Your SlideShare is downloading. ×
0
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Projeto Nova Disciplina
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Projeto Nova Disciplina

7,111

Published on

Projeto Nova Disciplina - Nosso modo de proceder

Projeto Nova Disciplina - Nosso modo de proceder

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
7,111
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
72
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2. <ul><li>Vamos começar 2011 falando sobre algo que será nosso tema de conversa durante todo este ano: identidade institucional. Nossa escola é uma instituição da Companhia de Jesus e tem algumas características que fazem dela uma Instituição Jesuíta. Essas características fazem parte da nossa identidade e são reveladas por meio de símbolos ou pelo nosso modo de proceder. </li></ul><ul><li>Os símbolos são uma forma mais explícita de manifestar nossa identidade. O escudo do Colégio, por exemplo, tem o IHS que é uma marca de reconhecimento de toda obra dos jesuítas. Tem também os lobos que fazem parte do brasão da família dos Loyola na Espanha. </li></ul><ul><li>A bandeira do Colégio é outro símbolo que fala da nossa identidade. Feita com as cores institucionais da escola (vinho, azul, branco e amarelo), ela é hasteada em momentos formais junto com as bandeiras do Brasil e de Minas Gerais. </li></ul><ul><li>Os nomes dos prédios do Colégio também são uma forma explícita de manifestar a nossa identidade. Os prédios têm nomes de jesuítas que contribuíram para a realização da missão da Companhia de Jesus, especialmente no campo da educação. </li></ul>
  • 3. <ul><li>O uniforme é outra forma de manifestação explícita de identidade. Quando um aluno ou um funcionário usa o uniforme do Loyola, é rapidamente identificado como alguém que faz parte desta comunidade e não de outra, é alguém que “vestiu a camisa do Loyola”. </li></ul><ul><li>Nosso modo de proceder revela os valores que consideramos básicos em um colégio jesuíta. Em 2011, vamos trabalhar três destes valores: </li></ul>
  • 4. <ul><li>Para trabalhar esses valores, elaboramos um conjunto de regras que deverão ser observadas e cumpridas por todos os que fazem parte desta comunidade e desejam fazer dela um ambiente gostoso para se viver. </li></ul><ul><li>É importante saber que as regras não são um valor em si mesmas, elas apenas indicam o modo apropriado de agir em determinado contexto, são indicações a partir das quais fazemos nossas escolhas. Sempre que estamos diante de uma situação de escolha, temos que exercitar a nossa autonomia. Uma pessoa autônoma escolhe observar e cumprir regras não porque será punido se não o fizer, mas porque entende que há um valor por trás da regra que possibilita uma convivência harmônica e feliz. Além disso, uma pessoa autônoma assume responsavelmente as escolhas que faz. No caso do cumprimento das regras, além de compreender o valor, o bem que está na base da regra, a pessoa autônoma sabe que terá que assumir responsavelmente as consequências da escolha que fez. A responsabilidade é uma qualidade do indivíduo que responde por seus atos, que assume suas escolhas e se compromete com as regras necessárias à convivência. </li></ul><ul><li>O Colégio já tem um Regimento que define regras e punições, a fim de defender e manter um ambiente saudável, propício à realização de sua missão, e queremos que você entenda melhor o que isso significa. Por isso, apresentamos os valores básicos que se escondem por detrás de cada uma das regras que deverão ser observadas com maior ênfase neste ano. </li></ul>
  • 5. 1 - Princípio da Autonomia <ul><li>Uma pessoa autônoma escolhe observar e cumprir regras não porque será punido se não o fizer, mas porque entende o valor, o bem que aquela regra defende. São os valores que dão origem às regras, nenhuma regra tem sentido por si mesma. Elas existem para orientar a definição de normas de conduta que possibilitem uma convivência justa, fraterna e harmoniosa entre as pessoas de uma determinada comunidade. Além de compreender o valor que está na base de cada regra, a pessoa autônoma sabe que terá que assumir responsavelmente as consequências da escolha que faz. </li></ul>
