer perguntas
    • Correlacionar respostas;
    • 16. Concatenar respostas;
    • 17. Perguntar porque não?
    • 18. Desenhar o fluxo lógico
    oferecido pelas respostas;
    • Estruturar o cenário do
    negócio baseado nas
    respostas;
    • Separar resposta sobre a
    situação atual das
    situações desejadas
    16
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    16
  • 19. BABOK | Áreas de Conhecimento
    Competências Fundamentais
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    17
  • 20. Como Utilizamos o BABoK 2.0?
    Áreas de Conhecimento e suas respectivas Tarefas
    2PLANEJAMENTO &
    MONITORAMENTO
    DA ANÁLISE DE
    NEGÓCIO
    3 ELICITAÇÃO
    4 GERENCIAMENTO
    DE REQUISITOS &
    COMUNICAÇÃO
    5 ANÁLISE
    CORPORATIVA
    6ANÁLISE DE
    REQUISITOS
    7AVALIAÇÃO E
    VALIDAÇÃO
    DA SOLUÇÃO
    2.1 Planejar a Abordagem da
    Análise de Negócios
    2.2 Conduzir a Análise dos
    Stackeholders
    2.3 Planejar as Atividades da
    Análise de Negócio
    2.4 Planejar a Comunicação da
    Análise de Negócio
    2.5 Planejar o Processo de
    Gerenciamento de
    Requisitos
    2.6 Gerenciar o Desempenho
    da Análise de Negócio
    3.1 Preparar a Elicitação
    3.2 Conduzir Atividade
    de Elicitação
    3.3 Documentar
    Resultados da
    Elicitação
    3.4 Confirmar Resultados
    da Elicitação
    4.1 Gerenciar Escopo &
    Requisitos da Solução
    4.2 Gerenciar
    Rastreabilidade
    dos Requisitos
    4.3 Manter Requisitos
    para Reutilização
    4.4 Preparar Pacote de
    Requisitos
    4.5 Comunicar Requisitos
    5.1 Definir Necessidades
    do Negócio
    5.2 Avaliar Lacunas de
    Capacidade
    5.3 Determinar
    Abordagem da
    Solução
    5.4 Definir Escopo da
    Solução
    5.5 Definir Business Case
    6.1 Priorizar Requisitos
    6.2 Organizar
    Requisitos
    6.3 Especificar e
    Modelar Requisitos
    6.4 Definir Premissas e
    Restrições
    6.5 Verificar Requisitos
    6.6 Validar Requisitos
    7.1 Avaliar Solução
    Proposta
    7.2 Alocar Requisitos
    7.3 Avaliar Prontidão
    Organizacional
    7.4 Definir Requisitos da
    Transição
    7.5 Validar Solução
    7.6 Avaliar Desempenho
    da Solução
    6 Áreas de Conhecimento e 32 Tarefas
    18
    18
  • 21. Como Utilizamos o BABoK 2.0?
    Áreas de Conhecimento e suas respectivas Tarefas
    2PLANEJAMENTO &
    MONITORAMENTO
    DA ANÁLISE DE
    NEGÓCIO
    3 ELICITAÇÃO
    4 GERENCIAMENTO
    DE REQUISITOS &
    COMUNICAÇÃO
    5 ANÁLISE
    CORPORATIVA
    6ANÁLISE DE
    REQUISITOS
    7AVALIAÇÃO E
    VALIDAÇÃO
    DA SOLUÇÃO
    2.1 Planejar a Abordagem da
    Análise de Negócios
    2.2 Conduzir a Análise dos
    Stackeholders
    2.3 Planejar as Atividades da
    Análise de Negócio
    2.4 Planejar a Comunicação da
    Análise de Negócio
    2.5 Planejar o Processo de
    Gerenciamento de
    Requisitos
    2.6 Gerenciar o Desempenho
    da Análise de Negócio
    3.1 Preparar a Elicitação
    3.2 Conduzir Atividade
    de Elicitação
    3.3 Documentar
    Resultados da
    Elicitação
    3.4 Confirmar Resultados
    da Elicitação
    4.1 Gerenciar Escopo &
    Requisitos da Solução
    4.2 Gerenciar
    Rastreabilidade
    dos Requisitos
    4.3 Manter Requisitos
    para Reutilização
    4.4 Preparar Pacote de
    Requisitos
    4.5 Comunicar Requisitos
    5.1 Definir Necessidades
    do Negócio
    5.2 Avaliar Lacunas de
    Capacidade
    5.3 Determinar
    Abordagem da
    Solução
    5.4 Definir Escopo da
    Solução
    5.5 Definir Business Case
    6.1 Priorizar Requisitos
    6.2 Organizar
    Requisitos
    6.3 Especificar e
    Modelar Requisitos
    6.4 Definir Premissas e
    Restrições
    6.5 Verificar Requisitos
    6.6 Validar Requisitos
    7.1 Avaliar Solução
    Proposta
    7.2 Alocar Requisitos
    7.3 Avaliar Prontidão
    Organizacional
    7.4 Definir Requisitos da
    Transição
    7.5 Validar Solução
    7.6 Avaliar Desempenho
    da Solução
    O que eu preciso fazer?
