Festa junina comida típica

18,529 views
18,328 views

Published on

Published in: Education, Business, Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
18,529
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Festa junina comida típica

  1. 1. AlimentAção cAipirA – Pula a fogueira iaiá. Pula a fogueira ioiô. Cuidado para não se queimar. Pois essa fogueira já queimou o meu amor *Valéria Bosshard S e você não gosta muito de fogueira, “arraiá”, pamonha, milho, curau, roupas e músicas típicas, ou seja, de uma boa festa junina, saiba que ao longo O Sul e o Sudeste tiveram que adaptar as do nosso imenso País, essa comemoração festas juninas ao crescimento das grandes tem status de mega evento, principalmente cidades. A tradição inicial é a mesma, mas no Nordeste. Só para se ter ideia, em ela se transforma e passa a ter a cara do Campina Grande os festejos duram 30 dias, lugar onde é comemorada. Pelo Brasil, com mais de 400 atrações de palco, trio temos a comemoração anual de pelo elétrico, festival de sanfonas, forró genuíno menos três festas juninas diferentes, sendo (pé de serra) e, para este ano de 2009, um tipo no Sudeste e Sul, outro tipo no há expectativa do comparecimento de 1,5 Norte e outro tipo no Nordeste, ou seja, milhão de pessoas. Essa é a festa junina as grandes festas de São João têm a cara tradicional, preparada pelos nordestinos. Já dos animados nordestinos e as urbanas os nortistas reforçam a influência indígena quermesses combinam com as grandes nessas festas. metrópoles. 92 REVISTA CANAMIX | JULHO | 2009
  2. 2. –– festAs juninAs As festas juninas são muito antigas, anteriores inclusive ao Cristianismo e, consequentemente, à Igreja Católica. Suas origens estão no Egito Antigo onde, Dance muito para ajudar a queimar Mas, não foi somente a influência brasileira nesta época, era celebrado o início da as calorias adquiridas com tanta que permaneceu nas comemorações comida gostosa colheita de grãos, cultuando os deuses juninas. Os franceses, por exemplo, do sol e da fertilidade. Com o domínio do acrescentaram à quadrilha, passos e Império Romano sobre os egípcios, essa marcações inspirados na dança da nobreza tradição foi espalhada pelo continente européia. Já os fogos de artifício, que europeu, principalmente na Espanha e Celebradas no Brasil desde 1583, as festas tanto embelezam a festa, foram trazidos Portugal. Quando o Cristianismo tornou- juninas foram trazidas pelos portugueses pelos chineses. A dança-de-fitas, bastante se a religião oficial do Ocidente, a festa e incorporadas aos costumes dos povos comum no Sul do Brasil, é originária de mudou para homenagear o nascimento de indígenas e negros. O nome “joanina” Portugal e da Espanha. Maior símbolo da São João Batista, que batizou Jesus. Por teve origem nos países europeus católicos festa junina, a quadrilha conservou algumas ser colônia portuguesa, o Brasil herdou o no século IV e quando chegou ao Brasil características francesas e adicionou outras costume, principalmente no Nordeste, em foi modificado para “junina”. A influência no Brasil. Dança em que os casais trocam que os festejos coincidem com a colheita brasileira na tradição da festa pode ser de pares, teve sua origem em bailes rurais de milho. A data passou a fazer parte do percebida na alimentação, quando foram franceses e depois passou a fazer parte dos calendário católico, seguindo o exemplo introduzidos o aipim (mandioca), milho, bailes da nobreza. Portugal adotou essa de outras comemorações de dias santos, jenipapo, leite de coco, e também nos forma francesa de dançar e a trouxe para o como o nascimento de Cristo (Natal) e sua costumes, como o forró, o boi-bumbá, a Brasil no século XIX, quando a família real morte (Páscoa). quadrilha e o tambor-de-crioula. portuguesa transferiu-se para cá. REVISTA CANAMIX | JULHO | 2009 93
  3. 3. as que influenciaram as nossas festas juninas, mas elas são mais fortes em países católicos, como Portugal e Itália. As danças e alimentos típicos dessa época ainda estão por lá, mas as fogueiras e festas de rua estão cada vez mais raras. Dentre as comidas típicas das festas juninas destacam-se os doces, principalmente os de milho como canjica e a pamonha. A canjica pode ser de milho verde ou branco, e leva leite e açúcar. Como opção pode- se acrescentar amendoim, leite de coco e leite condensado. Já a pamonha é típica de São Paulo, particularmente da cidade de Piracicaba, sendo feita de milho verde ralado misturado com leite e sal ou açúcar. A pamonha pode ser doce ou salgada. Outros doces que fazem parte das comidas Tentações juninas típicas das festas juninas incluem arroz As festas juninas giram em torno de três uma brincadeira com as cerimônias que doce, bolo de fubá, bolo de milho, cuscuz, datas principais: 13 de junho, - festa de aconteciam nas cortes. As inversões dos doce de leite, paçoca e pé-de-moleque. Santo Antônio; 24 de junho, - festa de São papéis, com uma noiva feia e um noivo As bebidas típicas das festas juninas