Your SlideShare is downloading. ×
InstalaçõEs De Cozinha Mateira 02
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

InstalaçõEs De Cozinha Mateira 02

3,786
views

Published on

Published in: Technology, Business

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,786
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
740
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Esta é mais uma publicação TAFARA Série Ar Livre Volume 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 1a. Edição: 1500 exemplares Diagramação e Edição: Carlos Alberto F. de Moura Capa: Carlos Alberto F. de Moura Coordenação: Mario Henrique P. Farinon “OBRA INDEPENDENTE, NÃO OFICIAL OU AUTORIZADA PELA UEB.” “Direitos da 1a. Edição cedidos à União dos Escoteiros do Brasil, Região do Rio Grande do Sul” Porto Alegre, RS, 2000 SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 1
  • 2. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 EDIÇÃO IMPRESSA PELA DIRETORIA REGIONAL 2001/2003 Diretoria Mario Henrique Peters Farinon Diretoria David Crusius Diretoria Márcio Sequeira da Silva Diretoria Ronei Castilhos da Silva Diretoria Osvaldo Osmar Schorn Correa EDIÇÃO DIGITAL DISPONIBILIZADA PELA DIRETORIA REGIONAL 2004/2006 Diretoria Ronei de Castilhos da Silva Diretoria Neivinha Rieth Diretoria Waldir Sthalscmidt Diretoria Paulo Roberto da Silva Santos Diretoria Leandro Balardin COMITÊ GESTOR Carlos Alberto de Moura Marco Aurélio Romeu Fernandes Mario Henrique Peters Farinon Miguel Cabistani Paulo Lamego Paulo Ramos Paulo Vinícius de Castilhos Palma Siágrio Felipe Pinheiro Tania Ayres Farinon 2 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 3. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 APRESENTAÇÃO Na Páscoa de 1998, de 10 a 12 de abril, um grupo de escotistas e dirigentes reuniram-se, em um sítio denominado TAFARA CAMP, tomando para si a incumbência de suprir a lacuna deixada pela falta de definição do tema das Especialidades, concebeu e criou o que hoje constitui-se no Guia de Especialidades da UEB. O mesmo grupo, na seqüência, participou decisivamente na elaboração dos Guias Escoteiro, Senior e Pioneiro. Visto que este trabalho informal e espontâneo estava tendo resultados positivos, e, entendendo que a carência de instrumentos, principalmente literatura, é um grande obstáculo ao crescimento do Escotismo, resolvemos assumir como missão “disponibilizar instrumentos de apoio aos praticantes do Escotismo no Brasil”. Este grupo, que tem sua composição aberta a todos quantos queiram colaborar com esta iniciativa, também resolveu adotar o pseudônimo TAFARA para identificar-se e identificar a autoria e origem de todo o material que continuará a produzir. Os instrumentos que TAFARA se propõe a produzir, tanto serão originais como os Mapas de Especialidades, de Etapas Escoteiro, de Etapas Senior e de Planejamento, já editados pela Loja Escoteira Nacional, como também, traduções, adaptações, atualizações, consolidações, etc., de matérias já produzidas em algum momento, e que, embora sejam úteis, não mais estão disponíveis nos dias de hoje. O material produzido por TAFARA é feito de forma independente. Não temos a pretensão de fazermos obras primas, mas instrumentos que possam auxiliar a todos quantos pratiquem Escotismo no Brasil. Envie-nos sugestões para criarmos e aperfeiçoarmos qualquer material que seja necessário. Este é mais um instrumento de apoio a suas atividades. Ele é uma coletânea de idéias de obras editadas em vários países. Boa Atividade. Mario Henrique Peters Farinon SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 3
  • 4. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 4 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 5. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Pega um ramo verde de uma árvore ou um arbusto, sente sua textura, seu vigor, seu cheiro, sua fibra, sua maleabilidade e saboreia lentamente a relação entre o humano e a natureza, dá-lhe a forma do objeto que desejas realizar e vais estabelecer uma união sensorial que assombra e te integra ao Universo. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 5
  • 6. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 6 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 7. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 A boca do buraco feito para colocar o lixo deve ser coberta com uma grade de galhos e capim, para evitar a proliferação de moscas ou mosquitos. E para o mesmo fim, se cava outro buraco cheio de pedrinhas para escorrer a gordura. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 7
  • 8. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Plástico Um pedaço de tamanho regular de tecido impermeável ou plástico é outro recurso para armazenar e coletar água e lixo sólido como vidro, plástico ou materiais não degradáveis. 8 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 9. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Como citado anteriormente um plástico impermeável pode ser utilizado para coletar água da chuva. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 9