    01/07/2011
    19
  • 22. Como Utilizamos o BABoK 2.0?
    Áreas de Conhecimento e suas respectivas Tarefas
    2PLANEJAMENTO &
    MONITORAMENTO
    DA ANÁLISE DE
    NEGÓCIO
    3 ELICITAÇÃO
    4 GERENCIAMENTO
    DE REQUISITOS &
    COMUNICAÇÃO
    5 ANÁLISE
    CORPORATIVA
    6ANÁLISE DE
    REQUISITOS
    7AVALIAÇÃO E
    VALIDAÇÃO
    DA SOLUÇÃO
    2.1 Planejar a Abordagem da
    Análise de Negócios
    2.2 Conduzir a Análise dos
    Stackeholders
    2.3 Planejar as Atividades da
    Análise de Negócio
    2.4 Planejar a Comunicação da
    Análise de Negócio
    2.5 Planejar o Processo de
    Gerenciamento de
    Requisitos
    2.6 Gerenciar o Desempenho
    da Análise de Negócio
    3.1 Preparar a Elicitação
    3.2 Conduzir Atividade
    de Elicitação
    3.3 Documentar
    Resultados da
    Elicitação
    3.4 Confirmar Resultados
    da Elicitação
    4.1 Gerenciar Escopo &
    Requisitos da Solução
    4.2 Gerenciar
    Rastreabilidade
    dos Requisitos
    4.3 Manter Requisitos
    para Reutilização
    4.4 Preparar Pacote de
    Requisitos
    4.5 Comunicar Requisitos
    5.1 Definir Necessidades
    do Negócio
    5.2 Avaliar Lacunas de
    Capacidade
    5.3 Determinar
    Abordagem da
    Solução
    5.4 Definir Escopo da
    Solução
    5.5 Definir Business Case
    6.1 Priorizar Requisitos
    6.2 Organizar
    Requisitos
    6.3 Especificar e
    Modelar Requisitos
    6.4 Definir Premissas e
    Restrições
    6.5 Verificar Requisitos
    6.6 Validar Requisitos
    7.1 Avaliar Solução
    Proposta
    7.2 Alocar Requisitos
    7.3 Avaliar Prontidão
    Organizacional
    7.4 Definir Requisitos da
    Transição
    7.5 Validar Solução
    7.6 Avaliar Desempenho
    da Solução
    O que eu preciso fazer?
    Do que os stackeholders precisam?
    20
  • 23. Como Utilizamos o BABoK 2.0?
