Surgiram na Europa no início do século XX, osquais iniciaram um tempo de ruptura com asestéticas precedentes, como o Simbo...
Nem São Paulo nem as artes brasileiras voltarão aser as mesmas depois daquelas três noites de fevereiro de1922.       Do p...
Pau – Brasil                                        Antropofagia                O movimento defendia a criaçãode uma poesi...
Contexto Histórico                                      Características                                                   ...
Contexto     Histórico                        Contra o saudosismo que                                  toma conta de Portu...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Revista literária

702 views
664 views

Published on

Trabalho de Karina Midory

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
702
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
31
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Revista literária

  1. 1. Surgiram na Europa no início do século XX, osquais iniciaram um tempo de ruptura com asestéticas precedentes, como o Simbolismo.Nesse período, a Europa estava em clima decontentamento diante dos progressos industriais,dos avanços tecnológicos, das descobertascientíficas e médicas, como: eletricidade, telefone,rádio, telégrafo, vacina anti-rábica, os tipossanguíneos, cinema, RX, submarino, produção dofósforo. Ao mesmo tempo, a disputa pelos mercadosfinanceiros (fornecedores e compradores) ocasionoua I Guerra Mundial. Com este clima surgiram então estas vanguardas. O Brasil, por sua vez, passou de escravocrata paramão de obra livre, da Monarquia para República.São Eles:• Futurismo,• Expressionismo,• Cubismo,• Dadaísmo,• Surrealismo, 1
  2. 2. Nem São Paulo nem as artes brasileiras voltarão aser as mesmas depois daquelas três noites de fevereiro de1922. Do palco do Teatro Municipal, sob vaias e insultos,um grupo de artistas e intelectuais lançou o que se poderiachamar de manifesto do Modernismo: A Semana de ArteModerna, que pretendia colocar a cultura brasileira a pardas correntes de Vanguarda do pensamento europeu, aomesmo tempo que pregava a tomada da consciência da realidade brasileira. Assim tornou-se possível o surgimento das Revistas emanifestos.• Revista Klaxon — Mensário de Arte Moderna(1922-1923);• Manifesto da Poesia Pau-Brasil (1924-1925);• Verde-Amarelismo (1926-1929);• Manifesto Regionalista de 1926;• Revista Antropofagia (1928-1929): 2
  3. 3. Pau – Brasil Antropofagia O movimento defendia a criaçãode uma poesia primitivista, construída com A Antropofagia, a exemplo dosbase na revisão crítica de nosso passado rituais antropofágicos dos índios brasileiros, noshistórico e cultural e na aceitação e valorização quais eles devoram seus inimigos para lhesdas riquezas e contrastes da realidade e da extrair força, Oswald propõe a devoraçãocultura brasileiras . simbólica da cultura do colonizador europeu, sem com isso perder nossa identidade cultural Em oposição a essas tendências, os movimentos Verde-Amarelismo e Anta,defendiam um nacionalismo ufanista, com evidente inclinação para o nazifascismo. Dentre os muitos escritores que fizeram parte da primeira geração do Modernismodestacamos Oswald de Andrade, Mário de Andrade, Manuel Bandeira, Alcântara Machado, Menottidel Picchia, Raul Bopp, Ronald de Carvalho e Guilherme de Almeida. 3
  4. 4. Contexto Histórico Características • Busca do moderno, original e polêmico; • Nacionalismo em suas múltiplas facetas; O Modernismo teve início em meio à fortalecida • Volta às origens e valorização do índio ;economia do café e suas oligarquias rurais. A • Verdadeiramente brasileiro;política do “café-com-leite” ditava o cenário • “Língua brasileira” - falada pelo povo naseconômico, ilustrado pelo eixo São Paulo - Minas ruas;Gerais. Contudo, a industrialização chegava ao • Paródias - tentativa de repensar a história e aBrasil em conseqüência da Primeira Guerra literatura brasileiras;Mundial (1914-1918) e ocasionou o