Your SlideShare is downloading. ×
Big data 30
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Big data 30

216
views

Published on

Published in: Business

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
216
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Processo Anomalia Crise Processo Forças Disruptivas (passado e presente) Ações de restauração Taxa de sofrimento Taxa de sofrimento Primeiros/ Sinais/ Sintomas
  • 2. Processo Anomalia Crise Processo Forças Disruptivas Ações de restauração Taxa de sofrimento Taxa de sofrimento
  • 3. Etapas Filosofia Metodologia Etapas para ações humanas Teoria Operacional
  • 4. Teorias Forças Papel da teoria Identifica Classifica Relaciona Entrada Prescrições Tendências Conceitos Metodologia Saída
  • 5. • FORÇA PRINCIPAL DISRUPTIVA = AUMENTO RADICALA DA COMPLEXIDADE DEMOGRÁFICA • SINTOMA = CRISES PRODUTIVAS E CULTURAIS DE TODOS OS TIPOS • FORÇAS RESTAURADORAS INCONSCIENTES = REVOLUÇÃO COGNITIVA – NOVAS TECNOLOGIAS E NOVOS MODELOS DE GOVERNANÇA DA ESPÉCIE PARA LIDAR COM A CRISE • NOVO AMBIENTE DA ESPÉCIE = GOVERNANÇA DIGITAL, QUE IRÁ ADAPTAR O MODELO DE COMUNICAÇÃO DOS INSETOS (FORMIGAS) PARA CRIAR UMA NOVA TECNO-ECOLOGIA, ONDE AS ORGANIZAÇÕES VÃO OPERAR.
  • 6. (Valores em milhões)
  • 7. Fator complexidade: 3 bilhões 21 bilhões
  • 8. Complexidade A: Complexidade B:1800 - 2014
  • 9. Complexidade A: Complexidade B:
  • 10. COMPLEXIDADE DA LOGÍSTICA Menos de 1 bilhão Mais de 1 bilhão 7 bilhões
  • 11. CRESCIMENTO POPULACIONAL DO BRASIL
  • 12. Crescimento de 23 vezes em cerca de 140 anos no Rio de Janeiro Meu avô Meu pai Meu filho mais velho Eu Gêmeos
  • 13. COMPLEXIDADE DA LOGÍSTICA x MUNDO ANIMAL
  • 14. “O ser humano é a única espécie viva que cresce sem limitação de número de membros, pois consegue reinventar a sua tecno-ecologia!”
  • 15. Triângulo das espécies Modelo de Comunicação Modelo de Governança Complexidade demográfica
  • 16. Complexidade demográfica Modelo de Inovação Modelo de Produção Modelo Cognitivo Modelo de Governança Pentágono da Espécie Humana
  • 17. Complexidade demográfica Modelo de Inovação Modelo de Produção Novo Modelo Cognitivo Modelo de Governança Pentágono da Espécie Humana 2 2 2 = latência por ajustes = pressão primária 1 2
  • 18. Quando houver baixa autonomia da população de lidar com problemas complexos haverá forte tendência à centralização do poder. Baixa autonomia Concentração de Poder =
  • 19. COMPLEXIDADE DA LOGÍSTICA x AMBIENTE COGNITIVO
  • 20. COMPLEXIDADE DA LOGÍSTICA x AMBIENTE COGNITIVO GOVERNANÇA ORAL GOVERNANÇA ANALÓGICA (ORAL + ESCRITA + ELETRÔNICA) GOVERNANÇA DIGITAL (ORAL + ESCRITA + ELETRÔNICA + DIGITAL)
  • 21. Produtos e serviços Consumidores Chefes e gerentes Força de trabalho Governança Analógica sem colaboração de massa Mérito Vertical
  • 22. Governança Digital com colaboração de massa Produtos e serviços Consumidores Gestor de Plataforma Força de trabalho Mérito Horizontal
  • 23. Governança Analógica (sem colaboração de massa) Mérito vertical; Os critérios do mérito são definidos de dentro para dentro; O cliente avalia a organização e não cada um de seus colaboradores; Avaliação é oral ou escrita; O cliente não tem liberdade de escolha de quem vai atendê-lo dentro da organização. Governança Digital (com colaboração de massa) Mérito horizontal; Os critérios do mérito são definidos de fora para dentro; O cliente avalia cada um de seus colaboradores e não a organização; Avaliação é oral ou escrita, mas fortemente via colaboração de massa, através dos rastros digitais; O cliente passa a ter liberdade de escolha de quem vai atendê-lo dentro da organização, que vira uma plataforma.
  • 24. BIG DATA • Metodologia que percebe o sintoma do aumento da complexidade demográfica, mas não percebe a força principal: a chegada da nova Governança Digital, que muda a forma de gerenciar problemas. • Sem essa análise, os projetos podem gastar muito e não gerar valor. Há o risco de um concorrente novo “matar” o antigo modelo.
  • 25. Metodologia que implante a nova Governança Digital nas organizações, que as permita a lidar com um novo Ambiente humano mais compatível com 7 bilhões de habitantes e uma população mais empoderada. Reúne os métodos do Big Data, mas dentro de projetos estratégicos em que a implantação da nova Governança Digital é o principal objetivo.
  • 26. @cnepomuceno carlos.nepomuceno cnepomu@gmail.com Nepo.com.br