    Áreas de Conhecimento e suas respectivas Tarefas
    2PLANEJAMENTO &
    MONITORAMENTO
    DA ANÁLISE DE
    NEGÓCIO
    3 ELICITAÇÃO
    4 GERENCIAMENTO
    DE REQUISITOS &
    COMUNICAÇÃO
    5 ANÁLISE
    CORPORATIVA
    6ANÁLISE DE
    REQUISITOS
    7AVALIAÇÃO E
    VALIDAÇÃO
    DA SOLUÇÃO
    2.1 Planejar a Abordagem da
    Análise de Negócios
    2.2 Conduzir a Análise dos
    Stackeholders
    2.3 Planejar as Atividades da
    Análise de Negócio
    2.4 Planejar a Comunicação da
    Análise de Negócio
    2.5 Planejar o Processo de
    Gerenciamento de
    Requisitos
    2.6 Gerenciar o Desempenho
    da Análise de Negócio
    3.1 Preparar a Elicitação
    3.2 Conduzir Atividade
    de Elicitação
    3.3 Documentar
    Resultados da
    Elicitação
    3.4 Confirmar Resultados
    da Elicitação
    4.1 Gerenciar Escopo &
    Requisitos da Solução
    4.2 Gerenciar
    Rastreabilidade
    dos Requisitos
    4.3 Manter Requisitos
    para Reutilização
    4.4 Preparar Pacote de
    Requisitos
    4.5 Comunicar Requisitos
    5.1 Definir Necessidades
    do Negócio
    5.2 Avaliar Lacunas de
    Capacidade
    5.3 Determinar
    Abordagem da
    Solução
    5.4 Definir Escopo da
    Solução
    5.5 Definir Business Case
    6.1 Priorizar Requisitos
    6.2 Organizar
    Requisitos
    6.3 Especificar e
    Modelar Requisitos
    6.4 Definir Premissas e
    Restrições
    6.5 Verificar Requisitos
    6.6 Validar Requisitos
    7.1 Avaliar Solução
    Proposta
    7.2 Alocar Requisitos
    7.3 Avaliar Prontidão
    Organizacional
    7.4 Definir Requisitos da
    Transição
    7.5 Validar Solução
    7.6 Avaliar Desempenho
    da Solução
    O que eu preciso fazer?
    Do que os stackeholders precisam?
    Todo mundo entende e concorda?
    21
  • 24. Como Utilizamos o BABoK 2.0?
    Áreas de Conhecimento e suas respectivas Tarefas
    2PLANEJAMENTO &
    MONITORAMENTO
    DA ANÁLISE DE
    NEGÓCIO
    3 ELICITAÇÃO
    4 GERENCIAMENTO
    DE REQUISITOS &
    COMUNICAÇÃO
    5 ANÁLISE
    CORPORATIVA
    6ANÁLISE DE
    REQUISITOS
    7AVALIAÇÃO E
    VALIDAÇÃO
    DA SOLUÇÃO
    2.1 Planejar a Abordagem da
    Análise de Negócios
    2.2 Conduzir a Análise dos
    Stackeholders
    2.3 Planejar as Atividades da
    Análise de Negócio
    2.4 Planejar a Comunicação da
    Análise de Negócio
    2.5 Planejar o Processo de
    Gerenciamento de
    Requisitos
    2.6 Gerenciar o Desempenho
    da Análise de Negócio
    3.1 Preparar a Elicitação
    3.2 Conduzir Atividade
    de Elicitação
    3.3 Documentar
    Resultados da
    Elicitação
    3.4 Confirmar Resultados
    da Elicitação
    4.1 Gerenciar Escopo &
    Requisitos da Solução
    4.2 Gerenciar
    Rastreabilidade
    dos Requisitos
    4.3 Manter Requisitos
    para Reutilização
    4.4 Preparar Pacote de
    Requisitos
    4.5 Comunicar Requisitos
    5.1 Definir Necessidades
    do Negócio
    5.2 Avaliar Lacunas de
    Capacidade
    5.3 Determinar
    Abordagem da
    Solução
    5.4 Definir Escopo da
    Solução
    5.5 Definir Business Case
    6.1 Priorizar Requisitos
    6.2 Organizar
    Requisitos
    6.3 Especificar e
    Modelar Requisitos
    6.4 Definir Premissas e
    Restrições
    6.5 Verificar Requisitos
    6.6 Validar Requisitos
    7.1 Avaliar Solução
    Proposta
    7.2 Alocar Requisitos
    7.3 Avaliar Prontidão
    Organizacional
    7.4 Definir Requisitos da
    Transição
    7.5 Validar Solução
    7.6 Avaliar Desempenho
    da Solução
    O que eu preciso fazer?
    Do que os stackeholders precisam?
    Porque estamos fazendo isto?
    Todo mundo entende e concorda?
    22
  • 25. Como Utilizamos o BABoK 2.0?