  • 10. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Um saco plástico também serve para juntar o lixo sólido gerado durante um acampamento. 10 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 11. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 11
  • 12. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Mesa de Refeição A finalidade de satisfazer uma necessidade vital ao proporcionar à patrulha de escoteiros uma alimentação completa e variada, integra o grupo ao redor de uma mesma mesa, favorecendo os costumes familiares, educando através dos alimentos, formando hábitos de nutrição, ordem nas comidas, urbanidade e refinamento. 12 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 13. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Cava um fosso como mostra a figura, coloca aí uma pequena mesa, fixa ao redor uns encostos para que sentados descansem suas pernas e suas costas. O assento pode ser de qualquer material que isole a umidade. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 13
  • 14. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Também no campo, ao sentar-se à mesa, dá especial importância ao cuidado com os detalhes, a toalha, os pratos, os copos, os talheres, o pão, o queijo e os molhos devem estar na mesa. 14 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 15. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 A hora da comida deve ser um momento agradável, com conversas amenas e convivência agradável. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 15
  • 16. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Com muito pouco material se arma uma mesa no campo; cobrí-la com uma toalha perfeitamente limpa, emoldura o preâmbulo de uma comida e convivência refinada, predispondo o gosto a uma prática agradável e a um sabor perfeito. 16 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 17. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Lavador de utensílios Lavar os utensílios em acampamento com água limpa e sabão, garante a mínima higiene que se deve seguir; o ideal é colocar em água fervendo os talheres lavados , por um ou dois minutos, evitando, assim, a transmissão de alguma infecção viral ou outras através da saliva. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 17
  • 18. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Aqui você tem um forno, para montá-lo basta uma lata de 20 litros, faz-se o fogo em um buraco, monta-se uma estrutura com uma grelha ou similar, colocá-se a lata sob esta grelha, terra por cima, uma chaminé para a fumaça e o forno está pronto. No desenho ao lado você tem um exemplo utilizando uma caixa metálica com tampa. 18 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 19. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 19
  • 20. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Não tem como passar fome no campo, faz-se uma fogueira, espeta-se pedaços de carne e já está a caminho um churrasco, também pode se preparar o Pão de Caçador no mesmo fogo. 20 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 21. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Ovo na batata, corte uma tampa na batata, faça um buraco, despeje o conteúdo do ovo e leve tudo ao fogo. Já dá para sentir o gostinho. Bom apetite! SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 21
  • 22. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Terra Legumes Alimentos Mais Legumes Braseiro Pedras Quentes 22 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 23. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Problemas para limpar a frigideira? Faça como mostra o desenho e seu problema estará resolvido rapidamente. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 23
  • 24. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Difícil de tirrar água de um camburão? Derrama metade, tem de levantar todo aquele peso. Veja a sugestão no desenho acima e mãos à obra. Para que fazer força. 24 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 25. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Que tal improvisar uma frigideira para fritar ovos? Com uma forquilha de madeira e uma folha de papel alumínio fica fácil superar este impasse. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 25
  • 26. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 O cozinheiro precisa ter criatividade para preparar os alimentos de toda a patrulha, veja como é fácil fazer Pão de Caçador para todos. 26 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 27. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Aqui você prepara o Pão de Caçador com o calor do fogo, que cozinha outro alimento. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 27