processo de urbanização e o surgimento da burguesia. A postura nacionalista apresenta-se em duas O número de imigrantes europeus crescia nas vertentes:zonas rurais para o cultivo do café e nas zonas • Nacionalismo crítico, consciente, de urbanas na mão-de-obra operária. denúncia da realidade, identificadoNesta época, São Paulo passava por diversas politicamente com as esquerdas.greves feitas pelos movimentos operários de • Nacionalismo ufanista, utópico, exagerado, fundamentação anarquista. identificado com as correntes de extrema Com a Revolução Russa, em 1917, o partido direita.comunista foi fundado e as influências doanarquismo na sociedade ficavam cada vez menosvisíveis. A sociedade paulistana estava bastantediversificada, formada por “barões do café”, Principais Obras e Autorescomerciantes, anarquistas, comunistas, burgueses • Mário de Andrade (1893-1945) e nordestinos refugiados na capital. Obras: “Amar, Verbo Intransitivo”, O Modernismo tem seu marco inicial com a “Macunaíma”, “Contos Novos”.realização da Semana de Arte Moderna, em • Oswaldo de Andrade (1890-1953)fevereiro de 1922, no Teatro Municipal de São Obras: “Os condenados”, “MemóriasPaulo. O grupo de artistas formado por pintores, Sentimentais de João Miramar”, “Serafim Pontemúsicos e escritores pretendia trazer as influências Grande” e “O Rei da Vela” (teatro).das vanguardas européias à cultura brasileira. • Manuel Bandeira (1886-1968)Estas correntes européias expunham na literatura Obras: “Carnaval”, “O ritmo dissoluto”,as reflexões dos artistas sobre a realidade social e “Libertinagem”, “Estrela da manhã”, “Estrela dapolítica vivida. Por este motivo, o movimento Tarde”, “Estrela da Vida Inteira”.artístico “Semana de Arte Moderna” quis trazer a • Antonio Alcântara Machado (1901-1935)reflexão sobre a realidade brasileira sócio-política “Brás, Bexiga e Barra Funda” e “Pathédo início do século XX. Baby”. “No fundo do Mato-Virgem nasceu Macunaíma, herói de nossa gente. Era preto retinto e filho do medo da noite. Houve um momento em que o silêncio foi tão grande escutando o murmurejo do Uraricoera, que a índia tapanhumas pariu uma criança feia. Essa criança é que chamaram 4 de Macunaíma.” Mario de Andrade
  5. 5. Contexto Histórico Contra o saudosismo que toma conta de Portugal, surge outro grupo de situacionistas No início do Séc. XX, liderados por Fernando Pessoa,havia um sentimento geral de Mário de Sá-Carneiro, etc -que não era mais possível Futurista - que funda uma revistarenovar a arte tradicional. As calcada nos ideais do Futurismo:escolas literárias repetiam a "Revista Orpheu", que marca osuas fórmulas. início do Modernismo Português A superficialidade convivia e, nele, o início da primeiracom a crença de que a geração modernista portuguesa:evolução tudo comandava e a Geração Orfeu;pouco cabia ao homemnesse processo. No entanto, um movimento Característicasforte e amplo - o Modernismo-viria dar fim a este marasmo A) atitude irreverente em relaçãoe implantar o inconformismo. aos padrões estabelecidos; Modernismo, não foi B) reação contra o passado, oapenas produto de uma clássico e o estático;evolução estética: ele C) temática mais particular,decorreu de todo um estado individual e não tanto universal ede espírito formado pela genérica;cultura da época e que D) preferência pelo dinamismo erepercutiria em todas as velocidade vitais;artes, integrando literatura, E) busca do imprevisível e insólitopintura, música arquitetura, F) abstenção do sentimentalismocinema, etc. fácil e falso; A primeira Guerra G) comunicação direta das idéias:Mundial foi o grande divisor linguagem cotidiana.das águas . H) esforço de originalidade e autenticidade; I) interesse pela vida interior (estados de alma, espírito..) J) aparente hermetismo, expressão indireta pela sugestão e associação verbal em vez de absoluta clareza. K) valorização do prosaico e bom humor; L) liberdade forma: verso livre, ritmo livre, sem rima, sem estrofação preestabelecida. 5

×