    Áreas de Conhecimento e suas respectivas Tarefas
    2PLANEJAMENTO &
    MONITORAMENTO
    DA ANÁLISE DE
    NEGÓCIO
    3 ELICITAÇÃO
    4 GERENCIAMENTO
    DE REQUISITOS &
    COMUNICAÇÃO
    5 ANÁLISE
    CORPORATIVA
    6ANÁLISE DE
    REQUISITOS
    7AVALIAÇÃO E
    VALIDAÇÃO
    DA SOLUÇÃO
    2.1 Planejar a Abordagem da
    Análise de Negócios
    2.2 Conduzir a Análise dos
    Stackeholders
    2.3 Planejar as Atividades da
    Análise de Negócio
    2.4 Planejar a Comunicação da
    Análise de Negócio
    2.5 Planejar o Processo de
    Gerenciamento de
    Requisitos
    2.6 Gerenciar o Desempenho
    da Análise de Negócio
    3.1 Preparar a Elicitação
    3.2 Conduzir Atividade
    de Elicitação
    3.3 Documentar
    Resultados da
    Elicitação
    3.4 Confirmar Resultados
    da Elicitação
    4.1 Gerenciar Escopo &
    Requisitos da Solução
    4.2 Gerenciar
    Rastreabilidade
    dos Requisitos
    4.3 Manter Requisitos
    para Reutilização
    4.4 Preparar Pacote de
    Requisitos
    4.5 Comunicar Requisitos
    5.1 Definir Necessidades
    do Negócio
    5.2 Avaliar Lacunas de
    Capacidade
    5.3 Determinar
    Abordagem da
    Solução
    5.4 Definir Escopo da
    Solução
    5.5 Definir Business Case
    6.1 Priorizar Requisitos
    6.2 Organizar
    Requisitos
    6.3 Especificar e
    Modelar Requisitos
    6.4 Definir Premissas e
    Restrições
    6.5 Verificar Requisitos
    6.6 Validar Requisitos
    7.1 Avaliar Solução
    Proposta
    7.2 Alocar Requisitos
    7.3 Avaliar Prontidão
    Organizacional
    7.4 Definir Requisitos da
    Transição
    7.5 Validar Solução
    7.6 Avaliar Desempenho
    da Solução
    O que a solução deverá ser
    capaz de fazer?
    O que eu preciso fazer?
    Do que os stackeholders precisam?
    Porque estamos fazendo isto?
    Todo mundo entende e concorda?
    23
  • 26. Como Utilizamos o BABoK 2.0?
    Áreas de Conhecimento e suas respectivas Tarefas
    2PLANEJAMENTO &
    MONITORAMENTO
    DA ANÁLISE DE
    NEGÓCIO
    3 ELICITAÇÃO
    4 GERENCIAMENTO
    DE REQUISITOS &
    COMUNICAÇÃO
    5 ANÁLISE
    CORPORATIVA
    6ANÁLISE DE
    REQUISITOS
    7AVALIAÇÃO E
    VALIDAÇÃO
    DA SOLUÇÃO
    2.1 Planejar a Abordagem da
    Análise de Negócios
    2.2 Conduzir a Análise dos
    Stackeholders
    2.3 Planejar as Atividades da
    Análise de Negócio
    2.4 Planejar a Comunicação da
    Análise de Negócio
    2.5 Planejar o Processo de
    Gerenciamento de
    Requisitos
    2.6 Gerenciar o Desempenho
    da Análise de Negócio
    3.1 Preparar a Elicitação
    3.2 Conduzir Atividade
    de Elicitação
    3.3 Documentar
    Resultados da
    Elicitação
    3.4 Confirmar Resultados
    da Elicitação
    4.1 Gerenciar Escopo &
    Requisitos da Solução
    4.2 Gerenciar
    Rastreabilidade
    dos Requisitos
    4.3 Manter Requisitos
    para Reutilização
    4.4 Preparar Pacote de
    Requisitos
    4.5 Comunicar Requisitos
    5.1 Definir Necessidades
    do Negócio
    5.2 Avaliar Lacunas de
    Capacidade
    5.3 Determinar
    Abordagem da
    Solução
    5.4 Definir Escopo da
    Solução
    5.5 Definir Business Case
    6.1 Priorizar Requisitos
    6.2 Organizar
    Requisitos
    6.3 Especificar e
    Modelar Requisitos
    6.4 Definir Premissas e
    Restrições
    6.5 Verificar Requisitos
    6.6 Validar Requisitos
    7.1 Avaliar Solução
    Proposta
    7.2 Alocar Requisitos
    7.3 Avaliar Prontidão
    Organizacional
    7.4 Definir Requisitos da
    Transição
    7.5 Validar Solução
    7.6 Avaliar Desempenho
    da Solução
    O que a solução deverá ser
    capaz de fazer?