  • 28. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Pegue o peixe, abra-o, pregue um uma tábua e coloque-o na frente de um fogo refletor para preparar um delicioso grelhado. 28 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 29. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Embrulhe os alimentos em papel alumínio, coloque carnes e legumes, depois amarre-os bem e deixe cozinhando na frente do refletor, ao final você terá um cozido delicioso. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 29
  • 30. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Um verdadeiro cozinheiro não vai para o cam- po sem seus utensílios de cozinha, portanto, ao preparar o material de acampamento, confira os materiais de cozinha que está levando, para que no acampamento todos os pratos possam ser devidamente preparados com a qualidade necessária. 30 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 31. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 31
  • 32. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 O vento está tornando impossível o preparo de sua refeição? Improvise com uma caixa de alumínio ou lata vazia um forno para cozinhar seus alimentos sem proble- mas. 32 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 33. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Várias sãos as maneiras de cozinhar alimentos, veja nas figuras que seguem exemplos de como fazer fogo rápido no acampamento ou jornada. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 33
  • 34. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 34 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 35. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Será que vai ter almoço hoje? Acho que não! Se a cozinha não estiver devidamente organiza- da dificilmente o cozinheiro obterá êxito no preparo das refeições para sua patrulha. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 35
  • 36. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Quando a cozinha é organizada fica fácil preparar alimentos para toda a patrulha, pois todos poderão desempenhar suas funções tranqüilamente, sabendo que uma bela refeição os espera. 36 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 37. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Enrole os alimentos em papel alumínio e leve-os ao fogo direto, só cuidado para não queimar, convém virar de vez em quando. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 37
  • 38. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Uma cozinha bem organizada, com tudo em seu devido lugar, de forma que o cozinheiro só estenda o braço e encon- tre seus ingredientes e material de trabalho é a forma ideal de se acampar. 38 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 39. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 E agora, como fica? Queimou tudinho...... Acho que essa patrulha vai fazer jejum, forçado é claro. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 39
  • 40. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Reunir os amigos e amigas ao redor do fogo para assar batatas ou marshmallows é um excelente programa. Conversar, ouvir e tocar músicas escoteiras, isso sim é atividade...... 40 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 41. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Um bom cozinheiro sabe improvisar e arruma sempre um bom local para montar seu fogão. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 41
  • 42. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Durante a noite, no acampamento, nada como uma bebida quente, chá ou café, para acom- panhar as estórias de um dia repleto de boas atividades e aventuras inesquecíveis. Forma-se um abiente fraterno, de camara- dagem, reforçando cada vez mais os laços de amizade que unem os irmãos escoteiros. 42 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 43. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 Um local apropriado para secar a louça também se faz importante a medida que mostra preocupação com a higiene e organização do acampamento. SÉRIE AR LIVRE - 13 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 43
  • 44. Produzido pela UEB/RS - Edição Impressa: Gestão 2001/2003 - Edição Digital: Gestão 2004/2006 E para lavar a louça adequadamente cons- trua um lava-pratos, cercado de todos os recursos materiais disponíveis no campo. 44 INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 SÉRIE AR LIVRE - 13
  • 45. SÉRIE AR LIVRE 1 - NÓS E AMARRAS 2 - ABRIGOS E BARRACAS 3 - FERRAMENTAS NO CAMPO 4 - BALSAS E CANOAS 5 - PONTES 6 - TORRES E MASTROS 7 - INSTALAÇÕES DE CAMPO 8 - TRUQUES E HABILIDADES 9 - ATIVIDADES E JOGOS COM PIONEIRIAS 10 - INSTALAÇÕES DE COZINHA 11 - TRABALHANDO COM CABOS 12 - INSTALAÇÕES DE CAMPO 2 13 - INSTALAÇÕES DE COZINHA 2 14 - FOGOS E COZINHA MATEIRA COLEÇÃO