Bioquímica_Lipídeos

1,117 views
1,036 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,117
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
344
Actions
Shares
0
Downloads
38
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Bioquímica_Lipídeos

  1. 1. Bioquímica Lipídeos
  2. 2. Definição  São moléculas orgânicas formadas geralmente por longas cadeias carbônicas e que caracterizam as substâncias gordurosas que conhecemos  São geralmente insolúveis em água e solúveis em solventes orgânicos
  3. 3. Função  A função de reserva energética, realizada pelas gorduras nos animais e pelos óleos nos vegetais.
  4. 4. Função  A função estrutural é realizada pela cera nas folhas e nos frutos dos vegetais, assim como os fosfolípidos nas membranas celulares.
  5. 5. Classificação Lipídeos Simples Glícerideos Complexos Cerídeos Esteróides Fosfoglicerídeos
  6. 6. Lipídeos Simples  São ésteres de ácidos graxos com os mais diversos tipos de álcoois  Ácidos graxos: ácidos carboxílicos com número de carbonos superior a 10. Podem ser tanto saturados ou insaturados.Quando insaturados predomina a forma cis
  7. 7. - O O C - O O C CH2 CH2 CH 2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH2 CH3 - O O - O O C C CH 2 CH2 CH 2 CH2 CH 2 CH2 CH H C C CH2 H CH2 CH2 CH2 CH3 CH2 CH2 CH2
  8. 8. Glicerídeos  Ésteres da glicerina(glicerol) com ácidos graxos
  9. 9. Glicerídeos CH2 O O C CH O O C CH2 O O C
  10. 10. Glicerídeos  Os glicerídios mais comuns nos seres vivos são as gorduras e os óleos, que funcionam como material de reserva energética nos animais e vegetais, respectivamente. Nos animais as gorduras são encontradas no tecido adiposo e nos vegetais, os óleos são encontrados principalmente nas sementes.
  11. 11. Glicerídeos   Gorduras: sólidas na temperatura ambiente, formados por ésteres de ácidos saturados Óleos: líquidas na temperatura ambiente, formados por ésteres de ácidos insaturados
  12. 12. Produção de margarina
  13. 13. Cerídeos    Ésteres de ácidos graxos superiores com álcoois superiores São formadas por somente um grupo éster na cadeia. As ceras possuem importância biológica no revestimento e proteção de superfícies dos corpos dos seres vivos.
  14. 14.  São geralmente mais rígidas que as gorduras e também mais resistentes as hidrólises
  15. 15. Lipídeos Complexos  São lipídeos de cadeias complexas e grandes com grande importância biológica.
  16. 16. Esteróides  Compostos orgânicos que apresentam o mesmo núcleo em comum:
  17. 17. Função  Hormonal:
  18. 18. Função  Colesterol
  19. 19. Função  Vitaminas
  20. 20. Sabões e detergentes A importância e a atuação destes produtos no nosso dia-a-dia
  21. 21. Reação de Saponificação  sabão é obtido de gorduras (de boi, de porco, de carneiro, etc) ou de óleos (de algodão, de vários tipo de palmeiras, etc.). A hidrólise alcalina de glicerídeos é denominada, genericamente, de reação de saponificação porque, numa reação desse tipo, quando é utilizado um éster proveniente de um ácido graxo, o sal formado recebe o nome de sabão.  Obs: a base varia mas o tipo de gordura sempre será um glicerídeo
  22. 22. Como o sabão limpa?  Recordando: tensão superficial da água
  23. 23. Casos onde se prova a tensão superficial da água    Colocando-se uma pequena agulha sobre a superfície da água; A gota de água que se forma; Num copo cheio de água, podemos acrescentar pequenos objetos sem que a água transborde.
  24. 24. O sabão  Estrutura:
  25. 25. Atuação do sabão
  26. 26. A atuação do sabão  Os lipídeos são compostos apolares A água é um composto polar  Como então fica o sabão? 
  27. 27. ⇓ ⇒
  28. 28. Detergentes   Inicio: 2ª Guerra Mundial Os mais comuns são sais de sódio de sulfatos de alquilas de cadeia longa ou de ácidos sulfônicos também de cadeia longa; por exemplo:
  29. 29. Tipos de detergentes  Catiônico: parte orgânica no cátion Ânionico: parte orgânica no ânion  Detergente antigo: 
  30. 30. Sabão X Detergente  Limpeza: Detergente melhor que o sabão  Efeitos ecológicos: detergente não é biodegradável, enquanto o sabão é.

×