    O que eu preciso fazer?
    Do que os stackeholders precisam?
    Porque estamos fazendo isto?
    Todo mundo entende e concorda?
    A solução faz o que deveria fazer?
    24
  • 27. Áreas de Conhecimento
    Tarefas
    Saídas
    Entradas
    Ferramentas/Técnicas
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    25
  • 28. Estrutura e Formato para Uso das Áreas de Conhecimentos do BABoK 2.0
    Detalhes das Tarefas
    26
  • 29. Planejamento e Monitoramento da Análise de Negócios | Tarefas
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    27
  • 30. Ferramentas/Técnicas
    CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    28
  • 31.
    • BPM CBOK – BPM CommonBodyofKnowledge
    Este Guia para o Corpo Comum de Conhecimentos sobre BPM foi projetado para auxiliar profissionais de BPM fornecendo uma visão abrangente das questões, melhores práticas e lições aprendidas. O BPM CBOK foi estruturado em nove áreas específicas de conhecimento, sendo todas inter-relacionadas e evolutivamente complementares.
  • 32. CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    30
  • 33.
    • BPM CBOK –Áreas de Conhecimento
    Gerenciamento de Processos de Negócio: apresenta conceitos essenciais e estratégias necessárias para gerenciar com sucesso processos de negócio a partir de uma perspectiva holística. Esta área de conhecimento define BPM estabelecendo como uma disciplina de gestão e não apenas uma tecnologia (BPMS), explora os componentes e tipos de processos, apresenta o ciclo de vida BPM CBOK, além das habilidades e fatores-chave de sucesso.
    Modelagem de Processos: trata do conjunto de habilidades que permitem as pessoas compreender, comunicar, medir e gerenciar os componentes de processos de negócio, ou seja, tudo que envolve a modelagem de processos e não apenas sua diagramação. Apresenta as diversas notações e formas de representação de processos, independente de fabricante.
    Análise de Processos: são apresentadas atividades que buscam a avaliação do ambiente do negócio, levantamento e compreensão dos processos de negócio, definição de necessidades do negócio. Também conhecido como Análise “As Is” busca uma visão real do atual estados dos processos de negócio.
  • 34. BPM CBOK –Áreas de Conhecimento
    Desenho de Processos: trata da criação das especificações para os processos de negócio após a realização da análise, cobrindo desde as atividades e técnicas mais essenciais até a simulação de cenários. Estas atividades visam a realização do projeto de novos ou melhores processos, onde a diferença implícita mais evidente é a linha do tempo pois uma vez que a análise de processos trata do entendimento do presente (“as-is”), o desenho de processos é orientado para o futuro, também conhecido como “to-be”.
    Gerenciamento de Desempenho de Processos: trata das definições de formas de monitoramento e gerenciamento do desempenho (resultado) dos processos, e está diretamente relacionado à capacidade corporativa para o mesmo. Principais pontos abordados são a busca pelo estabelecimento dos objetivos de medição, a especificação clara de medidores e suas medidas, a análise dos dados coletados e a comunicação dos resultados.
    6. Transformação de Processos: o objetivo dessa área é assegurar que os processos continuem suportando os objetivos do negócio e que sua evolução seja tratada de forma planejada e estruturada por métodos conhecidos como Seis Sigma, Lean, TQM, Custeio Baseado em Atividades, entre outros. A orientação da transformação de processos está diretamente norteada pela melhoria contínua com entendimento de modelos e padrões.
  • 35. BPM CBOK –Áreas de Conhecimento
    Organização de Gerenciamento de Processos: trata das mudanças estruturais decorrentes da aplicação da gestão por processos no ambiente corporativo. Caracteriza claramente como é uma organização centrada em processos, descrevendo sua estrutura, organização, gerenciamento e medição a partir dos seus processos primários. Apresenta as possibilidades mais comuns de configuração da estrutura funcional corporativa, o estabelecimento de escritórios de processos e centros de excelência, comitês gestores de processos, etc. Declaração das responsabilidades e características dos participantes de uma organização gerida por processos, como Dono do Processo, Gerente do Processo, etc.