são o João e 29 de junho - festa de São Pedro. fujão, divertem e lembram a importância vinho quente e o quentão. O vinho quente é É muito bom que as festas sejam das regras para a sociedade. um tipo de vinho no qual são adicionados comemoradas nos meses de inverno, E foi assim que começou nosso arraial! cravo e canela. Já o quentão é uma mistura quando naturalmente nosso corpo “pede” Com cheiro de pipoca, gosto de pamonha aquecida de aguardente, açúcar, gengibre e alimentos mais calóricos devido ao frio e som de quadrilha! E quanto maior a especiarias. para manter nosso corpo aquecido. É fogueira, mais animada será a festa!! na culinária onde se encontra o traço Na Europa, ainda há festas parecidas com Milho: fonte de folato (necessário para produzir glóbulos vermelhos) mais característico do período junino. Originalmente usado por povos indígenas, o milho é o principal ingrediente das receitas, e é com ele que é feita uma das receitas mais populares do Nordeste: a canjica. A cultura africana também está presente. Assim como o azeite e o leite de coco - usado para dar mais sabor à famosa tapioca - a pamonha foi trazida pelos escravos da África e até hoje faz parte de nossa gastronomia. Da herança portuguesa, ficou a tradição e a época de plantar milho. Nossa colonização portuguesa niciou, por essas terras, o hábito de usar temperos como cravo, canela e açúcar. De Portugal também ficaram as brincadeiras, as charadas, as crendices e o estilo de soltar balões. Os casamentos caipiras que dão início aos festejos são, na verdade, 94 REVISTA CANAMIX | JULHO | 2009
  4. 4. milho como a pamonha salgada, pipoca e o milho verde com sal. Mais recentemente o salsichão é um salgado que se tornou uma das comidas típicas. E como podemos aproveitar esta época sem pôr em risco a alimentação saudável? Algumas dicas podem ajudar na hora que bate aquela fome e vontade de comer tudo na festa... 1) Quando for participar de uma festa junina, não mude sua rotina de alimentação, ou seja , não pule refeições só porque pretende comer mais na festa; 2) Nas refeições que antecedem o evento, procure ingerir alimentos leves e menos calóricos; 3 ) Escolha comer os alimentos que realmente goste. Não coma só por comer; 4) Antes de comer determinado alimento, pense se realmente vale à pena. Coloque A pamonha pode ser doce ou salgada numa balança o esforço que está fazendo Dentre os salgados que fazem parte das para perder peso ou para mantê-lo. Se você comidas típicas das festas juninas, tal qual acha que vale a pena, coma sem culpa, os doces, destacam-se aqueles feitos de mas não exagere. REVISTA CANAMIX | JULHO | 2009 95
  5. 5. 4) Movimente-se! Isso mesmo, dance quadrilha, roda, o que tiver. Sem medo de ser feliz, você vai queimar muitas calorias ! Não deixe que um período que deveria ser marcado por um grande gasto energético através das danças das quadrilhas e de outras brincadeiras, passe a ser apenas um período de grande consumo calórico. Não há nada de ruim em comer paçoca e pé-de-moleque, desde que estes não sejam o seu único feito durante a festa. As comidas típicas das festas juninas são em sua maioria calóricas. Por exemplo, o amendoim, contém cerca de 625 calorias em 100g. Uma opção gostosa e menos calórica seria consumir o milho. O pão de Amendoim é uma delícia, Caso você vá preparar sua festa junina, milho e o curau são opções com menor mas extremamente calórico ótimo! Há a possibilidade de alterar as valor calórico do que a pamonha, e tão receitas que serão servidas durante os gostosas quanto. Alguns alimentos mais utilizados festejos juninos, tornando-as menos para os pratos típicos da festa junina calóricas, sem lhes tirar o sabor. com importantes funções nutritivas são: Medidas simples como trocar o - Amendoim: contém vitamina E, poderoso antioxidante e sua gordura é importante, pois leite integral pelo desnatado, o leite é através da gordura que as vitaminas A, D, E, K, são absorvidas. Por ser extremamente condensado tradicional pelo light, a calórico, vale moderar o quanto você vai comer; manteiga pela margarina light sem - Milho: fonte de folato (necessário para produzir glóbulos vermelhos) e tiamina (auxilia gordura hidrogenada, e o açúcar pela no metabolismo da energia, mantém o apetite e as funções nervosas e as funções versão light ou pelo adoçante, contribuem nervosas em equilíbrio), vitamina A e C, potássio, ferro e fibras; na redução de calorias . Dê preferência - Batata doce: fonte de betacaroteno, poderoso no combate aos radicais livres; por preparações à base de milho, por - Pinhão: fonte de proteína, cálcio, magnésio e fibras; ser menos calórico do que os outros - Mandioca: excelente fonte de carboidratos (= energia), boa fonte de cálcio e fósforo. componentes das preparações juninas. E BOA FESTA!!! *Valéria Coury Bosshard, nutricionista, Batata doce: ajuda no combate aos radicais livres e-mail: valeria.coury@sapore.com.br 96 REVISTA CANAMIX | JULHO | 2009
  6. 6. REVISTA CANAMIX | JULHO | 2009 97

×