Your SlideShare is downloading. ×
Telemoveis
Telemoveis
Telemoveis
Telemoveis
Telemoveis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Telemoveis

2,651

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,651
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
46
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. TELEMÓVEISNas últimas três décadas, assistiu-se a uma evolução assombrosa das tecnologias da informação. As redes detelemóveis de terceira geração ou “3G” , transformaram um instrumento de comunicação telefónica numaplataforma múltipla, de navegação na internet, videoconferência e comunicação de dados multimédia debanda larga. O telemóvel, além da funcionalidade inicial, tornou-se uma instância essencial de diversão enegócios. Há 15 anos, o telemóvel era uma extravagância e o seu peso era tal, que o conhecíamos como “o telefonedo carro”.Hoje, os telemóveis são pequenos e estão sempre presentes. Na Europa Ocidental, já são maisnumerosos do que a população e, no Terceiro Mundo, a falta de fiabilidade das redes leva muitos a utilizar atecnologia celular como primeiro dispositivo de comunicação. Em Portugal e noutros países da EuropaOcidental, já há mais telemóveis do que habitantes.EVOLUÇÃO DOS TELEMÓVEISTelemóveis da 1º geração (1G)Os telemóveis de 1ª Geração ou 1G são analógicos já que enviam a informação sobre ondas cuja forma variade forma contínua. Estes somente podem ser usados para comunicação por voz e têm uma qualidade deligação altamente variável devido à interferência. Outra desvantagem é a baixa segurança queproporcionam, já que é relativamente simples escutar ligações alheias através de um sintonizador de rádioassim como a usurpação de frequência podendo creditar as ligações na conta de um terceiro. Nesta primeiravida dos telemóveis coexistiram três sistemas: AMPS, NMT e ETACS.O padrão 1G AMPS é ainda o mais popular nos Estados Unidos embora não se utilize em nenhum outro país.Além do AMPS, existem outras tecnologias 1G, como a DECT, que foi muito utilizada na Europa no inicio daTecnologias celulares. Primeiro telemóvel comercial do mundo o Motorola Startac 8000xTelemóveis da 2 ª geração (2G)A 2ª geração, ainda em uso, surgiu durante os anos 90 e já utilizam uma codificação digital de voz.
  • 2. O aparecimento deste tipo de telefones celulares deriva da necessidade de poder ter um maior número deligações simultâneas, praticamente nos mesmos espectros de radiofrequência ligados à telefonia móvel.Foram introduzidos protocolos de telefonia digital que, além de permitir mais conexões simultâneas com amesma largura de banda, permitem integrar outros serviços, que anteriormente eram independentes, nomesmo sinal, como o envio de mensagens de texto (SMS) e capacidade para transmissão de dados entredispositivos de fax e modem.Este telemóvel de 2ªgeração o sistema (gsm) melhorou as comunicações de roming internacional permitindochamadas no nosso país e no estrangeiro. O formato também alterou para menos peso e menos volume ede mais variadíssimos estilos.Telemóveis da 3ª geração (3G)Terceira Geração de padrões e tecnologias de telefonia móvel, substituindo o 2G. É baseada na família denormas da União Internacional de Telecomunicações (UIT), no âmbito do Programa Internacional deTelecomunicações Móveis (IMT-2000).As redes 2G são baseadas na comutação de circuitos, permitindo apenas lidar com serviços de dados taiscomo o e-mail, enquanto a 3G é baseada na comutação de pacotes. Isto permite aos utilizadores finaisaceder directa e rapidamente às aplicações, estimulando a transmissão de dados. As operadoras da rede, jáque possuem uma capacidade de rede maior por causa de uma melhoria na eficiência espectral, ofereceremaos seus usuários uma ampla gama dos mais avançados serviços.As redes 3G permitem telefonia móvel de longo alcance e evoluíram para incorporar redes de acesso àInternet em alta velocidade e vídeo telefonia.A implantação das redes 3G foi tardia em alguns países devido aos enormes custos adicionados para olicenciamento do espectro.A característica mais importante da tecnologia móvel 3G é suportar um maior número de clientes e dados,especialmente em áreas urbanas, além de maiores taxas de dados a um custo incremental menor que na 2G.
  • 3. COMPONENTES DE UM TELEMÓVELCARACTERÍSTICAS DAS ONDAS ELECTROMAGNÉTICASO telemóvel é um aparelho de comunicação por ondas electromagnéticas.Existem características particulares das ondas electromagnéticas que determinam as suasPropriedades e aplicações. As características essenciais são:· Comprimento de onda, l, e frequência, f;· Amplitude;· Direcção e velocidade de propagação;· Polarização.Frequências utilizadas em Portugal:GSM – 900 MHzGSM – 1800 MHzUMTS – 2000 MHz
  • 4. FUNCIONAMENTO DOS TELEMÓVEISOs sistemas de comunicações móveis celulares exigem uma infra-estrutura de telecomunicações complexa,cujos elementos visíveis para o público são os telemóveis e as antenas das estações base, que fazem ainterface entre o utilizador e o sistema.As estações base não são mais que um conjunto de diversos equipamentos que trocam informação com osterminais móveis. De entre os equipamentos que constituem uma estação base, os mais visíveis são asantenas (apenas uma ou várias) e o mastro de suporte.As estações base distribuem-se geograficamente segundo uma rede de forma mais ou menos regular. Istoacontece porque os sistemas de comunicações móveis são bidireccionais, ou seja, o terminal móvel paraalém de receber informação da estação base também transmite sinais no sentido inverso. Assim, e como acapacidade de alcance do terminal móvel é limitada, as estações base têm de estar distribuídasregularmente para garantir que em qualquer local seja possível comunicar.Os telemóveis são emissores - receptores de rádio de baixa potência. Quando o utilizador faz uma chamada,é transmitida informação do telemóvel para a estação base mais próxima, que reencaminha a chamada pelarede móvel até esta chegar ao seu destinatário. O processo inverso acontece quando o utilizador recebeuma chamada.Cada estação base é capaz de estabelecer ligação com um número limitado de terminais móveis, dizendo-seportanto que a sua capacidade é finita.CONCLUSÃOAs tecnologias de informação e comunicação entraram definitivamente nas nossas vidas. Estamos cada vezmais dependentes delas, tanto no contexto privado como no local de trabalho, de tal modo que seriaimpossível concebermos um mundo sem eles.O telemóvel é, sem dúvida, uma das tecnologias de comunicação mais utilizada. Se há cerca de uma décadaeste dispositivo era dispensável, actualmente tornou-se um objecto quase imprescindível no dia-a-dia docidadão comum.Os adolescentes utilizam o telemóvel principalmente para enviar mensagens, ouvir música e jogar, enquantoos adultos o utilizam essencialmente para fazer chamadas ou aceder à Internet.Apesar do uso do telemóvel estar generalizado por todas as classes sociais, ainda pode ser visto comoelemento simbólicos do status social, dada a enorme diversidade destes objectos no mercado e dosdiferentes preços em que são comercializados. Muitas pessoas, ao adquirirem um telemóvel preocupam-se
  • 5. com o aspecto, equipamento e não com a sua funcionalidade. A exibição de um telemóvel topo de gama ,para muitos é sinónimo de boa situação económica.Trabalho realizado por:Marli MarquesCarlos Silva

×