    Gerenciamento de Processos Corporativos (EPM): trata da grande necessidade de ser maximizar resultados dos processos de negócio de acordo com as estratégias do negócio. Estas estratégias precisam ser bem definidas e o objetivos funcionais estabelecidos precisam ser baseados nessas estratégias. Esta área apresenta claramente a transição que acontece para permitir o estabelecimento de estratégias não apenas gerais ou financeiras, mas com o EPM as estratégias são atreladas aos processos e suas atividades inter-funcionais. Estabelece e apresenta três requisitos funcionais ao EPM:
    • A medição centrada em clientes
    • 36. Processos em nível organizacional
    • 37. Plano de gerenciamento e melhoria de processos em nível organizacional.
  • BPM CBOK –Áreas de Conhecimento
    9. Tecnologias de Gerenciamento de Processos de Negócio: trata das tecnologias que facilitam a aplicação prática da disciplina de BPM, e dessa forma, apresenta a arquitetura comum aos produtos encontrados no mercado, bem como suas características específicas que os caracterizam formalmente como ferramentas de execução, monitoramento e gerenciamento de processos, ou Business Process Management Systems/Suites (BPMS). Como pontos comuns às arquiteturas vigentes nas ferramentas de BPMS, são destacadas:
    • Visualização e simulação de processos
    • 38. Gerenciamento e monitoramento de atividades
    • 39. Estabelecimento, uso e gestão das regras de negócio
    • 40. Capacidade de integração sistêmica e de dados
    • 41. Adoção e realização de atividades segundo Workflow
    • 42. Adoção de elementos de notações de processos
    • 43. Suporte e biblioteca de melhores práticas de mercado
    • Ciclo de Vida de BPM CBOK
    Além do agrupamento em áreas de conhecimento, o BPM CBOK também propõe e apresenta um ciclo de vida das fases de realização do gerenciamento de processos de negócio, que pode ser resumida por um conjunto gradual e interativo de atividades que incluem:
    Planejamento e Estratégia
    Análise de Processos
    Desenho de Processos
    Implantação de Processos
    Monitoramento e Controle de Processos
    Refinamento de Processos
    A medida que os processos de negócios se movem através do ciclo de vida são habilitados
    ou restringidos por uma variedade de fatores, sendo os principais: valores, crenças, liderança
    e cultura organizacional.
  • 44. CompanyWeb | Consultoria & Treinamento
    36
  • 45. [Módulo 3]
    Executando a Análise de Processos
    Abaixo, as atividades mais comuns seguidas durante a análise de processos.
  • 46. Executando a Análise de Processos
    Alguns elementos analíticos são freqüentemente utilizados para extrair informação sobre um processo, incluindo tempo de duração do processo, quantidade de produto ou serviço através do processo, custo do processo etc.
    Segue uma lista das técnicas mais comuns que fornecerá um espectro amplo dos tipos de técnicas analíticas que poderiam ser executadas:
    16. Análise de elementos analíticos
  • 47. Executando a Análise de Processos
    Muitos processos requerem algum tipo de envolvimento humano direto para assegurar a progressão do processo. São esses processos que normalmente requerem uma maior análise para atingir a compreensão do processo. As seguintes técnicas podem ser utilizadas para auxiliar o analista na criação de um entendimento:
    17. Análise de interações humanas
  • 48. CompanyWeb – Ciclo de Vida de Requisitos – BABoK 2.0
    Governança de TI
    Visão
    Missão
    Arquitetura da TI
    Estratégias
    Metas
    Arquitetura Corporativa e Estratégia de TI
    Arquitetura dos SI
    Objetivos
    Planos de Ação
    (Táticas)
    Analista de Processos
    Arquitetura Corporativa
    Arquitetura do Negócio
    Processos de Negócio
    Processos de Negócio
    Gestão de Projetos
    Analista de Negócios 2.0
    Requisitos Não-funcionais
    Projeto
    Requisitos de Negócio
    Escopo do Projeto
    Portfólio de Projetos
    Atividades
    Stackeholders
    (Usuários)
    Requisitos dos
    Stackeholders
    Escopo da Solução
    Requisitos da Solução
    Regras de Negócio
    Requisitos Funcionais
    Estórias de Usuários
    Casos de Uso
    Analista de Requisitos
    01/07/2011
  • 49. Muitoobrigado
    www.CompanyWeb.com.br
    contato@CompanyWeb.com.br
    11 3532-1076
    twitter.com/companyweb
    facebook.com/companyweb
    slideshare.net/companyweb
    Vídeos: Gestão & Governança
    http://bit.ly/eMR2Vt