  • 6. 1.1 – IDENTIDADE <ul><li>Valor: usar o uniforme é uma forma de afirmar nossa identidade coletiva e a pertença de cada indivíduo a esta comunidade. Também nos ajuda a criar uma uniformidade, que não é homogeneização, mas que respeita as diferentes condições econômicas das famílias. O uso do uniforme é também uma forma de nos identificar como alunos de um colégio jesuíta e expressar os valores que defendemos e a forma como nos relacionamos. </li></ul><ul><li>Regra: todo aluno deve comparecer ao Colégio com o uniforme completo, inclusive com o agasalho próprio. Os detalhes sobre o uniforme foram informados junto com a lista de material escolar para 2011. </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: o aluno que chega sem o uniforme completo é chamado pela Coordenação de Série para conversar sobre o assunto. As medidas de correção serão definidas de acordo com os critérios indicados no Regimento Escolar. </li></ul>
  • 7. 1.2 - ORGANIZAÇÃO <ul><li>Valor: chegar à escola com os materiais para participar de cada aula é parte do processo de construção da autonomia. Observar o horário do dia seguinte e preparar o material com antecedência é sinal de respeito pelo professor (que prepara a aula supondo que os alunos cheguem com o material) e também garantia do direito que você tem de participar das propostas de aprendizagem feitas pelo professor. </li></ul><ul><li>Regra: todo aluno deve trazer o material necessário para a plena participação nas aulas. </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: os casos de falta de material serão analisados pelo professor, e o encaminhamento do aluno à Coordenação será feito sempre que o professor considerar que não há outra possibilidade de participação do aluno naquela aula. </li></ul>
  • 8. 1.3 - ACESSO À ESCOLA <ul><li>Valor: cuidar das pessoas que fazem parte da comunidade do Loyola é um valor que defendemos de diferentes formas. Uma delas é garantir a segurança dentro do espaço interno da escola. </li></ul><ul><li>Regra: para entrar no Colégio, todo aluno precisa estar de posse de seu chaveiro (fornecido pela Escola no início do ano letivo) para liberar a catraca. A entrada de alunos é feita pelas ruas Eduardo Porto e Sinval de Sá. </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: alunos sem chaveiro de identificação aguardam na portaria pela qual entraram e são encaminhados, pelo funcionário responsável, à Coordenação de sua série. </li></ul>
  • 9. 2 - Princípio da Responsabilidade e do Compromisso <ul><li>A responsabilidade é uma qualidade do indivíduo que assume as consequências de sua liberdade de escolha. Uma pessoa livre é aquela que pode assumir suas escolhas e responder pelos seus atos, comprometendo-se com as regras estabelecidas na comunidade da qual faz parte. </li></ul>
  • 10. 2.1 - PONTUALIDADE <ul><li>Valor: chegar dentro do horário, entrar em sala de aula com calma, preparar o material para a aula, tudo isso facilita a organização e a concentração na atividade. A observação dessa regra garante o seu direito de participar ativa e produtivamente das aulas. Todo aluno sabe os horários de início e término de cada aula. Assim como o professor deve estar no espaço de trabalho quando o primeiro sinal bater para acolher os alunos, os estudantes devem entrar na sala de aula correspondente, no mesmo horário. </li></ul><ul><li>Regra: todo aluno deverá chegar ao Colégio no horário e entrar em sala de aula dentro do tempo previsto para a mudança de salas. </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: se, por algum motivo, o aluno chega atrasado, deve apresentar-se ao Coordenador da Série para justificar o atraso e solicitar a entrada na sala de aula após o horário. Essa decisão será tomada pelo Coordenador e informada ao professor segundo os critérios estabelecidos no Regimento Escolar. </li></ul>
  • 11. 2.2 - REALIZAÇÃO E ENTREGA DOS TRABALHOS <ul><li>Valor: o processo de aprendizagem proposto pelo professor supõe mais do que a participação nas aulas. Aprofundamos o que foi ensinado em sala de aula, ampliamos nosso horizonte de informação e conhecimento, quando trabalhamos de forma mais autônoma realizando trabalhos e outras tarefas indicadas pelo professor. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Regra: todo aluno deve realizar e entregar os trabalhos no prazo estipulado pelo professor, observando as orientações dadas por escrito para esse fim. </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: quando o aluno não realizar ou entregar trabalhos de acordo com o que foi indicado pelo professor, a avaliação daquela atividade ficará sujeita à perda de parte ou da totalidade da nota. Essa informação será dada pelo professor no momento da indicação da tarefa a executar. </li></ul>
  • 12. 2.3 - USO E DIVULGAÇÃO DE IMAGENS <ul><li>Valor: toda pessoa tem direito à privacidade. Expor uma pessoa sem sua prévia autorização constitui um ato de violência e pode provocar danos irreparáveis. Em alguns casos, não existe correção ou sanção que consiga reparar um dano causado por exposição indevida de uma pessoa. </li></ul><ul><li>Regra: nenhum aluno está autorizado a fotografar, filmar e usar imagens de alunos, professores e outras pessoas da comunidade sem que isso faça parte de alguma atividade ou trabalho orientado pelos educadores. </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: quando o aluno expõe indevidamente a imagem de outra pessoa da comunidade, causando danos de ordem afetiva ou moral, é chamado pela Coordenação da Série, eventualmente junto com os responsáveis, para conversar sobre o assunto e informar-se sobre essa questão. </li></ul>
  • 13. 2.4 - EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS NA SALA DE AULA <ul><li>Valor: o ambiente criado na sala de aula é um meio importante para que alunos e professores realizem um trabalho eficaz. Foco na proposta feita pelo professor, concentração na atividade, escuta atenta ao professor e aos colegas, curiosidade e criatividade são condições que criam um clima saudável de aprendizagem. O uso de materiais e/ou equipamentos não indicados provocam distrações que prejudicam o processo de aprendizagem. </li></ul><ul><li>Regra: nenhum aluno poderá utilizar equipamentos eletrônicos em sala de aula, sem prévia autorização do professor. Ao entrar em sala, celulares, iPod's e outros deverão estar desligados. </li></ul><ul><li>Quando um aluno não cumpre esta regra: o professor está autorizado a recolher e entregar à Coordenação de Série qualquer equipamento eletrônico utilizado indevidamente pelo aluno. O aluno receberá o equipamento no final do horário de aulas. </li></ul>
  • 14. 2.5 - COMUNICAÇÕES OFICIAIS <ul><li>Valor: as comunicações (circulares) enviadas às famílias por meio dos alunos são documentos oficiais que garantem um processo de comunicação entre a Escola e as famílias e, quando for o caso, a autorização dos responsáveis para que o aluno participe de atividades extras. </li></ul><ul><li>Regra: todo aluno deve ser responsável pela entrega das comunicações enviadas pela Escola às famílias. Da mesma forma, quando as comunicações demandarem autorização, é responsabilidade do aluno devolver os canhotos das circulares devidamente assinados pelo responsável, dentro do prazo estipulado. </li></ul><ul><li>Quando um aluno não cumpre esta regra: o aluno que não entregar o canhoto de autorização dentro do prazo ficará impedido de participar da atividade. Quando for constatado que a assinatura do canhoto não tem autenticidade, o aluno será chamado pela coordenação, junto com os responsáveis, para que sejam aplicadas as correções previstas no Regimento Escolar. </li></ul><ul><li>. </li></ul>
  • 15. 3 - Princípio do Respeito e do Cuidado <ul><li>A atitude de respeito é condição para uma convivência harmônica, fraterna e solidária. Em nossa Escola, uma das aprendizagens mais importantes é o valor do outro como possibilidade para o nosso crescimento como seres humanos. Convivendo com pessoas (mais ou menos parecidas conosco) crescemos, aprendemos e desenvolvemos as habilidades necessárias para uma convivência feliz. O respeito e o cuidado entre nós são a base para construção de autênticas relações de amizade. </li></ul>
  • 16. 3.1 - CUIDADO COM O OUTRO <ul><li>Valor : todos nós, como filhos conhecidos e amados por Deus, merecemos ser reconhecidos e respeitados como tal, sem nenhuma discriminação de cor, raça, religião, etc. Construir relações baseadas no amor, no carinho e na justiça é a condição para que tenhamos um mundo melhor. Quando somos capazes de acolher e apreciar o diferente, ampliamos nossos horizontes e nos enriquecemos. </li></ul><ul><li>Regra : todo aluno deve tratar com respeito as pessoas com quem convive na Escola, cuidando para que não haja, no seu grupo mais próximo, nenhum tipo de violência. Defender um ambiente de respeito e harmonia é dever de todos nós: alunos, professores, etc. </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: toda vez que um aluno, não reconhecendo a dignidade do outro, pratica algum tipo de bullying, desrespeita a autoridade do professor, ou tem alguma outra atitude que não contribua para um ambiente de respeito e harmonia, será chamado pela Coordenação de Série para refletir sobre sua atitude. As correções serão definidas de acordo com os critérios indicados no Regimento Escolar. </li></ul>
  • 17. 3.2 - CUIDADO COM O AMBIENTE <ul><li>Valor: a sustentabilidade do nosso planeta depende de pequenos gestos e do cuidado que cada um tenha no uso dos pequenos espaços que frequenta (escola, casa, clube, etc.). Manter a escola limpa jogando lixo nas lixeiras e evitar o desperdício são atitudes que expressam o nosso compromisso com a sustentabilidade do planeta. </li></ul><ul><li>Regra: todo aluno deve usar, de forma responsável, os recursos que estão disponíveis no ambiente da Escola (água, luz, toalhas de papel, etc.) e cuidar de manter limpos os espaços coletivos (salas de aula, banheiros, quadras, cantina, etc.). </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: o aluno que não observa esta regra manifesta seu descompromisso com o futuro do nosso planeta e descuido com o que é de uso comunitário. O Regimento Escolar prevê correções e responsabilidades para alunos que causarem danos ao espaço da Escola. </li></ul>
  • 18. 3.3 - CUIDADO COM O PATRIMÔNIO ESCOLAR <ul><li>Valor: o patrimônio da escola (móveis, acervo da biblioteca, computadores, material esportivo, etc.) está a serviço da tarefa educativa do Colégio: são meios que facilitam a aprendizagem do aluno, proporcionam conforto em momentos de descanso, criam ambientes agradáveis, possibilitam a prática de esportes, etc. Esse patrimônio está a serviço de todos, é de uso coletivo. Cuidar e conservar revela o reconhecimento do direito que cada um tem de desfrutar de tudo isso em boas condições. </li></ul><ul><li>Regra: todo aluno deve usar e conservar o patrimônio da Escola considerando sua finalidade e o direito que cada um tem de utilizá-lo em boas condições. </li></ul><ul><li>Quando o aluno não cumpre esta regra: quando um aluno danificar o patrimônio da escola será responsabilizado pela reparação (incluindo o ressarcimento do custo). Além disso, poderão ser aplicadas as correções previstas no Regimento Escolar. </li></ul>
  • 19. <ul><li>A responsabilidade disciplinar é pessoal; ninguém pode sofrer sanções disciplinares sem antes ser convidado a dar suas razões. Porém, é importante lembrar que as razões que levam um aluno a descumprir uma regra não necessariamente justificam o fato nem eximem o aluno das correções devidas. As razões expostas pelo aluno são importantes tanto como oportunidade de aprendizado quanto no processo de formação e reflexão sobre o ocorrido. </li></ul>

×